_Featured Avaliações Crossovers Hyundai SUVs

Hyundai ix35 agrada na dinâmica, mas cobra alto por uma lista de equipamentos “básica”

hyundai-ix35-2015-2-700x494 Hyundai ix35 agrada na dinâmica, mas cobra alto por uma lista de equipamentos “básica”

O mercado de utilitários esportivos médios no Brasil é bem plural. Mitsubishi ASX, Kia Sportage, Chevrolet Captiva, Honda CR-V, Volkswagen Tiguan e Toyota RAV4 são algumas das opções disponíveis. Mas no meio da “multidão” quem se destaca é o Hyundai ix35.



Trazido para o Brasil em 2011 pelo Grupo CAOA – importador e distribuidor oficial de veículos da Hyundai em solo brasileiro – o modelo emplacou mais de 13.500 unidades no ano de estreia. Nos anos seguintes a média baixou em virtude das cotas de importação e do super-IPI trazido pelo Inovar-Auto. Mas assim como fez com o Tucson, o grupo CAOA “nacionalizou” o ix35 no final de 2013.

Produzido desde setembro do ano passado na fábrica Anápolis, Goiás – justamente com o Tucson –, o ix35 retomou os patamares de venda em 2014. Nem mesmo o preço beirando os R$ 100 mil afastou a “clientela”. Só no primeiro semestre desse ano foram mais de 7 mil registros – o que faz do utilitário o carro-chefe dos importados da Hyundai no território brasileiro.

hyundai-ix35-2015-1-700x950 Hyundai ix35 agrada na dinâmica, mas cobra alto por uma lista de equipamentos “básica”

Após três anos no mercado, o ix35 ainda mostra fôlego visual. Mesmo com a chegada do renovado Santa Fe, o SUV médio tem linhas modernas. A estética frontal é bem agressiva com os faróis recortados e afilados e grade dianteira que dá sensação de robustez. Atrás, as lanternas são bem proporcionais ao tamanho da traseira e ainda invadem as laterais.

As rodas de 18 polegadas também dão uma “encorpada” ao carro. E, finalmente, o perfil de linhas sinuosas dá um aspecto bastante dinâmico ao modelo. Para o ix35 “Made In Brazil”, a Hyundai adotou uma solução caseira e pegou emprestada a motorização do Elantra.

Trata-se do motor flex 2.0 litros com duplo comando no cabeçote e duplo comando de válvulas. A potência fica em 169 cv e o torque em 20,4 kgfm, quando abastecido com gasolina. Com etanol no tanque, os números sobem para 178 cv e 21,8 kgfm. O trem de força completo conta ainda com uma transmissão automática de seis marchas.

hyundai-ix35-2015-3-700x525 Hyundai ix35 agrada na dinâmica, mas cobra alto por uma lista de equipamentos “básica”

A marca sul-coreana pede exatos R$ 98.850 pela versão única do ix35 à venda no mercado brasileiro – a GLS. Vem acompanhada de itens interessantes como piloto automático, tela multimídia de sete polegadas que agrega funções de navegação, câmara de ré, rádio com MP3/DVD/USB/Bluetooth, partida sem chave e rodas de alumínio de 18 polegadas.

Porém, equipamentos mais sofisticados como controle de estabilidade, teto solar, ar-condicionado digital e airbags laterais não aparecem nem como opcionais.

hyundai-ix35-2015-4-700x525 Hyundai ix35 agrada na dinâmica, mas cobra alto por uma lista de equipamentos “básica”

Primeiras impressões – Bom de pista

Campos do Jordão/SP – A gelada estância de inverno paulista foi o destino escolhido pela Hyundai para o test-drive de pouco mais de 150 km do ix35– entre o Aeroporto de Guarulhos e Campos Jordão, onde a marca mantém um grande estande desde junho para aproveitar a alta temporada. E o utilitário não decepcionou, pelo o menos na parte mecânica. O propulsor 2.0 litros de máximos 178 cv empurra bem o utilitário.

Não sobra força, mas as arrancadas e retomadas são robustas, mesmo com o torque total só disponível a elevadas 4.800 rpm. Outro ponto positivo é a transmissão automática de seis velocidades. Ela se “entende” com o motor e com o pedal do acelerador. Quando o motorista exige do carro, o câmbio “joga” uma marcha para baixo sem titubear. Em uma condução mais pacata, a caixa trabalha em trocas curtas – e imperceptíveis – para manter as rotações baixas e nível de conforto no habitáculo.

hyundai-ix35-2015-5-700x933 Hyundai ix35 agrada na dinâmica, mas cobra alto por uma lista de equipamentos “básica”

O conjunto suspensivo transmite segurança em uma tocada mais vigorosa ou em curvas sinuosas. Beneficiada pela suspensão traseira independente, o ix35 mantém boa estabilidade, com rolagens da carroceria controladas e sem requerer intervenções na direção em velocidades mais elevadas.

O ponto fraco do SUV é o habitáculo. O acabamento interno não faz jus aos quase R$ 100 mil cobrados pelo modelo. Tudo é muito simples e sem nenhum requinte. Plásticos rígidos dominam a cabine. Partes emborrachadas só no volante – que deveria ser em couro – e em áreas menos nobres, como na lateral das portas. Os encaixes, por sua vez, demonstram qualidade na montagem.

hyundai-ix35-2015-6-700x933 Hyundai ix35 agrada na dinâmica, mas cobra alto por uma lista de equipamentos “básica”

Os destaques são apenas o painel de instrumentos e central que ostentam um design – mas sem registro de consumo no computador de bordo – e a tela de sete polegadas “touchscreen”. Em termos de espaço, o ix35 acomoda bem cinco adultos, mas falta o cinto de três de pontas para o passageiro do meio. Bancos elétricos também não são oferecidos. Pequenos detalhes que desvalorizam um carro de visual caprichado.

hyundai-ix35-2015-7-700x520 Hyundai ix35 agrada na dinâmica, mas cobra alto por uma lista de equipamentos “básica”

hyundai-ix35-2015-8-700x525 Hyundai ix35 agrada na dinâmica, mas cobra alto por uma lista de equipamentos “básica”

Ficha técnica – Hyundai ix35 2.0 4×2 GLS

Motor: Gasolina e etanol, dianteiro, transversal, 1.998 cm³, quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro, duplo comando no cabeçote, duplo comando variável de válvulas, injeção eletrônica multiponto e acelerador eletrônico.

Transmissão: Câmbio automático de seis marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira.

Potência máxima: 178 cv com etanol e 169 cv com gasolina a 6.200 rpm.

Torque máximo: 21,8 kgfm com etanol e 20,4 kgfm com gasolina a 4.800 rpm.

Diâmetro e curso: 86,0 mm X 86,0 mm. Taxa de compressão: 12,1:1.

Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson, com molas helicoidais, amortecedores a gás de dupla ação e barra estabilizadora. Traseira semi-independente Multilink com molas helicoidais e amortecedores a gás de dupla ação e barra estabilizadora.

Pneus: 225/55 R18

Freios: Discos ventilados na frente e discos sólidos atrás. Oferece ABS com EBD.

Carroceria: Utilitário esportivo com quatro portas e cinco lugares. 4,41 metros de comprimento, 1,82 m de largura, 1,65 m de altura e 2,64 m de entre-eixos. Oferece airbags frontais.

Peso: 1.500 kg em ordem de marcha.

Capacidade do porta-malas: 591 litros.

Tanque de combustível: 58 litros.

Produção: Anápolis, Goiás.

Itens de série: Airbags frontais, freios ABS, rodas de liga leve de 18 polegadas, direção elétrica, ar-condicionado analógico, computador de bordo com quatro funções, partida sem chave, sistema de navegação com tela sensível ao toque de sete polegadas com rádio, MP3, DVD, Bluetooth, câmera de ré e comandos no volante, piloto automático, bancos em couro, auxílio de frenagem de urgência, sensor de estacionamento, sensor de chuva, alarme e vidro anti-esmagamento do motorista.

Preços: R$ 98.950.

Por Auto Press

4.0

  • Pacheco

    Nao vale o que custa… pra mim ja esta cansada e capada.

    • Túlio Leal

      Merece ser capa da Playcar de tão pelada.

    • Wagner Oliveira

      Está na hora de dar um repaginada mesmo.
      Mas tem uma pior que ela, a Tucson!

      • Zoran Borut

        Melhor seria se pelo preço cobrado oferecessem mais equipamentos, como os air bags laterais e de cortina.

        • Wagner Oliveira

          Não acredito que esse carro só tem Airbag frontal!
          Agora que vi. Não havia lido a matéria.

    • Rafael Jandre

      Se essa já cansou, agora pare pense na primeira geração, ainda vendida, sob o nome de Tucson…….

  • Roger Bersch

    100k é um absurdo, 80k no máximo, não tem vários equipamentos esperados para um carro desse valor, sem contar que é muito simples, já andei ( de carona ) e fica devendo em tudo, acabamento, equipamentos, e esse motor não deve ter essa potência toda, talvez até tenha, mas a um giro muito alto, o que no uso urbano não ajuda em nada.

    • Pacheco

      Por 80 mil deveria vir com Teto, ESP, ASR, 6 Air Bag.

    • ObservadorCWB

      Lembro que o Azera TOP em 2010 chegou aos R$ 78.800,00.
      Absurdo o preço….dá para pegar o verdadeiro “SUV TOP” da marca, o Vera Cruz com apenas dois anos de uso.

      • Pacheco

        Ou olhar a concorrencia. A Captiva mesmo vem muito mais equipada e nao tem as revisões absurdas da Hyundai.

        Temos ainda o Sportage (q tem as versões Top a venda ainda).

        • ObservadorCWB

          Olha, li que as revisões não passam do R$ 400,00 em média….quem quer que tenha que colocar óleo sintético em seu carro…e há muitos….não foge destes preços não. O importante a meu ver é ter: 1- tabela, e 2- não exigir o absurdo da FORD…1 revisão a cada SEIS meses…..

          • Gran RS 78

            O problema é que algumas marcas estão adotando esses malditos seis meses ou dez mil KM. A Suzuki, VW, Mercedes, BMW e Audi tbm estão fazendo isso, que na minha opinião é mais uma maneira de querer tirar dinheiro dos clientes.

            • ObservadorCWB

              Que saiba BM e Merça “avisam” momento da revisão. Pode ser mais que seis meses…..mas pode ser menos…rsrsrs

              • Gustavo73

                A MB é de 8 em 8 mil. Pelo menos no Classe A da 4R.

              • Gran RS 78

                Esses modelos podem até avisar, mas quando vc compra esses carros, a concessionária já avisa da revisão a cada 6 meses ou 7000KM ou em alguns casos, 10.000km ou 6 meses e falam que se vc nao fizer as revisões nas datas programadas, vc perde a garantia do carro.

                • brunlai

                  A BMW 320 avisa a hora de fazer a revisão de acordo com a forma de conduzir… aparece até a data e isso é mutável, ja modifiou algumas vezes…

                  • Gran RS 78

                    Sim, mas as concessionárias da marca falam que as revisão são programadas a cada 6 meses ou 10 mil km, o que ocorrer primeiro.

                    • brunlai

                      Não fui avisado disso, fui avisado que o carro iria me avisar a data da revisão e se eu deixasse passar a data avisada pelo carro eu perderia a garantia… no mostrador, marca muito mais de 6 meses, marca qse 1 ano

            • Renan21

              Pode ter certeza de uma coisa: concessionária não ganha dinheiro vendendo carro, ganha dinheiro com revisões e vendendo peças. Principalmente vendendo peças. É impressionante a quantidade de peças vendidas diariamente em uma css. Trabalho em uma oficina, e conheço várias oficinas (pequenas) cujo o faturamento anual chega perto de 1 milhão só com peças e serviços.

              Imagina em uma grande css de grandes marcas como VW, GM, etc…

              • Alessandro Lagoeiro

                Na verdade, seu comentário está correto, faltou apenas o não ganha dinheiro “só” vendendo carros.

                • Renan21

                  Exatamente.
                  Mas, pensando bem, acredito que a margem de lucro para a css na venda de uma carro não seja tão alto. Para a montadora sim, mas para a css acho que não.

            • Revisões a cada 10.000 km eu considero salutar ou a cada um ano e felizmente é esta a política da Hyundai.

              Todo carro deveria ser revisado anualmente, no mínimo.

              • Gran RS 78

                Concordo, mas não a cada seis meses, pois isso na minha opinião é querer lucrar demais em cima dos consumidores.

          • Alessandro Lagoeiro

            Bem, eu uso óleo sintético no meu carro, e o pior preço que eu peguei foi 60 reais o litro. 4 litros seriam 240 reais, que se é caro, é mais da metade.. Ah claro, aí entra a questão da revisão dos outros itens..

            • Edson Fernandes

              60 reais??? O oleo do Gol??? Meu Deus!!!!

              Eu pago R$27 no do C3 / Xsara e já acho ruim (são os originais) imagino pagar R$60.

              e olha que sempre troco o filtro do oleo…. sai tudo por R$150,00.

              • Alessandro Lagoeiro

                Na verdade, isso não é categoria, mas o projeto do motor. O Gol usa o sintético 5w30, que o preço chega sim a 60 reais. Lembro-me que meu CHT, Fiasa ou AP, não tenho certeza, usava 15w40 ou 20w40, que sai mais barato. Mas eu vi que tem gente se ferrando mais que eu: Tem carro usando 0w30 (Seria o Sigma?), que é ainda mais caro. Meu Mercedes 1.9 também usava óleo caro.

                • Leandro Telles

                  Tenho um Polo 1.6 que usa óleo sintético 5w40, e realmente é um óleo caro. Mas eu uso Castrol Magnatec (o mesmo usado na concessionária Luson em Curitiba, que foi a única que pesquisei) e pago entre 30 e 40 reais o litro.

                  • Alessandro Lagoeiro

                    É esse mesmo que uso no Gol. E pago 45. Só coloquei o pior caso que vi, que foi 60 reais. E aproveitando, acredito que os carros que usam o 0w30 são os Ecoboost (C30, Fusion e Evoque, acho).

        • JCosta

          Discordo. As revisões do carro são tabeladas e a maioria fica em torno de R$450,00 (a cada 10.000Km).

          Certamente a Captiva é mais equipada, mas também é mais cara.

          • Gran RS 78

            Mas é muito mais carro tbm.

        • Túlio Leal

          O Sportage só se mudou agora, porque era tão caro/pelado quanto o IX35.

        • CarLoverRS

          Depois de olhar várias SUVs entre novas e semi-novas, comprei uma Captiva 13/13 para minha noiva. Cheguei a cogitar a Tracker, mas depois de ver o acabamento, CVs, e os freios a tambor em um carro de mais de 80k, decidi pela Captiva.

          O carro é muito completo, só faltava uma central multimidia e camera de ré… mas isso já não falta mais.

          • Gran RS 78

            Concordo. Sou proprietário de uma 2011 V6 AWD e estou satisfeitíssimo com ela. Comprei com 10 mil Km a dois anos atrás, e nao dá nem para comparar com um Tracker.

            • Edson Fernandes

              ME diz um pouco mais sobre ela? Qual o consumo? O que vc já fez nela? Tem algum barulho? Tem algo que vc possa dizer de atenção?

              • Gran RS 78

                Eu ando praticamente 90% na cidade e ela está fazendo 6,5Km/L. Na estrada chego a fazer 7,5 à 8 Km/L. Estou a dois anos com ela, que comprei usada com somente 10 mil km, hj ela está com 25 mil Km e até agora tive que trocar a pastilha de freio traseiro, que me custou com a mão de obra R$ 750,00 na concessionária. O carro é um show de bola, a minha é 4×4 integral, portanto ela praticamente anda em trilhos, mesmo sendo um carro bem alto, a carroceria nem inclina em curvas.
                O conforto é ótimo, pois ela é muito macia, isso sem contar que anda muito. Apareceu um barulho na porta do motorista, que irei mandar para dar uma olhada na próxima revisão. Do resto estou muito satisfeito com a Captiva. Vou ter uma dor de cabeça quando for trocar de carro, pois o modelo me deixou bem “chato” no bom sentindo, pois vai ser difícil achar um outro carro que tenha tudo o que ela tem, ainda mais olhando para o preço desse modelo usado. Abs.

                • Edson Fernandes

                  Esses seus trajetos são com transito intenso? Tem muitas subidas e descidas?

                  Falo isso pois seria o unico “altinho” que abriria mão de um sedan médio para ter.

                  • Gran RS 78

                    Sim, o trânsito aqui da minha cidade é bem travado, mesmo sendo uma cidade com apenas 28 mil habitantes, mas como é uma cidade turistica, vive cheia de gente. Aqui tem muitos morros e serras. Olha, se vc for comprar uma Captiva, principalmente usada, é melhor comprar a V6, pois tenho um amigo meu que tem uma 2011 4 cilindros, e ele me disse que está bebendo o mesmo que a minha, só que anda muito menos. Outra dica: não sei quanto vc quer gastar, mas tente comprar o modelo apartir de 2010 , pois o motor passou a ser 3.0 com 268cv, o anterior era 3.6 com 245cv, e bebia bem mais que o 3.0 e o desempenho é melhor no atual. Acho que vc irá gostar muito do modelo. Eu recomendo com certeza.

  • Bruno Silva

    Concordo, achei o interior muito simples. Pior eram os vendedores achando que estavam vendendo o rei da cocada preta. Mas há uma consideração: inexplicável tirarem de linha a única versão decente desse veículo. Uma conhecida pagou 110mil na “completíssima”, mas vinha com ESP, teto solar, 6 airbags, e mais algumas coisas interessantes até no visual, como a grade frontal cromada e diferente. Outro conhecido comprou essa daí quando ainda não era nacional, pagou cerca de 103mil, achei absurdo. Não dá pra entender a política de preços da Hyundai, ela é a montadora mais imprevisível que existe.

    • _William

      A política de preços da pra entender, afinal eles só querem o maior lucro que conseguirem pegar, o que não dá pra entender é porque aceitam pagar essa bolada num carro tão capado.

    • GPE

      Já um amigo meu comprou no auge da moda (em 2011) por 117mil a completa.

    • JCosta

      Exatamente, retiraram de linha a “top”, que vinha com teto solar a ar digital. Uma pena.

    • Edson Fernandes

      Agora que vi! Não tem mais a versão de topo!!! Não compraria nunca esse modelo.

  • BlueGopher

    Excelente carro, mas seu preço e seu acabamento interno realmente decepcionam.
    Não é à toa que a Hyundai é, entre todas as montadoras de alta produção seriada, a que tem a maior margem de lucro “do mundo”.
    Acho que seu refrão veio daí…

  • dudupruvinelli

    Nossa, não tem sequer um fiozinho de cabelo cromado no parachoque.

  • Louis

    Um farol mais elaborado, com bloco elíptico, faria enorme diferença, ao invés desse monoparábola (em um carro de 100k é inadmissível).
    E falta ESP, em um utilitário altinho é mais necessário que em carro baixo.

    • FabioTex

      Tudo isso disponível no modelo Europeu, provavelmente por preço mais baixo que o cobrado aqui… lógico – cada povo sabe escolher e pagar o carro que merece.
      Aqui, esta versão é “NAVE”, carro dos sonhos de muita gente.

      • Pacheco

        Pior q tem um monte de lugar q mostra o IX35 com esses farois maravilhosos e não essa porcaria q vende aqui.

        • Gran RS 78

          Até no comercial da Hyundai na Copa, mostrou o modelo reestilizado com leds nas lanternas traseiras e novo conjunto dianteiro, mas no comercial a mensagem avisa que alguns modelos são especificos para alguns paises, e pelo jeito o Brasil mais uma vez ficou de fora.

          • FabioTex

            Aquela é a versao européia (se não me equivoco, montada na Romênia). E o interior? O cluster é mais bonito (tem os medidores de temp. e combustível iguais ao do Sonata, digitais, no meio do velocímetro e conta-giros), existe uma saia lateral na porta (aquele friso preto lateral cobre a area das portas até a altura deste friso metálico lateral, protegendo-as), computador de bordo e “otras cositas más”.

            • Gran RS 78

              Como ficou mais bonita e moderna esse modelo vendido nos outros países. O que eu não consigo entender porque a Hyundai CAOA não incorporou esse face lift no modelo produzido no Brasil, já que nacionalizaram ele.

              • FabioTex

                Caro Gran RS, mas se eles conseguem vender mais de 1000 IX35/Mês, sem sequer adicionar uma corzinha na vasta lista de cores Preto e Prata instituída por ditadura do Sr. Caoa, para quê vão ofertar mais? :-) Triste demais.

                • Gran RS 78

                  Por isso mesmo, imagina se a Hyundai tivesse feito essa reestilização quando o modelo virou nacional, iria aumentar ainda mais as vendas dele.

              • Mas não é facelift. Lá fora sempre foi assim, com leds e mais equipamentos.

                A CAOA é que capa demais os carros, as vezes parecendo que quer queimar a marca em seu fim de contrato.

                • Gran RS 78

                  Não meu amigo, o IX35 ( Tucson nos outros mercados), tinha o mesmo desenho do modelo vendido no BRasil. A reestilização apareceu no ano passado no resto do mundo, menos claro para o Brasil.

                  • Mas o desenho deste nem é diferente do nacional em desenho, apenas é mais equipado, com faróis dupla parábola, led’s, painel mais completo (mostradores de itens que não possuem no Brasil), mais airbags, mais itens de segurança e conforto. O painel recebe acabamento emborrachado e bancos com aquecimento, mas é essencialmente o mesmo vendido aqui e na América toda (inclusive EUA, que é de plástico).

                    A verdadeira re-estilização é o modelo branco abaixo, vendido na Coréia do Sul, que já substituiu o que vende aqui. O outro Europeu apenas recebeu as lanternas do novo, assim como os faróis, ligeiramente modificados, pois a grade e o restante continua o mesmo carro.

  • Mazembe 2X0

    Carro chefe dos importados?Mas o próprio texto diz que a Caoa nacionalizou o carro.

    • ObservadorCWB

      Mazembe 3×0…e mais um observador atento.

  • Leandro1978

    Muito caro pelo que oferece.

  • Bruno

    Não acho um bom custo benefício. Dói mais no coração quando você vai pra argentina e ve o nome Tucson na traseira dela…

    Esse carro vale de verdade no máximo uns 80k…

    • ObservadorCWB

      TUCSON e CDi…Common Rail DIESEL injection…..e ainda 4×4……e ainda pela metade do preço deste carro depenado de ix…”fréxis”…… outubro está chegando……

  • zeuslinux

    Não troco a Captiva 2.4 por ela não, mesmo pelo preço atual que subiu muito mas que é praticamente o mesmo desse ix35.

    A Captiva tem controle de estabilidade, 6 air bags, bancos de couro de série, suspensão independente nas 4 rodas, motor maior, mais potente, com maior torque e injeção direta, painel emborrachado, sensor de pressão de pneus, etc. Mas não é “frex” e Hyundai agora é marca premium na cabeça o pessoal.

    Mas a Chevrolet hoje em dia parece estar muito mais interessada em vender Tracker e S10 e muita gente nem sabe que existe a Captiva.

    • ObservadorCWB

      Bem observado….e olha que o Tracker é hoje, disparado, um dos piores custos/benefício dentre TODOS os automóveis do Brasil.

      • Pacheco

        Concordo… sou mais a Eco q vem completa do q esse Tracker… uma baita mancada da dona GM nao equipa-lo.

    • Pacheco

      Olha… pelo preço que a Hyundai está pedindo, a Captiva é mais negocio… e se vc tiver um troquinho a mais ou chorar bem, da pra levar a TrailBlazer V6.

      O problema da Blazer é q ja virou carro de Policia novamente…

      • zeuslinux

        Eu não acho isso grande problema. O “problema” da Trailblazer é que ela é maior e usa chassis, o que a torna muito mais robusta e melhor para off-road mas tem peso maior e comportamento dinâmico diferente.

        • Pacheco

          Mas tbm é muito mais status.

      • Lucas Souza

        E não é um troquinho a mais. É um carro a mais. A trailblazer é a partir de 143mil enquanto a Captiva sai por 105mil.

        • Pacheco

          A Chevrole ta vendendo a TrailBlazer por 109 mil na Gasolina.

          • Lucas Souza

            Mas quando? No site ta 143 mil a gasolina (motor v6 240cv) e 170mil a diesel O.O
            De onde é a informação?

            • Pacheco

              Foi mal amigo… confundi com o Preço da S10 LTZ… ta mesmo 133 mil a V6.

        • Gran RS 78

          A Captiva Okm está sendo oferecida por 94 mil reais.

    • Bruno

      A captiva chegou a ser vendida a 84k antes da tracker, agora ta 104k no site da GM, e é o mesmo carro… quase não vejo esse novo modelo.

      • Gran RS 78

        Na verdade a Captiva está sendo oferecida por 94 mil reais nas concessionárias.

      • Pacheco

        Quando chegou em 2008 era a V6 Top. Hoje é uma 2.4.

    • GPE

      A Captiva tem tantos equipamentos de série que não dá pra colocar aqui. Pena a GM ter deixado ela de lado.

    • Minerius Valioso

      Está fazendo o certo.

    • Vitor Yohan Casaes

      Vi a tracker pelo absurdo preço de 90 mil em uma concessionária …, a captiva custa 106 mil e vem muito mais

      • Gran RS 78

        HJ uma Captiva Okm está sendo vendida por 94 mil nas concessionárias.

  • Rafael

    Esse carro vale o preço do Civic/Corolla, R$ 75.000 a 80.000.
    É impressionante como o brasileiro aceita pagar caro por um produto onde o único atrativo é a beleza (subjetivo) e a imponência (subjetivo).

    • alixgracus

      Basta ser “altinho” que o carro ganha uma permissão tácita do mercado para ser vendido muito mais caro do que ele realmente vale !

      • Rafael

        É isso aí, o atributo altinho vale R$ 10.000 nos compactos, R$ 20.000 nos médios e R$ 40.000 nos grandes! rs.

    • Rubem

      por isso que pararam de oferecer peruas no nosso mercado. Não iria colar vende-las a preços estratosféricos.

      • Rafael

        Ótima observação, uma perua vale no máximo R$ 3.000 a mais que um sedan equivalente.
        Eu sou mais um fã orfão de peruas.

  • Tosca16

    Tomara que o JAC S5 seja bom por que se não é o Ix35 se assemelha bastante custando um pouco menos … o Hyundai tem só impressão de ser algo mais do que de fato é , como quase todos hoje infelizmente da marca são … vc paga muito por um status medíocre sem valer bulhufas do que cobram . KIA e Hyundai a tempos não tem algo que seja de bom custo-benefício, tão ficando pior que as japonesas as coreanas .

    • automotivo

      Cara entre os 40 mais vendidos na China nem um JAC na lista. Por que deveriamos comprá-los se nem seus conterraneos compram.

      • Tosca16

        se for pensar assim os brasileiros também não compravam os gurgel e preferiram os ultrapassados importados à os nossos genuinamente brasileiro … e outra é que os chineses estão começando ainda, e grandes montadoras fazem parcerias com as locais; eles podem comprar modelos que para nós são caros por preços aceitáveis, e as marcas nacionais com diversos modelos bem mais acessíveis … há opções na china , aqui nem tanto.

        • automotivo

          Se custassem bem mais baratos mesmo… vou contar um exempki q aconteceu essa semana. um cliente de uma doblo q havia comprado um pivo da marca perfect ha 40 dias atras, disse q comprou o por sentir atraido pela diferença de preço 20 por cento a menos.. Sera q valeu a pena se a outra marca durou mais de um ano?

          • Tosca16

            nem sei …

  • beto

    É um bom carro, mas na verdade ele é um Tucson. Uns $80k pra concorrer com a versão mais equipada do Ecosport tava de bom tamanho.

  • Gustavo73

    Quase cem mil reais, e não oferece mais que um Hb20 completo? Mas vendendo bem que mau tem…
    Fala sério!

    • FabioTex

      “Increíble”… e ainda caparam mais do que quando importavam.
      Nem a “vasta paleta de cores” variou.

  • dogmarley

    Assim que abri a matéria me deu vontade de pesquisar os preços dos usados no WebMotors..

    dai li mais alguns parágrafos e qdo me deparei com:
    “Porém, equipamentos mais sofisticados como controle de estabilidade, teto solar, ar-condicionado digital e airbags laterais não aparecem nem como opcionais.”

    ..deixei de lado essa idéia maluca ! que encalhe

    • Gran RS 78

      Vc consegue comprar um IX35 Top importado usado que tem todos esses itens que o modelo “nacional” deixou de lado, infelizmente.

    • Hofmann

      Não aparecem como opcionais só na versão “nacional”. Quando era importado, tinha uma versão com todos esses itens citados no texto, por uns R$ 115 mil. Como usado, acho que até vale a pena, embora eu prefira o Sportage (interior e exterior mais bonitos, faróis melhores, rodas mais bonitas, porta-malas maior apesar de eu não precisar, etc).

  • CorsarioViajante

    É gente, a isca tem que agradar o peixe, não o pescador!

    • Minerius Valioso

      Do que está falando?

      • CorsarioViajante

        Do Tucson, ou melhor, do ix35. Feito direitinho para agradar uma parcela do nosso mercado, que aliás compra ele com gosto.

  • Thiago_NCO

    “Porém, equipamentos mais sofisticados como controle de estabilidade, teto solar, ar-condicionado digital e airbags laterais não aparecem nem como opcionais.”
    Pelamor!! Equipamentos que qualquer Fiat 500 pode ter!! Que nojo, Hyundai!!

  • GPE

    Mais um carro que não vale o preço, junto com CR-V LX, Sportage na versão básica, ASX na versão básica e intermediária (todos pelados de equipamentos de segurança) e RAV4 em qualquer versão (pq é inflacionado demais).

    Esses são os típicos carros de quem não entende de carro e compra pq é bonito e ta na moda. Colegas, pagar um mais de 90mil num veículo que tem os mesmos equipamentos de segurança de um Celta é dose! Fora o acabamento que é bem mediano

    • Vitor Yohan Casaes

      A RAV4 consegue ser a pior na minha opinião

      • Thiago

        Acredito que agora eles estão diminuindo a versões para que o preço de suas versões basicas cheguem ao patamar anterior de suas versões top!

  • Neanderthal_Man

    É simplesmente um produto de péssimo custo-benefício, como quase todos os Hyundais 0Km atualmente.

  • João Guimaraes

    O carro tem um motor muito bom, a tocada do cambio automático é inteligente e ligeira. Conta com um espaço interno muito bom.
    O interior realmente é simples, com plásticos rígidos e sem muito requinte. Apesar da falta de requinte, os bancos são muito confortáveis e o módulo de encosto entre bancos aumenta o conforto do motorista.
    A central multimídia oferecida pela Hyundai de fábrica é um desastre, além de não ler formatos de vídeo.
    Além de não ter os itens de segurança que todos pedem, o maior vexame desse carro é ter um computador de bordo que não tem medição km/Litro.

    No mais é um bom carro, porém pelo valor que é cobrado não compensa

  • Bugrezilla

    Nunca me passou pela cabeça que este carro tivesse apenas airbag duplo. Pior que fui pesquisar no site deles, e o Santa Fé 5 lugares também tem apenas airbag frontal. Isso é mais que falta de respeito, é falta de vergonha na cara mesmo.

    • Túlio Leal

      Junto com o cintinho peba de dois pontos no banco do meio. Economia prá lá de porca em carros tão caros.

    • Gran RS 78

      Lembrando que o IX35 tinha uma versão Top que tinha seis air bags, ESP e teto solar duplo, mas na nacionalização ela perdeu tudo isso, e ainda por cima custa quase 100 mil reais.

      • Minerius Valioso

        Este vai ficar na lista de depenações de carros nacionalizados.

        • Gran RS 78

          E ainda por cima, os preços aumentam e as montadoras depenam seus carros com o passar dos anos.

    • Lucas Souza

      Então da uma olhada na SW4 4×2 Flex que ainda tem freio a tambor na traseira e 2 airbags. Só 115mil ^^

  • Informecar

    3008 nela!!!!!!!!!!!!!

  • Noova

    PQ compra esse LIXOS I35 SPORTAGE,,,

    TIGUAN BASIC MUITO MAIS SEGURO 6ABR ESP AUTOHOLD , 4X4. .2.0TURBO

    • Lucas Souza

      Tiguan seria a compra perfeita, se não fossem as CCS VW que tratam o cliente que vai lá comprar uma touareg tão mal quanto o cara que vai tentar um financiamento de 72x de um gol.

      • FabioTex

        Lucas, caso opte pelo Tiguan e se você for comprar aqui em SP, depois te indico a CCS que comprei em 2010, em msg privada.
        Eu também não vejo nenhum concorrente melhor que o Tiguan, sendo a segunda opção, mais racional (espaço e manutenção) o CR-V. Mas aí é só 4×2 e talvez seja mais caro do que isso.

        • Lucas Souza

          Problema é depois pra fazer revisão na CCS daqui. Moro muito longe e saindo daqui com o carro só de balsa, não rola fazer revisão fora daqui. A CR-V 4×4 sai por 115mil. O Tiguan sai nessa faixa tbm, mas sem teto solar e sem o sistema legal de som, com isso sai perto dos 125mil. Mas com certeza é um puta carro o Tiguan.

  • Wally

    Tem que levar muito sorvete na testa, para pagar 98 mil num carro simples desse.

  • Leandro Santos

    Nem mesmo o preço beirando os R$ 100 mil afastou a “clientela”.

    Essa frase resume o título da matéria!

    • LeandroBalmant

      Ué, quando mais caro, mais status. Veja o Onix, que toda semana a Chevrolet aumenta os preços e ele vende muito.

  • Lucas Souza

    Pro pessoal que manja, qual SUV de até 110mil seria a melhor compra? Não precisa ser 4×4. Mas obrigatoriamente precisa de 6 airbags, controle de tração e estabilidade, e toda a segurança possível. Minha esposa quer pq quer um SUV agora e eu já pesquisei mas não vejo tantos comparativos bons nesse nicho.

    • Sebastian

      Peugeot 3008

    • ObservadorCWB

      Zero Km ?

      • Lucas Souza

        yep

        • Zoran Borut

          Vi sua resposta sobre o Tiguan, então acho que não tem escolha: só resta a Captiva 2.4 para atender suas exigências.

    • Hofmann

      Melhor compra, só quem pode decidir na ponta do lápis são você e sua esposa, negociando, vendo preço de seguro e revisões, fazendo test drive, enfim… Mas como – feliz ou infelizmente – não tenho p* nenhuma pra fazer agora e amanhã estou de folga, vou perder um tempo e falar as opções, além de falar o que eu acho delas, mesmo sem ter andado em algumas, porque sim. Considerando somente preços de tabela oficial, até 110 mil, com uma tolerância de R$ 1mil pra mais (um valor razoável de negociar), tendo no mínimo 6 airbags e ESP, destacaria:

      Mitsubishi ASX 2.0 Cvt Awd – R$ 103.590 s/ Xenon e teto, R$ 109.990 c/ ambos – Pro meu uso diário, seria a melhor opção, 411L de porta malas é suficiente, o carro tem mais equipamentos do que se espera na faixa de preço e tbm pq o ASX tem comprimento e largura quase que de hatch médio, o que garante muita praticidade na cidade em relação a qualquer concorrente. GPS, Ar digital, Teto, Xenon, 7 Airbags, ESP, Couro, Banco elétrico com aquecedor, aro 18″, alguns sensores inúteis (chuva e farol), outros úteis (estacionamento diant e tras) e o importantíssimo keyless, já que esposas costumam perder a chave do carro na porcaria da bolsa. Por R$ 109.990, acho justo. Além disso, na minha opinião o design externo beira a perfeição, tudo parece bem pensado pra estar onde está. Só fico meio incomodado com o pós-venda. E pela sua descrição de onde mora, não creio que deva ter concessionária Mit na sua cidade. Pena.

      Chevrolet Captiva 2.4 AT6 – R$ 104.096 – Bom, bonito, não tão barato, nem tão moderno. 15 mil mais caro que 18 meses atrás, pra enfiarem o Tracker na linha. Sem versão V6, pra justificarem a TrailBlazer V6 – pois pra Chevrolet, um carro de andar na roça, com carroceria sobre chassi, feito pra carregar cana e feno – com a diferença de que a caçamba virou porta malas – atende do mesmo jeito que um Crossover confortável, com bom espaço interno, suspensão macia e acabamento agradável. Já que karma vem rápido como um tiro, as vendas da TrailBlazer respondem por si só. Em resumo: a GM tentou matar o carro de todo jeito e não conseguiu, pra você ver como o Captiva é bom. Provável que não fique satisfeito com o consumo, mas basta lembrar que é um GM. Como já andei em um, digo: recomendaria a qualquer um que possa ter, inclusive esposas.

      Peugeot 3008 Griffe THP – R$ 100.190 – Não sou fã dele, mas é bem mais equipado que a média nessa faixa de preço, apesar de ter perdido uns equipamentos depois de reestilizado. Dizem que anda muito bem, consome menos que quase todos (se não todos) os concorrentes e é espaçoso, apesar de, no tamanho externo, não ser muito mais que um 308 alto. Baseado no meu contato com um 308 Feline, suponho que o acabamento deve ser bem satisfatório. O fato é que a Peugeot do Brasil não seria capaz nem de administrar uma tenda de pastel na feira e o carro não vende rigorosamente nada, rendendo no mercado uma desvalorização bizarra, se é que você liga pra isso. Além disso, se as concessionárias Peugeot já estão ficando escassas nas capitais, de tantas que fecham, no interior nem se fala.

      Fiat Freemont Precision 2.4 AT6 – R$ 103.950 s/ opcionais, R$ 113.903 com Teto, Couro, rodas 19″ e pintura perolizada (comprando branco sólido, com rodas 17″ e mantendo Teto e couro, chega-se ao valor mágico de R$ 110.116) – Sem dúvida um ótimo carro, leva 7 pessoas, é bem completo e dizem que é extremamente confortável. Agora tem câmbio de 6 marchas, que certamente é melhor que o de 4 marchas que vinha até pouco tempo atrás. Pra sorte de todos que se interessam no carro, de Fiat ele só tem a vasta rede de concessionárias e os emblemas. Ótimo carro mesmo. Se eu tivesse dinheiro pra trocar de carro hoje, seria uma das minhas principais opções. Acho fantástico o design abrutalhado que o carro tem, passa uma sensação de solidez imediata.

      Jeep Compass 2.0 Cvt (lembrei sem querer) – R$ 89.990 – Jeep 4×2 e com câmbio Cvt. Só tem erros nessa frase. Mas eu acho que purismo é bobagem, então na prática o principal problema do Compass é que eu acho feio pra desgraça, por dentro e por fora. Mas tem seus 6 Airbags, seu ESP, não é 4×4 pois não precisa e custa bem menos do que R$ 110mil. Pontos ruins: o EuroNCAP só deu 2 estrelas pra ele e a Jeep vende, no Brasil, a ideia de que é uma marca de luxo, cobrando isso nas revisões e peças. Mas como o brasileiro compra essa ideia (tem gente que se gaba até de HB20), acaba tendo status. De fato: eu não teria um Compass nem se me dessem um. Mas talvez sua esposa goste.

      Honda CR-V EXL 2.0 4×2 – R$ 110.990 – A opção “racional”. Como é um carro macio e dócil, é mais fácil de agradar a qualquer um. Tem espaço decente, desempenho morno, visual bonito mas morno, câmbio AT5 mediano, acabamento mediano. É um carro que não se destaca em nada, nem positiva, nem negativamente, mas não vai dar dor de cabeça. Custa caro pro que oferece, mas Honda no Brasil é isso aí, enquanto acharem que tem algum status de verdade. 6 airbags, ESP, OK. Peças e manutenção: just don’t worry. Se precisar, a Honda tem e não custa um preço ridículo. Se você tem preguiça de fazer contas e quer ir no “garantido”, compra o CR-V. Claro que vai perder várias coisas que os concorrentes tem, um acabamento mais agradável, bancos melhores, além de não se divertir absolutamente nada ao volante, mas com ele não tem erro e ponto. Tenho uma Fielder com 160 mil km, 5 anos comigo que sou 100% desleixado, manutenção totalmente negligenciada e msm assim, 7h da manhã, 12ºC, o motor é igual gonorreia: encostou, pegou. Como é de se imaginar após tantos km, o carro está com vários problemas de suspensão, embora nada bata nem incomode, terei que arrumar isso em breve, mas arrumo satisfeito por ter durado tanto. Não é legal de dirigir nem nada. Até meu outro carro, ano 88, meu xodó, é mais prazeroso, mas em termos de durabilidade e eficiência, Honda e Toyota é f*da, não tem erro.

      Se você estender essa faixa até uns 115mil, vai ter mais algumas opções extras, como um Tiguan, um novo Forester 2.0 e talvez até uma Sportage EX com desconto. Mas às vezes 5 mil a mais é a diferença fatal entre sim e não, não sei se é o caso. Desculpe o texto longo, mas acho que pode te interessar; abraços.

      • Lucas Souza

        Obrigadão ^^ Eu moro em capital, mas no Amapá rsrs Aqui é tenso, ruas super esburacadas, mas tem as CCS básicas (menos pgt e kia), mas tem Mitsubishi, minha esposa acha muito bonito mesmo o ASX, ficamos em dúvida quanto a ele. A Freemont eu particularmente acho bonita, mas fui na fiat e vi pessoalmente, por dentro não achei tão bonita assim, fora que 7 lugares não é algo que precisemos, só somos eu e minha esposa. A Captiva me agrada tbm no conjunto, não muito na estética, mas é de se pensar. A CR-V minha mulher não gosta muito, eu acho linda. Mas o desempenho me deixa meio triste, pq sempre tive hatchs médios então gosto de dar uma puxada rsrs

        • Hofmann

          Macapá é bem isolado mesmo (sem ofensa) hehe. Em BH, temos concessionária de quase todas as marcas do mercado e mesmo assim, há problemas com algumas poucas marcas, por exemplo, pra quem tem carro da PSA, achar peça de carro francês a pronta-entrega aqui é o mesmo que garimpar ouro… Mas esse “desabastecimento” de peças fora das 4 grandes é um problema nacional (talvez só seja exceção SP capital) que vem desde sempre, então, a vida segue. Voltando, se fosse eu, no seu caso, ia de ASX ou Captiva, com uma simpatia extra pelo ASX pelo design, praticidade e equipamentos. Já o trunfo do Captiva é o motor/câmbio, espaço e acabamento, muito melhores que do Mit. Depende das prioridades.

        • LeandroBalmant

          Outro que ninguém falou é a Outlander.

    • Gran RS 78

      Captiva ou Tiguan na minha opinião. Hj uma Captiva Okm está por 94 mil reais e o Tiguan começa em 107 mil reais, pelo menos no estado de SP.

  • automotivo

    Faltou o consumo… ah, deixa pra lá, quem compra um carro desses não deve ligar pra consumo.

  • Rafael Tavares

    Tenho um na garagem…sinceramente, não vale a pena… No caso meu pai pagou 105mil num IX35 que nem start tem, não tem dualzone, o acabamento no carro inteiro é duro…Meu C4 VTR de 30mil tem muito mais tecnologia que o IX35…Não vejo a hora de trocar

  • Daniel Freitas

    Como eu sempre afirmei, fabricar no Brasil é sinônimo de parar no tempo, privação de equipamentos, principalmente daqueles de segurança, a preços muito mais….altos.
    Lamentável, sem airbags multiplos, ESP, Couro e teto, esse SUV perdeu muito…..

    • Pior que é verdade. Até o Novo Fiesta ganhou painel de plástico e empobreceu. Mas o povo não gosta de carro importado, então paciência.

      • LeandroBalmant

        Também perdeu cinto de três pontos e apoio de cabeça pro terceiro ocupante.

  • Vitor Yohan Casaes

    Acho a captiva muito mais negócio :
    Bancos em couro com aquecimento e ajustes elétricos, freio de estacionamento eletronico, sistema de som com 8 auto falantes, seis airbags, excelente acabamento, controle de tração, EBD, modo ECO, todas as conexões, AR automático e muitos outros itens que a IX35 não tem nem como opcional.

  • renato dantas

    motor flex de última geração, ix35 o melhor S U V do mundo. ah.

  • André

    Taxa de compressão de 12:1 no motor do Ix35?
    Está mesmo correto esse número???

  • afonso200

    tenho um AZERA 2011, enao consigo ver conforto nenhum nessa SUV, é suspensao dura, plastico rigido, nao tem banco eletrico. nao tem som top

  • Matheus C Damião

    Ah vá q não tem o básico de segurança pra um SUV de 100 mil nem ar digital? Carai….como é q o povo compra isso? Ate uma Freeemont ou um 3008 são melhores q esta coisa pelada.

    • Depois do teste das Quatro Rodas sobre a 3008, mais o alto custo de manutenção da mesma, e peças caras por virem da França, além de raras, grande perda na revenda, considero a 3008 uma péssima opção.

      Se a Peugeot melhorasse e não estivesse na iminência de uma falência (espero que não aconteça a falência), até consideraria.

  • WagnerSCS

    Por quase cem mil eu pegaria uma Captiva V6, usada mesmo, que vem bem mais equipada e anda mais que esse 2.0. Ia ter um carro menor, mas bem sortido de equipamentos e segurança.

  • Cassio

    Saudade das avaliações em vídeo.

  • GUGASP

    Um belo carro, bom porte, mecânica confiável, desempenho suficiente e visual ainda atual.
    Mas custa muito caro pelo que oferece em termos de segurança, pois só vem com o básico, presente em todos os carros populares do mercado.

  • Carfanbr

    3008 deixa no chinelo em qualquer quesito.

    • FaloNaCara ¯ _ (ツ) _ / ¯

      Mas é francês e carro francês não presta, desvaloriza muito e sofre com o pós-venda da Peugeot. O 3008 não tem a qualidade Hyundai, o status dessa marca de luxo absoluto e o impecável pós-venda da coreana aqui. Mais equipamentos, melhor qualidade construtiva, mais conforto e motor melhor para que quando se pode ter um maravilhoso Hyundai?
      -Fui irônico.

  • mjprio

    Ué, tiraram as outra versões não falaram nada? ficou igual a tucson, que tinha otimo cabamento nas versões importadas e agora ficou com cara e pacote de carro generico na versão nacional

  • MrBacon

    Como alguém deixa de comprar um Outlander por R$ 100K (muito melhor equipado e mais seguro) para comprar o ix35? Resposta simples: design e status. A Hyundai-CAOA consegui um posicionamento no Brasil que provavelmente não tem em lugar nenhum do mundo, quase que uma grife de produtos premium.

    Não posso falar sobre a qualidade do carro (nunca dirigi um), mas a dotação de equipamentos é realmente frustrante para a faixa de preço.

  • Fabiano Alves

    Até quando os consumidores vão aceitar esse tipo de exploração???

    E o pior, é que sempre o carro mais vendido é que define o preço do segmento. Ou seja, todos os concorrentes se posicionam em torno do preço do ix35.

    Com os mesmos 100 mil dá para comprar um A3 Sedan Attraction. Não dá para comparar motor, consumo, acabamento, acessórios… de um com outro? Sem falar que estamos comparando Audi com Hyundai? Só sendo louco mesmo para jogar dinheiro fora assim!

    • LeandroBalmant

      O A3 Sedan é um sedan premium, e a Audi fez o que pode para “baratear” o carro para que consumidores de Corolla Altis e Civic Exr prefiram ele.
      O Ix35 é um carro simples, e que a CAOA eleva ao máximo seu preço.

  • carroca_br

    Pior do pior do pior que a IX35 na verdade é a nova Tucson lá fora há muitos anos e quando chegou sua atualização aqui foi mantida a antiga e sua atualização foi inventado um novo nome e vendido como novo modelo mais caro que a Tucson. E a brasileiragem engolindo esse absurdo assim como já engole com Gol G4, Palio Fire e tantos outros exemplos.

    Essa atualização que vira carro novo deveria ser proibida de tão absurda!

  • Magnosama

    Devia custar 70k, no máximo.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend