JAC Motors Segredos-Flagras SUVs

JAC T60 já circula pelo Brasil – SUV terá versão 100% elétrica também

JAC T60 já circula pelo Brasil - SUV terá versão 100% elétrica também

A JAC Motors prepara mais um SUV para o mercado brasileiro. Como prometido há alguns meses, o futuro T60 será um produto de porte semelhante ao Jeep Compass e terá dupla missão, assim como o T40.


Além da versão comum, com motor a combustão, terá ainda uma variante elétrica, da mesma forma que o iEV40, irmão do crossover compacto. Neste flagrante, feito pelo leitor Marcus Silva, é possível ver a versão para a China em circulação no país.

JAC T60 já circula pelo Brasil - SUV terá versão 100% elétrica também

O T60 foi visto na Marginal do Tietê, em São Paulo, rodando apenas com placa verde e ostentando a nomenclatura chinesa, onde ele é vendido como JAC S4. Ele inclusive indica o motor: “210T”. Uma referência ao torque em newton-metro.


Com 4,41 m de comprimento, 1,80 m de largura, 1,66 m de altura e 2,62 m de entre eixos, o SUV chinês ficará entre os atuais T50 e T80.

JAC T60 já circula pelo Brasil - SUV terá versão 100% elétrica também

O JAC T60 deve ser apresentado até o final do ano ou mais tardar começo de 2020. O modelo deverá estrear aqui o novo motor 1.5 Turbo de 150 cavalos e 21,4 kgfm (210 nm), oferecido na China e com caixa CVT. Com esse conjunto motriz, o produto passa a concorrer mais diretamente com o SUV da FCA.

No entanto, ele terá um diferencial interessante, uma versão elétrica. Esta é conhecida como iEVS4 na China e aqui deverá ser o iEV60, acompanhando assim o iEV40. O modelo eletrificado tem motor de 136 cavalos e baterias de lítio de até 66 kWh, fornecendo assim uma autonomia de 470 km no ciclo NEDC.

JAC T60 já circula pelo Brasil - SUV terá versão 100% elétrica também

Existem outras opções de baterias na China, mas aqui, como diferencial em relação ao iEV40, o iEV60 deverá ter autonomia superior, já que também custará mais. Com essa dupla, a JAC terá uma gama quase que completa com crossovers e SUVs.

Além do atual T40 e sua versão eletrificada iEV40, a marca chinesa conta ainda com os T50 e T80. No total, serão seis opções no mercado, com duas delas 100% elétricas. O iEV20, que é um derivado do antigo J2, não deve chegar devido ao alto custo pela proposta oferecida, assim como o crossover T20.

JAC T60 e iEV60 – Galeria de fotos

Agradecimentos ao Marcus.

JAC T60 já circula pelo Brasil – SUV terá versão 100% elétrica também
Nota média 4.1 de 7 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Mayck Colares

    Esse carro é uma mistura de estilos, em cada ângulo que se olhe.

    • Joao Victor

      Todos os carros hoje em dia são parecidos

      • Danilo

        Mas todos têm sua identidade! Os chineses são cópias descaradas.

        • Cosi fan Tutti

          Os modelos chineses “adquirem” identidade geralmente da marca que são parceiras em joint-venture, no caso da JAC, primeiro da Hyundai, e agora está em parceria com a VW. Mas existem modelos chineses bem resolvidos sim, já, como os modelos da GWM Haval, toda a linha, e os novos modelos da BYD, como o Tang 2019, este por sinal também 100% elétrico, lembrando que a China vende 99% dos carros elétricos do mundo.

  • André

    Será que a Jac vai conseguir dar a volta por cima com a recuperação judicial? Seria um raríssimo caso de sucesso, caso conseguisse.

    • Erick

      A JAC e a Oi dependem muito da nossa economia voltar a crescer…
      E isso só lá pra 2021.

      • Augusto

        2021, será? Tô achando q só vai afundar!

        • Erick

          Se o Brasil afundar mais… credo! Vamos virar uma Venezuela, Bolívia! kkk

      • Jr

        Meu medo é que esta prevista uma recessão mundial justamente para final de 2020, inicio de 2021

        • Erick

          Também ví essa notícia na TV e fiquei com receio.
          As coisas aqui no Eixo Goiânia – Anápolis – Brasília e no Triângulo Mineiro não andam boas…
          Muitos desempregados e empresas fechando.
          Tomara que a Reforma da Previdencia, Tributaria e PLC 79 avancem logo para destravar a economia.

          • Jr

            Pensei que só aqui no RJ estava assim, vejo na tv que a situação ta melhorando, mas quando saio na rua, não é isso que vejo, enfim, só resta torcer para que as coisas melhorem

  • Marcus Vinicius

    Têm uma traseira muito similar ao do sedan Fusion/Mondeo

  • Matheus Amorim

    Os Jacs quando chegaram tinham até certa personalidade, hoje, são uma mistura com um certo mal gosto de estilos. A Chery está bem melhor resolvida com seus SUVs.

    • Junikao .

      Flw bem

    • Tosca16

      A JAC quando chegou, ao menos nos SUV’s, era um estilo by Hyundai, agora é salada mista hehe.

    • Tommy

      Os modelos antigos que vieram pra cá foram desenhados pela Pininfarina, J3/J5 e J6 eram lindos.

      Esses “suvs” são uma mistura de tudo, genéricos até dizer chega, não passam qualidade, ao contrário dos Cherys atuais.

      • Matheus Amorim

        Sim! J5 era um sedan bem resolvido, e o J6 era uma minivan bem agradável, bem mais harmoniosa que a Spin pré reestilização.

  • Natán Barreto

    Eu não consigo gostar dos carros da JAC. Questão pessoal mesmo, mas se vier caro que nem os atuais, vai micar que nem os atuais

  • Robinho

    quando voce ve a traseira, pensa que tera uma outra frente…e não…acho que não combinou nada com nada ai…

  • Johnalton Hermes

    Frente de Lifan, lateral de Kicks e traseira de Fusion. Aí fica difícil a JAC emplacar no Brasil viu!

    • Samuel Jesus de Sousa

      Eu já enxerguei um Creta ali na frente

  • delvane sousa

    Sem fábrica no Brasil fica difícil da marca se fixar. Por mais que o produto seja competitivo, os compradores ficam inseguros, pois podem ficar sem reposição de peças, garantias e tal situação.

  • LL

    Design de acordo com a categoria e concorrentes, porém preço deve ficar abaixo do tiggo 7x na minha opinião, para ter algum sucesso.

    • Eric PB

      Tiggo 7x na versao de entrada a 3 meses atras estavam fazendo a 99mil. Bem proximo ao preço do tiggo 5. Deve ser baixa procura, mas pelo preço se torna uma boa opção.

  • Ric53

    A variedade de carros já é comparável a variedade de Smartphones!

    E os chineses entram por dentro também vide novo Chevrolet Onix!!!

  • Luiz Wagner Arruda

    Respeito o gosto de cada um, isso nunca será igual em lugar nenhum. Mas vamos ser realista, se colocar o emblema da Jeep, Toyota, Honda e por vai… 100% dos comentários seriam de elogios. É só olharmos no passado quando marcas japonesas e principalmente as Coreanas iniciaram no país era só desconfiança… Hoje são as marcas mais desejadas do mercado. Então vejo com entusiasmo esses modelos chineses que são bonitos e completos. Num país onde ainda não temos nossa própria marca veículo 100% nacional e com representação mundial, deveríamos observar, aprender e não criticar.

    • Erick

      Também acho que os chinas (daqui a alguns anos) vão chegar no mesmo patamar das coreanas e japonesas.

  • Erick

    470 km com motor elétrico! NADA MAL!
    Vai dar pra ir de SP ao RJ sem gastar gasosa cara…

  • Danilo

    Essa traseira de Fusion não ficou legal não kkkkk

  • Miguel

    A frente não combina com as laterais, uma coisa estranha.
    Começa alta e musculosa com o paralamas volumoso, e o vinco que sai dos faróis tem uma projeção acendente juntamente com a linha das janelas laterais, mas aí me aparece mais um vinco surgindo da porta do motorista, um que sobe e outro que desce, e o que desce também não combina com a trajetória acendente da proteção preta inferior da carroceria…. what???? Kkkkk

  • Antonio Luiz DE Cario

    Carros da jac são ótimos, só está faltando o pós venda difícil é conseguir as peças de acabamentos.

  • Cosi fan Tutti

    Os chineses dominam 99% das vendas de carros elétricos no mundo atualmente. Chineses não tem de provar nada para brasileiros, aliás, estão mais preocupados em entrar com seus modelos nos Eua e Europa, do que aqui. Os brasileiros irão consumir modelos chineses, pelas montadoras tradicionais inclusive, como já começou com Ford e GM. A VW será a próxima, podem gravar este comentário aqui e me cobrar depois.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email