Governamental/Legal

Inova Incompetência

Com apenas 30 dias para que as empresas manifestassem interesse em participar, a partir de uma divulgação parca e ineficiente feita no dia do lançamento do edital, o conveniente 1º de abril, o Inova Energia decepciona e registra apenas 5 montadoras na primeira fase, apesar de outras terem se inscrito e não selecionadas.

Para que tenham ideia do absurdo que se passa, considerem que os documentos oficiais previam uma palestra de divulgação para empresas da cadeia de fornecimento e de base tecnológica apenas no dia 25 de abril, 8 dias antes do prazo final para inscrição.

Para entender melhor o que ocorre hoje, temos que regredir ao dia 25 de maio de 2010, que entrou para a história como o dia do golpe ao carro elétrico no Brasil, quando o ex-presidente Lula anunciaria, diante de um auditório lotado por empresários e pessoas ligadas ao setor automotivo, um plano para incentivar a inserção do veículo elétrico no país.

Para a surpresa de todos, o anúncio foi suspenso sem maiores explicações enquanto nos bastidores as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros, que perderiam muito com uma frota um pouco mais eficiente. Outras datas para o anúncio foram divulgadas, porém Lula encerrou os seus dois mandatos sem nada fazer para promover a eficiência energética da nossa frota.

A ineficiente Petrobras, sustentada essencialmente pelo mercado interno com o nosso caríssimo e péssimo combustível, sofreria com uma redução global de 5% no consumo o que colocaria a grande mezza-estatal em situação delicada. Imaginem o estrago causado por um veículo que permite ao usuário produzir seu próprio combustível – ainda não foram criadas as tarifas sobre o vento e sobre o sol – isso sem contar que os veículos elétricos não necessitam de trocas de óleo.

Não tenho dúvidas, ela é a grande barreira para a inovação no setor automotivo brasileiro, não só no que se refere aos elétricos e híbridos, mas também dos veículos pequenos movidos à diesel, pois esses acabariam com a imagem dos “carros flex”, construída a duras penas para o consumidor brasileiro, e que imprimem marcas de consumo quase 2 vezes melhores do que o multicombustível que só deu certo no Brasil.

Um carro que faz 12 km/l por aqui é capaz de percorrer 24 km/l na sua versão mais moderna movida à diesel, vendida na Europa. A presidente da companhia, Graça Foster, declarou recentemente que “acha lindo engarrafamento”, mas ignora que os prejuízos causados por este fenômeno social são maiores do que o lucro da petroleira; ela também já declarou estar disposta a morrer pela empresa, e torço para que seja apenas isso, pois, se for matar, terei que pedir “asilo petroleiro” em outro país.

Destaco também que somente agora, com a corda no pescoço, após quase uma década ignorando o petróleo barato do vizinho, a Petrobras volta a importar o petróleo da Venezuela para garantir uma pequena sobrevida da situação. Em declarado processo de desglobalização, ela coloca todos os seu ovos numa única cesta, o caro e perigoso petróleo do pré-sal.

Os veículos elétricos e híbridos evoluem em grande velocidade e a aposta do governo deixará a empresa agora protegida, sem alternativas num futuro próximo. Falar mal da Petro na nossa ditadura democrática é um pecado mortal e, no meio acadêmico, uma atitude suicida, pois os grupos de trabalho envolvidos serão amaldiçoados (verbas cortadas) até a mudança de “regime” na empresa.

Voltemos ao fato que motivou este texto, o Inova Energia. Seu edital descuidado precisou ser retificado e rerretificado (na véspera da divulgação do resultado, no site e no documento oficial aparece o termo “rerratificado”). Os anexos apresentam erros ortográficos grosseiros e de formatação que não deveriam existir em documentos públicos deste nível.

A documentação a ser preenchida, embora simples, permite avaliações subjetivas que direcionam os resultados para interesses que não são exatamente os da população, mesmo que ela ignore a ocorrência deste processo, por outro lado, existia a exigência de abertura de indicadores econômico-financeiros das empresas.

Até o momento me pergunto como as montadoras inscritas escaparam desse preenchimento, pois sabemos como estes dados são protegidos no Brasil, o que pode ter afastado alguns interessados (expor dados estratégicos numa fase inicial sem ter perspectiva de retorno é um grande risco). Decidir os pormenores dentro de uma multinacional não é uma tarefa simples, quase impossível de ser cumprida no prazo estabelecido.

A iniciativa misturava diversas áreas e fez uso de ferramentas limitadas para a seleção, em diversos momentos a questão dos veículos híbridos e a eficiência energética veicular parecem ter sido enxertadas sem muito cuidado. Vale lembrar que esta não é a primeira iniciativa envolvendo veículos elétricos em que o BNDES lança uma proposta fadada ao fracasso, entre os anos de 2005 e 2009, a instituição manteve uma linha de crédito aberta que incluía a aquisição de ônibus elétricos e impôs tantas barreiras que nenhum empréstimo foi concedido.

Estranhamente o banco comemora no seu site uma demanda inicial superior a 12 bilhões de reais, mas não cita o fracasso do setor automotivo – quais os motivos? Das 166 empresas que manifestaram interesse em participar, 117 foram habilitadas a apresentar planos de negócio na próxima etapa, porém, apenas 7 das relacionadas são do setor automotivo, sendo 5 montadoras: Fiat, Mitsubishi, Nissan, TAC Motors e Volvo do Brasil Veículos, além da Magneti Mareli e Moura Baterias.

Esta é uma demanda reprimida pelo governo, e quando um projeto sério for apresentado, esperem filas de interessados em participar, pois este foi feito para dar errado. Buscarei apoio legal para que o processo seja imediatamente interrompido e refeito com o cuidado devido; toda ajuda será bem-vinda.

Inova energia:

http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Areas_de_Atuacao/Inovacao/inovaenergia.html

Por Fabrizzio Cedraz Gaspar





  • Andrex2501

    Somos todos palhaços de um grande circo chamado Brasil! Nada a declarar!

    • AniBALL1975

      Não podemos esqueçer o nariz de palhaço! Pq ja fazem muitos anos que patinamos em pesquisas e melhorada eficiencia de motoresassim, como carros, Brasil eterno país do futuro

  • SilenceBass

    Enquanto uns evoluem, nós involuímos.

    Vivemos numa falsidade tão grande que, quando a "bomba" estourar, não nos restará alternativas a não ser procurar países vizinhos ou mais distantes…

  • PortoWF

    Muito mal divulgado .
    Provavelmente rolou um Lobby forte .

  • Eu Mesmo

    Quando fui pra Itália em 2011, aluguei uma fiat stilo 2004 2.9 1.9 diesel, 15 euros a diária. Na cidade em que estive, Bolonha, com o transito bem lento o veículo fazia 22km/l, com ar ligado. Um carro desse tipo no Brasil ferraria completamente a Petrobrás, que tá indo só pro buraco. É lógico que nunca teremos carro de passeio a diesel, hibrido, elétrico no Brasil. A "PTBRAS" precisa dos cargos fantasmas, precisam empregar milhares de pessoas para fazer nada ali.

    Não entendo sinceramente como ainda somos a 6 potencia mundial, sendo que na VENEZUELA (um verdadeiro lixo de país) tem a gasolina mais barata e melhor do que a nossa.

    • mgbalbo

      Acho que isso prova que petroleo não gera países melhores. Os que são ricos não tem o petróleo como vaca leiteira e os que tem, são pobres com uma gota de pessoas bilhonárias, como membros da OPEP por exemplo.

      PIB não é tudo…

      • Eu Mesmo

        Não é só petróleo, mas todos os outros recursos naturais que temos aqui, administrados por um Governo "perfeito" que quer limitar até o MP. Se esses recursos fossem administrados, se o Governo fosse competente, se o Governo não financiasse empreiteiras, bancários, etc podia-se ver um bom uso dos recursos.

        Até agora não sei porque a Petrobras não foi privatizada. A empresa tá indo completamente pro buraco e misturando água com gasolina, o que gera série de problemas nos carros, consumo de um mille 2p igual a de um carro de alta potencia nos EUA ou Europa. Só vejam a Vale e a Embraer como ficaram depois da privatização. Investir em tecnologia elétrica/híbrida é um avanço incrível. Não é o Brasil que quer ser primeiro mundo?

      • thales_sr

        Opa, Noruega não é um bom país? Holanda? Nenhuma riqueza natural faz milagres, se o fruto delas cair na mão de gente sem vergonha.

        • mgbalbo

          São, claro. Mas nenhum desses tem um PIB astronômico como o do Brasil, por isso disse que PIB não é tudo; e nenhum é tão centrado em petróleo como a venezuela que tem como petróleo 80% das exportações… falando nisso as reservas da Holanda estavam pela metade já.

    • thales_sr

      Você olhou o preço do combustível nas bombas? Não esqueça de falar do preço deles… Tenho fotos de postos em Roma, Paris, Lisboa, Madrid… Menor preço? 1,4 euro/litro (R$ 3,80/L). Mas nosso combustível que é caro…

      Venezuela subsidia a gasolina, EUA também. Nos países que não subsidiam (Itália é um exemplo) o preço é alto também.

      • mgbalbo

        O valor na bomba pode ser mais alto lá, mas pesa bem mais aqui. Qualidade inferior, renda inferior, responsabilidade social inferior, etc… No fim acho que é mais caro por aqui.

        • thales_sr

          Veja bem, combustível não é algo tão essencial quanto comida e moradia, itens que são extremamente mais caros lá do que aqui. Você pode optar por não usar carro, mas nunca pode falar "ahhh comida tá cara, não vou comer hoje", ou "aluguel tá caro, acho que esse mês vou ficar debaixo da ponte pra economizar"…. E a gente não acorda dando graças a Deus que temos comida barata.

      • Envemo

        Os preços são para GASOLINA, aqui temos o E25, e os carros lá são, pelo menos, 30% mais econômicos do que seus equivalentes nacionais, além disso, você deve considerar que um brasileiro não irá abastecer em Paris, e que o combustível é pago pelos parisienses, que, evidentemente, ganham muito mais que o tupiniquim…

        • Castle_Bravo

          E5 ou E10 + MTBE e ETBE na proporção de mais 10% que na prática geram o mesmo resultado, por volta de 75% de gasolina no tanque, os carros lá acabam por ser mais econômicos em razão de outros fatores, como veículos com mais alumínio e tecnologias como injeção direta.

      • Eu Mesmo

        Amigo, com uma boa renda que tem lá não faz tanto peso no bolso. E outra, abastecer até 4 reais com gasolina de verdade vale muito maais a pena do que abastecer 2.80 com a gasolina 90% etanol e 10% de água. Ao menos é de boa qualidade lá.

  • pmoraesm

    Funcionários da Petrobras irados resmungando nos comentários em 3, 2, 1…

    • Eu Mesmo

      Detalhe que a Shell é bem mais poderosa que a Petrobras e não tem 1/4 de funcionários que a mesma possui. Somos uma cambada de otários, na boa!

      • thales_sr

        Quantos funcionários tem a Shell? Quantos tem a Petrobras?

  • Diogo Oliveira

    Enquanto existir Petrobrás não teremos carro elétrico ou hibrido.

    • CharlesAle

      Eu diria que enquanto tivermos Petrobrás,e gente apoiando essa estatal atrasada,o Brasil não se desenvolve na questão energética!!!!!!!!

    • Lorenzo Frigerio

      Mas a culpa é do Governo. Se a Petrobrás fosse "liberada" para competir numa economia de mercado, e sem o Governo interferindo, provavelmente voltaria a dar lucro.

      • thales_sr

        Ué, os 21 bilhões de reais em 2012 foram o que? Prejuízo?
        De qualquer forma, de acordo, se a Petrobras fosse "liberada" para competir livremente teria resultados muito melhores.

  • Pedro_Rocha

    Não sei de onde tiram esse "lobby da Petrobras". O governo escolhe diretamente o presidente e os diretores, enquanto estes escolhem os gerentes. O próprio Gerdau não citou a Petrobras entre os órgãos públicos nos quais há meritocracia (http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1246430-para-gerdau-burrice-de-criar-mais-ministerios-esta-no-limite.shtml). Ademais, a Federação Única dos (Pelegos) Petroleiros é praticamente uma extensão do PT.

    Resumindo: a Petrobras não faz nada sozinha, pois é QUASE totalmente controlada pelo Governo, que só não manda completamente nela por causa do extremo corporativismo dos gerentes, que formam quase que uma "sociedade secreta" e compartilham de interesses, muitos não-republicanos, da AEPET (Associação de Engenheiros), que quer até mesmo a abolição de concursos públicos para "certos" cargos.

  • Pedro_Rocha

    Não sei de onde tiram esse "lobby da Petrobras". O governo escolhe diretamente o presidente e os diretores, enquanto estes escolhem os gerentes. O próprio Gerdau não citou a Petrobras entre os órgãos públicos nos quais há meritocracia (http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1246430-para-gerdau-burrice-de-criar-mais-ministerios-esta-no-limite.shtml). Ademais, a Federação Única dos (Pelegos) Petroleiros é praticamente uma extensão do PT.

    Resumindo: a Petrobras não faz nada sozinha, pois é QUASE totalmente controlada pelo Governo, que só não manda completamente nela por causa do extremo corporativismo dos gerentes, que formam quase que uma "sociedade secreta" e compartilham de interesses, muitos não-republicanos, da AEPET (Associação de Engenheiros), que quer até mesmo a abolição de concursos públicos para "certos" cargos.

  • Pedro_Rocha

    Não sei de onde tiram esse "lobby da Petrobras". O governo escolhe diretamente o presidente e os diretores, enquanto estes escolhem os gerentes. O próprio Gerdau não citou a Petrobras entre os órgãos públicos nos quais há meritocracia (http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1246430-para-gerdau-burrice-de-criar-mais-ministerios-esta-no-limite.shtml). Ademais, a Federação Única dos (Pelegos) Petroleiros é praticamente uma extensão do PT.

    Resumindo: a Petrobras não faz nada sozinha, pois é QUASE totalmente controlada pelo Governo, que só não manda completamente nela por causa do extremo corporativismo dos gerentes, que formam quase que uma "sociedade secreta" e compartilham de interesses, muitos não-republicanos, da AEPET (Associação de Engenheiros), que quer até mesmo a abolição de concursos públicos para "certos" cargos.

  • Pedro_Rocha

    Não sei de onde tiram esse "lobby da Petrobras". O governo escolhe diretamente o presidente e os diretores, enquanto estes escolhem os gerentes. O próprio Gerdau não citou a Petrobras entre os órgãos públicos nos quais há meritocracia (http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1246430-para-gerdau-burrice-de-criar-mais-ministerios-esta-no-limite.shtml). Ademais, a Federação Única dos (Pelegos) Petroleiros é praticamente uma extensão do PT.

    Resumindo: a Petrobras não faz nada sozinha, pois é QUASE totalmente controlada pelo Governo, que só não manda completamente nela por causa do extremo corporativismo dos gerentes, que formam quase que uma "sociedade secreta" e compartilham de interesses, muitos não-republicanos, da AEPET (Associação de Engenheiros), que quer até mesmo a abolição de concursos públicos para "certos" cargos.

  • Pedro_Rocha

    Não sei de onde tiram esse "lobby da Petrobras". O governo escolhe diretamente o presidente e os diretores, enquanto estes escolhem os gerentes. O próprio Gerdau não citou a Petrobras entre os órgãos públicos nos quais há meritocracia (http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1246430-para-gerdau-burrice-de-criar-mais-ministerios-esta-no-limite.shtml). Ademais, a Federação Única dos (Pelegos) Petroleiros é praticamente uma extensão do PT.

    Resumindo: a Petrobras não faz nada sozinha, pois é QUASE totalmente controlada pelo Governo, que só não manda completamente nela por causa do extremo corporativismo dos gerentes, que formam quase que uma "sociedade secreta" e compartilham de interesses, muitos não-republicanos, da AEPET (Associação de Engenheiros), que quer até mesmo a abolição de concursos públicos para "certos" cargos.

  • Pedro_Rocha

    Não sei de onde tiram esse "lobby da Petrobras". O governo escolhe diretamente o presidente e os diretores, enquanto estes escolhem os gerentes. O próprio Gerdau não citou a Petrobras entre os órgãos públicos nos quais há meritocracia (http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1246430-para-gerdau-burrice-de-criar-mais-ministerios-esta-no-limite.shtml). Ademais, a Federação Única dos (Pelegos) Petroleiros é praticamente uma extensão do PT.

    Resumindo: a Petrobras não faz nada sozinha, pois é QUASE totalmente controlada pelo Governo, que só não manda completamente nela por causa do extremo corporativismo dos gerentes, que formam quase que uma "sociedade secreta" e compartilham de interesses, muitos não-republicanos, da AEPET (Associação de Engenheiros), que quer até mesmo a abolição de concursos públicos para "certos" cargos.

  • Pedro_Rocha

    Não sei de onde tiram esse "lobby da Petrobras". O governo escolhe diretamente o presidente e os diretores, enquanto estes escolhem os gerentes. O próprio Gerdau não citou a Petrobras entre os órgãos públicos nos quais há meritocracia (http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1246430-para-gerdau-burrice-de-criar-mais-ministerios-esta-no-limite.shtml). Ademais, a Federação Única dos (Pelegos) Petroleiros é praticamente uma extensão do PT.

    Resumindo: a Petrobras não faz nada sozinha, pois é QUASE totalmente controlada pelo Governo, que só não manda completamente nela por causa do extremo corporativismo dos gerentes, que formam quase que uma "sociedade secreta" e compartilham de interesses, muitos não-republicanos, da AEPET (Associação de Engenheiros), que quer até mesmo a abolição de concursos públicos para "certos" cargos.

  • Pedro_Rocha

    Não sei de onde tiram esse "lobby da Petrobras". O governo escolhe diretamente o presidente e os diretores, enquanto estes escolhem os gerentes. O próprio Gerdau não citou a Petrobras entre os órgãos públicos nos quais há meritocracia (http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1246430-para-gerdau-burrice-de-criar-mais-ministerios-esta-no-limite.shtml). Ademais, a Federação Única dos (Pelegos) Petroleiros é praticamente uma extensão do PT.

    Resumindo: a Petrobras não faz nada sozinha, pois é QUASE totalmente controlada pelo Governo, que só não manda completamente nela por causa do extremo corporativismo dos gerentes, que formam quase que uma "sociedade secreta" e compartilham de interesses, muitos não-republicanos, da AEPET (Associação de Engenheiros), que quer até mesmo a abolição de concursos públicos para "certos" cargos.

  • Pedro_Rocha

    Não sei de onde tiram esse "lobby da Petrobras". O governo escolhe diretamente o presidente e os diretores, enquanto estes escolhem os gerentes. O próprio Gerdau não citou a Petrobras entre os órgãos públicos nos quais há meritocracia (http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1246430-para-gerdau-burrice-de-criar-mais-ministerios-esta-no-limite.shtml). Ademais, a Federação Única dos (Pelegos) Petroleiros é praticamente uma extensão do PT.

    Resumindo: a Petrobras não faz nada sozinha, pois é QUASE totalmente controlada pelo Governo, que só não manda completamente nela por causa do extremo corporativismo dos gerentes, que formam quase que uma "sociedade secreta" e compartilham de interesses, muitos não-republicanos, da AEPET (Associação de Engenheiros), que quer até mesmo a abolição de concursos públicos para "certos" cargos.

  • Pedro_Rocha

    Não sei de onde tiram esse "lobby da Petrobras". O governo escolhe diretamente o presidente e os diretores, enquanto estes escolhem os gerentes. O próprio Gerdau não citou a Petrobras entre os órgãos públicos nos quais há meritocracia (http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1246430-para-gerdau-burrice-de-criar-mais-ministerios-esta-no-limite.shtml). Ademais, a Federação Única dos (Pelegos) Petroleiros é praticamente uma extensão do PT.

    Resumindo: a Petrobras não faz nada sozinha, pois é QUASE totalmente controlada pelo Governo, que só não manda completamente nela por causa do extremo corporativismo dos gerentes, que formam quase que uma "sociedade secreta" e compartilham de interesses, muitos não-republicanos, da AEPET (Associação de Engenheiros), que quer até mesmo a abolição de concursos públicos para "certos" cargos.

  • Pedro_Rocha

    Não sei de onde tiram esse "lobby da Petrobras". O governo escolhe diretamente o presidente e os diretores, enquanto estes escolhem os gerentes. O próprio Gerdau não citou a Petrobras entre os órgãos públicos nos quais há meritocracia (http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1246430-para-gerdau-burrice-de-criar-mais-ministerios-esta-no-limite.shtml). Ademais, a Federação Única dos (Pelegos) Petroleiros é praticamente uma extensão do PT.

    Resumindo: a Petrobras não faz nada sozinha, pois é QUASE totalmente controlada pelo Governo, que só não manda completamente nela por causa do extremo corporativismo dos gerentes, que formam quase que uma "sociedade secreta" e compartilham de interesses, muitos não-republicanos, da AEPET (Associação de Engenheiros), que quer até mesmo a abolição de concursos públicos para "certos" cargos.

  • Pedro_Rocha

    Não sei de onde tiram esse "lobby da Petrobras". O governo escolhe diretamente o presidente e os diretores, enquanto estes escolhem os gerentes. O próprio Gerdau não citou a Petrobras entre os órgãos públicos nos quais há meritocracia (http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1246430-para-gerdau-burrice-de-criar-mais-ministerios-esta-no-limite.shtml). Ademais, a Federação Única dos (Pelegos) Petroleiros é praticamente uma extensão do PT.

    Resumindo: a Petrobras não faz nada sozinha, pois é QUASE totalmente controlada pelo Governo, que só não manda completamente nela por causa do extremo corporativismo dos gerentes, que formam quase que uma "sociedade secreta" e compartilham de interesses, muitos não-republicanos, da AEPET (Associação de Engenheiros), que quer até mesmo a abolição de concursos públicos para "certos" cargos.

  • Bluraymania

    A recarga das baterias desses carros híbridos/elétricos impactaria em quanto a conta de fornecimento de energia elétrica no Bostil? Não vejo ninguém comentando sobre isso e todos se esquecem que a energia elétrica brasileira é uma das mais caras do mundo. Em Orlando, que no verão faz mais calor do que no Brasil, os condicionadores de ar residenciais costumam trabalhar 24/7 sem impacto significativo na conta de energia elétrica que, inclusive, é baratíssima se comparado ao que pagamos aqui no Bostil. Se eu fizer o mesmo na minha residência, vou a falência certamente. Pode ser que esses carros híbridos/elétricos possam ser opções viáveis para países civilizados com custos de energia elétrica irrisórios.

    • Viníciusk

      É muito mais barato você usar um veículo 100% elétrico.

      1 – Considerando o preço da energia de R$ 0,29 por kWh, e um carro elétrico que renda 11km por kW.
      2 – Considerando o preço da gasolina em R$ 2,60 o litro e um carro que renda em média 10 km por litro.
      3 – Para percorrer 120 km o carro elétrico gastará R$ 3,20 e o carro a gasolina gastará R$31,20. Com esses R$31,20 o carro elétrico poderá percorrer 1170 km!

      Abraço!

      • Lorenzo Frigerio

        Com o "apagão elétrico" no Brasil, essa energia elétrica usada em carros elétricos teria que ser gerada em usinas termelétricas, já que existe falta de hidrelétricas e redes amplas de transmissão.

        • Viníciusk

          Sim, concordo com relação a nossa incompetência elétrica. Meu argumento foi apenas mostrando que um carro elétrico é muito mais barato de "abastecer". Mas realmente, com nosso ridículo sistema de geração e distribuição de energia, hoje mesmo seria inviável termos uma frota consideravelmente grande de carros elétricos.

      • Rmx_ch

        O problema é que as montadoras podem começar a fazer como a Renaut com seus modelos eletricos.
        Vender o carro, mas alugar as baterias!!!!!
        Assim ou seu dinheiro¨ou vai para a Mijolina ou para Bateria. De qualquer jeito no seu bolso não fica mesmo!!!¨¨

        • Viníciusk

          Mas em qualquer bem de consumo, o dinheiro nunca vai pro bolso, hehe. Alguém tem que lucrar, e não é o consumidor, né? Quem lucra é quem vende.

          • Rmx_ch

            Depende Viniciusk, compra uma Enzo igual aquela da minha foto e veja o quanto ela valorizou nesses 10 aninhos kkkkk

      • thales_sr

        Certo, quanto custa um elétrico e quanto custa um carro a combustão?

        • Viníciusk

          Lá fora não é tão caro. O GM Spark custa US$ 20 mil nos EUA. O Kia Soul R$ 72 mil na Coréia do Sul. O Nissan Leaf 33 mil euros em Portugal.

          Achou caro? Lembre de alguns detalhes: os "gringos" tem um poder aquisitivo muito maior que o nosso, indiscutivelmente. Em segundo lugar, claro que são mais caros devido a tecnologia embarcada. E por último, se você pensar na economia para poder "abastecer" seu elétrico (e contando que a energia elétrica é bem mais barata em outros países do que aqui no Brasil), logo logo você estará "lucrando" (ou gastando menos, como queira).

          Entendeu? Agora não me venha falar em elétricos aqui no Brasil né? Poderia ter, mas o governo não quer.

          • thales_sr

            Lá fora o elétrico é subsidiado, da mesma forma que é a gasolina na Venezuela e EUA. Comparar preços com subsídio diretamente com sem subsídio é comparar maçãs com bananas.

    • Envemo

      Meu caro, não só é mais barato utilizar o elétrico, como ele poderia resolver o problema de falta de energia nos horários de pico fornecendo energia e ajudando a estabilizar o sistema. Em Portugal já temos experiências deste tipo. Além disso, você pode gerar a sua energia para complementar o consumo com uma turbina eólica ou painéis solares sem pagar impostos…

    • Leandro

      Concordo com o que vc disse sobre os elétricos, mas vc não precisa carregar um carro híbrido na tomada, poderia alimentar o motor a combustão que iria gerar a energia pro motor elétrico.
      Combinada com a carga que vem dos freios, essa carga nas baterias seria suficiente pra rodar bem mais que a média de 12 km/l dos atuais flex.

  • O_Corsario

    Assunto muito delicado, mas o autor a meu ver trata ele de forma meio maniqueísta.
    Será que o Brasil precisa de carro elétrico? De onde vem a eletricidade no Brasil? Temos eletricidade suficiente para frotas de carros? Quais seriam as vantagens? E as desvantagens?
    Ao mesmo tempo, temos etanol, que poderia ser uma solução muito melhor se fosse produzido e regulado com seriedade, sendo, de quebra, renovável.
    Talvez o ideal para o cenário brasileiro seriam os híbridos, rodando com etanol no tanque.
    Outra coisa, o governo não tem muito interesse em destruir sua balança comercial e criar inflação importando combustível, sob esta ótica estaria sim interessado em propiciar fontes alternativas. Só ver que recentemente os aumentos de combustível tiveram um impacto enorme nestes dois pontos.
    Não estou defendo a Petrobrás, nem o Lula, nem nada, só acho que é uma questão bem complexa com muitos lados.

    • PortoWF

      Corsário, não é só o Autor mas a Maioria dos Comentaristas tb são bastante maniqueístas..
      Aqui é 8 ou 80.
      Como vc disse bem ao fim, a maioria das questões que envolvem nossos problemas são muito mais complexas que supõe a disputa Eleitoral.

      • O_Corsario

        É, infelizmente tudo vem sendo discutido na base da "torcida organizada", este comportamento saiu do futebol e invadiu a religião, a política… Está difícil.

        • PortoWF

          Pois é, imaginem um cidadão que seja Corinthiano, PTista e Evangélico coitado, até provar que é inocente e bom caráter………..kkkkk

          • O_Corsario

            kkkkkkkkkkkk só faltou ser argentino!!!

            • thiago28x

              eu sou argentino e estava achando seus comentários inteligentes… até agora..

              • Pedro_Rocha

                Para um argentino você escreve em português melhor que muitos "infelizados".

              • O_Corsario

                Desculpe, mas é apenas brincadeira com os estereótipos que o brasileiro mais tem birra!

                • thiago28x

                  eu sei, tá tudo nas buenas rsrs

                  • O_Corsario

                    Sim, na "Buenas Aires"… rs
                    Abs!

          • JPaulo10

            kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

            Foi mostrado a mim que temos e teremos energia elétrica suficiente para atender ao consumo de carros elétricos, que poderiam muito bem compor a frota pública e de transporte coletivo (taxis). Isso eu acho que traria economia ao bolso do contribuinte.
            Prezo mais o carro híbrido, tipo Prius. Esse daria certo de imediato.
            Quanto ao comentário do Corsário, concordo e muito que o assunto é deveras complexo. Não se deve simplesmente culpar a Petrobrás, ou a administração atual, sem conhecer a fundo sua estratégia operacional frente ao mercado (interno e externo). E esse problema vem de longe, basta você ver os artigos da 4Rodas em 1978-9, com a Segunda Crise do Petróleo.
            Como diria J. Wayne: "É complicado".

    • O_Corsario

      De qualquer forma, parabenizo o autor por falar o que pensa de forma direta, mesmo correndo riscos, pois infelizmente a regra hoje é bancar a ovelha de presépio e ficar calado.

      • Envemo

        Agradeço a parabenização e chamo a atenção para a inexistência de notícias sobre o assunto, que tornou-se público graças ao NA.

        • O_Corsario

          sim, isso é alarmante, aliás tem alguma relação com a Envemo?

    • marciors01

      Eu acho que deveriamos mesmo é ter os carros com motores diesel modernos, o consumo é baixíssimo, imaginem pagar pelo diesel um pouco menos do que pela gasolina e rodar 25km/l em um carro pequeno como o gol, seria a glória, e outra, como estes motores tem muito torque na cidade mesmo motores pequenos seriam ágeis, sofreriam na estrada mas na cidade seriam muito bons.

      • Envemo

        Existe uma outra questão que é ignorada: a logística. Para um caminhão carregado de diesel para uso em veículos pequenos, são necessários dois carregados de E25 e três carregados de etanol…

    • CharlesAle

      Corsário,o próprio governo está detonando a balança comercial com a importação de gasolina,com o irresponsável aumento da frota sem a contra-partida em aumento de oferta de gasolina de origem interna,também acho carro elétrico desnecessário no momento,até porquê a energia elétrica é cara e em certas regiões é problemático seu fornecimento constante,vide que estamos ainda sob o risco de apagão caso as chuvas não se intensifiquem!!etanol é problemático e só consegue ser viável em poucas regiões,mas eu defendo o etanol em ônibus urbano,aqui no ABC e capital já roda e onde trabalho ví um protótipo e achei interessante!!!

      • Envemo

        Prezado Charles, ao contrário do que se prega e se pensa no Brasil, os carros elétricos ajudam a estabilizar a rede nos horários de pico, pois pode fornecer energia reduzindo o risco dos constante apagões, enquanto recarrega nos horários onde a rede fica ociosa. Você já pensou sobre o potencial energético desperdiçado durante as madrugadas? Neste período os elétricos carregariam as baterias.

    • thales_sr

      Caro, esse post do Fabrizzio mostra que ele não sabe nada do que tá falando, no que toca à matriz energética do país. Mostrou total desconhecimento sobre como anda a situação atual dos combustíveis no Brasil, sobre importação/exportação, preço internacional de petróleo, gasolina e diesel, sinceramente só li até o final pra ver se alguma coisa salvava.

      Se em 2010 houvesse um jeito de reduzir o consumo de combustíveis em 5%, a Petrobras lucraria mais, pois por causa do uso político da empresa pra tentar controlar a inflação (segurando o preço dos combustíveis nas refinarias), a empresa tomava prejuízo direto cada vez que importava combustível (pois pagava preço internacional, mais alto que o preço interno, e tinha que vender a preço defasado).

      Falar que a Petrobras "quebraria caso o carro elétrico saísse do papel" é outra asneira sem tamanho. Não precisa pensar muito, a Total, Exxon, Shell, quebraram? Nos EUA e Europa tem um bocado de carro híbrido/elétrico, e todas as petrolíferas estão aí firmes e fortes. Por que com a Petrobras seria diferente?
      Além do mais, a BR também investe em geração de energia elétrica, ou seja, se diminuir o consumo de petróleo, ela exporta o excedente e vende energia elétrica.

      O autor também cita nosso "caríssimo" combustível, a 3 reais o litro na bomba. Porém, em passeio recente à europa, notei que em Portugal a gasolina mais barata custa R$ 3,80, na França não vi gasolina a menos de 4 reais o litro, e na Itália, chegou a 5 (isso, CINCO) reais o litro. É que a comparação é sempre feita em cima da gasolina da Venezuela, é que fortemente subsidiada pelo governo (ditatorial) de lá, e nos EUA, que também subsidiam o combustível. Ou seja, estão comparando maçãs com bananas.

      Ou seja, dá pra ver que esse "haterismo" não leva a uma discussão que gere entendimento e conhecimento, mas só um sentimento de raiva sem um motivo concreto.

    • pauloreis

      carros elétricos é um tendência muito bem vinda, se fossemos um país sério deveríamos ja pensar desta forma. A questão é o que não queremos um governo competênte pensando em conjunto com o povo e o melhor para o povo… se fosse assim o etanol seria subsidiado, consequentemente, barato para todos, nada mais justo. Mas querem lucrar com o valor do açucar no mundo… Entre outras porcarias deste país… A raiz da questão "ser um brasileiro" esta na educação: uma estratégia eficaz em manter o pior estudo básico do mundo, professores mal formados, faculdades de qualidade inacessível para a grande maioria de renda baixa, isso mantém os governantes em uma zona de conforto, ninguém vai indagar e exigir que governem de fato, vai sustentar a maquina de votos…

  • _Adriano__

    Enquanto não formos um país globalizado(E se vc acha que somos, melhor ler mais), não teremos concorrencia e sempre seremos prejudicados por isso, por isso o governo "samba e rola" no povo, todo serviço publico é um lixo e os que não são, são quase uns lixos, o que tem que ter é concorrencia internacional a preços justos(tirando esses impostos ridiculos de 60%), vivemos em uma piada e pelo visto vou morrer vendo esse circo rolando solto, BRASIL UM PAÍS DE TOLOS!

    Minha opnião do que fazer é, quebrar tudo e forçar essa mer.. mudar!

  • Viníciusk

    É isso aí que muitos simplesmente não entendem: sempre existe um interesse e um porque de as coisas serem como são.

    A Petrobras controla tudo, não quer carros de passeio a Diesel, quer carros flex ineficientes e de jeito nenhum quer carros elétricos!

    E engana-se quem acha que é diferente em outros países, como nos europeus. É a mesma coisa! Ou alguém acredita que a Exxon Mobil, Petro China, Shell ou Chevron/Texaco – petrolíferas muito mais poderosas que a Petrobras – querem perder seus valiosos clientes?

    Por isso eu sempre digo, que esses híbridos e elétricos são apenas uma grande balela com o objetivo de fazer parecer que se preocupam com o meio ambiente.

    • Pedro_Rocha

      Os híbridos geram conflitos de interesses entre as estratégias dos governos e as empresas petrolíferas e estas estão perdendo, já que a maioria do petróleo do mundo hoje está na mão de empresas estatais de ditaduras bananeiras ou islâmicas.

      Por isso, interessa aos EUA e a Europa a redução da dependência do combustível fóssil.

    • David

      Nao concordo com a politica de monopolio que a Petrobras tem no Brasil inclusive essa nova investida pra controlar todo o alcool produzido e logico destribuidas no Brasil. Porem se a nossa eletricidade e uma das mais caras do mundo como que vou comprar eletricidade pra carregar as baterias do meu carrinho politicamente correto eletrico? Preocupamos tanto com o meio ambiente ne. Nesse nosso Brasil nossa seguranca esta falida. Nossa saude esta falida. Noss governo e lideres estao falidos e vazios de ideias. Nossa economia e na base do tapa olho. Nossas estradas sao uma vergonha mundial. Enquanto tiver buracos nas nossas ruas, falta eletricidade com apagoes, falta seguranca nas nossas ruas a ultima coisa que tenho tempo pra preocupar e se o besouro amarelo do nordeste esta indo em extincao, ou que estamos usando madeira demais. Se em vez de ficar falando estivessemos plantando nesses dez anos em dez anos teriamos a maior floresta replantada e produzindo toda madeira necesario no mundo. Tanto embromation e incompetencia as autoridades gostam de falar politicamente correto como nossos motores "Frekis" quando na realidade nada fazem.

  • Jota Bridon

    Depois de tudo isso, vou para o banheiro pois a barriga apertou.

  • MecanicoDigital

    Enquanto o brasileiro recusar o interesse pela política, em detrimento do futebol e da novela, continuaremos na mesma.

    • CharlesAle

      Vishi,então vamos ficar na mesma por um longo tempo,infelizmente o povo só pensa si próprio e não pensa em nós como nação que resolve os problemas de maneira inteligente,e delegamos isso a políticos corruptos da pior espécie,vide o momento atual….

      • Neanderthal_Man

        A data mais importante para o brasileiro, que é o dia de votação, muitos consideram uma obrigação chata. Outros nem sabem em quem irão votar, vão por simpatia com o candidato. Que futuro esperar para um povo assim?

  • cepereira2006

    Tudo o que eu queria é um carro a diesel. Econômico, com um torque fenomenal.

    • JPaulo10

      Com o nosso diesel? Não dá. Na Europa, os carros são econômicos porque andam com combustível limpo. Aqui, no máximo S50.

      • Envemo

        Já estamos no S10 meu caro, e com o bom uso do biodiesel. Estamos num caminho melhor do que com o E25 ou o etanol puro.

      • YagoG.

        Tem o diesel podium que é melhor que o S-10

  • m21

    Solução : Quem recebe bolsa-família não pode votar, se quiser votar abre mão do bolsa-familia, simples assim

    • _Adriano__

      Opa ótima essa hein

      • Envemo

        Vale o registro…

      • Pedro_Rocha

        Se fosse assim, para quê serviria o bolsa-família?

    • CyborgPilot

      Essa ideia tem meu total apoio.

    • fuas_herv

      Puxa, como você é inteligente !

  • Juniorfillingam

    Esse coisa de Flex e a maior ilusão, nosso carros são totalmente ineficientes, nossas industrias produzem carros a Diesel para Argentina, e nós aqui pagando caro por um carros q consomem o dobros de outros países. Mas o povo realmente em sua maioria bobo, q fica olhando quadrinhos de 8, novelas, e Bolsa família "tempero" pq nem uma cesta -básica compra direito. Viva o bostil.

  • MFranklin

    Este texto deveria ter sido acompanhado de um disclaimer.

    • fuas_herv

      Aí você está esperando demais, iria quebrar a fantasia de neutralidade do NA

  • Thiago

    Viajei recentemente para os EUA (new York) – e constatei que a maioria dos carros que circulam manhatan é Híbrido… Vi carros fenomenais como Escalade hibrido, Suburban Híbrido, fora carros comuns como Fusion (populares para eles). Tenho uma sportage modelo 11/12 e vi que realmente meu carro é um lixo que comprei caro aqui no Brasil (só vi 4 entre o Tucson-IX35 e sportage rodando em NY).
    Comparei de tudo lá, inclusive água e percebi que um litro de água importada da Indonésia, cuja a fonte nunca teve contato com o ser humano (segundo rotulo), é mais barata que a água da SCHIN embalada na maior bacia hidrográfica de água potável do mundo (alagoinhas-BA) e a 6a melhor em qualidade.
    Vi também que o galão (3,785 litros) de combustível em Miami custa USD 3,15, no pais que é o maior consumidor de combustíveis fosseis do planeta
    Por isso que eu acho um lixo de pais, estou me esforçando ao máximo em me especializar ainda mais, para poder sair desta mer…. o quanto mais rápido possível…
    V

  • Envemo

    Você tem razão meu caro, no caso da Petrobras, não se trata de lobby, mas sim de ação direta nas duas vias.

  • VeioRanzinza

    Yes, massive fuel burning!

    E depois meu amigo, voltaremos para o tempo da bicicleta!

    Parabéns, Eber, pelo texto!

  • Suado

    E agora estão (FUP) no conselho de administração da empresa.
    Só existe uma solução para o Brasil, senador Cristóvão Buarque para presidente.

    • Pedro_Rocha

      Solução para o Brasil? Só dividindo em 2 ou 3 para recomeçarmos do zero como nações.

  • Luis Renato Joia

    Carro eletrico no brasil pode esquecer!Só no brasil acontece essas coisas.

  • só teremos inovação quando a população quiser. por enquanto esta ela muito satisfeita com o que tem, visto que não faz nada pra mudar o cenário.

  • LucianoRN

    Não sabia que Reinaldo Azevedo tinha um novo concorrente….

  • Fmonteiro

    Que coincidência, justo hoje fiz a troca de óleo do meu carro. Na oficina imaginei que se meu carro fosse elétrico eu nunca precisaria fazer troca de óleo e de filtros, economizaria uns bons trocados…
    Quanto a carros a diesel, enquanto nossa matriz de transporte for baseada em caminhões nunca teremos carros leves a diesel.

  • Sias

    Cara…quando o assunto entra no campo da política….meu sangue ferve. Este país não vai ir pra frente nunca enquanto estes trastes estiverem no poder. Enquanto isto um monte de "cidadãos" ganhando bolsa-voto…

    • Pedro_Rocha

      O Brasil como nação não nasceu para dar certo, mas para garantir a "boquinha" do maçon Dom Pedro I. Solução para Banânia, só separando a Região Sul + Sudeste do restante e formarmos duas nações amigas como EUA e Canadá.

  • VWN

    Administração, competência, gestão de gastos etc. isso tudo não interessa para o governo, o que importa é a manutenção do poder por parte do PT.

  • dudupruvinelli

    Confesso que eu já pensei em escrever um texto assim para o NA, mas fiquei com medo. Parabéns pelo texto e pela coragem. Quem sabe um dia isso muda…

    • Zada

      Em que ponto chegamos, as pessoas tem medo de dizer a VERDADE, pois sabem que podem ser repreendidas e até mesmo processadas… FUJAM DO BRASIL ENQUANTO É TEMPO

    • thales_sr

      Caro Dudu, só lhe peço para, se for escrever algo desse tipo, que se informe melhor que o autor desse texto. Senti vergonha alheia ao lê-lo.

    • fuas_herv

      Medo do quê ? Vão queimar suacasa ?

    • Pedro_Rocha

      Medo de quem? Jean Wyllys? Petralhas? Terroristas verdes? Ateus "à toas" (aqueles ateuzinhos intolerantes)?

    • David

      SE a gente pudesse criar um novo pais quais seriam as que a gente iria copiar, Certamente Alemanha, Japao, EUA estariam encabecados. Quem que nossos lideres admiram. Cuba, Venezuela, Russia e Bolivia. Da pra entender porque nosso pais nao vai pra frente??? Nao adianta pensar que num pais falido de ideias onde nao ha respeito pelo cidadao que vive refem da violencia, da falta de educacao, de saude e de sonhos o resultado seja diferente

  • Rafael Schettino

    Eu já não espero mais nada de um governo que "inventa" uma "nova classe média" só pro povo achar que é menos pobre e sair comprando carros populares pelados em 60x sem entrada e com juros absurdos, comprometendo 80% da renda com um carro…

    • O_Corsario

      Alguém tem que gastar dinheiro pro pib ser maior que 0,01…

  • Texa Co.

    Se a Petrobras nao sofresse ingerencia politica (que a obriga a vender petróleo refinado a preço de "banana" para que o povo possa andar nos seus "Automoveis" e a inflaçao nao colapse o país), e pudesse vender gasolina/petróleo nos preços reais do mercado internacional seria talvez hoje a maior empresa do mundo.

    A Petrobras não precisa do mercado brasileiro (que na verdade só dá prejuízo), e poderia muito bem vender todo petróleo explorado e o refinado para o mercado internacional a preços competitivos.

    portanto agradeçam a Petrobras por subsidiar o combustível barato do seu "Automóvel" !

    • David

      A Petrobras se ve refem de contratos mal feitos onde sim sao obrigados e vender petroleo abaixo do preco e pra suprir essa falta no mercado interno adicionamos o alcool e importamos o petroleo nos precos reais de mercado. A propria Venezuela com Chaves tinha e tem uma rede de postos de gasolina nos EUA. Ela vende mais barato e certamente a Petrobras importa mais barato. Porem o que se ve e que estamos investindo milhoes no chamado pre-sal ja sabendo que a qualidade do oleo e inferior e que precisa de mais refinarias a serem construidas no Brasil Porem preferimos vender o nosso oleo de baixa qualidade por um preco irrisorio e "trocar" por oleo que podemos consumir num pais que se diz independente e auto-sustentavel. Piada de presidente. Problema e que ele ja passou e nos estamos vivendo o futuro que eles nunca imaginaram que chegaria.

  • pumagtb

    Parabéns O-Corsario pelo comentário. E só para não passar batido Os senhores feudais ou de engenho como queiram agradecem.

  • André Castan

    Não é com meu voto que o PT está no governo. Cabe cada um fazer sua parte.

  • YagoG.

    Não me agrada carro elétrico, é só mais um incentivo o consumo em algo pseudo ecologicamente correto.
    Só aprovarei o mesmo quando houver um com o consumo de geladeira ou quando houver híbridos a Diesel e principalmente Etanol.
    Outro aspecto seria o aumento do imposto sobre a energia elétrica, vocês acham mesmo que o governo vai deixar a energia baratinha com uma frota de consumo imenso?

  • Carlao GTS

    POLÍTICOS NÃO SENDO REELEITOS por nossa escolha EM :3 , 2, 1 :
    seria o "atendado" no estado Brasil.

  • Carlao GTS

    e outra, WE NEED T E S L A ,
    Riqueza mesmo nesse assunto; é a eletricidade!
    " junta essas EMPRESAS que se manifestaram ,cria uma Família… vai contra mano !
    ia ter um carro bom." veja tbm o medo do empresa que….. "vai contra"

  • Renan21

    Acredito que no mínimo nos próximos 20 anos não existirá carro elétrico no Brasil.
    A Petrobrás é uma das maiores empresas do mundo.
    É óbvio que ninguém quer mudar de "ramo" pois custa muito caro, se existir carro elétrico no Brasil, a Petrobras quebra. E como o texto diz, é um insulto falar mal da Petrobras no Brasil.

    Sem falar que depois de um grande esforço para deixar nossas carroças flex para gastar mais combustível, fica mais difícil ainda carro elétricos e mais eficientes existirem no Brasil. (Nem óleo eles usam)
    Mesma coisa para o diesel. Carro 1.0 diesel aqui, faria 20 km/l e reduziria o lucro da Petrobras.

    Nos últimos anos a Petrobrás teve uma redução do lucro. Mas isso ocorreu pois várias fábricas pararam para introduzir mais recursos tecnológicos,amplição e construção de novas fábricas. A tendencia agora é aumentar o lucro.
    Vocês acham que depois desse investimento da Petrobras de milhões ou bilhões (não sei), existiria carros 1.0 diesel ou elétricos no Brasil? JAMAIS

    Se a Petrobras fez esse investimento, com certeza foi visando o futuro e teve apoio do governo. O governo jamais deixará de apoiar porque a Petrobras além de trazer grandes lucros para o Brasil, é a empresa brasileira mais conhecida fora do Brasil.

    Conclusão:
    O lado ruim é o do consumidor que continuará pagando caro por um combustível horrível, e com um carro 1.0 que faz 7,0 km/l
    O lado bom é a própria Petrobras que eleva o nome do Brasil lá fora e ajuda no desenvolvimento do país, mesmo que o governo roube muito.

  • Renan21

    Acredito que no mínimo nos próximos 20 anos não existirá carro elétrico no Brasil.
    A Petrobrás é uma das maiores empresas do mundo.
    É óbvio que ninguém quer mudar de "ramo" pois custa muito caro, se existir carro elétrico no Brasil, a Petrobras quebra. E como o texto diz, é um insulto falar mal da Petrobras no Brasil.

    Sem falar que depois de um grande esforço para deixar nossas carroças flex para gastar mais combustível, fica mais difícil ainda carro elétricos e mais eficientes existirem no Brasil. (Nem óleo eles usam)
    Mesma coisa para o diesel. Carro 1.0 diesel aqui, faria 20 km/l e reduziria o lucro da Petrobras.

    Nos últimos anos a Petrobrás teve uma redução do lucro. Mas isso ocorreu pois várias fábricas pararam para introduzir mais recursos tecnológicos,amplição e construção de novas fábricas. A tendencia agora é aumentar o lucro.
    Vocês acham que depois desse investimento da Petrobras de milhões ou bilhões (não sei), existiria carros 1.0 diesel ou elétricos no Brasil? JAMAIS

    Se a Petrobras fez esse investimento, com certeza foi visando o futuro e teve apoio do governo. O governo jamais deixará de apoiar porque a Petrobras além de trazer grandes lucros para o Brasil, é a empresa brasileira mais conhecida fora do Brasil.

    Conclusão:
    O lado ruim é o do consumidor que continuará pagando caro por um combustível horrível, e com um carro 1.0 que faz 7,0 km/l
    O lado bom é a própria Petrobras que eleva o nome do Brasil lá fora e ajuda no desenvolvimento do país, mesmo que o governo roube muito.

    Edit: Solução:
    Acho que a única solução para termos carros elétricos no Brasil, seria a própria Petrobras investir em energia elétrica.
    Já os carros populares a diesel seria aumentar o preço do diesel. É ruim, mas pelo menos o carro faria 20 km/l. Se meu carro fizesse 20 km/l eu pagaria R$ 3,00 de diesel muito feliz.

  • anderson_sp

    Situação complicada, pior que na TV só se fala de Copa das Confederações e da transferência do Neymar, as cagadas do governo são todas acobertadas pela essa mídia de araque, principalmente a TV.

  • JSilva

    Para aqueles que não estão cegos diante de tanta malandragem desse governo. http://www.deputadopaulinho.com.br/noticias/1792/

  • Sr_Andante

    Parece mais um daqueles posts patrocinados pelo PSDB que quer voltar ao poder a qualquer preço sem qualquer projeto para o país. Falam, falam, falam e a conclusão deles é sempre vender o país aos estrangeiros por um punhado de moedas. Uma bola fora do N.A. que dez vez em quando se rende politicamente a este tipo de baixaria política.

    • Caparroz

      Baixaria política onde meu amigo? Desde quando o Inovar Auto não é uma balela grotesca do governo?

    • Fabio D.

      A culpa é sempre da oposição, não é? São fatos, meu caro, basta você olhar à sua volta para ver o quanto as coisas andam fora de rumo. Perderam a vergonha de roubar, perderam a vergonha de entupir o povo de imposto pra pagar bolsa-isso, bolsa-aquilo, que rende voto. Ensino público de qualidade pra quê!? Neste ponto, não é a Direita ou a Esquerda que peca, ambas já estiveram no poder e padeceram do mesmo erro. Mas é FATO que a coisa piorou e muito de 2002 pra cá!

      Antes que pergunte, sim, sou simpatizante da oposição ao PT. Não gosto de comunista e não gosto de ladrão.

      • Neanderthal_Man

        Eu idem. Porém tenho que reconhecer que esta "oposição" atual é fraquíssima comparada com o que o PT fazia quando estava do outro lado. Naquela época se FHC soltasse um peido a gangue vermelha já caía matando.
        A reeleição será conseguida sem maiores dificuldades. Infelizmente.

    • David

      Me desculpa Sr mas nao vi nenhuma referencia ao tal partido que vc se refere. Que eu saiba ate recentemente esse partido tinha sido forte aliado do ex presidente e uma das razoes do Brasil ter que passar por uma eleicao (depois de 3 fora) e depois de muitas promesas mas poucas cumpridas um reeleicao do mesmo. Pelo outro lado como pode o Brasil fica patrocinando companhias que nao produzem mas por serem estatais se dao ao cumulo da arrogancia de continuar sendo incompetentes, so contratando amigos e parentes e perdendo milhoes pros cofres publicos ano apos ano??? Se a GM nao lucra com uma fabrica ela fecha. A solucao de vcs e contratar mais funcionarios. Todo pai de familia sabe que nao pode operar gastando mais do que ganha. Mas pra vcs isso e so detalhe pois o dinheiro e o que menos importa. Pior e que nem gastam o dinheiro designado e sim roubam enchendo os proprios bolsos em detrimento do trabalhador brasileiro.

  • dipereira0123

    Por mais que me joguem pedras, eu provavelmente na posição de presidente da Petrobras tambem sabotaria os carro eletricos, afinal de contas, o pais ja sente falta de mão de obra especializada em qualquer lugar que não sejam as capitais do sudeste(essas que estão saturadas de pessoas que não querem sair delas), essa redução nas contas obrigaria a cortar empregos de pessoas que não necessariamente precisam de formação, em troca de postos de trabalho tecnologicos que não teriam profissionais disponíveis, obrigando as empresas a pagaram super-salários para uns enquanto outros ficariam desempregados

    gostemos ou não, o "sistema" precisa ser mudado de maneira lenta, e por gerações, não se pode esperar que uma pessoas com 10 anos de experiencia nas fabricas de óleo seja demitida e arranje um outro emprego no novo cenário tecnológico, ou vocês são do tipo "se adapte ou morra de fome"?

    infelizmente uma mudança dessa afetaria trabalhadores da industria a do petróleo, postos de combustíveis, mecânicos, grupos de reciclagem desses materiais, e certamente muitos outros também, o pais não parece estar pronto ainda.

  • Fabio D.

    Duas coisas a declarar: A Graça/Garça Foster é uma idiota, não levem a sério o que ela diz. Por fim, Brasil trabalhando pra inovar tecnologicamente? Na boa, a economia está se sustentando em venda de carros, vamos esperar o quê dessa gente!?

  • RTEC29

    Os fatos determinam as ações dos nossos governos e não nossos Governos que determinam os fatos.
    Quando isto dar merda, alguém que estiver na presidência vai ter uma "solução" mais adequada para o assunto.
    Precisamos de incentivos a competitividade, redução do custo Brasil, incentivo ao empreendedorismo.
    Este sistema precisa ser alterado o mais rápido possível, porque já ficamos muito defasados. Esperar 10 anos???
    Se pra sair um decreto, aprovar uma lei ou um projeto furado destes demoram mêses você quer falar em anos?
    Antes ser afetado agora, do que se aprofundar em um processo recessivo, dependendo do preço de comodities e de liquidez internacional.
    Tem que ser produtivo!
    Se adapte ou morra de fome! ninguém vai ter dó de você se te demitirem.
    Se for esperar 10 anos para se adequar ao novo cenário corporativo, vai falir!

  • Envemo

    E você? Sabe mesmo do que está falando meu caro? Me explique o motivo da não existência de um oleoduto enviando PETRÓLEO barato da Venezuela para o Brasil. O argumento do preço internacional do petróleo só vale para justificar o custo do barril brasileiro, que aumentará cada vez mais com a substituição do petróleo oriundo de campos antigos, com produtividade baixa, pelo petróleo caro e perigoso do pré-sal.

    Total, Exxon e Shell investem MUITO em eficiência energética, isso geralmente faz bem para a imagem da empresa quando a população tem o poder de interpretar o que acontece ao seu redor. Você já ouviu falar da Shell Eco-marathon? As empresas citadas são globais e não dependem da exploração do seu povo para obterem lucros cada vez maiores, a Petrobras, conforme consta no seu mais recente plano de negócios, encerrará atividades no exterior para investir no pré-sal, é um documento público, por este motivo falo da desglobalização da empresa, claro, o mundo pode estar errado e a Petrobras certa, mas infelizmente, os últimos indicadores mostram quE a situação não está fácil para a petroleira brasileira. Repito: a Petrobras DEPENDE do mercado interno, motivo pelo qual a situação é diferente. Você acha que a BR não lucra com o combustível importado? Qual é a participação da geração de energia elétrica no faturamento da empresa? Qual o peso desta geração na nossa matriz energética?

    Meu caro, você está equivocado em relação ao valor do combustível. Um brasileiro passenado pela Europa não pode simplesmente converter as moedas e chegar ao valor do combustível para efeito de comparação, isto é o que a Petrobras faz para enganar os trouxas. O único método fiável é avaliar comparativamente a partir da renda média, ou mesmo o salário mínimo de cada país. Mesmo que a gasolina custe R$ 3,80 em Portugal, R$ 5,00 na Itália, o que não é verdade, pois o combustível lá custa R$ 4,59, sua defesa ignora que se trata de GASOLINA DE VERDADE e não o enganoso E25 vendido por aqui como Gasolina, e que um carro que percorre 8 km/l com o nosso combustível, percorre 14 km/l, no mínimo, com o deles. Fez as contas? Então não me venha com esta conversa furada, procure se informar de fato e deixe de falar asneiras. Os carros no Brasil precisam ter seus tanques aumentados em até 10 litros para que o carro ofereça uma autonomia apenas razoável, você sabe o motivo? A Venezuela é um ponto fora da curva, mas você preferiu conhecer a realidade européia e falar mal do seu vizinho sem ter noção da realidade local, paciência, eu devo respeitar a sua ignorância, mas devo deixar claro que não falei do combustível venezuelano, e sim do petróleo, e existe uma diferença básica entre os dois pontos, mas não espero que entenda.

    Talvez você tenha captado alguma coisa do meu texto, quando o escrevi eu estava indignado e com raiva, é verdade, mas os motivos estão lá, e acho estranho alguém com uma cultura mediana e sem interesse direto não se incomode, imagino que até mesmo dentro do BNDES existam pessoas que estão com vergonha deste processo, mas você tem todo o direito de achar bonito.

  • baetatrip

    Brasil…Brasil…. Indo para o buraco negro!
    Julho de 2010…. Viajamos com a minha familia para Franca…. La alugamos bela carreta: C5 Break 2.2 TD de 142cv… Excelente 32kg de torque….
    Viajamos por 2000km….. So belas estradas… Com 4 pessoas e malas lotados… E o C5 fazia 17..18km/l……. Coisa que o Brasil nunca vera na vida!
    Carro economico =carro ecologico= menos poluentes!
    Nossos sonhos nao batem por aqui… So la fora!
    Recentemente… Diesel esta batendo = com o alcool….. BRASIL…BRASIL….. Esta nos ferrando… Gasosa ano que vem parece que vai meter + alcool.. Nossos carros nao aguenta (So gasosa) mais alcool…. (ATE 25%!)
    Preco nas alturas…. CARO em tudo… Inflacao alta em geral!
    PT…. DESDE 2002 esta ladroando o proprio pais….. FORA PT….. LULLA….. Terceiro homem + rico do pais (De tanto roubar)…..
    VERGONHA COMO ESTA ATUALMENTE…Chega!

    • macaense

      Mas Franca não é uma cidade lá do interior de SP? kkkk

  • Viníciusk

    Ih meu caro Envemo, nem esquenta com o cara. Só dá uma olhada nos outros comentários do cara aqui. Ele só chegou pra contrariar praticamente todo mundo, em vez de – se ele realmente sabe maiores detalhes – contribuir com um bom argumento e somar informações para ajudar todos a terem um entendimento mais amplo sobre o assunto.

    Abraço.

    • thales_sr

      Não cheguei "só pra contrariar", a verdade é que quando se fala de preço de combustível todo mundo aqui fica irracional, querendo apontar o dedo na cara de alguém e falar "você é culpado", quando na verdade a coisa não é tão simples assim.

      Quem lê um pouco sobre o mercado de óleo e gás aqui no Brasil sabe que não existe concorrência no refino porque o governo não permite à Petrobras alinhar seus preços ao do resto do mundo. Ou seja, o refino já dá pouco dinheiro, mas pra Petrobras ele dá menos ainda (quando não dá prejuízo), pois refinar é muito caro, e a margem de lucro é baixa. E como não somos autossuficientes em refino, por vezes temos que importar combustível. E que tal comprar a 1,50 o litro pra vender a 1,10? Você faria isso? Eu não. Mas a Petrobras faz.

      Ou seja, se aparecessem carros elétricos para diminuir nosso consumo de combustível, a Petrobras seria contra? Tens certeza? Iria reduzir as compras de combustível que ela precisa fazer no exterior, ou seja, reduzir o prejuízo que ela toma com essa operação.
      Com o parque termoelétrico que ela está montando, ganharia dinheiro vendendo energia elétrica ao invés de combustível, se aparecesse muita demanda por energia.

      Não se engane, se a matriz energética no futuro se alterar, e o combustível dos carros não for mais petróleo, for células de hidrogênio, ou simplesmente energia elétrica pura, possivelmente as grandes nessa área se chamarão Exxon, Shell, Total, Petrobras, Gulf Oil, BP…

  • Lexus GS300

    Excelente e realista post sobre esse famigerado INOVAR.

    Como é de praxe nesse lixo de país, tal programa é mais um acobertador com panos mornos sobre a real investida protecionista a esse setor massacrante e imoral que é o grupo de montadoras aqui instaladas.
    O brasil como instituição ética e moralista já desapareceu há muito tempo, afinal, nunca foi ético ou moralista, mas mantinha até algumas décadas atrás resquícios de democracia em termos de respeito a esses dois pilares fundamentais na ordem.
    Depois que os fabianos do PSDB entraram, tudo se inverteu. Piorado ainda mais com a turma PeTralha que afundou o país no mais baixo antro de corrupção da história.
    Não é surpresa que esse programa esteja focado para inviabilizar o acesso da população a carros verdadeiramente seguros. O fato de exigir apenas que tais meios de transporte disponibilize Air Bag, ABS e cinto de segurança não é o bastante. De nada adianta ter esses dispositivos se a carroceria dessas porcarias continuarem com péssimos materiais e menor quantidade de soldas que despregam quando o automóvel colide. Vejam como fica o teto destes quando são testados em um Crash Test.
    Na minha opinião tal programa é mais um protecionismo sindical de exigir que montadoras não importem veículos pois, sabe-se muito bem que versões importadas são mais seguras que essas carroças e esses modelos são realmente sintonizados com o mercado mundial.
    O mais grave problema que existe na política dessas montadoras é o desejo delas de nunca haver concorrência, fato já por inúmeras vezes relatado por mim. Tal termo gera ALERGIA E PÂNICO as montadoras do país. Sempre alegam caso abram as portas do mercado internacional, prejuízos com tal produtos que venham de fora. Esses mesmos prejuízos sempre são pontuados a questão EMPREGOS e como todos sabem vivemos a República do Sindicato.
    Em termos automotivos vivenciamos uma DITADURA. Além dos produtos serem ruins, ainda temos que nos sujeitar as políticas predatórias ao bolso exigidas pelas CSS e Oficinas destas. Além disso, somos intensamente bombardeados por impostos extorsivos inexistentes em qualquer outro país que se chame democrático.
    E assim carrega-se o peso nas costas de um proprietário de uma carroça 1.0.
    E vendo ontem algum carro para trocar o de minha esposa, ZERO KM está tão caro agora quanto em 2011 quando não tinha IPI reduzido.
    Propagam mentiras publicadas em descontos onde se aumenta o preço do veículo e em seguida dar tal e ilusivo desconto.

    Esse país não canso de dizer: é mesmo uma mer….

  • Lexus GS300

    Excelente e realista post sobre esse famigerado INOVAR.

    Como é de praxe nesse lixo de país, tal programa é mais um acobertador com panos mornos sobre a real investida protecionista a esse setor massacrante e imoral que é o grupo de montadoras aqui instaladas.
    O brasil como instituição ética e moralista já desapareceu há muito tempo, afinal, nunca foi ético ou moralista, mas mantinha até algumas décadas atrás resquícios de democracia em termos de respeito a esses dois pilares fundamentais na ordem.
    Depois que os fabianos do PSDB entraram, tudo se inverteu. Piorado ainda mais com a turma PeTralha que afundou o país no mais alto antro de corrupção da história.
    Não é surpresa que esse programa esteja focado para inviabilizar o acesso da população a carros verdadeiramente seguros. O fato de exigir apenas que tais meios de transporte disponibilize Air Bag, ABS e cinto de segurança não é o bastante. De nada adianta ter esses dispositivos se a carroceria dessas porcarias continuarem com péssimos materiais e menor quantidade de soldas que despregam quando o automóvel colide. Vejam como fica o teto destes quando são testados em um Crash Test.
    Na minha opinião tal programa é mais um protecionismo sindical de exigir que montadoras não importem veículos pois, sabe-se muito bem que versões importadas são mais seguras que essas carroças e esses modelos são realmente sintonizados com o mercado mundial.
    O mais grave problema que existe na política dessas montadoras é o desejo delas de nunca haver concorrência, fato já por inúmeras vezes relatado por mim. Tal termo gera ALERGIA E PÂNICO as montadoras do país. Sempre alegam caso abram as portas do mercado internacional, prejuízos com tal produtos que venham de fora. Esses mesmos prejuízos sempre são pontuados a questão EMPREGOS e como todos sabem vivemos a República do Sindicato.
    Em termos automotivos vivenciamos uma DITADURA. Além dos produtos serem ruins, ainda temos que nos sujeitar as políticas predatórias ao bolso exigidas pelas CSS e Oficinas destas. Além disso, somos intensamente bombardeados por impostos extorsivos inexistentes em qualquer outro país que se chame democrático.
    E assim carrega-se o peso nas costas de um proprietário de uma carroça 1.0.
    E vendo ontem algum carro para trocar o de minha esposa, ZERO KM está tão caro agora quanto em 2011 quando não tinha IPI reduzido.
    Propagam mentiras publicadas em descontos onde se aumenta o preço do veículo e em seguida dar tal e ilusivo desconto.

    Esse país não canso de dizer: é mesmo uma mer….

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • Castle_Bravo

    "(…) as especulações sobre a real causa do cancelamento variavam entre o lobby da Petrobras e dos usineiros"

    Todo o texto em cima de "especulações", legal isso.

    Um pouco de realidade:

    – O Petrobrás hoje perde dinheiro tendo que importar gasolina, e manter os preços artificialmente baixos, e isso está mais do que claro, inclusive é refletido nos papéis da empresa em bolsa.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resulta

    – Os usineiros vivem a reclamar do preço do etanol dando preferência a produção de açúcar que é mais rentável, de novo, por que aumentar a produção?

    http://www.sparta.com.br/noticias/novidades/a-rel

    http://g1.globo.com/platb/thaisheredia/2013/04/23

    – Graça Foster usou da sinceridade neste mundo "politicamente correto" e hipócrita ao falar a verdade, quanto mais carros nas ruas, mesmo com dificuldade atual de aumento de produção e importação, mais ela venderia. Não é o objetivo de todas as empresas?

    – Quem mais ganha hoje com a gasolina são os Estados com o ICMS (~ 25%), eles ganham mais do que quem produz a gasolina, do quem vende e quem transporta, se há algum lobby, certamente ele vem dali, hoje os automóveis são a "galinha dos ovos de ouro" de Estados falidos e não vejo ninguém reclamar disso.

    http://brasilpostos.com.br/revistadigital/icms-de

  • pauloreis

    hoje vivemos uma grande hipocrisia, do tamanho da terra, possível de ser vista do espaço. Se eu fosse de outro planeta, diria que o planeta terra seria conhecido como o MUNDO HIPÓCRITA, em todas as línguas possíveis e inimagináveis. Se é que existe outra palavra pior para dizer que o ser humano se alimenta de falsidade… se todos tivéssemos essa consciência, o mundo seria melhor…

  • Cap. Vilela

    Nós somos os babacas que aceitamos as regras da PETROBRAS. O que deveríamos fazer, era passarmos uma semana sem usar nossas carroças, desta forma, talvez, à famigerada petrobosta sentisse na pela que nós não somos otários como ela pensa. Pergunto: Alguém topa, tenho certeza que não, pois somos alienados as porcarias deste país de tupiniquins. Sabem quantas vezes seu Lula e D. Dilma vão tomar providências quanto à petrobosta, nenhuma e nós continuaremos a pagar o combustível mais caro do mundo e o mais ruim do mundo. DANEM-SE À PETROBRAS E OS SEUS DEFENSORES – PQP, NÃO TEM JEITO MESMO.

  • Felipe

    Também vou fazer isso.

  • Felipe

    Solução: guardar parte do mísero salário mínimo por um bom tempo, tirar passaporte, tirar visto, fazer as malas, ter boa formação e ir para os EUA ou outro país.

  • Felipe
  • Lexus GS300

    Desejo no fundo da alma que a PTrobrás seja extinta ou privatizada. Um elefante branco que pagamos caro para manter esse lixo.

    • Castle_Bravo

      Somos dois.

  • Lexus GS300

    A Petrobosta é quem limita a entrada de carros elétricos no aterro brasil.
    Um tipo de meio de transporte que se move através de carga elétrica cujo energia move os motores é no mínimo um tiro fatal para os cofres dessa empresa maldita.
    Como é uma empresa movida por pelegada (exceto pelos concursados o qual tem meu respeito) o desgoverno fará de tudo para protegê-la ainda que ponha toda a população alienada brasileira sobre seus pés.

    E eu a insulto com muito ORGULHO. Empresa de mer…

  • Fabio D.

    Faz muito bem… mete o pé dessa joça enquanto ainda dá tempo. Vai que daqui a pouco essa raça nojenta do PT resolve piorar ainda mais as coisas…

  • thales_sr

    Porque não tem oleoduto enviando petróleo barato da venezuela pra cá? Fácil, porque não existe petróleo barato. A Venezuela subsidia para consumo próprio, ela toma prejuízo para ter algum ganho interno (compra de votos? ou porque o governo considera que seus cidadãos devem gastar combustível à vontade), mas explica pra mim o que a Venezuela ganharia gastando dinheiro pra dar combustível barato pra gente.

    A Petrobras vai fechar atividades pouco lucrativas no exterior para investir no Pre-Sal, basicamente porque o Presal tem muito potencial, mas mais importante, porque por força de lei, a empresa deve ser a única operadora nos blocos do pré-sal, e ter pelo menos 30% de participação. E para participar, tem que ofertar lances no leilão dos blocos, isso custa dinheiro e o caixa da empresa não é infinito. E com essa política do governo de querer que empresa controle inflação, o caixa da Petrobras foi comprometido nos últimos anos. A partir da entrada da Graça Foster é que começou a melhorar, pois ela não faz questão de politicagem, mostra os podres mesmo e cobra resultados.
    Eu não acho que a BR lucra com combustível importado, ela toma é prejuízo mesmo.

    O combustível deve ser comparado de acordo com a renda média? Que tal fazermos isso com todos os outros itens também? Veremos que morar e comer, no Brasil, é muito mais barato que lá na Europa. Você pode escolher não morar? Pode escolher não comer? Mas acho que dá pra falar "não quero usar o carro hoje", pelo menos a maioria das pessoas pode.
    Se você já foi lá fora, vai perceber que o consumo dos carros de lá se deve à gasolina, mas também aos motores (nada de gambiarra flex), e à condição da pavimentação: Você coloca 100 km/h no seu carro, e só baixa dessa velocidade quando passa por um pedágio ou quando está chegando no destino. Quando eu consegui fazer isso aqui no Brasil, sabe quanto meu 1.6 Flex com pneu 195 fez? 16 km/l. Com "mijolina", ok? Ou seja, a culpa é SÓ do combustível?

    Sim, ignoro o cenário da Venezuela, pois não é um cenário aplicável (e nem desejável) no Brasil. Nossos impostos devem ir para saúde, educação, e não pra baratear nosso passeio de carro.

    Você estava indignado e com raiva, o problema é que todo mundo fica indignado e com raiva, mas sem saber direito o porque. Temos muita coisa errada aqui no país sim, mas se queremos mudar temos que saber quais os reais motivos e a quem devemos cobrar. E se a culpa "é do governo", vamos lembrar quem pôs esse pessoal lá, e vamos fazer nossa parte para tirá-los de lá, ou ao menos cobrar deles uma postura que retrate melhor o que queremos.

  • David

    Thiago infelizmente quando se fala capitalismo as pessoas so pensam em chefes de grandes companhias explorando do seus trabalhadores. Metade 3/4 das empresas nos EUA tem menos de 25 funcionarios trabalhando nelas. Poucas pessoas trabalham pra multinacionais ou ate pro governo. Capitalismo nada mais e do que alguem com uma boa ideia e a poe em pratica. Quando da errado perdem o dinheiro, quando da certo ganham dinheiro. O setor privado nos EUA e que produz os Microsofts, Apples, e tantas outras companhias. A mao de obra e o ser humano e valorizado la. Aqui a vida se troca por um celular ou 30 reais, isso quando vc consgue um emprego pra ter essas coisas. Enquanto isso pagamos bolsa familia pra desestimular as pessoas a crescerem e e assim depender menos do governo. La a maioria dos hospitais sao particulares, Mas se o Obama continuar logo vao ter o mesmo sistema que temos no Brasil. O privilegio ou oportunidade de morrer enquanto se espera pra ser atentido. Porque nossos lideres nao querem o melhor pro povo??? Isso foi so um desabafo.

  • David

    Aqui no Espirito Santo pagamos R$3 no litro de gasolina pra colocar em tanque de carro frex que faz 7km/l, 11km/l e nao somos felizes.



Send this to friend