EUA Ford Preços SUVs

Indiano, Ford EcoSport 2018 chega aos EUA com descontos e preços a partir de US$ 19.995

novo-ecosport-2018-5 Indiano, Ford EcoSport 2018 chega aos EUA com descontos e preços a partir de US$ 19.995

Pela primeira vez na América do Norte, o Ford EcoSport 2018 chega ao mercado americano, mas não importado do Brasil. Sua origem é indiana, cuja operação local perdeu recentemente as exportações para a Europa, visto que o SUV compacto passou a ser feito em Craiova, Romênia.



Feito em Chennai, o Ford EcoSport 2018 chega ao país surfando na onda dos SUVs, que só em 2017 tiveram alta de 14% nos EUA. Já devidamente atualizado e globalizado, o produto desembarca com um programa de descontos da Ford para planos de leasing, caindo o preço em US$ 1.750 até 4 de abril. Algumas fontes locais falam em descontos autorizados de concessionários entre US$ 2.000 e US$ 2.750.

novo-ecosport-2018-5 Indiano, Ford EcoSport 2018 chega aos EUA com descontos e preços a partir de US$ 19.995

Oficialmente, o bônus menor é divulgado no configurador do Ford EcoSport 2018, cujos preços partem de US$ 19.995 sem o desconto. O valor é sem frente de US$ 995, que após ser somado ao preço sugerido, é descontado o bônus, chegando a US$ 19.240 na versão S com motor 1.0 EcoBoost de 125 cv e 17,2 kgfm. Se o cliente optar por algo mais forte, a única oferta é o Duratec Direct 2.0 Ti-VCT com 168 cv e 20,5 kgfm.

Nos dois casos, a transmissão é automática de seis velocidades, mas o Duratec Direct 2.0 é oferecido somente com sistema de tração nas quatro rodas, acrescentando US$ 1.500 ao preço. Além disso, ambos possuem sistema Start&Stop. Disponível nas versões S (US$ 19.995), SE (US$ 22.905), Titanium (US$ 25.740) e SES (US$ 26.740), sendo esta última oferecida apenas com motor 2.0 e tração integral.

novo-ecosport-2018-5 Indiano, Ford EcoSport 2018 chega aos EUA com descontos e preços a partir de US$ 19.995

De série, o Ford EcoSport S 2018 para os EUA vem com sistema SYNC, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, controle de torque vetorial, sistema anti-rolagem da carroceria, direção elétrica, ar-condicionado, freios a disco nas quatro rodas, rodas de liga leve aro 17 polegadas, sete airbags, MyKey, alerta de pressão dos pneus, assistente de emergência, trio elétrico, sensor crepuscular, rádio com seis alto-falantes, entre outros.

Na versão SE, o Ford EcoSport 2018 adiciona entre outros, faróis de neblina, faróis com assinatura em LED, sensor de estacionamento, câmera de ré, vidros escurecidos, ar-condicionado automático e barras longitudinais no teto. Na Titanium, o pacote acrescenta sistema de som premium B&O Play da Harmann, detalhes cromados, alerta de tráfego traseiro, alerta de ponto cego, volante em couro, rádio-satélite SiriusXM, Wi-Fi, bancos em couro com aquecimento nos dianteiros, tela sensível ao toque de 8 polegadas, rodas aro 17 polegadas, LEDs diurnos e navegador GPS com comandos de voz.

novo-ecosport-2018-5 Indiano, Ford EcoSport 2018 chega aos EUA com descontos e preços a partir de US$ 19.995

Por fim, a versão SES tem um acabamento diferenciado e mais esportivo, empregando detalhes externos em preto fosco e máscara negra em faróis e lanternas. As rodas de liga leve aro 18 polegadas são igualmente escurecidas e a suspensão tem calibração esportiva. O volante acompanha o estilo e vem com paddle shifts.

Ford EcoSport 2018 – Galeria de fotos

COMPARTILHAR:
  • vicegag

    Coisa boa, lançamento e já com desconto, bem diferente de outro país ao sul que têm aumentos mensais, para seus endinheirados consumidores.

    • Matthew

      E são descontos de verdade, não os engana trouxa que temos aqui. O Mobi Like anunciado a 36 mil como se fosse uma puta vantagem, sendo que este era o preço de tabela no lançamento e perdeu o limpador/desembaçador do vidro traseiro e chave canivete com telecomando que era de série no 2017.

      Outro dia vi um vídeo de um cara mostrando porque o Mitsubishi Mirage era o pior carro disponível nos EUA. Além de criticar um monte de coisas que aqui são perfeitamente aceitáveis, ele comenta que o preço é de 14 mil dólares mas que era possível encontrar por menos de 10mil. Ou seja, 30% de desconto.

      • Joao Gabriel

        Eu assisti a este vídeo e o cara simplesmente narrou a realidade de 10 em 10 compactos de entrada no Brasil… infelizmente

      • Haggard

        Doug DeMuro hahahahahah.

        • Matthew

          O próprio! Muito comédia hahahahah

      • VaeVictis

        Na Europa, existem muitos carros desse tipo. Nosso comentários dizem que falta insonorização e tem uma direção imprecisa. Para o resto não é inferior a outros concorrentes. Quanto ao consumo de combustível, a Spacestar UMILIA a Chevrolet Spark (que se chama Opel Karl aqui).

      • Alexandre Viotto

        Já pensou? Poder comprar um Mirage 0 Km por cerca de R$32.500,00 (conversão direta)…

      • Hendel Marques

        Fiquei curioso pra ver esse video. Manda o link!

        • Matthew

          https://youtu.be/5aCsNs3eYTE não sei se pode colocar links aqui no fórum. Qualquer coisa joga na pesquisa do YouTube “The Mitsubishi Mirage os The worst New car you can buy” do canal do Doug deMuro

      • Augusto

        gimme some quirks and feautures!

    • FocusMan

      Nego só sabe reclamar. O Eco chegou no Br com descontos ótimos tb.

      • MauroRF

        Principalmente para PJ. Consegui 15% na Titanium azul. Vou pegá-la até o final desta semana ou começo da que vem. Já faturou em Camaçari e está vindo para cá (Mix São Caetano-SP).

  • João Vinicius Veras Oliveira

    Vamos aguardar as avaliações desse Ecosport Indiano. Na Europa ele foi muito criticado pela qualidade, não sei se foi um dos motivos para produção europeia.

    • Meereengue

      Na europa ele ja vende mais que renegade em dezembro de 2017

    • FocusMan

      O modelo foi para a Europa porque a fabrica da Romenia iria fechar.

    • André

      Foi criticado antes da reestilizaçao

  • Natán Barreto

    Vai micar com certeza.

    • Fanjos

      Flopão a vista

    • Meereengue

      Qual o numero da mega sena?

      • Robinho

        kkkkkkkkkkk

    • FocusMan

      O carro foi vem recebido pelo público.

    • Ronald

      Esqueceu de colocar o turbante na foto… Ahhh… e claro, a bola de cristal…😂😂😂

  • zekinha71

    A Ford daqui não consegue empurrar a Eco pra nenhum país fora da AL, as outras plantas que vendem, ou a fabricação aqui é muito ruim, ou seria o pessoal da Ford mesmo?

    • th!nk.t4nk

      Na Europa a Ford chegou a vender o Eco pelo mesmo preço do Fiesta, praticamente (preço de tabela baixo + desconto adicional na concessionária). Mesmo assim não vende. Micou porque de início o carro vinha cheio de problemas de acabamento, acabou ficando queimado.

    • FocusMan

      A planta de camaçari n tem capacidade para fazer mais carros.

      • MauroRF

        A Eco fabricada em Camaçari será exportada apenas para os países da AL ou irá para mais algum lugar?

        • FocusMan

          Ela só é exportada para AL. E as exportações vão muito bem!

  • 868686

    Americano compra isso?

    • MMM

      Não sei os números mas tenho visto bastante Renegade, HRV e Mazda CX3.

      • Renegade chegou a aparecer nos filmes da Marvel, com Ben Affleck ao volante.

    • Uranium

      É SUV, então compra sim.

    • Lord Saboteaur

      O Ford Escape é um dos carros da Ford que mais vende nos EUA

      • th!nk.t4nk

        Mas o Escape (Kuga) é completamente diferente. É basicamente um Focus bombado (o que é algo positivo). O Kuga tá bem longe de ser um carrão, mas digamos que ele oferece um conjunto minimamente decente e cobra barato por isso. É um ótimo custo x benefício pra quem faz questão de ter um SUV.

        • Alexandre Viotto

          E custa somente $23,850!

      • FocusMan

        Hoje é o automovel mais vendido da Ford.

      • 868686

        Sim, mas o Escape é maior que o EcoSport.

        • Lord Saboteaur

          Vamos ver quantos EcoSport vão vender e como vai ser esse numero comparado ao HR-V, Kicks, CR-V, Kona da vida…

  • leandro

    Há “promessas” de uma versão freestyle 4×4 AT para nós até fevereiro..
    Nunca dirigi um carro tração integral, se ele vier assim significa mais segurança? Seria a única variável que me faria comprar um 4×4

    • heliofig

      Tem que ver se é 4×4 para off-road ou para asfalto. No asfalto, ele dá muita firmeza e segurança pro motorista, porque para (ou diminui muito a sensação) de sair de frente ou de traseira, parecendo que está andando em trilhos. Tive uma Outlander GT, ficava absolutamente fantástica em curvas com o 4×4 ligado (que nela é para asfalto). O 4×4 das pick-ups também melhora a estabilidade e diminui a pulação da traseira, mas como é para off-road, ou bloqueia o diferencial ou tende a se desativar eletronicamente, conforme a velocidade – via de regra, conforme a marca, umas nem recomendam o uso no asfalto…

      • TijucaBH

        Nas pick ups, exceto Amarok, nao se deve em hipotese alguma usar o 4×4 em asfalto, principalmente em curvas. É porque elas nao possuem diferencial central, com isso as rodas do eixo dianteiro e traseiro giram na mesma velocidade, variando apenas a velocidade das rodas entre os lados (lado interno da curva precisa girar menos que o lado externo). Andar com S10, Hilux e cia com tração ligada no asfalto vai aumentar o desgaste dos pneus e diferencial.

        • Matthew

          Nos carros de passeio comuns a tração 4×4 é mais para andar na neve nos rigorosos invernos do países do norte. Em condições normais de uso não sei se tem tanta diferença, a não ser que tenha sido pensado para este fim (rodovias/asfalto).

          • th!nk.t4nk

            Creio que depende do lugar. Se for uma estrada com muita curva fechada, daí o 4WD tem vantagem mesmo no seco. Perto de onde moro tem umas estradinhas secundárias assim, e o limite curiosamente é de 100-120 km/h. Digamos que dá pra brincar um pouco.

        • Alexandre Viotto

          E aumentar o consumo de combustível!

  • Razzo

    Além do motor 1.0 EcoBoost, ausência do estepe pendura à tampa traseira e freios à disco nas 4 rodas ! Ecosport é o indiano.

    • leandro

      Pensando em manutenção eu prefiro nosso 1.5 ao 1.0 ecoboost

      • Razzo

        O Ecosport indiano/americano não tem estepe.

        • FocusMan

          O estepe pode ser encomendado. Na Europa parte das pessoas pedem com estepe

          • th!nk.t4nk

            Rodo pra caramba e nunca vi 1 único Ecosport com estepe na traseira. Mas de fato é um opcional.

            • FocusMan

              Na Italia eu vi bastante. E na planta da India, que produzia até então para a Europa também vi diversas equipadas com o opcional.

      • vicegag

        Creio que o problema da Eco com estepe externo, resida no espaço do porta malas, no indiano deve ter pneu de uso provisório, ou kit de reparo, e aqui boa parte dos brasileiros quer carregar peso e exige estepe full size, e fica mais contente quando este full size tem roda de liga leve como os quatro outros.

    • No_Name

      Para os “índios” ele continua com estepe traseiro e freios traseiros a tambor. Equipado só para exportação. Fico pensando como os funcionários da linha de produção devem se sentir montando um EcoSport para os EUA e depois outro para o mercado deles… O vendido na Índia nem o 3º encosto de cabeça e cinto 3 pontos central no banco traseiro possui.

    • FocusMan

      Não tem freio a disco nas 4 rodas.

      • Razzo

        Então o que uma pinça de freios está fazendo na roda traseira na foto ?

  • RIP Brazil

    PERAÍ!
    Eu vi um Ecosport sem estepe na tampa traseira?

    https://youtu.be/IUZEtVbJT5c?t=11

  • Alunak Oliva

    Nos usa carro de empregada doméstica de vendedor carro para quem precisa.
    Aqui carro de gente que se acha. VAI BRASIL

    • Uranium

      2018 e ainda acham que pobre nos Eua anda de carro 0km kkkk

      • th!nk.t4nk

        Nos EUA não é a regra de fato, mas há um bocado de gente nessa situaçao. Já ouviu falar de leasing? Desde que o sujeito consiga comprovar renda, ele pode pegar carros até razoáveis zero km sim. Só que vale muito mais a pena comprar um usado de uma vez, por isso nao é a coisa mais comum do mundo.

        • Uranium

          Amigo, se a pessoa tem condições de comprar carro 0km nos Eua, um Fiesta que seja, já não é pobre. Pobre de verdade nos Eua, como na maioria dos países, anda de carro VELHO. A diferença é que, enquanto aqui pobre anda de CG ou no máximo um Gol ou Palio de 20 anos que custa 10 salários mínimos, lá o cara entra no Craigslist e acha um monte de Camry de 20 anos por 350 dólares ou menos, ou Explorer de 15 anos por 1000 e pouco… Achar que americano pobre, que no geral vive de comer fast-food por não ter dinheiro pra comer comida de verdade, vai entrar numa loja e sair com um carro 0km (um Versa pelado custa 12 mil dólares) é desconhecer a realidade do mundo.

          • FocusMan

            Por isso que americano pobre é gordo.

            • Uranium

              Exato.

          • SDS SP

            Brasileiro pensa que sabe da realidade dos EUA visitando apenas Orlando.

          • th!nk.t4nk

            Onde você mora nos EUA, Uranium? Morei 2 anos em Austin. Simplesmente tem pobre com leasing a rodo. Ninguém está falando de pobre miserável, mas de low skilled jobs (continua sendo pobre sim). Lógico que a grande maioria pega um usado (pelos motivos citados é muito mais sensato), eu afirmei justamente isso acima, Porém tem sim senhor muita gente pagando leasing no limite de seus ganhos. Ao contrário do que o FocusMan afirmou, hoje em dia já está muito mais fácil ter crédito aprovado no setor, e o povo voltou a cometer loucuras. Isso é tema de muita discussao no TX, nao posso falar por outros estados, mas posso falar pelo que vi e vivi. Se você me disser o estado em que mora, podemos fazer um comparativo.

            • Uranium

              Morei em Michigan, na região de Detroit, e em Illinois, a 20 minutos de Chicago, viajei bastante pelo norte e centro dos Eua. Voltei pro Brasil ano passado, fui transferido pela empresa. Nunca fui ao Texas. De qualquer forma, o que acontece é que você não está sabendo diferenciar miserável, pobre e classe média-baixa.

              Não sei como é em Austin, mas em Chicago e região, quem trabalhava em low skilled jobs, no geral, andava de ônibus/metrô onde havia e comumente tinha um carro velho de 12 a 20 anos de uso para uso em atividades cotidianas, é bastante comum vê-los no trânsito da cidade, principalmente nos bairros, embora a maioria dos carros com certeza tenha menos de 10 anos.

              Em Detroit e adjacências já era um pouco diferente. Devido à total ausência de transporte público, o pessoal precisava muito ter carro, então mesmo aqueles extremamente marginalizados tinham um carro velho para se locomover. Na cidade de Detroit em si, a quantidade de carros americanos (e velhos) nas ruas é muito maior do que qualquer outra região que conheci, assim como a concentração de carros em estado ruim ou péssimo de conservação. Porém, no subúrbio onde eu morava, que é onde se concentrava também a população branca e de classe média, a maioria dos carros é nova, máximo 10 anos.

              Onde eu quero chegar é que a grande quantidade de carros novos e de bom padrão, pelo menos nos estados do norte e centro dos EUA, se deve ao fato de haver uma classe média imensa e que, ao invés de gastar quase toda sua renda pagando impostos como acontece no Brasil, eles têm dinheiro sobrando para consumir. A situação do pobre pelo que eu vi, tirando acesso à saúde (por incrível que pareça), é muito melhor que a do pobre no Brasil, mas eles ainda vivem em aperto financeiro, não têm condições de colocar os filhos na faculdade, trocar de carro anualmente e consumir de fato. A classe média-baixa é que em parte consegue isso, consegue comprar um Accent, Versa 0km ou carros maiores usados, estudar e viver a vida sem qualquer extravagância, mas sem passar aperto. Daí pra cima é que vem a grande massa da classe média, que compra carro 0km e consome coisas toda hora.

              Lembrando que esta é a minha impressão, baseada no que eu vivi e observei né. Não conheço boa parte dos estados do sul, por exemplo, acho até que possa ser diferente pela questão histórica, talvez…

              • th!nk.t4nk

                Sim, concordo com tudo o que disse a respeito da situaçao financeira de quem ganha pouco. No caso da Austin muita gente quer aparecer e se enforca com leasing que mal consegue manter. Confesso que nao esperava encontrar tanto esse tipo de coisa nos EUA, mas vi muuuita gente vivendo de aparências, semelhante ao que ocorre no Brasil. Falo pobre porque pra mim alguém trabalhando em retail e morando num apartamento velho pra mim nao fecha com ter carro zero km, mas conheci pessoas assim (e já pensando no que pegar no leasing seguinte!!). Hoje moro na Alemanha e aqui vejo que aqui rola um pouco menos disso, mas tem também. Aparentemente viver de status é algo universal, embora em países desenvolvidos pelo menos o sujeito tenha opçao de pegar um bom usado, se tiver um orçamento apertado e a cabeça no lugar.

        • FocusMan

          O cara precisa ter bom histórico bancário para conseguir leasing, e porta tá fechada para muita gente por lá.

      • yurieu

        Olha o brasileiro se achando melhor que os outros. Esse sim é brasileiro nato.

        • Uranium

          ??

      • FocusMan

        Pobre é pobre em qualquer lugar. As pessoas n entemdem..

        • Alexandre Viotto

          A diferença é que lá, 1% da população é pobre… aqui deve ser uns 25%!

          • 868686

            Não, a taxa de pobreza nos EUA é maior que 1%

            A diferença mesmo é que lá até os pobres têm um índice de QUALIDADE DE VIDA muito superior ao dos pobres brasileiros.

            • MauroRF

              A questão é a comparação dentro do país. Para nós, claro, um pobre americano vive muito melhor, mas lá dentro dos EUA, o pobre reclama pra caramba, fala que não tem nada, que o sistema tá contra ele etc (no que os caras têm razão). Naquela nevasca no final de 2010 que teve em Nova York, eu me lembro bem de ter lido nos comentários de um jornal o povo de bairros mais afastados reclamando que a máquina de tirar neve não tinha passado na rua deles, mas que havia muitas delas em Manhattan (o que era verdade) e que eles mereciam ter as máquinas lá porque também pagavam impostos. Ou seja, o pobre de lá, guardando as devidas proporções, também se estrepa. A diferença é que, comparando com o pobre daqui, o de lá vive melhor.

            • FocusMan

              Isso é uma grande verdade. Uma pessoa pobre nos EUA tem qualidade de vida material melhor que uma pessoa da classe média no BR a começar pelo tamanho das casas.

          • Vattt

            Acho que esses 1% se refere a mendigos né? Pq pobre aqui no Brasil deve ser cerca de 70% da população. A diferença com os americanos é que os brasileiro não sabem que são pobres!!!

            • FocusMan

              Você quer dizer que porque o cara mora num bairro afastado ele é pobre?

              • Vattt

                ???? kkkkkkk, não sei nem como você chegou a essa lógica! Eu só queria afirmar que o nosso país é muito pobre comparado aos EUA só isso e que o mendigo representa esses 1% que o Alexandre falou, e sua colocação que diz que o “Pobre é pobre em qualquer lugar. está certa só que nos EUA é bem menos sofrível que no BRasil.

          • FocusMan

            Impressão sua. A diferença que a pobreza lá é medida de maneira diferente. No final das contas é pura percepção de si mesmo.

            Você vai se sentir pobre morando num condomínio onde todo mundo tem Porsche se você puder ter apenas um Camry.

    • tjbuenf

      Carro de US$ 20 mil nos USA não é carro de qualquer um não. O Ecosport está caro para eles. A Ford está apostando muito. Acredito que o carro não vai pegar.

  • CanalhaRS

    Muito caro, vai encalhar nas lojas.
    No mercado ianque, o bicho pega. Por esse valor eles tem diversas opções maiores e melhores.

    • Josê Fagundes

      Mazda CX-3 Gran Torino – 26 mil dólares
      Jeep Renegade Trailhawk – 26 mil dólares
      Ford Ecosport Titanium – 25 mil dólares

      tá sabendo legal, hein?

      • CanalhaRS

        E as outras opções? Você só listou 2 SUVs (repetiu o Ecosport).
        Existem pelo menos 30 carros, de variados tamanhos e motorizações, por até 20 mil doletas nos EUA. Foi nesse sentido o meu comentário.

  • Bruno Silva

    Achei salgado demais, as versões Titanium e SES estão mais caras que Cherokee e Equinox de entrada. Isso falando de SUVs, se levar para outros segmentos é possível comprar um Accord já intermediário.

    • Josê Fagundes

      Jeep Renegade Trailhawk – 26 mil dólares

    • Alexandre Viotto

      Um Fusion custa à partir de $22,120! Um pouco mais de $2,000 a mais que a Ecosport… É só ver a diferença de preço entre os dois aqui no Brasil para percebermos que a Ecosport não está tão vantajosa assim lá!

      • Jossimar Pádua Júnior

        Ou o Fusion que tá barato aqui rs

      • FocusMan

        O Fusion de 22120 é carro de locadora. O Som é um Sync com menos funções que a do Ford KA.

        • Alexandre Viotto

          De qualquer forma é um Fusion, tem a estrutura de um Fusion! É muito mais vantajoso do que uma Ecosport, por $2,000 a mais, ainda mais considerando que a gasolina nos States é muito mais barata!

          • FocusMan

            Fale isso para o Americano então. Eles não estão nem ai para Status que esse tipo de carro simples proporciona, só a gente tupiniquim que acha isso.

            • Alexandre Viotto

              Por acaso eu falei em Status? O que eu disse é que o Fusion é outra categoria de veículo. Apesar de a nova Ecosport ser até bem moderna, não tem tantos acessórios e o conforto de um Fusion. Atinja os 180 Km/h com os dois ou faça uma curva um pouco mais fechada a 120 Km/h e veja qual transmite mais estabilidade…

  • Diego

    Muito caro para o mercado Americano, se nãop me falhe a memória a Equinox é vendida por 23500 Dólares, absolutamente superior a Ecosport, o interessante é que eles conseguem negociar este valor nas concessionárias da marca👏⚔

    • FocusMan

      O Equinox comprável custa ao menos 28 mil.

  • Heberth de Souza

    “O valor é sem frente de US$ 995,…” acredito que o correto é sem frete, carro sem o estepe tudo bem, sem frente fica difícil. Agora, bem que podiam ter melhorado um pouco a tampa traseira, ficou muito feio.

  • Hoffmann

    Caro, pequeno e ainda por cima a imagem da Ford não anda das melhores nos EUA. Vai micar miseravelmente.

    • MauroRF

      Na verdade, a Ford lá é zoada por eles. Eles fazem piadas como nós fazemos com a Fiat aqui. Duas que ouvi muito lá são Found On Road Dead e Fix Or Repair Daily, kkkkkkk.

    • FocusMan

      A Ford foi a única indústria americanda do ramo que cresceu ano passado. É a marca mais vendida por lá.

  • leitor

    Sem o programa da Rota 2030 já teve isso e o governo ainda quer negociar altas propinas.

  • Basil Sandhurst

    Sem o maldito estepe na porta traseira…perfeito…

  • Daniel de castro

    Relativamente ao modelo AWD que está em vias de ser lançado. Alguém aqui (percebo muita gente com boas informações sobre a FORD) confirma se será uma versão diferenciada, que ao menos “lembre” a versão ST Line apresentada lá fora ?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email