Crossovers Elétricos JAC Motors Mercado Montadoras/Fábricas

JAC T5 1.6 deve chegar em agosto junto com SOL E20X de teste

sol-e20x-1-1024x647

Ele deverá ser chamado T50 e virá com visual atualizado. De acordo com o site UOL, o T5 renovado chega em agosto e trazendo consigo motor 1.6, tal como ocorreu recentemente com a chegada do T40 CVT. A promessa é de Sérgio Habib, presidente da marca no Brasil, que confirmou a importação para teste do elétrico E20X da SOL, que você confere mais abaixo.


Depois do T40, agora será a vez do T50, a versão atualizada do T5, que chegará com o visual atual do JAC S3 III vendido na China. Ele emprega mudanças no conjunto ótico, cujo desenho é mais fluído e moderno, tendo ainda luzes diurnas em LED. A grade hexagonal cromada é igualmente nova, assim como o para-choque com faróis de neblina triangulares. Na traseira, o SUV compacto apresenta lanternas em LED modificadas também, assim como o protetor.

jac-t50-china-1-1024x589

No interior, o JAC T50 deve chegar com o mesmo painel do modelo chinês, mas não deve apresentar tonalidades diferentes como o vermelho, reinando o preto como cor tradicional da marca chinesa para o Brasil. Mas, ainda assim, painel e portas deverão ser revestidos em couro e uma tela de multimídia será destacada na parte superior do conjunto. A instrumentação também será nova e deve agregar computador de bordo.


jac-t50-china-2-1024x682

Já na parte mecânica, como esperado, o JAC T50 chegará com motor 1.6, segundo o empresário. Este propulsor de quatro cilindros com duplo comando de válvulas variável, entrega no T40 nada menos que 138 cavalos e 17,1 kgfm, números muito bons para um 1.6 aspirado. Habib revelou que a empresa trabalha no desenvolvimento da versão flex, mas que essa só estará disponível em 2019, “pouco antes da fábrica ficar pronta”.

jac-t50-china-12-1024x654

Esta última é a planta que a Suzuki utilizava em Itumbiara-GO, antes de mudar a produção do Jimny para Catalão-GO, onde o grupo HPE fabrica também alguns modelos da Mitsubishi. A instalação goiana (da JAC) deve se beneficiar de um acordo com a HPE para soldagem e pintura de carrocerias do modelo T40, já testado na linha de montagem, além da estamparia feita em uma empresa de Pouso Alegre, que atende também a HPE. Provavelmente, o T50 será feito mais adiante em Itumbiara.

E20X

sol-e20x-oficial-1-1024x769

Outra novidade da JAC, que infelizmente não deverá estar disponível para o consumidor, será o elétrico SOL E20X. De acordo com Habib, duas ou três unidades serão importadas em agosto para testes da imprensa especializada e impressões de clientes “especiais”, a fim de demonstrar a tecnologia, tal como a marca já fez com o iEV4, já avaliado pelo NA. Mas, bem diferente deste último, o novo elétrico é muito mais eficiente.

sol-e20x-oficial-2-1024x769

Fruto da parceria entre JAC e Volkswagen, o SOL E20X é em realidade a versão elétrica do T40, que na China é chamada de iEV7S. O crossover tem motor com 116 cavalos e autonomia de 350 km, graças às baterias de lítio de 39 kWh. A velocidade máxima é limitada em 130 km/h. O modelo também apresenta uma releitura estética próxima da Seat. Mas, quem se animou, uma notícia ruim: ele não será vendido aqui.

sol-e20x-oficial-4-1024x769

O motivo é a falta de incentivos e a alta carga tributária do Brasil. Atualmente os elétricos pagam 25% de IPI, apesar de não estarem mais arcando com os 35% de imposto de importação. De qualquer forma, outros impostos ainda encarecem o produto. Segundo Sérgio Habib, mesmo com redução de IPI para 7%, o SOL E20X acabaria chegando ao mercado com preço em torno de R$ 130 mil, mais que o dobro do preço inicial do T40.

[Fonte: UOL]

COMPARTILHAR:
  • ÓQUEI

    Essa atualização do T5/50 fez muito bem ao modelo! Ficou bem bonito tanto por dentro quanto por fora.

    Que pitel esse E20X!

    • Jurandir Filho

      Eu acho muito rebuscada essa frente e ainda lembra os Hyundai, o interior melhorou bastante, mas esse volante a la “GM” é muito feio, poderiam usar o da versão elétrica, bem mais bonito, SE fosse pra ter um chinês escolheria o T40 cvt

      • Matuska

        Pior que lá fora ainda usam o “volante GM”. Aqui deverá usar o do T40.

  • alfista

    Rodas grandes e frisos pretos deixam o t 40 muito bonito, chega de cromados chineses.

    • Marcelo Cordeiro

      Eles devem dizer o mesmo dos nossos carros. Chega de interior todo preto, brasileiros. kkkkkk

  • FrankTesl

    mesmo a R$130mil, seria o elétrico puro mais barato (ou menos caro) à venda no Brasil, com essa faixa de autonomia de 350km.
    Muitos teriam receio de por tanto dinheiro num carro chinês, mas que serviria muito bem como um carro de imagem para a marca.
    O S.H. não quer dar o braço à torcer, ano passado já fez coro aos urubuzentos que dizem que carro elétrico não serve para o Brasil, e não iria se auto desmentir assim tão cedo.

    A BYD, que também chinesa, oferece o carro elétrico dela por mais de R$200mil, que é usado por taxistas de Campinas, interior de SP, que não pagam esse preço, mas fazem um leasing pelo preço que pagariam em gasolina de um carro normal.

    • Vitor Barcellos

      Ótimo comentário

    • Ubiratã Muniz Silva

      se quer saber? eu acho que as marcas chinesas têm mais é que focar nos elétricos mesmo… “pular” a fase dos motores a combustão de maior eficiência, assim eles crescem rapidinho, MESMO no conservador mercado brasileiro.

      • RPM

        Concordo plenamente…ficar brigando com as montadoras já estabelecidas com motor a combustão….vai pro próximo level logo!!

      • Fortuner

        Lembrando que o conservador mercado brasileiro é absolutamente vulnerável a um fator determinante: preço.

        E nisso os chinas podem brigar com muita força.

  • 110anosimigraçaojapa

    parece RAV 4

  • Felipe Alves

    Fábrica no Brasil que é bom….nada! Desde 2010 que a Jac conta mentirinhas….

    • Was

      Acho que não vão fazer tão cedo, se olharem o exemplo da Chery!

      • Unknown

        A Chery tem fábrica no Brasil, há algum tempo…

    • Erick

      Vão usar a fábrica da Suzuki em Itumbiara – GO. A Suzuki tem 2 fábricas em Goiás: Catalão e Itumbiara. Mas Itumbiara estava desativada por causa da crise. Será alugada para a JAC.

  • Eduardo Mello

    Não acredito que vou falar isso, mas ta melhorando consideravelmente esses JAC, hein? Resta saber a qualidade após 2 ou 3 anos de uso nas nossas crateras…

    • João Wilker

      Tenho um Jac J6 há 6 anos, e 77 mil km e não tenho nada a reclamar, ao contrario só elogios.
      unica coisa que realmente me incomoda é fazer 6 km por litro.

      • Eduardo Mello

        Sim João, mas é um carro de 7 lugares, pesado.
        Ontem mesmo peguei um Uber J3. Ele está tendo alguns problemas. Rolamentos principalmente (R$ 500 cada roda), e uma mangueira do radiador que estourou e quase acabou com o motor por isso. Ele tb reclamou do consumo! No mais, está satisfeito com o carro, que está com 150 mil km.

    • Matuska

      Os J3 são bem “Siena e Gran Siena”. Acabamento faz alguns poucos ruídos, mas a mecânica até é vem confiável. Tem algumas avaliações mecânicas no YouTube com um J3 de 100k KM que a JAC disponibilizou. O modelo ainda é o primeiro, que tem o painel antigo. Tirando os ruídos do acabamento, o carro foi bem avaliado, com desgaste compatível com a idade.

  • Edilson

    13o de máxima? passo.

    • ÓQUEI

      Sai daí piloto de corrida.

  • Alexandre TRE

    Sei não…Pra mim esses caras ainda vão incomodar muitas marcas

  • Quem em 2019. O novo presidente reveja o sistema tributário e fiscal e assim possamos desfrutar de um novo Brasil.

    • Fortuner

      Duvido que a Marina vai mexer nisso

  • Erivelton Freitas

    Esse JAC e esse Sol já dão um banho no Creta, apenas tenho ‘certeza’!

  • Erick

    A JAC está chegando lá… T40 e T5 provarão isso! Nunca duvidei da JAC!

  • Alvarenga

    São a cara dos carros da Ford. Podiam ter inspiração melhor né !

  • Marcelo Cordeiro

    Legal este SOL E20X, né? O T50 mantêm o design estranho e desproporcional. Será que não daria para corrigir isto. Apesar de figurar abaixo do modelo da matéria, iria de T40, pois tem design muito mais interessante. JAC e Cherry realmente estão demonstrando que chegaram pra ficar. As demais chinesas não aguentaram o rojão e deram no pé ou sequer entraram no país.

    • Unknown

      A Lifan ainda resiste, mas não tem grandes perspectivas, no momento.

      • Marcelo Cordeiro

        E também não tem qualidade. Então não é uma alternativa viável…

        • Unknown

          O X60 acredito que é do mesmo nível das outras chinesas…

          • Marcelo Cordeiro

            Já andei num X60 e não curti. Meu vizinho tem um e estava se queixando de barulhos, daí fomos dar uma volta para ele mostrar. Não gostei do que ví, não compraria.

            • Unknown

              Eu já andei em um Tiggo e tbm não gostei… não acredito que estão em níveis muito diferentes.

  • Unknown

    Muito bonito. O interior me surpreendeu, pois é o ponto fraco dos chineses! Chery que não abra o olho não, que a JAC atropela.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email