Elétricos JAC Motors

JAC Motors conquista a liderança no segmento de elétricos

JAC Motors conquista a liderança no segmento de elétricos

A JAC Motors está comemorando a liderança no segmento de elétricos no Brasil. No mês de novembro, a marca conseguiu emplacar 29 veículos eletrificados.


No total, 62 novos veículos a bateria foram às ruas brasileiras. Desse total, a JAC comercializou três iEV20 e três iEV330P. O destaque ficou para o iEV40, que alcançou 23 vendas durante o mês. Com isso, a empresa conseguiu 47% das vendas no segmento de elétricos.

“Embora os volumes sejam modestos, a participação de 47% nas vendas é um resultado bastante expressivo, principalmente porque ainda temos modelos que estão chegando nos próximos meses e a perspectiva é crescer muito os volumes”, disse Sérgio Habib, presidente do Grupo SHC e da JAC Motors Brasil.

Atrás da JAC, vem a Jaguar, que emplacou 13 unidades do i-Pace em novembro. A Renault aparece na sequência com seis unidades do Zoe e o Nissan Leaf com cinco emplacamentos. A General Motors (com o Bolt) e a BMW (com o i3) venderam quatro unidades cada. Por último está a Tesla, com apenas um Model 3.


VEJA TAMBÉM:

JAC Motors conquista a liderança no segmento de elétricos

“Já estamos trabalhando com volumes ao redor de 50 vendas mensais de varejo, considerando as unidades encomendadas de iEV20, da picape iEV330P e do caminhão de 7,5 toneladas iEV1200T, que começarão a ser entregues nos próximos meses”, comemorou Habib.

O iEV40, que alcançou a liderança, é considerado um mini utilitário esportivo. Sua bateria é de 40 kWh e a marca promete autonomia de cerca de 300 KM. O pequeno SUV faz de zero a 100 km/h em 9,8 segundos, enquanto sua velocidade máxima é de 140 km/h.

Além do iEV40, a JAC lançou por aqui o iEV20, o SUV iEV60, a picape iEV330P e um caminhão iEV1200T. Quando apresentados, Habib havia anunciado os planos ambiciosos da marca com os elétricos. Na ocasião, o executivo ressaltou que a JAC vai revolucionar o mercado de elétricos, com liderança no segmento.

[Fonte: JAC Motors]

Darlan Helder

Darlan Helder

Darlan Helder, natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011. Além disso, atua com produção de conteúdo para plataformas digitais em agências de comunicação.

  • Eduardo 1981

    Sucesso!

    • Ducar Carros

      Considerando que custa R$ 153 mil e ainda por cima ser chinês, creio ser um sucesso sim.

      Esse é o sexto carro mais vendido no mundo, vendeu 43 mil unidades em 2018.

      • Luconces

        Um Model 3 por 300 é um excelente negócio então perto do valor do Chinês

        • Ducar Carros

          A Tesla tem fãs, que tal como a BMW (com seu i3, ex-líder entre os elétricos aqui), pagam o preço que ela pedir. Você conhece fãs da JAC?

          • Luconces

            Kkkkkkkk

            Conheço uns fanboys sim… daqui a pouco aparece pra comentar aqui. Se prepare.

            • Sino Weibo

              Eu acho bom as chacotas que tiram dos chineses, e os kras só evoluem, ou seja, enquanto os outros te mocam, trabalhe, uma hora será reconhecido. A tecnologia que os chineses dominam hoje em dia os colocaram na vanguarda mundial, e até os americanos estão tendo de engolir isso.

              • Luconces

                Não tenho dúvida nenhuma da capacidade produtiva e tecnológica da China. Geral por décadas aproveitou da mão de obra escrava/infantil/barata para produzir seus produtos por lá. Hoje estão anos luz na frente do Brasil e outros. Meu único receio é o que podem fazer com tanto potencial nas mãos de um governo infeliz e anti-democrático como o Chinês.

                • Sino Weibo

                  Este é uma questão que os proprios chineses vão ter de lidar, como no caso de Hong-Kong. Os Eua também tem posturas bem anti-democraticas, financiam ditaduras, guerrilhas, derrubam governos que não os agrada, fazem e desfazem no mundo, e ninguem tem esse medo até algum presidente enfrentar comercialmente eles. Ae o buraco é mais embaixo. Mas veja a esperteza, eles fazem tudo isso e as pessoas ainda acham que são amigos. Os americanos só se preocupam com eles proprios, e as ações atuais do Trump demonstram isso claramente.

          • Luconces

            Eu falei que ia aparecer alguém para comentar, não?

  • Fiquei pensando agora… Qual seria o perfil dessas pessoas que compra carros elétricos da JAC.

    Convenhamos, é dinheiro jogado fora.

    • Bandit

      Acho que quem compra esse tipo de carro é mais pela curiosidade do que custo benefício

      • Toyo_Highlander fan

        Custo beneficio obviamente não tem. São carros que em sua versão a combustão custam a metade.

    • rennan mh

      deve ser as próprias pessoas que trabalham lá…. rs

    • Diego Lip

      Não é dinheiro jogado fora, mas quem deve estar comprando esses carros são pessoas de alto poder aquisitivo que já possuem carros na garagem.

    • Ducar Carros

      Endinheirados que querem se destacar na multidão por serem “vanguardistas”. Em outras palavras, hipsters.

    • Samluzbh

      Parentes do Habib.

  • Luiz Felipe S. Silva

    “segmento”

    • Huang Sen

      Está certo

    • Wall André

      O que seria o certo? “Seguimento”?
      kkk

      • Luiz Felipe S. Silva

        Não, estou questionando o que seria esse segmento.
        Carros completamente diferentes com variação de preço de mais de 200%, sem nenhuma relação um com outro com excessão da propulsão elétrica.
        É como dizer que o Corolla hibrido concorre com o Cayenne Hibrido. Os públicos são completamente diferentes.

        • Ducar Carros

          Tendo em vista que os elétricos ainda são um nicho, com poucos modelos e vendas, podem ser vistos como um segmento à parte, pois são bem diferentes dos modelos à combustão e híbridos. Quando deixarem de ser nicho, aí os elétricos poderão ser divididos em subsegmentos.

          Bem diferente dos híbridos, que, como cita a matéria, já estão bem mais difundidos, competindo, em vários casos, quase de igual para igual com os modelos a combustão. Talvez os PHEV possam ser vistos como um segmento à parte (mas separado dos elétricos).

  • Gustavo

    IEV40 foi feito em parceria com a VW. A VW está entrando com knowhow de produção de automóveis e a JAC com tecnologia de elétricos.

    • Paulo Lustosa

      Não seria o JAC A5? Pois o iEV40 é um T40 elétrico.

      • Sino Weibo

        Ele está falando da marca SOL, joint-venture da VW com a JAC que vende o iEV40 na China nessa submarca.

  • Toyo_Highlander fan

    Carro elétrico hoje tem o mesmo número de vendas como as TVs de Plasma no Brasil em 1999. Tem muito chão ainda para correr até chegar a um número satisfatório. Por enquanto o entrave de ampliar tais vendas seja o preço que é muito alto.

    • L.M.

      O preço vai melhorar.
      O carro elétrico permite uma maior automação da indústria.
      Consequentemente, menos gastos.

      • Toyo_Highlander fan

        Tomara

    • Ducar Carros

      Além do preço, tem a quase inexistente infraestrutura pública de recarga.

  • CanalhaRS

    Liderança…29 unidades….kkkkkkkkkkkk!!!!!

    • Wall André

      Se as outras não venderam mais que 29 é liderança kkkkk

  • Claudio

    Tá de sacanagem, né, N.A.

    • IPZ.4

      A sacanagem está onde? Em apenas reportar algo que realmente aconteceu? Eu, heim

  • Wagner Alves

    está de parabens, alguem tem que começar !!!

    • DevXav

      Começar a ferrar a vida do povo com descartes de 200 mil que não duram nem 5 anos?

      • Eduardo Papa

        Como você sabe que não duram 5 anos? Ou está se baseando em modelos que são produzidos de forma diferente?

    • RPM

      Eu queria muito ver alguma montadora com carro elétrico com preços mais agressivos,vendendo 1000/1500 unidades mensais….as 4 grandes iriam se mexer rapidinho….kkk

  • julio cesar zancan

    Está começando a mudança!

    • DevXav

      Serveró diz: não vejo isso com bons olhos!

  • L.M.

    Ah como eu gostaria de ter um carro elétrico…
    Ir trabalhar todo dia com a energia que eu capto do sol…

    • DevXav

      Sim, e ter que substituir todas as baterias do seu carro a cada 3 anos…

      • L.M.

        10 anos.
        Geralmente as baterias duram 10 anos.
        Mas eu trocaria de carro antes disso.

        AINDA ASSIM, se tivesse que substituí-las, já está mais barato trocar um conjunto de baterias de Prius que fazer uma retífica de motor.
        Uma retífica de caminhonete a diesel custa R$ 30-40 mil.

        • Luconces

          Lembrando que tem Prius com baterias originais rodando há 20 anos

        • RPM

          Exato….fora a garantia de algumas baterias que são de 8/10 anos….eu disse garantia!
          E vc ainda esqueceu de colocar na conta a economia de não usar gasolina durante tantos anos….parabéns pelo comentário sensato,no meio de tantos comentários superficiais…

  • Sino Weibo

    Faltam várias vir pra cá, como Baic EC/EU/EX-Series, SAIC Baojun E-series EV, NIO, Byton, Xpeng, GWM ORA, Polestar, Lixiang, GAC Aion, BYD. Como prometido por eles, os chineses estão se esforçando em se destacar nessa nova tecnologia. Até 2025 todas as marcas que operam na China tem de ter pelo menos 20% de seu portfólio de carros 100% eletrificados. Tem cidades lá que só aceitam em certos lugares veículos elétricos rodando. E eles tem muitas marcas, praticamente cada grupo chinês hoje, tem uma submarca de elétricos, além dos veículos próprios que eles lançam, híbridos, PHEV ou EV, além das joint-ventures. Se nos carros tradicionais os chineses costumam ter 4 marcas proprias no top 10 mais vendido, nos elétricos a situação se inverte e eles tem 8 modelos entre os 10 mais vendidos.

  • Mike Milankovic

    Vendas a conta-gotas

  • Valteir

    Em breve teremos também a bateria a base de sódio mais baratas do que as de lítio .

    O triste vem pelo fato de que a privatização de eletrobrás vai encarecer e muito o preço do KWh, fato reconhecido pelo governo que pretende, tão logo seja privatizada, conceder um subsídeo de 8 bilhões de dólares para que a conta de energia não assuste os consumidores.

    Subsídio sério isso. KWh mais caro. La vem scanagem.

  • Jackson

    A BYD que está moscando.Tem seus carros rodando já tem uns 3 anos na CCR,Guarda civil metropolitana,Ecovias,Nespresso creio que já sejam bem confiáveis para começarem a ser comercializados. Mas parece que ela prefere somente ficar vendendo seus Ônibus K9 Por sinal bem confiáveis já tem 15 rodando aqui em uma empresa de são paulo.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email