IPI: governo frustra mercado e mantém corte de 25%

mercado concessionaria

O governo federal frustrou o mercado ao anunciar nesta sexta (1), a manutenção do atual desconto de 25% sobre o IPI de vários produtos, inclusive sobre automóveis, que na prática é de 18,5%.


A expectativa do mercado brasileiro era que o IPI tivesse o desconto ampliado de 25% para 33%, porém, o decreto publicado no Diário Oficial da União mantém o corte atual por mais 30 dias.

Segundo o site Auto Data, o governo não justificou a manutenção do desconto atual e nem os motivos que impediram um aumento de 8% no abatimento do imposto sobre produtos industriais.

Suspeita-se que o real motivo sejam problemas políticos relacionados com a Zona Franca de Manaus.

Caso o desconto subisse de 25% para 33%, o adicional inserido no cálculo já elaborado para os automóveis, num estudo feito pela Bright Consulting, apontou desconto na prática de 5,1% até 18,3%.

Isso sempre dependendo da motorização do veículo e do combustível usado, ficando os preços com redução entre 1,7% e 5,3%.

Com o IPI reduzido em 33%, os preços dos carros teriam queda naturalmente maior na prática.

Em cálculos da Bright Consulting, um carro de R$ 100.000, por exemplo, cujo desconto atual é de R$ 1,2 mil, passaria para R$ 1,7 mil.

Ou seja, cairia para R$ 98,3 mil. Isso considerando um carro com motor 1.0 litro, cujo IPI caiu de 7% para 5,7% e que na projeção de um IPI 33% menor, seria de 5,1%.

Nas contas da consultoria, o desconto para carros com motor entre 1.0 e 2.0 litros, seria de 5,3% nos movidos a gasolina e 4% nos flex.

Num carro acima de 1.0 litro e custando R$ 100.000, o desconto seria de R$ 5,3 mil, passando para R$ 94,7 mil.

Agora, com mais um mês de IPI reduzido, espera-se que as vendas de carros e comerciais leves em abril se recupere em comparação com 2021.

No final do período, se os números não forem positivos, quem sabe o governo acabe superando a divergência com Manaus e decida pelo IPI 33% menor.

[Fonte: Auto Data]

 

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.