Crossovers Elétricos JAC Motors Mercado

JAC E40: opção elétrica do crossover T40 chega em 2019 por R$ 129.990

JAC E40: opção elétrica do crossover T40 chega em 2019 por R$ 129.990

Durante a apresentação do JAC T50, o presidente da JAC Motors do Brasil, Sérgio Habib, anunciou a chegada do primeiro carro elétrico da marca chinesa no mercado brasileiro, o crossover E40. O modelo chega em junho de 2019 e com preço sugerido de R$ 129.990, o menor até agora oficialmente anunciado no mercado nacional.


O JAC E40 é o nome pelo qual será conhecido no Brasil o modelo elétrico iEV7 S, que foi utilizado pela Volkswagen para o desenvolvimento de um corresponde da Seat para o mercado chinês, que depois acabou tendo a marca trocada por SOL. Esse produto é a versão mais moderna do crossover, tendo baterias de íons de lítio de 40 kWh.

JAC E40: opção elétrica do crossover T40 chega em 2019 por R$ 129.990

Com autonomia de 300 km, o JAC E40 tem motor elétrico de 115 cavalos e 27,6 kgfm, alcançando 130 km/h. O utilitário esportivo também pode ser recarregado em até 7 horas na carga lenta. Também pode ter 100% da carga em até 1,5 h num carregador rápido. Já uma carga rápida de 80%, é feita em apenas 1 h.


Visualmente, o iEV7 S (E40) tem detalhes em azul como alusão à energia limpa, sendo pintados assim retrovisores, aerofólio traseiro, frisos laterais, frisos envolvendo a grade e molduras nos para-choques. Os faróis também possuem projetores em cor azul. A única diferença física é a grade falsa e a tampa para recarga sob o logo da JAC.

JAC E40: opção elétrica do crossover T40 chega em 2019 por R$ 129.990

Por dentro, o crossover elétrico tem painel de instrumentos digital, multimídia com gerenciamento do sistema elétrico do veículo e joystick no lugar da alavanca de câmbio.

No mais, todo o acabamento e outros detalhes internos são iguais aos da versão a gasolina, que no Brasil é vendido com preços a partir de R$ 64.490 na versão 1.5 de até 127 cavalos e na CVT com motor 1.6 de 138 cavalos, custando este R$ 72.490.

JAC E40: opção elétrica do crossover T40 chega em 2019 por R$ 129.990

Na gama de elétricos da JAC Motors, ainda existem as opções dos modelos iEV4 (J3 Turin), iEV5 (J4), iEV6 (J2), iEV6 S (T40) e iEV7 (J5), que possuem autonomia variando entre 170 km e 500 km.

 

JAC E40: opção elétrica do crossover T40 chega em 2019 por R$ 129.990
Nota média 4.6 de 8 votos

  • Henrique Gouveia

    Parece que todos querem trazer seus elétricos para o Brasil

    • Emanuel Schott

      O Rota 2030 baixou os impostos pros elétricos, assim passou a ser viável trazer esses carros pra cá.

    • T1000

      E com estes detalhes azuis cafonas.
      A JAC tem que por na cabeça que não é uma BMW.

      • Luconces

        É só envelopar ou pintar.

        Mas creio que ela deva oferecer como opcional a cor tradicional. Penso eu.

        • T1000

          Pô comprar carro novo pra ter que fazer adaptação não dá

          • Luconces

            Opa, quis dizer a própria JAC oferecer isso como opcional.

  • Matuska

    Cadê aquele rapaz que sempre fala que queria Seat aqui no BR? Esse aí é “quase” um rs
    No mais, seria legal trazer esse elétrico aí pra fazer umas experiências aqui no Br (se a Jac sobreviver até lá).

  • leandro

    Tirando o preco, esse aí está bem interessante! Tanto no visual como na motorização…
    Normamentel os elétricos tem design futurista que particularmente acho horrível!

    • Good Doctor

      Não sei como vai ser na prática, mas rodar 300km com 40 reais pode diluir bem esse preço aí…
      Considerando ainda que você pode colocar placas solares e não pagar nada pra rodar além do pneu, pode virar um bom negócio.

  • Chasseur

    Pra falar a verdade, achei o preço interessante. Acho que ele é o elétrico mais barato anunciado para nosso mercado até agora e está mais barato do que alguns SUVs pequenos como o Renegade Diesel. Como uma opção para o trânsito urbano é uma escolha a se considerar.

    • Ele está mais barato, que o Renault Zoe de R$149.900. Ou seja, o Jac E40 é R$19.910 mais barato que o Zoe e sim, tornando o mais barato do mercado.. Embora, vai ter o povo reclamando, com as mesmas frases. Ching-ling, nunca, prefiro Toyota ou honda, ou um Onix/Gol de 60 mil e pelado e tudo mais. Pessoal nunca está satisfeito.

      • Vinícius

        Só um detalhe, o Zoe é um compacto, bem pequeno. Esse E40 é um crossover, seria outra categoria, achei o preço desse JAC bem justo.

  • SDS SP

    O preço é até interessante, diante do que foi anunciado pelas outras marcas.
    Mas sinceramente, é algo ainda bem de nicho. Vou continuar emitindo CO2 por enquanto.

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Tomara que a marca sobreviva aqui no BR

  • everton nogueira

    Tiraria esses adornos azuis de gosto duvidoso e 10 mil no preço. Aí dava para encarar.

    • Luconces

      Os adornos é só envelopar…

  • Edgar

    Acredito que o mercado de elétrico no Brasil só vai emplacar quando vier um popular elétrico, algo como o K-ZE (Kwid elétrico) ou um E-Up, Talvez até um GM ou Fiat de entrada, mas na versão elétrica, em torno de 80 a 90 mil…

    • UPTSI

      O mimimi seria o mesmo de sempre:

      mimimi 80 mil num popular elétrico? com 80 mil eu compro uma bmw m3 ou um porsche cayenne blindado 2008…

      • Jurandir Filho

        Tipo isso kkk

      • Danillo Santos

        Exatamente… Trazer esse Jac será muito bom para o mercado como um todo, pois vai colocar pressão na concorrência para baixar os preços. Além disso, parece ser um carro interessante.

      • carlos rodrigues

        De fato Mimimi sempre vai existir, afinal, reclamar é muito fácil

        Creio que os preços dos elétricos tendem a ficar mais interessantes quando forem surgindo novos modelos. Existem muitos modelos de compactos chineses (BYD, Liffan etc) que podem agitar a concorrência por aqui e assim fazer provocar uma redução nos preços. Acredito tbm que teremos uma fase de transição com os híbridos.

  • Cardoso (não aquele)

    Acho legal que vamos ter alguns carros elétricos aqui. Já começa a popularizar aos poucos.
    No atual estado das coisas eu ainda não compraria um carro elétrico desses. Mas nós próximos anos parece que vai mudar bastante.

  • Domenico Monteleone

    Com essa combinação azul por fora e vermelha por dentro vai fazer sucesso com a torcida do BAÊA e do Paraná Clube.

  • Natán Barreto

    Autonomia de 300km e carregamento 100% em 1 hora no carregador rápido são itens bem interessantes pra um pequeno SUV de 130 mil. Levando em consideração que um HRV tá quase isso, esse JAC se torna uma opção até justa. Até porque os elétricos estão começando com valores bem acima. Até o próprio Zoe.

  • Paulo Araujo

    Esse carro é desenvolvido junto com a Volkswagen. Na China eles fizeram uma empresa juntos chamada Sol e vendem por lá. O modelo da Sol não tem esses azuis e a frente é mais fechada, de repente venha pro Brasil assim.

  • Zé Mundico

    Olha, é interessante…o problema é que a Jac anda meio fraquinha pois parece que puxaram a tomada dela……
    Sem confiança e solidez não rola.

  • TiagoNA

    Tem quase 10 anos que ouço falar “se a jac sobreviver” (como o amigo comentou abaixo) hehe, ta sobrevivendo…
    Tbm tenho este pensamento, só que vejo que os chineses estão melhorando.
    Há mto preconceito, e há mta falta de qualidade mesmo.
    Vejo também que os carros chineses não fazem milagre. Este T40 mesmo é um carro pequeno que quer se passar por grande (SUVzinho) que se vc posiciona-lo com HRV, por exemplo, ele fica mto abaixo em qualidade de tudo, mas se vc colocar ele como concorrente do Onix Activ da vida, ele sai caro, tem mercado mto ruim…
    Quero dizer que chinês não faz milagre, mas enganam bem…
    Portanto, até onde o conheci, é um bom carro se comparado aos populares, consome pouco e tem motor razoável.

  • Emanuel Schott

    Boa autonomia e preço semelhante a opções a diesel. Torna-se um elétrico interessante de se ter, ao contrário do Zoe, do Lift e do Bolt, caros demais.

  • UPTSI

    O “first world problems” com esses carros elétricos será nas manhãs em que a pessoa vai sair de casa e esquece que não colocou o carro pra carregar na noite anterior rs

    • NutheoTobba

      Aí eles lançam um app para monitorar e lembrar o usuário e fica tudo certo. Mas concordo contigo: novas soluções tb trazem novos problemas

    • Mayck Colares

      Igual já é quando vc vai sair de casa e esquece que não colocou gasolina mesmo seu carro avisando da reserva (assim como o elétrico tb avisa)

      • UPTSI

        Avisa, você vai precisar ficar alguns minutos esperando o carro carregar. É diferente de simplesmente ir até o posto mais próximo e colocar 20 reais de combustível e seguir pro destino.

      • Emanuel Schott

        A diferença é que 3 minutos em um posto te dá mais uns 600km de autonomia. Pra carregar o elétrico é preciso no mínimo uma hora em um carregador rápido (que quase ninguém tem disponivel) pra menos da metade disso.

    • Thiago Alves

      Depende, se o carro faz 300km de autonomia e tem uso 99% das vezes urbano, dificilmente vai consumir metade em um dia, no final das contas é a pessoa criar o hábito de quando chegar em casa colocar pra carregar, se esqueceu uma vez não tem problema pq tem autonomia suficiente.

  • FrankTesl

    Como as chinesas foram abatidas em 2011 quando tentavam alçar vôo, graças às medidas da Dilma_mantega, talvez elas consigam se firmar se trouxerem elétricos a custo razoável

    • T1000

      Com o rota 2030, esquece.

      • Emanuel Schott

        Rota 2030 abriu o mercado pros elétricos e não tem mais a idiotisse do Super IPI presente no InovarAuto. O Brasil foi condenado na OMC por conta dessa bizarrice e não incluiu no novo acordo.

  • Emanuel

    Montadoras, parem com esses detalhes em azul e verde. Esse ficou tão exagerado que poderia fazer o carro listrado em azul e branco, falta de noção total. Já não compraria um Jac, esse ainda parece que foi xunado pelo pessoal da Fiat que faz os unos ‘esportivos’

  • Valdek Waslan

    Só uma pergunta:
    O BRASIL ESTÁ ESTRATEGICAMENTE PREPARADO PARA A DEMANDA DE ENERGIA ELÉTRICA AUMENTAR???
    Pergunto isso pois já tem uns 8 anos que todos sabemos que carro elétrico vai e está virando mania.

    • T1000

      Óbvio que não, se nem energia para todos ligarem o chuveiro no fim do dia tem, imagine que, além de chuveiro, o sistema tem que suportar os elétricos carregando ao mesmo tempo.

      • Victor

        Se considerarmos que pelo tempo de carregamento, a grande maioria vai deixar carregando durante a noite para usar de dia, poderemos usar a potência instalada para a demanda do dia a noite. É só chover bastante.

    • Thiago Alves

      Creio que a compra de um carro elétrico tem que ser conjunta com um sistema de energia solar, para quem desembolsa 130, 150, 175 mil em um carro pode colocar mais 20 mil em um sistema de energia solar

  • Oliveira

    feio por fora, feio por dentro e chinês.. mas se está no brasil, é porquê alguém vai comprar..

  • Vinícius

    Achei o preço bem interessante. Diferente do Zoe e do Bolt, que são compactos e pequenos, esse aí é um Crossover, tem espaço, mais porta-malas e está, consideravelmente mais barato que o Zoe, que o Bolt então, nem se fala.

  • Mas vc se esqueceu que o custo menor que é possível encontrar hoje no Brasil é em torno de 1.300 reais por mês. E isso para carros populares bem simples. Isso dá 15.600 por ano, o que nem inclui o combustível. Eu creio que ainda não vale a pena, pois em 2 anos e meio vc pagou o carro da locadora.

  • ViniciusVSG

    Custo benefício interessante… Levando-se em conta que um SUV compacto está na média de 80k, até que não é má ideia comprar um elétrico por 50k a mais.

  • pokey

    A julgar pela fama (má) da JAC, seria um risco “investir” 130 mil nesse carro. Teria que ter pelo menos 10 anos de garantia nas baterias e uns 5 no carro.

    Por outro lado (esquecendo que é da JAC), levando em conta que o ELÉTRICO mais “barato” no brasil hoje não sai por menos de 170 mil, até que pode ser uma boa mesmo.

    “ain, mas tem que rodar muito para valer a pena pagar 130 mil ao invés de gastar com gasolina…”

    Pois é. A gasolina já passou de 5 mangos aqui no brasil. Nunca se sabe…
    Além do mais, como o brasileiro adora ganhar dinheiro em cima da desgraça alheia, imagina se a gasolina vai a 7,8 mangos?! Carro elétrico salta de 130 mil para 200 mil.

    ELÉTRICO != hibrido

    ELÉTRICO = Funciona com eletricidade.
    Hibrido = combustão e eletricidade.

    Mas, é aquilo:
    Tem prós e contras. Cada um tem argumento para defender os dois ou o que melhor lhe convir…

  • pokey

    Só uma coisa que esqueci de comentar:

    Tem gente que compra carro e nem quer saber de fazer seguro, pois “nunca precisou” ou seja lá qual for o argumento (cada um cada um).

    Mas para os que fazem o seguro, já tentaram cotar o seguro de um elétrico ou hibrido seminovo (ou não 0km)? Mesmo que seja do ano e com mil km apenas… só o fato de não ser zero… (tipo, ao renovar não será mais zero) ?

    Pois é, para quem nunca pesquisou… muito raro achar seguradora que o faça. Daí as poucas que fazem nem precisa dizer o preço, né?

    Só fica a dica para quem pensa em comprar e fazer o seguro…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email