EUA Ford Mitsubishi Segurança SUVs Vídeos

IIHS: Ford Escape e Mitsubishi ASX ruins para proteção de passageiro (vídeo)

escape-iihs IIHS: Ford Escape e Mitsubishi ASX ruins para proteção de passageiro (vídeo)

O IIHS – Instituto das Seguradoras Americanas para Segurança nas Estradas – avaliou 12 modelos de SUVs para atestar se a proteção para passageiro do lado direito é a mesma que a do motorista, que fica no lado esquerdo. Como se sabe, suspeitava-se anteriormente que alguns fabricantes tinham reforçado a proteção da estrutura dianteira em alguns modelos para poder passar pelo teste que simula uma batida contra um poste com área de contato de 25%, sempre do lado do condutor. O teste só é feito pelo instituto, diferente da NHTSA, que executa padrão semelhante ao do NCAP.



Esse temível teste fez com que vários modelos tivessem sido reprovados e obrigou seus fabricantes a reforçar a proteção contra esse tipo de impacto. Porém, ainda não havia sido testado dessa proteção em utilitários esportivos. Por conta disso, a IIHS decidiu avaliar esses modelos a fim de verificar se a proteção ao passageiro da frente é a mesma do motorista. O resultado? Mitsubishi ASX (lá chamado de Outlander Sport) e Ford Escape foram assustadoramente ruins na avaliação.

escape-iihs IIHS: Ford Escape e Mitsubishi ASX ruins para proteção de passageiro (vídeo)

Ambos tiveram enorme deformidade na carroceria, com suas colunas A dobrando-se terrivelmente como se fossem carros dos anos 90, permitindo que o passageiro fosse exposto ao impacto. No Ford Escape, o airbag lateral nem abriu, algo que também aconteceu no Mitsubishi ASX, que chegou a ter a porta dianteira completamente desintegrada com o impacto.



Para efeito de comparação, um vídeo do IIHS mostra como Chevrolet Equinox e BMW X1 passam bem pelo mesmo teste sem exposição do passageiro ao impacto. No Mitsubishi Outlander, por exemplo, a coluna A chega a dobrar, mas em menor grau e o airbag lateral é acionado. A parte inferior da coluna entra violentamente no espaço dedicado ao ocupante, assim como o próprio assoalho sofre uma enorme depressão, tal qual a parte superior.

Isso mostra que a prática de proteção reforçada apenas do lado do motorista continua, algo que o IIHS pretende combater com mais testes como esse, para mostrar que muitas marcas querem mesmo é passar pelo teste e ganhar o Top Safety Pick + ao invés de realmente oferecer a proteção adequada ao cliente e seus passageiros.

As estruturas de BMW X1 e Chevrolet Equinox se mantiveram íntegras durante a colisão, protegendo devidamente o passageiro, apesar do enorme efeito sobre a parte frontal dos veículos. Abaixo, o vídeo mostra as respostas das carrocerias de Ford Escape e Mitsubishi ASX ao teste, o que realmente impressiona devido ao colapso da célula de sobrevivência, que é o habitáculo do carro:

 

COMPARTILHAR:
  • Leonel

    Vergonhoso…

  • Luis LC

    Hummmm, as seguradoras não brincam em serviço, ainda mais nos EUA

  • Cincinato

    Olha só um japonês que não é inquebrável.

    • Ricardo

      É japonês….descartável.

      • Ernesto

        Explique melhor esse “É japonês…descartável”.

  • Jossimar Pádua Júnior

    Lá o outlander é um Small SUV. Quando eu vejo um na rua já acho enorme, imagina o que é um médio ou grande pra eles.

    Em off, acho que se fizer isso no BR o Carro se retorce a até o porta-malas

    • VINÍCIUS FREITAS DE SOUZA

      Mas esse aí do vídeo é o ASX, que lá é chamado de Outlander Sport

      • Jossimar Pádua Júnior

        Mas no fim eles mostram o outlander grandão também que não foi tão péssimo no teste

  • No_Name

    Picaretagem a troco de migalhas e que custa vidas. Um absurdo total! Felizmente lá ao menos tem quem fiscalize (e puna, se preciso for) esses sem vergonhas. E aqui? Imagine o que esses caras fazem (ou não fazem, melhor dizendo)…

    • Igor Pricandi

      Pode haver até coisa pior Sem Nome. Porque exemplo, se fazem o motor trabalhar para enganar testes de poluição, porque não produzir uma série específica apenas fazer testes de impacto. Quem economiza até em plástico, porque não também economizar na especificação dos aços utilizados. Uma coisa é certa, nós pagamos sempre a conta, seja na compra, seja morrendo num acidente. A vw não foi a pioneira em fraudar medições. Aqui no Brasil, a fiat fez isso com o Uno mille. O carro não tinha distribuidor, era bobinas comandas por uma centralina, ainda usava carborador. Ela detectava que o carro estava em marcha lenta e resistencia na saida de gases. A centralina então alterava o ponto para o carro consumir menos, e consequentemente poluir menos. Era um dos segredos do motorzinho andar bem, poluindo mais. A marelli é cheia de gênios, para o bem ou para o mal. Vale destacar que sem a marelli não teríamos os carros flex. Por isso, as montadoras não são um coisa só. Fazem coisas boas, ruins e fraudes. O que manda é o lucro.

      • Engraxate

        Elas trabalham com foco no resultado — foco em vendas.

        Para chegar a isso, fazem tudo que for necessário. Não há vergonha, pois o povo já não se importa mais.

        Pior, tem gente que saiu em defesa da VW após os testes de emissões, achando que é tudo gritaria de uma suposta “elite globalista eco-xiita revolucionária comandada pelo Mark Zuckerberg e George Soros”.

        O obscurantismo, infelizmente, ainda é muito forte.

        • Igor Pricandi

          Pois é. No mesmo teste o Jeep Compass mandou muito bem. Mas a matéria ignorou. Porquê?

  • Louis

    Que teste agressivo! Carro que vai bem neste teste merece ser aplaudido mesmo.
    Agora, se nos EUA as montadoras reforçam apenas o lado que bate nos testes, alguém aqui acredita que o Onix realmente ficou mais seguro? Só devem ter reforçado no ponto onde há a pancada, e refizeram o teste.

    • Igor Pricandi

      Então bata palmas pro jeep compass. Nesse mesmo teste foi bem. Só que a matério ignorou.

  • th!nk.t4nk

    No Ford o air-bag nem sequer abriu. Aquela beleza de padrão de qualidade da marca. Imagine entao os fabricados no Brasil!

    • RRodrigo Souza

      olha a porta do japonês que ficou toda deformada, risco de cair pra fora do carro tambem, as duas tem muitas coisas para corrigirem

  • REDDINGTON

    Se lá que a lei é dura e com multas pesadas, os caras fizeram mutreta, melhor nem testarmos mais nossos carros aqui pra não passarmos vergonha e raiva…

  • konnyaro

    Questão de cultura empresarial de cada marca. Algumas priorizam a qualidade enquanto outras procuram maximizar o lucro.
    O problema ocorre quando esta maximização de lucros envolve falcatruas para burlar os testes, ou seja, a ética desta empresa é no mínimo questionável.
    Mas para o consumidor comum o que vale mais é o preço e não a qualidade/segurança, portanto cabe ao Estado fiscalizar estes produtos para que os níveis mínimos estabelecidos na legislação sejam respeitados.

  • Filipo

    Se isso ocorre por lá, imagina por aqui!
    E temos que dar ainda mais valor ao ótimo produto que é o Equinox. E o temos por aqui!

  • Piston head

    ASX assustador. Que teste mais ”Surprise mothafu%¨$6”

  • Tibúrcio

    No Brasil, certamente todas as montadoras têm reforços distintos do lado motorista não considerados para o passageiro.

  • thi

    Carro alemao >>>>> japones > americano

    • VINÍCIUS FREITAS DE SOUZA

      Sem nexo

    • IPZ.4

      Dieselgate manda um salve

  • Cleidson

    Ué, mas nos EUA todos os carros são bons. Aqui que Onix e Ka são ruins. Não entendi.

  • Gran RS 78

    O jeitinho brasileiro dando as caras em outros países. Uma vergonha isso.

  • Eduardo Edu

    Equinox e Outlander = caveira na certa

  • Luis Burro

    Mas tbm q ingenuidade dos institutos e órgãos avaliadores hein!
    Se a premissa é ter o maior lucro possível pq iriam espontaneamente reforçar a estrutura,se nem os órgãos se preocupavam em avaliar?
    Não me surpreende se na lei não tem nd específico sobre o caso.

  • Luis Burro

    Nestes casos vê se bem q as montadoras não passam de empresas e q o lucro é o q mais importa.Independente de onde são os consumidores o q garante um respeito a eles são as leis criadas pelos governantes,através da fiscalização de órgãos q tenham poder de influenciar.
    É o q mais falta no Brasil!

  • Luis Burro

    Seria melhor testar todos carros da montadora,se ela faz com um provavelmente faz com todos!

  • Saulo Gomes

    Caracas, parecem até carros da Fiat.

  • CanalhaRS

    Coincidentemente, Ford e Mitsubishi são duas marcas que não andam bem das pernas atualmente.

  • Engraxate

    Perdi o respeito pela Mitsubishi. Que sacanagem.

    O respeito pela Ford eu já havia perdido há tempos.

    Pior: tem “gente” que ainda critica os crash tests. A massa de pessoas lutando para manter o povo brasileiro vendado é muito grande.

  • Fabão Rocky

    Qdo acabar ainda dizem q SUVs são mais seguros por causa do tamanho. Fiquei impressionado c/ a deformação da carroceria, parecendo até de carro “bateu-morreu” q leva 0 estrelas.

  • Fabão Rocky

    As marias gasolinas q não aguentam ver um “carrão” q teimam em dizer: “Gosto de carro grande pq me sinto mais segura!”. Tá aí a segurança!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email