Crossovers JAC Motors Linha 2020

JAC T50 2021: preço, consumo, fotos, motor, versões (e detalhes)

JAC T50 2021: preço, consumo, fotos, motor, versões (e detalhes)

Assim como outras fabricantes, a JAC Motors vem apostando fortemente nos utilitários-esportivos para ampliar a sua presença no mercado brasileiro. O T5 foi a segunda investida da marca chinesa para o segmento no País – depois do T6 –, como o modelo intermediário da gama e rivais de Jeep Renegade, Honda HR-V, Nissan Kicks e Hyundai Creta.


Depois, ele mudou de nome, sendo chamado de JAC T50 (nomenclatura usada por outros modelos da marca também). Ao chegar à linha 2021, outra mudança, dessa vez para JAC T50 Plus 2021.

A primeira mudança na nomenclatura surgiu na linha 2019 do crossover compacto, que marcou ainda a estreia de um visual atualizado, interior redesenhado, uma série de novos equipamentos e a chegada do motor 1.6 DVVT utilizado no irmão menor T40, combinado a uma transmissão automática do tipo CVT.

A segunda mudança apresentou mudanças visuais ainda mais profundas, assim como a introdução de novos equipamentos de série.

Partindo de R$ 103.990, o T50 Plus 2021 chega apostando em sua lista de equipamentos farta para seduzir os consumidores. Porém, ainda sofre com o preconceito dos brasileiros com carros chineses, embora estes tenham evoluído bastante com o passar do tempo.

Veja todos os detalhes do JAC T50 2021:

 

JAC T50 2021: preço, consumo, fotos, motor, versões (e detalhes)

JAC T50 – história

Em 2015, a JAC Motors apresentou na China o Refine S3, um SUV compacto derivado de uma nova plataforma da marca, que inicialmente estava destinada aos compactos S20 e S30. Eles substituiriam os conhecidos J3 e J3 Turin, além de criar um sedã compacto maior, o J4.

Antes disso, a JAC Motors só dispunha do S5, que é uma variante chinesa do Hyundai ix35, que aqui foi lançado como T6.

Porém, o precursor dos utilitários esportivos na marca foi o Rein, uma versão própria do Hyundai Santa Fé da primeira geração.

Na China, o S3 recebeu recentemente um facelift e interior completamente renovado, bem mais moderno que o da versão vendida no Brasil, que chegou a ser cogitada para produção na Bahia, mas o projeto agora mudou para Goiás.

A linha da JAC Motors dispõe ainda dos modelos T40 Plus (a partir de R$ 81.990), T60 Plus (a partir de R$ 120.990) e T80 (R$ 151.990), além dos elétrios IEV20 (R$ 139.900), IEV40 (R$ 189.900), IEV60 (R$ 229.900) e a picape elétrica IEV330P (R$ 289.900). A linha também tem os caminhões IEV1200T (R$ 349.900) e V260 (R$ 114.990).

 

JAC T50 2021: preço, consumo, fotos, motor, versões (e detalhes)

JAC T50 2021 – detalhes

O JAC T50 2021 melhorou em seu visual, ainda que ele vai continuar dividindo opiniões. Antes seu aspecto não era muito equilibrado, já que sua frente era muito longa, destoando do restante da carroceria. A frente longa, no entanto, tinha capô curto, já que o para-brisa invadia o eixo dianteiro, como se fosse minivan.

A enorme grade hexagonal vem com frisos cromados, enquanto os faróis duplos apresentam LEDs diurnos, enquanto os faróis de neblina ficam posicionados bem abaixo.

As proteções pretas se elevam em direção à traseira, onde tomam todo o protetor, que vem com luz de neblina e de ré. Maçanetas e outros detalhes são cromados. As lanternas têm desenho harmônico, mas não são de LED.

As rodas de liga leve aro 16 com pneus 205/55 ficam pequenas diante do volume do JAC T50 2021. Há duas barras no teto e os retrovisores com ajustes elétricos possuem repetidores de direção e impressionam pelo tamanho dos espelhos, garantindo boa visibilidade da traseira. Somado a estes, uma câmera de ré com visão no display da multimídia.

A multimídia com tela de 10,25 polegadas domina esse ambiente, apresentando comandos físicos e tela sensível ao toque. Há imagem da câmera de ré, Android Auto e Apple Carplay, reprodução de vídeo, de entradas auxiliar/USB/SD, do rádio AM/FM e da conexão HDMI. Além de Bluetooth, o dispositivo vem com o MirrorLink, espelhamento para diversos smartphones.

O sistema de entretenimento pode ser acessado pelo volante em couro, que ainda tem estilo GM, mas agora vem com piloto automático. A JAC tem um link em seu site para os modelos que são aceitos.

Ele e o console, assim como difusores de ar e outras partes do acabamento, possuem tonalidade cinza. Apesar do tamanho do painel, o porta-luvas é pequeno no JAC T50 2021.

O cluster tem boa visibilidade, mas seu computador de bordo é simples. Mesmo assim, vem com alerta de pressão dos pneus. O ar-condicionado é automático, igual ao câmbio, cuja alavanca tem acabamento cromado e opção de engates manuais, assim como os modos Sport e Inverno.

Há vários porta-copos, apoio de braço central, maçanetas cromadas e bancos em couro com costura vermelha, a mesma do volante.

O espaço geral é muito bom, mesmo se pensarmos que o JAC T50 2021 tem apenas 2,56 m de entre eixos, sendo pouca coisa maior que EcoSport ou Tracker, por exemplo. O ambiente tem teto e colunas claras, enquanto os vidros são escurecidos.

Além de espaço para as pernas, há uma boa altura interna. O banco traseiro é bipartido e tem cinto de três pontos central, bem como Isofix.

No geral, fica bem discreto com a cor preta que domina painel e portas do JAC T50 2021. Já o porta-malas tem 600 litros até o teto, podendo ficar ainda maior, mas tem somente 400 litros abaixo da linha das janelas.

É importante notar que as peças que sustentam os bancos e outros revestidos são protegidos por peças plásticas bem encaixadas. Ainda assim, existem muitos plásticos, alguns facilmente riscáveis.

 

JAC T50 2021: preço, consumo, fotos, motor, versões (e detalhes)

JAC T50 2021 – novidades

A chegada do JAC T50 Plus 2021 marcou sua principal mudança visual desde o lançamento no mercado brasileiro. Ainda que ela possa dividir opiniões, não há como negar que houve um avanço em relação ao conjunto anterior.

Na dianteira, o chinês ganhou novos faróis, divididos em dois conjuntos, sendo o superior bem mais fino, onde ficam os LEDs diurnos. A grade também foi redesenhada, tendo agora mais detalhes cromados. Para os olhos mais atentos, o para-choque também recebeu leves alterações.

Por dentro, os ocupantes terão à sua disposição novos e importantes equipamentos. Na segurança, o JAC T50 Plus 2021 tem agora seis airbags de série, algo importante para se destacar em seu concorrido segmento.

Além disso, o SUV recebeu uma nova central multimídia, que ficou maior (10,25 polegadas) e mais moderna, tendo agora compatibilidade com Android Auto e Apple Carplay.

Na parte mecânica, porém, o conjunto continua o mesmo, com motor motor 1.6 16V de 138 cv e 17,1 kgfm de torque, associado ao câmbio CVT de seis marchas.

Veja abaixo quais foram as mudanças anteriores do SUV chinês:

A “vida” do JAC T5 se resume em praticamente três etapas no mercado brasileiro. A primeira delas se deu com o lançamento do crossover compacto por aqui.

Ele foi apresentado em março de 2016 com motor 1.5 flex, câmbio manual e preço inicial de R$ 59.990, podendo chegar a R$ 70.690, este último numa versão com itens como freio a disco nas quatro rodas, controles de estabilidade e tração, bancos em couro, central multimídia com tela de oito polegadas, luzes diurnas de LED, assistente de partida em rampas, ar-condicionado digital, sensor de ré, entre outros.

Já na segunda etapa, o JAC T5 começou a ser ofertado com a opção de câmbio automático do tipo CVT, o primeiro modelo da marca a dispor de tal opção. Ele estreou em novembro de 2016, com preços que iam de R$ 69.990 a R$ 73.990.

Na ocasião, a marca anunciou ainda a promessa de fabricar o T5 em sua fábrica de Camaçari, na Bahia, que havia sido anunciada em 2012 com investimento de R$ 1 bilhão. Todavia, passados dois anos, até agora a produção nacional do carro não saiu do papel, tampouco a fábrica local.

A terceira, última e mais recente etapa foi o lançamento da linha 2019 do carro, anunciada em outubro de 2018. Agora, o JAC T5 acrescenta mais um caractere em seu nome e passa a se chamar JAC T50, acompanhando a ideia de nomenclatura do irmão menor JAC T40.

Mais do que isso, o novo T50 2020 incorporou um visual totalmente novo, interior redesenhado, novos recursos de segurança, conforto e tecnologia e um motor 1.6 16V DVVT de 138 cavalos de potência, agora somente com câmbio CVT que simula até seis marchas. Trata-se do mesmo conjunto mecânico também usado pelo T40.

A dianteira do JAC T50 foi o ponto que mais mudou em relação ao antigo JAC T5. Ele adotou novos faróis com projetores e luzes de condução diurna em LED, formando conjunto com a inédita ampla grade, ladeada de detalhes cromados e uma barra em preto brilhante na parte superior. O para-choque também é novo e traz formas mais ousadas, bem como as luzes de neblina.

As laterais, por sua vez, agora exibem novas rodas de liga-leve de 16 polegadas, que na versão mais cara evidenciam as pinças de freio vermelhas.

Por fim, a traseira agora tem lanternas mais estreitas e com iluminação parcial em LED, uma enorme barra cromada na tampa do porta-malas e para-choque redesenhado também com detalhes cromados. Aliás, visto por todos os ângulos, o JAC T50 exibe pelo menos um detalhe cromado.

O interior também ganhou boas mudanças. O painel é totalmente novo e destaca o material soft touch, porção central com revestimento em couro e costuras contrastantes, tela da central multimídia do tipo “flutuante” no topo do painel, detalhes de acabamento em alumínio e imitação de fibra de carbono, novo volante com comandos do computador de bordo, controle de cruzeiro e central multimídia, entre outros.

Entre os equipamentos, há uma série de recursos inéditos, como chave presencial que destrava as portas por sensor de presença, partida do motor por botão, câmeras com visão externa 360 graus, retrovisores externos com rebatimento elétrico, câmera frontal, sensor de estacionamento dianteiro, farol de neblina com iluminação direcional, sistema start/stop, entre outros.

JAC T50 2021: preço, consumo, fotos, motor, versões (e detalhes)

JAC T50 2021 – versões

O JAC T50 2021 pode ser encontrado em duas configurações diferentes. Elas se diferem somente pela lista de equipamentos mais recheada, com novos recursos visuais, de acabamento, de conforto, de tecnologia e de segurança.

Veja abaixo a atual linha do T50 2021 para o mercado nacional:

  • JAC T50 Pack 2 1.6 CVT 2021
  • JAC T50 Pack 3 1.6 CVT 2021

JAC T50 2021 – equipamentos

JAC T50 Pack 2 1.6 CVT 2021

EXTERIOR: nova Chave Smart (Keyless), fechamento dos vidros com comando na chave, Chave com destravamento remoto das portas e do porta-malas, Alerta para localização de carro, luz de direção de LED, faróis com regulagem elétrica de altura, lanternas de neblina (traseira), luzes de conversão estática, vidros elétricos, sistema antiesmagamento dos vidros elétricos, luzes de leitura dianteiras, desembaçador do espelho retrovisor, limpador (dianteiro e traseiro), pneus 205/55 R16, rodas em liga leve aro 16 e roda sobressalente de tamanho normal (aço).

INTERIOR: painel Soft Touch com acabamento em couro, computador de bordo, cluster com iluminação automática em LED, exibição de marcha engatada, retrovisor interno antiofuscante, volante multifuncional com ajuste de altura, parassol com espelho iluminado (condutor e passageiro), iluminação no porta-luvas, acendedor de cigarros/ tomada 12V, entrada USB dianteiro, entrada USB traseiro, tomada 12V no porta-malas, porta óculos (condutor), bancos em tecido, banco traseiro bi-partido 4/6, encosto de cabeça para cinco ocupantes, encosto de cabeça do banco traseiro central, porta copos dianteiro, apoio de braço dianteiro com compartimento, apoio de braço traseiro com porta copos e bolso porta revista atrás dos bancos dianteiros.

SEGURANÇA: alarme antifurto, aviso de cinto não acoplado (condutor e passageiro), fechamento central das portas, IMMO (imobilizador de motor), freios ABS com EBD, BA – Brake Assist/ BAS – Brake Assist System, TCS – Traction Control System, ESP – Eletronic Stability Program, HSA – Hill System Assist, BOS – Brake Overide System, TPMS – sistema de monitoramento de pressão dos pneus (com display), airbag lateral dianteiro, airbag de cortina lateral, travamento automático das portas à 15 km/h, desbloqueio automático em acidente e Isofix.

CONFORTO: sistema de entrada/partida sem chave (KEYLESS), câmera de imagem panorâmica 360º, ar-condicionado digital, central multimídia de 10,25”, 4 alto falantes e 2 tweeters e filtro de pólen.

EQUIPAMENTOS: direção elétrica e sensor de estacionamento (dianteiro e traseiro).

JAC T50 Pack 3 1.6 CVT 2021

EXTERIOR: acrescenta rebatimento elétrico dos espelhos retrovisores, faróis com acendimento automático, luzes diurnas de LED, rack de teto e antena de barbatana de tubarão.

INTERIOR: ganha volante revestido em couro, bancos em couro e banco do condutor com ajuste manual em 6 posições.

SEGURANÇA: mesmos itens da versão acima.

CONFORTO: adiciona câmera de ré.

EQUIPAMENTOS: recebe piloto automático.

JAC T50 2021: preço, consumo, fotos, motor, versões (e detalhes)

JAC T50 2021 – preços

A gama do T50 2021 tem preços que partem de R$ 103.990. A versão mais cara do crossover compacto da JAC Motors recompensa com uma lista de equipamentos mais farta.

Confira os preços do carro:

  • JAC T50 Pack 2 1.6 CVT 2021 – R$ 103.990
  • JAC T50 Pack 3 1.6 CVT 2021 – R$ 107.990

*Preços com base no site da JAC Motors em janeiro de 2021.

JAC T50 2021: preço, consumo, fotos, motor, versões (e detalhes)

JAC T50 2021 – motor

O novo T50 2021 é equipado com um motor 1.6 16V DVVT de quatro cilindros em linha, movido somente a gasolina. A sigla DVVT é referente ao duplo comando variável de válvulas. Ele consegue desenvolver 138 cavalos de potência, a 6.000 rpm, e 17,1 kgfm de torque, a 4.000 rpm.

Vale lembrar que a antiga linha do T5 contava com um propulsor 1.5 flex, que entregava potência máxima de 127 cv e torque máximo de 15,7 kgfm.

Junto a este propulsor 1.6 DVVT está uma transmissão automática do tipo CVT.

Desenvolvida pela Punch Power Train, da Bélgica, ela oferece três modos de operação: “D” (Drive, ou modo de condução normal, tendo como foco o conforto e a economia de combustível), “S” (Sport, ou modo esportivo, que conta com “trocas de marchas” em alta rotações, resultando num melhor desempenho) e “Sequencial ou Manual” (neste modo, o condutor comanda o instante em que quer realizar as trocas de marchas, com seis velocidades virtuais, que podem ser comandadas pela alavanca no console central identificada por “+” e “-”, ou trocas ascendentes e reduções, respectivamente).

O câmbio CVT do JAC T50 2021 oferece ainda a função WIN, que permite melhor rendimento nas arrancadas em pisos escorregadios, como lama, à medida que bloqueia o câmbio numa relação mais longa para evitar que as rodas patinem nas arrancadas.

JAC T50 2021 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final

  • JAC T50 1.6 CVT – 11,3 segundos e 198 km/h

O novo motor empregado pela JAC Motors na linha do T50 Plus 2021 deu um fôlego extra ao crossover compacto chinês. Ele entrega até 138 cavalos de potência, ou 11 cv a mais que a linha anterior.

Em alta, o propulsor consegue um desempenho aceitável e um ronco digno para os ouvidos do motorista e dos ocupantes. Porém, ele acaba sofrendo com a calibração do câmbio automático do tipo CVT, que simula seis marchas de forma virtual.

Esta transmissão é muito longa e exige que o condutor pise bem fundo no acelerador para uma reação realmente lenta até 3.500 giros. Mesmo com o modo Sport em ação, as respostas também são bastante lentas. Uma das soluções é promover as trocas de marcha de maneira manual pela alavanca.

Somente após os 3.500 rpm que o motor 1.6 a gasolina realmente acorda e entrega boa parte do seu potencial. Rodando a 110 km/h, ele se mantém numa rotação razoável de 2.800 giros.

O interessante da caixa CVT é que ela usa embreagem de partida ao invés de conversor de torque. Trata-se múltiplos discos banhados em óleo, reduzindo o consumo de energia, mas isso não significou avanço em economia no modelo.

Para contribuir com o conforto, o JAC T50 2021 conta com piloto automático. Nas mudanças manuais, a interferência eletrônica não é tão acentuada, o que é bom. O tanque pequeno (45 litros) é um limitador de autonomia, especialmente com etanol.

Ao volante, o crossover apresenta posição de dirigir elevada e confortável, tendo bons comandos à mão, exceto retrovisores, ajuste dos faróis e o importante botão de desativação do controle de estabilidade e tração.

Junto com estes, há também o assistente de partida em rampa, útil mesmo com um câmbio CVT, já que este tem sua limitação em inclinação.

Com ótima visibilidade para frente e lados, o JAC T50 CVT 2021 apresenta boa dirigibilidade, tendo direção elétrica leve e de progressividade moderada. Poderia ser mais firme na estrada, mas nada que alguns quilômetros de adaptação não resolvam.

Os freios são suficientes e apresentam discos nas quatro rodas. Já a suspensão tem uma calibragem mais macia, voltada para o conforto. Mesmo assim, mantém bem neutra a carroceria em curvas mais fechadas.

Sutilmente, o controle de estabilidade ajusta os freios e corta força do motor, a fim de manter o SUV compacto na trajetória. O item é importante, especialmente em trechos de serra ou estradas bem sinuosas, ainda mais com chuva.

De modo geral, a performance do JAC T50 CVT é mediana, atendendo bem na cidade e devendo uma relação de correias e polias mais adaptada para estrada, buscando assim mais da força do motor.

Em pisos ruins, a suspensão absorve bem as irregularidades e dificilmente bate no fim do curso, sobrando nesse aspecto.

JAC T50 2021 – consumo

Ao contrário da linha anterior, que contava com um motor 1.5 litro flex, o novo JAC T50 2021 agora tem um motor 1.6 litro que bebe somente gasolina.

De acordo com números oficiais do fabricante, o novo T50 2021 consegue entregar consumo médio de combustível de 11,3 km/l na cidade e 11,5 km/l na estrada, com autonomia de 475 e 483 km, respectivamente.

JAC T50 2021 – manutenção e revisão

A JAC Motors oferece garantia de seis anos, sem limite de quilometragem, assistência técnica 24 horas e revisões com preço fixo (10.000 km, 20.000 km, 30.000 km, 40.000 km, 50.000 km e 60.000 km).

As revisões consistem na troca de óleo lubrificante, filtro de óleo, filtro de combustível, filtro de ar, velas de ignição, correia em V, entre outros.

Revisão

Custo

Custo

Quilometragem

Preços 1.5 MT (descontinuado)

Preços 1.5 CVT

10.000 km

R$ 499

R$ 568

20.000 km

R$ 549

R$ 700

30.000 km

R$ 549

R$ 700

40.000 km

R$ 899

R$ 1.316

50.000 km

R$ 549

R$ 656

60.000 km

R$ 899

R$ 1.228

JAC T50 2021 – ficha técnica

Motor

1.6 DVVT

Tipo

Dianteiro, tranversal, gasolina

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm3

1.590

Válvulas

16

Taxa de compressão

10,5:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Potência Máxima

138 cv a 6.000 rpm

Torque Máximo

17,1 kgfm a 4.000 rpm

Transmissão

Tipo

Automática do tipo CVT com seis marchas simuladas

Tração

Tipo

Dianteira

Freios

Tipo

Disco ventilado na dianteira e disco sólido na traseira

Direção

Tipo

Elétrica

Suspensão

Dianteira

Independente, McPherson

Traseira

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Liga-leve de 16 polegadas

Pneus

205/55 R16

Dimensões

Comprimento total (mm)

4.345

Largura sem retrovisores (mm)

1.765

Altura (mm)

1.640

Distância entre os eixos (mm)

2.560

Capacidades

Porta-malas (litros)

400

Tanque (litros)

45

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

950

Peso em ordem de marcha (kg)

1.320

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

ND

JAC T50 2021 – fotos

Avatar

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email