_Featured Lançamentos Land Rover SUVs Test Drive

Impressões ao dirigir o Discovery Sport diesel em expedição da Land Rover

expedição-discovery-sport-NA (29)

A Land Rover recentemente lançou o Discovery Sport com motorização diesel, que chega para complementar a gama de opções do SUV britânico, que a partir de 2016 deverá ser fabricado no Brasil. Com motor 2.2 SD4 de 190 cv e 43 kgfm a partir de 1.750 rpm, o modelo mantém o câmbio automático ZF 9HP com nove marchas, bem como tração integral Terrain Response.

Disponível nas versões SE, HSE e HSE Luxury, o Land Rover Discovery Sport Diesel tem preços de R$ 218.100, R$ 242.700 e R$ 270.700, respectivamente. Com consumo médio de 13,8 km/litro, o utilitário esportivo pode percorrer 900 km com tanque de 65 litros.

expedição-discovery-sport-NA (21)

O modelo ganhou plano de revisão de R$ 1.990 para cinco anos e tem seguro de R$ 5.800 para adulto, homem, 30 anos, morador de São Paulo. Há também plano de aquisição com entrada de 20%, 23 mensais fixas e saldo de 50% com garantia de recompra.

Após a divulgação, a Land Rover promoveu um longo test drive com o modelo na região do Parque Nacional de Itatiaia, na tríplice divisa SP-RJ-MG. Além disso, conhecemos o centro de treinamento dos futuros funcionários da fábrica da Jaguar Land Rover em Itatiaia/RJ.

expedição-discovery-sport-NA (4)

Expedição Discovery Sport

O evento de test drive foi batizado de Expedição Discovery Sport e partiu de Guarulhos/SP rumo à Penedo/RJ. No trajeto, a impressão ao dirigir o Discovery Sport Diesel foi muito boa. O SUV inglês tem bom comportamento na estrada, oferecendo conforto e entretenimento.

Assim como na versão a gasolina, que entrega 240 cv, o Discovery Sport SD4 tem boa posição ao dirigir e ergonomia, tendo ainda um bom equilíbrio nas curvas e excelente dirigibilidade. Rodando a 110 km/h, a rotação fica em 1.400 rpm na nona marcha, acionada de forma manual.

O Discovery Sport SD4 tem uma boa resposta de seu motor 2.2, que entrega uma boa quantidade de torque já em rotação bem perto da marcha lenta. Elástico, ele permite até uma condução mais esportiva, alcançando rápido 4 mil rpm nas trocas de marcha. O Land Rover vem com modos de condução Sport e Eco, podendo os dois serem usados ao mesmo tempo.

expedição-discovery-sport-NA (2)

O casamento entre motor e câmbio é melhor do que na versão 2.0 Si4, mesmo com 50 cv a menos. O toque maior – 8,5 kgfm a mais – também é um diferencial, que torna o trabalho do propulsor mais suave e a condução prazerosa. As retomadas são pontuais e não é necessário exigir muito para ter ultrapassagens seguras.

As mudanças de marcha são suaves e praticamente imperceptíveis. A direção elétrica é muito leve e precisa, assim como os freios atuam de forma eficaz. O equilíbrio geral é muito bom, assim como o espaço interno, feito para cinco pessoas com mais dois assentos adicionais na versão HSE Luxury. São 981 litros no bagageiro, que pode ter muito mais com o rebatimento do banco traseiro.

expedição-discovery-sport-NA (9)

Off-road

Após passagem por Penedo, começamos a subir a serra em direção a Visconde de Mauá, distrito de Resende e na divisa com Minas Gerais. O Discovery Sport SD4 responde tranquilamente às exigentes subidas em direção ao Parque Nacional de Itatiaia. A estabilidade em curvas fechadas é um item positivo em um carro com proposta mais familiar, focando no conforto.

A oferta de torque torna a subida muito mais agradável, pois o motor é pouco exigido e um ruído interno permanece digno de um lorde inglês. Mesmo elevando-se a rotação para níveis mais altos, o ronco do 2.2 SD4 não incomoda. Após rápida estada em Visconde Mauá, partimos para o estado de Minas.

A estrada de asfalto foi substituída pela de terra e logo o Discovery Sport encontrou seu lugar. Trechos de chão batido, areia, lama, pedras e barro, assim como chuva, sol e pequenos riachos, não foram suficientes para abalar o ânimo juvenil do SUV da Land Rover. O Terrain Response foi usado várias vezes nos modos de Lama, Areia e Relva/Grama.

expedição-discovery-sport-NA (25)

Mesmo nos piores trechos, especialmente nas subidas com cascalho, o sistema modulou de forma eficiente a força em cada uma das rodas, garantindo sempre o melhor torque e aderência em cada situação.

Nas decidas, o HDC – controle de descida – mantém o veículo em uma velocidade adequada, acionando os freios de forma automática, não necessitando o motorista fazer isso. A velocidade, no entanto, pode ser ajustada no próprio volante.

O trabalho da suspensão foi exemplar, proporcionando muito conforto e segurança a bordo. Os veículos estavam equipados com pneus comuns, não tendo qualquer preparo para o off-road. Sem chuva forte ou trechos longos alagados, não conseguimos chegar perto dos limites do Discovery Sport.

expedição-discovery-sport-NA (11)

A região tem uma grande variedade de clima, terreno e vegetação, elevando-se de 500 m até 2.700 m de altitude. Mesmo nos níveis mais elevados, não faltou fôlego para o 2.2 SD4, que se comportou muito bem em todas as etapas da viagem. Como os pneus não eram os de uso para este tipo de terreno, apenas nas áreas com pedras pontiagudas tivemos que dirigir com mais cautela.

A nova multimídia com navegador GPS inclui altímetro, um item que foi bastante apreciado pelos participantes da expedição, pois com poucos metros, subíamos rapidamente de altitude, chegando a 2.400 m no total, onde estava o acampamento base montado pela Land Rover dentro da área reservada do Parque Nacional de Itatiaia, bem próximo do Pico das Agulhas Negras.

expedição-discovery-sport-acampamento-NA

A região, com clima de montanha e vegetação rasteira, típica de grandes altitudes, oferece vista para o interior de Minas Gerais e o Vale do Paraíba (Rio e São Paulo), bem como é possível avistar também a Serra do Mar (Parque Nacional da Serra da Bocaína, em São Paulo).

No outro dia, descemos pela estrada histórica do parque, onde o ex-presidente Getúlio Vargas chegou a ficar hospedado. A saída do primeiro parque nacional brasileiro – criado em 1937 – é rápida e logo alcançamos a BR-354, sentido Itatiaia. Na descida, o Discovery Sport novamente provou sua boa estabilidade e alta capacidade de freio-motor.

land-rover-fabrica-NA-3

Fábrica de Itatiaia

No retorno, chegamos ao local onde está sendo construída a fábrica da Jaguar Land Rover, localizada em Itatiaia/RJ. Nas margens da rodovia Presidente Dutra, a instalação já tem muitos prédios prontos, bem como o pátio de estoque/embarque.

Ao lado, nas antigas instalações de outra empresa, a Jaguar Land Rover montou um centro de treinamento para os futuros empregados. A empresa usa uma nova metodologia de treinamento em quatro níveis para aprimorar as habilidades e aptidões dos funcionários.

land-rover-fabrica-NA

Foi criada até uma linha de montagem fictícia desenvolvida localmente, onde os candidatos ao posto de funcionário da Jaguar Land Rover devem se familiarizar com a linha de produção. Desmonte e montagem de veículos também são avaliados, assim como o conhecimento de cada parte do veículo.

Há um treinamento virtual para que os futuros funcionários possam aprender sobre a linha de montagem e assim colocar em prática logo depois. Por enquanto, 100 pessoas já participam do treinamento, que inicia no Senai regional e encerra em uma avaliação final dentro da Jaguar Land Rover.

land-rover-fabrica-NA-7

A fábrica terá capacidade para 24 mil veículos por ano e deve gerar 400 empregos diretos. Modelo para outras plantas da empresa, a fábrica da Jaguar Land Rover terá 60 mil m2 e duas linhas de montagem para os modelos Evoque e Discovery Sport.

A produção começará no primeiro semestre de 2016. O retorno se deu pelas rodovias Dutra e Carvalho Pinto/Ayrton Senna, onde mais uma vez o Discovery Sport mostrou sua boa performance, economia e conforto. Confira a Avaliação NA do Discovery Sport 2.0 Si4.

Galeria de fotos do Land Rover Discovery Sport:

Viagem a convite da Land Rover.





  • FelipeR02

    “…gama de opção…”, “…decida.. “, “…trechos mais ruins….”.
    Chegar até o final do texto foi mesmo uma expedição desafiadora. Parabéns, N.A.

    • Andrex2501

      “O toque maior – 8,5 km/litro a mais”… Conferir o texto antes de publicá-lo é importante…

  • Gosto mais do visual exterior deste Sport que do Evoque.

    • Humberto Ghirardello

      Só nao curti muito a traseiro, de resto achei bem desenvolvido!

    • FFS

      Eu também. Pra mim é bem mais bonito

    • Pietro

      Minha esposa tem o Evoque, mas concordo contigo: ele é mais bonito no exterior que o Evoque. Aliás, ainda acho o visual classudo da Land Rover mais bonito do que esse visual Evoque lançado por ela. Enfim, questão de costume…

  • Bittencourt

    Eu acho TODA linha da Land Rover linda (talvez desse só uma mudadinha na frente muito alta e quadrada da Vogue), mas não consigo gostar do design dessa Dicovery Sport.
    Parece que falta alguma coisa na frente e essa traseira com esses “olhos esbugalhados” não me agradam de jeito nenhum.
    Vai entender…

    • GPE

      Tu já viu pessoalmente? Eu achei muito acertado.

      • Bittencourt

        Alguns…e só fez corroborar a impressão que eu tinha por fotos…

  • b.c

    Muito cara, prefiro a Sw4…

  • Pedro

    Nossa… a Amarok e muito melhor… é uma legitima Volks.. carro supremo do universo…. é assim:

    Melhor carro hatch: Golf GTI

    Melhor Sedan médio: Jetta
    Melhor Sedan: Passat
    Melhor Picape: Amarok
    Alias, qualquer coisa com o VW na frente já é automaticamente o melhor da categoria… até mesmo um Jumento com VW é melhor que os outros

    • RED883

      Pedro, Blog errado…kkk

  • V12 for life

    Excelente carro mas se tratando de Sport prefiro o Range Rover.

    • duduEAS

      Ai vc quer comparar batata com melancia que só sao produzidas na mesma roça .

      • V12 for life

        Onde está a comparação? Preferencia e comparação estão a km de distância.

        • duduEAS

          É verdade, nesse ponto eu prefiro uma Ferrari.

          • ninja

            levou meu like!!!!!!!!!!

          • V12 for life

            Parabéns

        • Vini

          se vc prefere vc prefere uma coisa a outra. E para vc preferir vc tem de comparar necessariamente. Vc prefere a range rover pq de acordo com os seus critérios ela é melhor que a discovery. Afirmar ser melhor é comparar. Impossível vc afirmar prefiro isso àquilo sem estabelecer nenhum critério de comparação (só de for louco).

  • André Vidigal

    Baratinha !!! Quem trocou a Evoque Gasolina pela Diesel se arrependeu, aqui no nordeste a Diesel “micou” lega…. no mercado de usados não valem nada… nenhum lojista quer pegar… sem contar a manutenção bastante cara.

    Sobre esse plano de manutenções no texto, ficou bastante incompleto!!!

    • ele foi resumido, pois já foi explicado na matéria de divulgação, anteriormente.

    • ricmoriah

      esse plano já foi apresentado em matérias anteriores e não difere em nada no diesel, mas confira abaixo um resumo:

      Os clientes que adquirirem o novo Discovery Sport contarão com um plano de cinco anos de revisões básicas pelo preço total de R$ 1.990. As revisões devem ser feitas na
      rede de concessionárias e incluem serviços de troca de componentes como óleo,
      filtro de óleo, filtro de ar, filtro de combustível, filtro de ar condicionado,
      fluído de freio, sem custo ao cliente, inclusive a mão de obra.

    • GPE

      Não sabia dessa informação. Quem te passou? Vou procurar saber com colegas que trabalham na área

  • CyberSilvio

    A nova SW4 é capaz de ser mais cara……..e elemento filtrante achar normal, “é um toyota”.

    • Marcelo Amorim

      Aposto em 220 a 225 mil.

    • Tiago Mascarenhas

      Pior que vai ter idiota comparando os dois e dizendo que é melhor Toyota.
      Não é de se negar a qualidade da Toyota, mas é uma piada de mal gosto o preço que pedem.

  • dncmotors

    Meu carro hoje, nessa categoria, juntamente como Excelente Outlander Diesel.

    • Joacir

      A outlander diesel realmente está um show.

    • FFS

      Outro baita carro mesmo.

  • Igor

    Aumento do dólar e sem contar que o mercado mudou bastante de 2011 para cá

  • Roger Abdulack

    Sou muito mais esta Discovery do que a Evoque. Só me dá medo aquela última foto da fábrica, do jeito que são as coisas por aqui, espero que aquela não seja a versão de produção nacional! hahaha…

  • Hebert Saul de Souza

    gosto mais desse ai do que evoque ! compraria esse sem medo !



Send this to friend