_Destaque _Featured Crossovers JAC Motors Lançamentos Test Drive

JAC T40 2018: Impressões ao dirigir

jac-t40-impressões-NA-1 JAC T40 2018: Impressões ao dirigir

O JAC T40 2018 finalmente chegou ao mercado brasileiro. O crossover da marca chinesa tem sua origem num desenvolvimento em conjunto entre o grupo SHC (de Sérgio Habib) e a JAC Motors na China. Com projeto iniciado em 2011 e desenho criado na Itália, o modelo agora vira realidade no país com preço sugerido de R$ 56.990.



O crossover da JAC Motors é oferecido no momento apenas com o Pack 3, pacote mais completo que adiciona câmera de ré, multimídia com tela de 8 polegadas e câmera frontal (JAC Connect Front Camera), elevando assim o preço para R$ 58.990.  Além disso, o JAC T40 2018 dispõe também de pintura em dois tons com teto revestido em película da 3M com tonalidade prata na pintura vermelha e chumbo nas demais. O aplique é feito pela própria JAC no Brasil e custa R$ 1.990.

jac-t40-impressões-NA-10 JAC T40 2018: Impressões ao dirigir

Recheado de equipamentos, o JAC T40 2018 vem de série com direção elétrica, ar-condicionado, trio elétrico, rodas de liga leve aro 16 polegadas com pneus 205/55 R16, faróis de neblina com função de conversão estática, LEDs diurnos, faróis duplos, lanterna de neblina, sensor de estacionamento, sistema de áudio com USB e auxiliar, Bluetooth, volante multifuncional, piloto automático, sensor crepuscular, entre outros.

O JAC T40 2018 também vem com airbag duplo, freios a disco nas quatro rodas com ABS e EDB, pinças de freio vermelhas, controles de tração e estabilidade, frenagem auxiliar de emergência, monitoramento de pressão dos pneus, assistente de partida em rampa, Isofix, Latch e cintos de três pontos e apoios de cabeça para todos. O modelo dispõem de computador de bordo, espelhos iluminados, luzes de leitura e bancos em tecido misto. Com 4,13 m de comprimento, 1,75 m de largura, 1,56 m de altura e 2,49 m de entre eixos. O porta-malas tem 450 litros.

jac-t40-apresentação-NA-6 JAC T40 2018: Impressões ao dirigir

Desenvolvimento

De acordo com Sérgio Habib, o projeto envolvia o desenvolvimento de um compacto para o mercado brasileiro. Segundo o representante da JAC no Brasil, o acordo previa o financiamento do desenho do carro sobre a plataforma do fabricante chinês, sendo executado na Itália, por designers locais. Após alguns sketches com ideias para o novo carro, foi escolhido o modelo que seria um hatch.

Este carro foi mostrado aqui no NA em um flagrante na China, onde tanto o T40 quanto o pretendido sucessor do J3 foram vistos. Para os que acompanham o NA há bastante tempo, sabe que adiantamos vários modelos da marca chinesa e o novo crossover já é um “velho conhecido”. Os sketches mostram as possibilidades de estilo para o futuro produto sino-brasileiro. Por conta da crise, o foco mudou para o crossover. Segundo a SHC, o produto final foi desenvolvido com participação da filial brasileira, incluindo interior e assentos.

jac-t40-impressões-3-NA-10 JAC T40 2018: Impressões ao dirigir

Mercado

Com preços na faixa entre R$ 55.000 e R$ 60.000, o JAC T40 2018 bate de frente com aventureiros do mercado. Na apresentação, a JAC Motors fez comparativos com Honda WR-V EX-L, Citroën Aircross Live, Peugeot 2008 Allure, Hyundai HB20X Style e Renault Sandero Stepway. Estes com preços entre R$ 58.600 e R$ 83.000, destacando uma diferença de preço que chega a R$ 24.400, no caso do WR-V.

Daqui a três meses, a JAC começa a vender o JAC T40 2018 com o Pack 2 e a partir de janeiro ou fevereiro, começam as vendas da versão CVT, que custará R$ 5.000 a mais. Sérgio Habib revelou que, por conta das cotas impostas pelo Inovar-Auto, as vendas do crossover estão limitadas a 300 unidades mensais, a fim de não ultrapassar a cota de 4.800 unidades/ano. No entanto, a partir de janeiro, a coisa muda para a JAC, que prevê vendas totais entre 8 mil e 10 mil unidades. Esse ano, o volume não deve passar de 4.500.

jac-t40-impressões-NA-20 JAC T40 2018: Impressões ao dirigir

Impressões gerais

O JAC T40 2018 tem um visual muito interessante. A mescla de cromados, detalhes prateados e pintura em dois tons – laranja com chumbo – dão ao crossover da marca chinesa um belo aspecto, realçado pelas rodas de liga leve com desenho esportivo e pinças de freio vermelhas. Com os vidros escurecidos, o pacote visual não passa despercebido. Diferentemente do JAC T5 2018, há um equilíbrio melhor das linhas, tornando o modelo mais harmônico.

Por dentro, o painel alto chama atenção por ser pouco proeminente em relação ao habitáculo. Aplique de couro costurado no painel é um ganho estético positivo, mas a tampa delineada do airbag do passageiro depõe contra. O quadro de instrumentos tem visualização boa, mas o computador de bordo possui grafismos digitais muito escuros, de difícil interpretação durante o dia claro. Precisa ser revestido.

jac-t40-impressões-NA-21 JAC T40 2018: Impressões ao dirigir

O volante agrada pelo visual e acabamento, bem como pela presença do piloto automático. A coluna, no entanto, tem ajuste apenas vertical. Detalhes em preto brilhante ajudam bastante, assim como os puxadores de cor cinza nas portas, cujo desenho é interessante. Os comandos do ar-condicionado são semelhantes aos de outros carros da JAC. Já a tela de 8 polegadas tem sensibilidade tátil muito boa, bem como seus ícones e ajustes. Não tem navegador, mas poderia dispor do Android Auto, pelo menos. Serve também para a câmera de ré.

jac-t40-impressões-NA-41 JAC T40 2018: Impressões ao dirigir

Falando em câmera, o JAC Connected Front Camera é um dispositivo inédito em carros de sua categoria e até em segmentos superiores. Ela permite a gravação de vídeo em HD e áudio, salvos em SD Card e aplicativo dedicado para Android e iOS. Dependendo do tamanho do cartão de memória, pode-se gravar várias horas de viagem. A câmera também possui acelerômetro, registrando os últimos instantes antes de um acidente, servindo como prova em caso de sinistro. A JAC já está em negociação com seguradoras para redução do custo no modelo.

jac-t40-impressões-NA-40 JAC T40 2018: Impressões ao dirigir

Já o espaço interno se mostra bom tanto na frente quanto atrás, embora a altura interna seja um pouco limitada para pessoas com estatura alta. O porta-malas tem 450 litros e é suficiente para as pretensões de muitas pessoas. Os bancos em tecido antracite no centro possuem formato envolvente e seguram bem o corpo nas curvas. Há porta-copos e garrafas nas portas e três entre os bancos. O condutor tem ainda apoio de braço retrátil. Detalhe interessante é o suporte do espelho dia-e-noite que é articulado.

jac-t40-impressões-2-NA-11 JAC T40 2018: Impressões ao dirigir

Impressões ao dirigir

O JAC T40 2018 é equipado com motor 1.5 16V VVT JetFlex com 125 cv na gasolina e 127 cv com etanol, além de 15,5 kgfm no derivado de petróleo e 15,7 kgfm no combustível vegetal. O propulsor – assim como no T5 – mostra mais disposição em alta, trabalhando de forma mais eficiente entre 2.500 e 3.000 rpm. O câmbio manual de cinco marchas é longo, tendo engates pouco macios, mas precisos.

As relações fazem com que haja muito espaço entre as mudanças e é necessário manter giro acima de 2.000 rpm para manter-se um bom ritmo. Rodando a 110 km/h, o ponteiro marca 2.800 rpm. Nas ultrapassagens, é necessário até dupla redução para se obter uma manobra mais segura. Nas retomadas, as respostas são medianas. Em subidas de serra ou estradas bem sinuosas, necessita-se manter o giro bem alto, trabalhando mais com a terceira marcha. O câmbio poderia ser mais curto, a fim de ganhar em saída e retomadas.

jac-t40-impressões-NA-53 JAC T40 2018: Impressões ao dirigir

Se o giro vai lá em cima, então o nível de ruído não poderia ser diferente. O JAC T40 2018 revelou-se mais barulhento do que o esperado, com boa invasão do som do propulsor no habitáculo. Mais isolamento acústico pode resolver essa questão. De positivo, a direção elétrica leve e de resposta rápida, a suspensão com bom acerto para asfalto e mesmo para terra, onde percorremos um bom trecho. O conjunto é bem estável e mesmo em curvas bem fortes, os controles de tração e estabilidade não foram necessários. No fora de estrada, o controle de tração atuou bastante, cumprindo sua missão.

jac-t40-impressões-NA-38 JAC T40 2018: Impressões ao dirigir

No geral, o JAC T40 2018 se mostrou uma proposta interessante em um segmento com vários jogadores. Com exceção de alguns detalhes pontuais, o crossover sino-brasileiro agrada não só em termos de estilo, como também em parte no acabamento. Há bastante espaço e porta-malas, enquanto a mecânica é apenas suficiente. O pacote bem completo e o preço competitivo jogam também a favor.

JAC T40 2018 – Galeria de fotos

4.0

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend