Brasil Chevrolet

Inmetro: Chevrolet Onix Plus é o carro mais econômico do país

Inmetro: Chevrolet Onix Plus é o carro mais econômico do país

A Chevrolet agora comemora mais um título importante para a sua família Onix. No PBE (Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular), do Inmetro, o Onix Plus aparece como o carro mais econômico do Brasil entre os veículos a combustão. O modelo (versão 1.0 flex) possui média de 17,7 km/l de gasolina em estrada.


A montadora também obteve destaque com a versão hatch do Onix (1.0 flex). O veículo alcança médias de 16,7 km/l de gasolina, tanto em urbano como na estrada, mostrou o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular.

Inmetro: Chevrolet Onix Plus é o carro mais econômico do país

“O conjunto mecânico moderno e projetado para as condições locais, além da aerodinâmica do novo Onix Plus contribuíram para o salto de 21% na eficiência energética do novo modelo em relação ao anterior, que já era muito bom”, ressaltou Ricardo Fanucchi, diretor de Engenharia da General Motors América do Sul. “Tudo isso com ganho de performance, já que o novo é mais rápido em acelerações e retomadas de velocidade”, completou.

Agora, a Chevrolet informou que aguarda a próxima avaliação do Inmetro, que deve classificar o novo Tracker como o utilitário esportivo flex mais econômico do Brasil. De acordo com a própria montadora, o novo Tracker, lançado oficialmente no mês passado, registra médias em rodovia de até 14,8 km/l e 13,5 km/l com os motores turbo flex 1.0T e 1.2T, respectivamente.

Inmetro: Chevrolet Onix Plus é o carro mais econômico do país

O Inmetro realiza os testes em laboratórios e eles servem para que o consumidor possa avaliar a eficiência energética dos carros comercializados no Brasil. Ainda assim, é importante ressaltar que, na prática, esses números podem mudar (para mais ou para menos) por conta de uma série de fatores, como condições do clima, a maneira como a pessoa dirige, condições de manutenção, padrões de tráfego, dentre outros.

No site do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular é possível checar as informações de eficiência energética de vários modelos à venda no Brasil.

[Fonte: General Motors]

Darlan Helder

Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011

  • Samluzbh

    Afinal foi o 1.0 ou 1.0T?

    • Foi o aspirado que venceu como o mais econômico.

      • Fabio Teixeira

        Nãotem Onix aspirado…

  • th!nk.t4nk

    Alguma vantagem em andar de carro popular tem que ter. Absurdo é quando modelos dessa categoria gastam mais do que modelos de segmentos superiores.

    • Antonio_Brust

      Mano, um amigo meu tem um Gol 1.0 que consome igual um 1.6. Surreal.

      • Alaor

        Exemplo mais emblemático disso: Fiesta Rocam 1.0. Fraco de doer e bebe mais que o 1.6.

        • Davi Millan

          Pura verdade! Acho que não tem exemplo pior de 1.0 beberão. Superando até o Sandero 1.0 e o novo palio 1.0 (pior carro que já dirigi).

          • Alaor

            Se acha o Palio 1.0 G2 fraco, é porque nunca dirigiu um Grand Siena 1.0 rs

            • Edson Fernandes

              É porque vc nunca andou no Chevette Junior…rs

              • Alaor

                Carros atuais né meu caro…

                • Alexander Farias

                  Meu Fox 1.0 2011 bebia bem mais que o Focus 1.6 2014. Mas nenhum bebia mais que eu xD

    • Diego Berri

      Tive um gol G5 2009 que fazia uns 8 km/l na cidade e uns 12km/l na estrada, sem contar o motor fraco, Agora tenho um celta VHC E, além de andar bem chega a fazer 17 km/l na estrada…

  • Zarath Rocha

    Pq plus é mais econômico q o Hatch ????

    • Danilo Vieira

      Provavelmente pela questão da aerodinâmica.

    • Davi Millan

      o plus é mais leve e tem melhor aerodinâmica na estrada.

      • Raul Pereira

        tem como explicar melhor essa questão do plus ser mais leve que o hatch?

        • André Soares

          Porque todo sedan é mais aerodinâmico que o hatch.

        • Ricardo Silva

          O plus é pouca coisa mais pesado, mas tem aerodinâmica melhor na estrada, com velocidades mais altas, na cidade a diferença deve ser irrisória …

        • Diego Berri

          Por causa dos reforços estruturais na carroceria por ele ser um hatch

          • Raul Pereira

            e esses reforços são necessários por causa da aerodinâmica que é pior em relação ao sedan?

            • Evandro

              Não, são porque o vão da abertura do porta-malas é maior, o sedã consegue ter dois pontos de rigidez estrutural (no teto e atrás do banco) enquanto o Hatch tem um baita buracão no mesmo lugar, aí é necessário reforçar.

              No consumo rodoviário, aí sim entra a aerodinâmica, que é consequência do desenho, não causa. ;)

              • Raul Pereira

                manjei, valeu :D

      • Paulo Lustosa

        O Plus é mais pesado.

    • Diego Berri

      Ele é mais pesado, devido aos reforços estruturais na carroceria por ser um hatch.
      Aerodinâmica tbem conta, mas o principal fator é o peso…

      • Paulo Lustosa

        O Plus é mais pesado. O que deixa o Plus mais economico em rodovia é a aerodinâmica, fato qual que o Prisma conseguia ser mais econômico que os carros nos quais o originou, que foram Onix e Celta.

        • Diego Berri

          1112 kgs o Plus e 1118 kgs o hatch, não tive tempo de pesquisar exatamente a ficha técnica , mas então o Acelerados está passando as informações erradas, pois fez uma comparação com os dois carros e salientou muito isso, inclusive que achava que o Plus seria mais pesado…
          Mas óbvio que aerodinâmica tbem conta!

          • Paulo Lustosa

            O 1.0 Aspirado hatchback pesa 1032kg e o Plus pesa 1044kg. O hatchback só é mais pesado no Premier 3.

    • Matheus Mendes

      Devido ao desenho da carroceria a suspensão traseira deles tem calibragem diferente e coeficiente aerodinâmico também.

      No fim das contas é como se o Plus andasse mais “leve” que o hatch, visto que a diferença de Peso Bruto total é mínima.

  • Romulo’

    Numeros pomposos e irreais. Em todos os testes. Ninguem consegue replicar os teste no uso comum. Poderia ter algo mais realista, com transito em cidade, anda e para, avenidas e rodovia. As pessoas sao enganadas por esses testes do inmetro.

    • Danilo Vieira

      Isso é fato, nesse caso aí os testes são feitos em um ambiente controlado, mas no dia a dia, pode variar muito.

    • Davi Millan

      Ele serve mais como comparação entre os modelos do que realmente o consumo que você terá. Até porque há muitas variáveis.
      Eu, por exemplo na cidade não consigo chegar nas médias do meu carro (New Fiesta Titanium Plus 1.0 ecoboost) segundo o Inmetro, que são de 12,1 km/l, pois faço na melhor das hipóteses 11,3km/l. Já na Estrada o Inmetro fala em 15,3km/l, mas eu já consegui fazer 22km/l.
      Ou seja, qualquer carro que o inmetro diga que faz mais que o meu carro atual, eu também conseguirei médias superiores que o meu carro atual, mas não necessariamente sejam iguais ao que o inmetro diz.

      • Racer

        Um colega de trabalho acabou de comprar um Ônix Plus 1.0 (aspirado) e conseguiu marca de 21km/l em estrada (marcado no CB). Edit: com gasolina

        • Eduardo 1981

          Um colega meu conseguiu 22km/l.

          Eu mesmo já fiz 22km/l a muito custo com um Etios 1.3. 80km/h cravados para isso. Não dá nem pra ir a 90 porque daí cai pra 21.

          • Racer

            No caso, ele andou a 100km/h, que é a velocidade da estrada que ele usa.

            • Eduardo 1981

              Acho que sim. E 90 em alguns trechos.

          • Diego Berri

            A 80km/h meu Celta VHC E faz uns 17km/l se andar a 100km/h já cai para uns 15,16, mas ele é 1.0 de 2010…

      • Romulo’

        Sim entendo o ponto. Mas não necessariamente um carro que é mais econômico no teste do inmetro será no uso do dia dia em comparação a outro carro que foi um pouco abaixo deste por exemplo.
        São muitas variáveis certamente.

        • Tibúrcio

          Mas a análise do Inmetro é igual para todos para gerar uma comparação igualitária.
          O adesivo serve apenas como uma base, pois o uso é individual!
          Há quem trafegue por vias que não congestionam tanto no dia dia. Há quem só pegue trânsito pesado o tempo todo.
          O mesmo carro terá consumos muito diferentes nestas situações distintas.
          Ou você toma como base uma análise geral do Inmetro ou avalia alguém que utiliza o carro em trecho/via igual ao que usa para poder entender se um carro atende à sua expectiativa de consumo!

          • Romulo’

            É o ponto.
            Estou querendo dizer que os números trazem entendimentos errados para o consumidor.

            É um parâmetro, claro, mas é inútil.
            O que estou dizendo é. Dois carros testados iguais com o A sendo mais econômico, pode não ser quando os dois veículos são testados em condição do dia a dia de 99% dos consumidores.

            • Rick Wakeman

              Não traz entendimentos errados. Se o carro A faz 11 e o B faz 12 pelo Inmetro, vc certamente terá outro número, mas numa utilização normal (sem muitas dúvidas de morro, engarrafamento mais do que o normal, etc) o B pra vc será mais econômico que o A. Pra isso que serve o Inmetro. Se o seu uso é fora da curva, aí pode ser que na sua situação específica fique o contrário, mas no geral vai funcionar a comparação.

              • Edson Fernandes

                É aquilo que foi dito aqui… a forma de condução.

                A pessoa tem um carro A que acostumou com o comportamento dele e tenta replicar o mesmo no novo carro. Isso influi a depender do carro negativamente.

      • Diego Berri

        Verdade, já vi muito carro fazendo mais do que a média do inmetro…

    • afonso200

      depende do pé e do local….no Azera V6 2011 6AT que tenho a 6 anos todas viajens que fiz a 80km/h no plano com AC ligado, 2 -4 pessoas dentro e cruise control indo para o litoral, ele faz de 13,3 a 13,7km/l …. mas detalhe, deixando ele te levar, sem nenhuma ultrapassagem…..na rodovia do lado a 110km/h ele faz 12,3 km/l ….medias na Bomba nesses 6 anos……. ja o inmetro na epoca dizia que fazia 11,8km/l estrada……mesma coisa o Etios 1.5 AT4 diz que faz 15 na estrada inmetro, mas faz quase 21km/l a 80km/h no cruise control

    • Matheus Mendes

      Nenhum número ai é irreal.

      Os testes do inmetro são feitos da mesma forma com absolutamente todos os veículos.

      Então vc tem uma gama de números para fazer um comparativo de como seria o consumo dessas unidades em condições IDENTICAS!

      Lembrando, consigo números muito melhores no meu Onix Turbo LT do que os ditos pelo InMetro.

      Consumo varia por inúmeros fatores (clima, combustível, via, tráfego, condutor e etc etc etc etc)

      Andando em forma de consumo máximo (que alguns chamam de Hiper Melee) eu fiz 21km/L na estrada com o meu

      • Romulo’

        Acho que ninguém lê os comentários.
        Eu sei muito bem para que os testes são feitos. É obvio que todos são feitos sob as mesmas condições para serem comparados. Falta um pouco de interpretação de texto aqui. Estou dizendo que deveria ser feitos testes em condições reais para que as pessoas tenham número REAIS de consumo. Meu Deus.

  • MarcosGojira

    Mas será que dá pra confiar 100% no InMetro? O mesmo adesivo diz que o Renegade faz médias que nenhum proprietário conseguiu, este que foi um dos motivos de grande revolta e arrependimento pela compra

    • Tibúrcio

      Eu fiz médias maiores que o adesivo do Inmetro no Renegade.
      Depende do uso de cada um.

      • Rick Wakeman

        Quanto vc faz na cidade a gasolina com o Renegade? É o 1.8?

        • Tibúrcio

          No meu uso, onde pego mais avenidas e estradas, medido na bomba faço médias de 11,9km/L.
          No uso em cidade somente, minha esposa faz média de 8,9 km/L medido na bomba.
          Sempre enchemos o tanque, zeramos hodômetro parcial e rodamos até próximo abastecimento.
          Aí no próximo abastecimento pegamos o volume de combustível que entra até encher de novo e dividimos pelos km rodados.

          • Eng. Mecânica 2014

            Eu tenho um Longitude automático, não faz mais de 6 ~ 6,3 na cidade com gasolina acelerando com o dedo mindinho. Esse seu foi o único Renegade de todos os fabricados até hoje que veio com motor turbo sem avisarem.

            • Tibúrcio

              É só não abusar, usar Cruise controle sempre que possível…
              Não precisa acreditar, nem ironizar, pois meu consumo é esse! Fazer o quê?

              • Eng. Mecânica 2014

                Não faz. Não tem um dono de Renegade automático que diga fazer esse consumo. Pode olhar no carros na web ou perguntar no grupo do Renegade do wpp, facebook ou instagram, não tem um, dentre os mais de 20.000 donos, que faça as médias ditas por você com gasolina na cidade, considerando uma versão flex, automática e pré-facelift. Pra fazer 6 no ciclo urbano já é uma luta.

                • Tibúrcio

                  Se outros não conseguem tal consumo, eu não tenho nada a ver com isso.
                  Como já disse, acreditando ou não, no meu uso o consumo é esse.
                  Não estou interessado no que os outros ou clubes dizem sobre consumo, tanto que eu nunca fui atrás disso para avaliar nenhum carro.
                  E eu não ganho nada com isso, já que ninguém aqui me conhece e pouco importa o que achem. Estou relatando minha experiência.

                • Alexandro Vieira Lopes

                  se no inmetro aparece 10 cidade, considere 7 e se aparece 12 estrada considere 13.

                  acho q eles fazem os testes simulando transito de domingo na cidade, 50 por hora e poucas paradas, por isso os numeros do renegade sao zuados.

          • Rick Wakeman

            Então faz menos que o Inmetro diz.

            • Tibúrcio

              Dê uma olhadinha lá na lista do Inmetro…

              • Rick Wakeman

                10 e 12…vcs fizeram menos.

                • Tibúrcio

                  Acabei não mencionando, foi mal! Temos o Longitude 1.8 flex 2015/2016! No adesivo do Inmetro, se não me engano, cidade seria 9,6 km/l e estrada 10,7 km/l na com gasolina.
                  Minha esposa nunca usa etanol, sei lá por quê.
                  Na cidade ficamos apenas próximos do consumo do selo, mas na estrada sai melhor do que o indicado.

                  • Rick Wakeman

                    Eu vi aqui e nesse ano as médias são 9,5 e 10,9.

                    Então vc conseguiu uma média melhor na estrada e uma média pior na cidade.

                    Na tabela de 2020 as médias são 10 e 12. Não sei se o motor mudou ou se foi a métrica utilizada.

                    • Tibúrcio

                      O meu é o ETorq de 132cv ainda.
                      Não me lembro quando foi acertado e atualizado para 139cv. Por isso deve ter mudado.

                  • Edson Fernandes

                    Curioso que quando aluguei para rodar em Maceio numas ferias(a ultima) eu fiz exatamente 9km/l com o Renegade. Na cidade eu te confesso que não achei o carro ruim ou com falta de potencia. Já na estada eu achei ele um tanto moroso nas respostas apesar de ter gostado do carro em si.

                    Um pouco mais de potencia e pra mim já estaria perfeito. Na estrada meu consumo com gasolina foi de 11,3km/l. Curiosamente por lá é cheio de lombada na estrada!

                    Talvez teria feito mais com o Fluence? Talvez sim. Mas gostei do carro, confesso que só gostaria de um pouco mais de motor e eu pensaria sim num Renegade o futuro.

                    • Tibúrcio

                      Nâo é de todo ruim! E nunca tivemos problemas com o nosso!
                      O consumo não é trágico como dizem, e achei bem conformtável para viajar! Não deixa tão cansado!

                    • Edson Fernandes

                      Ele é um carro focado em ter tocada tranquila. Para rodar com ele vc nota isso. Ele seria um carro pra mim que faria eu andar com certeza andar mais devagar. (eu não tenho pé pesado, mas mesmo em Maceio eu andava em velocidades inferiores ao limite da via, exceto as vias de 60 a 80 que aí é normal andar no limite.

                      Mas em Maceio tem mtas lombadas em estrada o que te deixa com pé atrás. Mas é um carro focado em tocada tranquila e não cansa mesmo. Fiquei impressionado justamente no quão bom ele é em revestimento acustico, qualidade de som e conforto a bordo.

                      Não há no mercado um crossover tão confortavel de rodagem como ele.

                    • Tibúrcio

                      É isso mesmo! Hoje a moçada quer fazer arrancada, ultrapassagens arriscadas, sentir o carro te empurrar pra trás!
                      Isso o Renegade não eferece! Não é novidade!
                      Dirigindo com prudência, ele é perfeito. Confortável e seguro!

    • Leonardo

      A pessoa é enganada porque quer, não estuda o veículo que vai comprar, se a Strada quem é bem mais leve já bebe mais que o Lula cachaceiro, imagina a Renegayde que é bem mais pesada.

    • PAULO ROBERTO DOS SANTOS

      Jeep Renegade usa motor Fiat e torque 1.8 flex que nunca foi econômico nem mesmo nos carros da Fiat

  • CanalhaRS

    Se é econômico para o dono eu não sei, mas para a GM foi negócio da China….kkkkkkk

  • André Martani

    Sei não hein! Se pegar o Mobi com sistema start/stop creio q seja mais econômico que o Ônix. Tudo bem que não se trata do modelo básico, mas…

  • RicardoVW

    Quero ver subindo a Serra quanto faz!

    • Matheus Mendes

      Um consumo bem melhor que seu Golzinho 3c

  • Ronaldo Prado

    Aí vendo isso lembro que meu carro faz 6 na cidade e 10 na estrada, chega cair uma lágrima.

  • Rick Wakeman

    Eu sempre consigo médias melhores que o Inmetro, pois depois que o preço da gasolina disparou, procuro acelerar com parcimônia e somente quando é necessário. E sempre funciona pra mim a comparação. Se no Inmetro o carro A é mais econômico que o B, como o A TB será mais economico. Por isso que o Inmetro é uma excelente ferramenta de comparação.

    Claro que num trecho específico (muito morro ou engarrafamento fora do normal, por ex) pode ser que um carro seja mais adaptável que outro nesse trajeto, e com isso a comparação pode não funcionar pra todos, mas isso é exceção.

    Eu percebo que os motores da Fiat (que trabalham no ciclo atkinson) conseguem ser mais econômicos que os demais, qua do dirigidos com cautela. Eu consigo uma.diderenca maior nesses modelos do que com outros motores.

    Eu tb consigo diferenças maiores com motor com câmbio manual ou automatizado, do que com automáticos.

  • Paulo Santos

    Polo tsi fazendo 8 na cidade com gasolina não dá.. Parabéns a GM

  • Rick Wakeman

    Não entendi a materia. Ela fala em eficiência energética, mas se considerarmos o consumo energético, há carros com melhor consumo que o Onix plus, como o kwid.

    Pelo que vi, o Onix plus foi considerado o mais econômico pela media entre consumo cidade e estrada.

    O Onix normal tb tem um consumo energético menor que o Onix plus.

    Se vc só anda na cidade, até o Argo, por ex, é mais econômico que o Onix plus.

  • Vinícius Guerra

    A forma de conduzir o carro, acelerar devagar, sem forçar o motor, manter o giro baixo, não esticar as marchas, se o sinal está fechado, para que correr que nem um louco?

    Se cada um souber dirigir de forma defensiva, sem exageros, pode ter uma boa economia de combustível. Se mesmo assim o seu carro ainda estiver bebendo muito, troque o óleo do carro, filtro de ar e filtro de combustível, seu carro ficará novo e muito mais econômico. Detalhe ainda importante, calibre os pneus pelo menos uma vez na semana, pois ajuda também.

    • Cesar

      Olha eu dirijo como um louco segundo meus irmãos, mas consigo médias de consumo melhor que a deles.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email