*Destaque Chevrolet Esportivos Lançamentos

Insano, novo Chevrolet Corvette ZR1 2018 traz motor de 765 cv

Chevrolet-Corvette-ZR1-2018-1 Insano, novo Chevrolet Corvette ZR1 2018 traz motor de 765 cv

Eis o Corvette mais potente e tecnológico já produzido em série pela Chevrolet. O novo Corvette ZR1 2018 foi revelado nesta semana pela fabricante norte-americana e se destaca pelo motor V8 LT5 de 6.2 litros supercharged, que consegue desenvolver 765 cavalos de potência e pesados 98,7 kgfm de torque. O propulsor recebeu um intercooler otimizado e sistema de injeção dupla, com injeção direta e injeção multiponto.



E o melhor: há a opção de câmbio manual de sete marchas, além do automático de oito velocidades (algo inédito no modelo, que oferece trocas sequenciais por meio de borboletas atrás do volante). A Chevrolet ainda não deu muitos detalhes a respeito do conjunto mecânico do novo bólido, mas garante que ele consegue superar os 338 km/h de velocidade máxima.

Chevrolet-Corvette-ZR1-2018-4 Insano, novo Chevrolet Corvette ZR1 2018 traz motor de 765 cv

O novo motor do Chevrolet Corvette ZR1 2018 vem acompanhado de quatro novos radiadores, juntamente com tomadas de ar mais agressivas. O conjunto inclui modificações no chassi.

Como opcional, a Chevrolet vai oferecer dois pacotes aerodinâmicos: um com um aerofólio traseiro Low Wing, que consegue gerar até 70% mais downforce que o pacote base do Z06, e com um High Wing de duas vias, que oferece cerca de 60% mais downforce que o Z06 com o pacote de desempenho Z07 disponível. Este último pacote oferece também divisor frontal com inserções em fibra de carbono, suspensão Magnetic Ride Control e pneus Michelin Pilot Sport Cup 2.

Chevrolet-Corvette-ZR1-2018-5 Insano, novo Chevrolet Corvette ZR1 2018 traz motor de 765 cv

Por dentro, há bancos esportivos em couro Nappa aquecidos e ventilados, volante em fibra de carbono, gravador de dados de desempenho e sistema de som premium Bose, além de um pacote opcional Sebring Orange Design que inclui cintos de segurança e costuras laranjas, detalhes de acabamento em alumínio na cor bronze e pinças de freio e detalhe visuais em laranja.

O preço do novo Corvette ZR1 2018 ainda não foi divulgado pela Chevrolet.

Galeria de fotos do Chevrolet Corvette ZR1 2018

  • Tom Costa

    É tão lindo que dói ser tão pobre e não poder brincar com um desses. Vou me contentando com o poderoso tricilíndrico 1.0 do meu ka.

    • zekinha71

      O melhor carro que existe é aquele que vc pode ter e manter.

      • Tom Costa

        Não morro de amores por superesportivos, mas o corvette…

        • zekinha71

          Eu iria de Aston Martin.

        • Edson Fernandes

          Então pensamos igual, porque eu tbm sou apaixonado pelo Corvette…rs

        • Rodrigo

          O muscle car mais bonito que existe é o Dodge Challenger SRT Hellcat.
          O carro mais bonito já produzido na historia do automóvel, chama-se; Mercedes SLS AMG Black Series.

    • Bryan Silva

      Para dirigir nessas estradas esburacadas e cheias de radares, o seu 1.0 é mais vantajoso. Lembre-se que no Brasil as autoridades não querem que você tenha bons carros, mas que seja pobre para dar a eles o direito de serem ricos.

  • ObservadorCWB

    E vai ter gente falando que há outros melhores sem nunca ter dirigido ou nem chegado perto de um Corvette. Este carro está um verdadeiro monstro.

    • Ⓜ️arcelo

      Verdade, a única coisa que não empolga é o interior

      • what_the_hell??

        De fato, o interior poderia transmitir mais esportividade.
        Mas de resto, esse carro é, na minha opinião, perfeito, meu sonho de consumo desde quando a 4R testou um preto em 1991 e o mesmo se manteve com o menor tempo de 0-100km/h por muito tempo!
        Como aqui no BR não dá pra ter um, o negócio é tentar pegar um preço bom para alugar um nos EUA por alguns dias! Ainda vou fazer isso!

        • Ⓜ️arcelo

          Aqui dá pra ter sim ,só que tem que fazer importação direta.

          Nos eua, você a luga a versão básica de 460cv pelo mesma categoria de um suv de grande porte, pois é um carro bastante popular. Se você quiser as versões mais caras ou algum esportivo importado, somente nas locadoras premium (exotic cars).

          Eu já aluguei em Miami uma 911 GTS e uma Carrera S da nova geração, vale cada centavo!

  • Leonel

    Que monstrinho, hein? Queria ver ele andando com o GT-R Nismo, famoso Godzilla. Deve ser bemm interessante.

  • Igor G. Gomes

    É um monstrinho… não há dúvidas! Mas isso nos faz pensar nas “feitiçarias” que a Ferrari faz para o motor de mesmos 6.2L da F12 tirar 740cv, o da F12TDF tirar 780cv e o de 6,5L da 812 Superfast tirar 800cv….e TODOS ASPIRADOS….

    • Pedro Henrique

      são realmente números muito bons, mas da pra ver quase de cara pela diferença nos motores, na ferrari apesar de ser a mesma litragem 6,2 essa litragem está em um V12 ao invés de um v8… e os motores ferrari giram alto que dá o característico berro então são motores de alta cavalaria mas menor torque do que um motor que gire menos e tenha menos cilindros mas estes com diâmetro maior.
      não é feitiçaria é engenharia!
      ainda sim tem que ser de uma precisão absurda pra extrair tanto

      • Pedro Henrique

        n perai acho que errei feio no que é oque mas o resultado é isso kkkkkkkk
        pesquisei o V8 LT4 por exemplo agora e ele tem diametro de 103.25mm com curso de 95mm
        enquanto a F12 tem diametro de 94mm e curso de 74mm
        um curso muito menor mas tem mais cilindros então gira mais (se eu estiver enganado por favor corrijam)
        esse negócio de curso e diâmetro sempre me confunde kkkkkkk

        • Igor G. Gomes

          Sim Pedro… eu usei só uma metáfora para a “feitiçaria”. E realmente o grande diâmetro e pequeno curso dos pistoes são um dos responsáveis para o motor subir bastante de giro e por consequencia produzir grande potencia final. O pequeno curso também mantém a velocidade do pistao dentro da faixa de 20m/s (tendo em vista o volume por cilindro unitário do motor), e que seria mais difícil – ou até impossível – com um V8 de mesmos 6.2L. A relação r/l também esta otimizada… ajudando nas vibrações e durabilidade do conjunto. Mas… o maior segredo….deve estar no cabeçote e na quantidade de ar que esse motor consegue admitir em cada faixa de rotação!!! O que a Ferrari deve ter de pesquisas e softwares proprios e especificos para projetar a admissao do motor deve ser coisa de outro mundo! E como diria o Engenheiro Aurelio Lampredi que trabalhou inclusive na Ferrari nos anos 50: “Os motores não bebem, eles respiram!”

          • Pedro Henrique

            sim sim, eu tinha entendido, só quis puxa um ganchinho mesm kkkkkk
            E como respira essa Ferrari em!

        • mjprio

          É por ai mesmo. Esses motores menores, principalmente com pequeno curso.giram mais pra obter mais potência em troca de um torque menor. é o caso dos F1 e das motos: no F1 é um motor V6 turbo de 1.5L ou nos aspirados quando havia um 3.5L , mas eles assim como as motos giram a quase 18mil RPM.
          Ja no outro extremo, temos os famosos motores AP “biela longa” e AP 2000 que com curso maior tem mais torque em baixa rotação.
          Entre no site da bestcars ou no canal dela no YT que tem videos interessantes sobre curso, diâmetro, o porque dos 3 cilindros, e como se relacionam potência, torque e rpm e a diferença dos motores gasolina e diesel nesses aspectos. os videos são superdidáticos

          • Pedro Henrique

            po, vlw, vou dar uma olhada sim!

      • Marcelo Nascimento

        Os V12 da Ferrari são lenda, mas o som dos V8 americanos sempre foi lindo. Será que preservaram nesse aí?

        Perdoem minha ignorância, mas “O propulsor recebeu um intercooler otimizado e sistema de injeção dupla, com injeção direta e injeção multiponto”. Se a injeção é direta, não é obrigatoriamente multiponto?

        • Pedro Henrique

          acredito que não pois a injeção multiponto os bicos injetores ficam fora da Câmara de combustão, já a injeção direta eles ficam dentro da Câmara…
          no caso da matéria falaram assim pois tem injeção direta, dentro da Câmara e indireta, fora da Câmara e essa fora da Câmara é multiponto(poderia ser monoponto)
          já injeção direta não tem como ser monoponto(ou tem????) então toda ela é multiponto a menos que seja um motor de 1 cilindro só mas dai qualquer injeção seria monoponto
          na imagem abaixo tem os 3 tipos de injeção, monoponto, multiponto e direta respectivamente A, B e C… a matéria quis dizer que o carro tem B e C juntas totalizando 8 injetores por bancada
          https://www.intechopen.com/source/html/42937/media/image1.png
          espero que tenha sido essa a duvida kkkkkk

          • Marcelo Nascimento

            É isso. rs.

            Minha dúvida surgiu porque acho que não faz sentido as duas juntas, com um bico jogando o combustível direto no cilindro e outro jogando fora.

            Tendo um fora, passa a ser necessária a válvula de admissão, e aí acaba a vantagem da injeção direta. Achei estranho…

            • mjprio

              O TFSI da VW/Audi faz quase a mesma coisa. E que a vantagem de vc ter a injeção direta e indireta e que a central ajusta o modo de injeção de acordo com a faixa de trabalho do motor, podendo até combinar as duas. Agora a válvula vai ser necessária pra admitir o ar. O que se pode fazer é colocar um sistema de comando de válvulas que ajusta a abertura em função de demanda de ar combustível, o que elimina a borboleta no corpo da injeção, como nos motores multiair da Fiat e nos formula 1.

            • Pedro Henrique

              não é bem necessário, claro que isso depende de cada marca, a injeção direta é muito eficiente e por tanto tem uma mistura pobre e serve mais pra rotações mais baixas(e economia) e a injeção indireta(multiponto) é uma mistura bem mais rica oque é melhor pra altas rotações e carros que buscam performance.
              isso é pelo que eu entendo né, acredito que deva ter bem mais coisa por trás do uso de ambas…
              num vídeo do ADG ele mostrou um carro que usa esse sistema e mencionou que desse modo aquela borra que fica na admissão de um carro com injeção direta se mostrou muito menor no sistema com as duas, pois o combustível passando ali pode ter um efeito autolimpante

    • V12 for life

      É mais fácil pra Ferrari com seu V12 de 60 válvulas DOHC de alta rotação, do que para a Chevrolet com seu V8 supercharger de 16 válvulas com camando no bloco e virabrequim cruzado, essas duas últimas características do V8 atrapalham a subida de giro.

  • Haggard

    Só esse spoiler monstro aí que estragou parte do visual, na minha opinião.
    Há outras opções mais discretas, bonitas e tão eficazes quanto, acredito eu.

    • Qliphirot

      Eu achei muito foda, se tivesse grana compraria esse package!

  • Ricardo

    Animal! É o único carro da Chevrolet que eu consigo gostar!

  • Paulo Penna

    lindo….. ando com medo de matarem o corvette com o motor central…

  • Alexandre Volpi

    Esse corvette é um “one of a kind”. Carro único, sem ter o que tirar ou colocar.

    Uma pena que o viper tenha ido embora e não tem mais como fazer uma (bonita) briga com o verte.

  • Jorge Castro

    me lembrou o ingles tvr sagaris na duvida pesquizem no google nao vai arrepender

    • Miro Saraiva

      só gostei da pintura furtacor kkkk
      parece os carros q eu desenhava na época do colégio

  • Benjamin Machado

    Dizem que esse carro tem muita tecnologia aproveitada do meu spin.😂😂😂😂

    • oloko

      Sim, a chevrolet pegou toda a engenharia desenvolvida para a spin e colocou no zr1, daqui a pouco vai ter kit de conversão para a spin tbm.

  • what_the_hell??

    Essa tonalidade de cinza/grafite é muito bonita! Até agora, todo esportivo que vejo nessa cor fica lindo!

  • afonso200

    se o normal la ja compra por 65mil dolares,

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend