IPVA menor para carros GNV é o que pedem as distribuidoras de SP

IPVA menor para carros GNV é o que pedem as distribuidoras de SP

“Comprar carro a gás? Não, obrigado.” É isso o que os consumidores estão respondendo sobre a aquisição de carros movidos por GNV no estado mais rico do Brasil. A falta de incentivos e a competição do etanol, jogaram o consumo de gás veicular para baixo.


O volume caiu 56% e está em 741 mil m3 diários, enquanto o número de veículos emplacados despencou de 2,3 mil mensais para míseros 141 exemplares, praticamente todos táxis. Com apenas 25% de desconto no IPVA e mais a burocracia que envolve ter um veículo GNV, o consumidor paulista simplesmente perdeu gás…

Diante da baixa demanda, muitos postos simplesmente deixaram de oferecer GNV e em algumas regiões, como a Baixada Santista, por exemplo, ter carro a gás só mesmo para quem reside perto de um dos raros postos que ainda trabalham com o produto. Com esse panorama, as distribuidoras de gás encanado em São Paulo estão pleiteando junto ao governo do estado redução no IPVA para incentivar o consumo.

Estados como Rio de Janeiro e Paraná, concedem descontos bem mais generosos de IPVA para carros GNV, sendo 75% e 40%, respectivamente. Em São Paulo, no entanto, a briga será política. O governo não quer perder arrecadação com o já altíssimo IPVA, defendendo que o “gás” já possui carga tributária menor. Atualmente o estado tem, ao lado de Pernambuco, a menor tarifa por m3 do produto, mas 195 mil carros deixaram de rodar o combustível desde 2008.

Uma frente parlamentar estadual encaminhou hoje (27) o pleito para desoneração do IPVA para carros GNV junto à Secretária de Fazenda. Assim, espera-se que o governo atenda à reivindicação a fim de promover essa importante opção para reduzir emissões de CO2 e o consumo de etanol, especialmente na entressafra. Atualmente o km rodado de GNV em custa R$ 0,137 contra R$ 0,270 da gasolina e R$ 0,249 do etanol. Enfim, há combustível barato, mas imposto caro!

[Fonte: Estadão]

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.