Jaguar F-Type: versões, equipamento, motor, detalhes

Herdeiro de um lendário esportivo, o Jaguar F-Type é hoje um dos poucos roadsters ainda em produção no mundo e um bólido amplamente conhecido no Brasil. Sucessor do XK, ele bebeu na mesma fonte do icônico E-Type.


Oferecido em carrocerias cupê e conversível, o F-Type é um carro tão arisco que aqui no Brasil, a versão mais potente, a SVR, teve que ser alterada a pedido dos clientes.

Nesse caso, segundo a Jaguar, os clientes pediam a versão de tração nas quatro rodas em vez da versão de tração traseira, que saía muito de traseira, segundo os donos.

Disponível com motores que vão de quatro cilindros até V8, o F-Type no Brasil agora só está disponível na versão P300 RWD, que tem motor quatro em linha 2.0 de 300 cavalos.

Essa versão vai de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos e 250 km/h, tendo ainda transmissão automática de oito marchas e tração traseira.

Jaguar F-Type – detalhes

Aqui, a versão de conteúdo e acabamento é a R-Dynamic com preço sugerido de R$ 522.950 na carroceria Cabriolet e R$ 508.950 na versão Coupé.

No exterior, o Jaguar F-Type conta ainda com motor V8 5.0 Supercharged com 450 ou 575 cavalos, esta última na versão R.

Todas as versões possuem transmissão automática de oito marchas com opções de tração traseira ou AWD, com exceção da versão R, que tem apenas tração nas quatro rodas.

Compacto, o Jaguar F-Type mede 4,470 m de comprimento, 1,923 m de largura, 1,308 m de altura e 2,622 m de entre-eixos, pesando de 1.597 kg a 1.665 kg.

Com espaço para dois no conversível e também no cupê, o F-Type tem um ótimo porta-malas com nada menos que 509 litros.

Tendo um coeficiente aerodinâmico ruim de 0,35 de cx, o F-Type é um carro muito rápido e gostoso de dirigir, com reações bem rápidas e aceleração empolgante, mesmo com motor menor.

Construído em alumínio e com codinome D92, o chassi do F-Type é um dos mais leves e rígidos do mercado, incorporando tecnologias modernas de condução, assistência ao motorista e entretenimento.

O F-Type traz faróis full LED, lanternas em LED, rodas de alumínio forjadas aro 20 polegadas, o F-Type tem saídas de ar sobre o capô, assim como nos para-lamas dianteiros.

Atrás, difusor de ar e escape centralizado, o esportivo inglês tem um visual limpo e fluido, que inspira velocidade.

Fabricado em Castle Bromwich, na região de Birmingham, o F-Type busca resistir ao tempo numa época de eletrificação.

Já tendo usado o V6 3.0 Supercharged da linha AJ, que tem origem francesa, o bólido ainda sustenta seu V8 sobrealimentado num conjunto bem purista nos mercados da Europa e EUA.

Excelente como um carro esporte luxuoso e de ótima performance, o Jaguar F-Type é um produto com os dias contados, uma vez que a marca inglesa será totalmente eletrificada em 2025.

Mesmo assim, sua sucessão deve estar garantida num esportivo de tração 100% elétrica e dimensões semelhantes, extraindo ao máximo o poder da energia, mas mantendo a dirigibilidade do carro atual.

O Jaguar F-Type tem linhas fluidas com frente dotado de faróis full LED, além de guias de LED para as luzes de uso diurno.

A grade central é ovalizada com acabamento prateado ou preto brilhante, com logotipo do felino ao centro.

O logotipo R-Dynamic também está presente na grelha, com as laterais do para-choque dotadas de entradas de ar em acabamento preto (Black).

Abaixo do protetor, um spoiler preto reforça a proposta da R-Dynamic.

Já o capô longo tem duas saídas de ar com vincos bem pronunciados, além de apliques prateados ou em preto brilhante (Black) nas laterais com saídas de ar. Nas laterais, saias inferiores em preto também reforçam a aerodinâmica.

As portas não possuem batentes nas janelas e as maçanetas são retráteis, com retrovisores dotados de repetidores de direção e com rebatimento elétrico, além de desembaçador.

No cupê, as janelas possuem frisos cromados, mas as vigias traseiras não abrem. Com saias de rodas abauladas, o F-Type tem ainda traseira com lanternas em LED.

A vigia traseira é ampla e dispõe de vidro com desembaçador elétrico, bem como aerofólio retrátil e adaptativo. O para-choque tem difusor de ar em preto brilhante e escape central cromado.

No teto, uma antena em estilo barbatana. Com a versão R-Dynamicx Black, há um vidro panorâmico. Já o F-Type Cabriolet tem capota em tecido impermeável com acionamento elétrico.

A vigia da capota é de vidro e a tampa traseira incorpora aerofólio retrátil adaptativo, mas de tamanho maior que o do F-Type Coupé.

Por dentro, o Jaguar F-Type tem sistema de som premium Meridian com 380 watts e 10 alto-falantes na versão de acesso e no pacote Black, o mesmo dispõe de 770 watts e 12 alto-falantes.

O volante de três raios têm comandos de mídia, telefonia, computador de bordo e controle de cruzeiro, tendo ainda paddle shifts e assistência elétrica, bem como ajustes em altura e profundidade.

No cluster, um display de 12,3 polegadas é configurável, permitindo acessar o mapa de navegação em tela cheia e outras duas formas de visualização.

Ao centro, os difusores de ar centrais são retráteis e logo abaixo, a tela da multimídia Touch Pro tem 10,1 polegadas com Google Android Auto e Apple CarPlay, além de navegador GPS, câmera de ré, multitela, entre outros.

Mais abaixo, o ar-condicionado dual zone tem botões com displays e a alavanca de câmbio tem formato de joystick com acionamento elétrico, tendo próximos botão de partida, freio de estacionamento elétrico e modos de condução, entre outros.

O porta-luvas tem botão metálico na parte para destravar, enquanto o túnel abriga porta-copos com tampa e apoio de braço. As portas tem o mesmo acabamento dos assentos, que pode ser de couro ou couro com Alcantara.

Os assentos são esportivos e possuem seis ajustes elétricos sem memória ou 12 posições com memória no Black, enquanto os pedais são esportivos. Entre os bancos, há uma tampa para acesso ao porta-malas, que possuem 509 litros no cupê e 233 litros no conversível.

Já o teto tem luzes de leitura em LED, retrovisor eletrocrômico, para-sóis com espelhos iluminados e travas de teto automáticas no conversível, que não tem vigias laterais como no cupê.

O babageiro tem iluminação e sensor de bagagem por rede no conversível, além de tampas de abertura elétrica. Sob o assoalho há dispositivos de reparo e inflação de pneu.

Jaguar F-Type – versões

  • Jaguar F-Type R-Dynamic Coupé P300
  • Jaguar F-Type R-Dynamic Cabriolet P300
  • Jaguar F-Type R-Dynamic Black Coupé P300
  • Jaguar F-Type R-Dynamic Black Cabriolet P300

Preços e equipamentos

Jaguar F-Type R-Dynamic Coupé P300 – R$ 508.950 – Motor 2.0 Turbo e transmissão automática de oito marchas, mais faróis de LED Premium com assinatura DRL, rodas esportivas aro 19 polegadas, pneus 245/40 R19 na frente e 275/35 R19 atrás, detalhes exteriores em cromo acetinado, spoilers e saias laterias do pacote R-Dynamic, apliques laterais metálicos em cinza, frisos cromados nas janelas, retrovisores com rebatimento elétrico e repetidores, lanternas em LED adaptativas, escapamento ativo com acionamento por botão, volante em couro multifuncional com paddle shifts, cluster digital, multimídia Touch Pro com 10 polegadas, Google Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré, sistema de navegação por GPS, bancos esportivos em couro Ebony e Alcantara, bancos com ajustes elétricos e memória, Start&Stop, aquecimento dos bancos, freio de estacionamento eletrônico, modos de condução, controle de tração, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa, controle dinâmico de chassi, seis airbags, direção elétrica, suspensão adaptativa, detalhes do acabamento em aço escovado e alumínio, pedais esportivos, vidros elétricos, travas elétricas, entrada presencial com botão de partida, retrovisores elétricos com desembaçador e eletrocrômico, retrovisor interno eletrocrômico, porta-copos, porta-objetos, porta-luvas acarpetado, alavanca de transmissão joystick, carregador indutivo de smartphone, ar condicionado dual zone, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, sistema de som premium Meridian com 380 watts e 10 alto-falantes, coluna de direção ajustável, aerofólio traseiro automático, monitoramento de ponto cego, alerta de tráfego cruzado, controle de cruzeiro adaptativo, alerta de faixa e saída de pista com correção, controle de torque vetorial, alarme, tampa do porta-malas com destravamento elétrico, vidros climatizados, para-brisa degradê, vidro térmico traseiro, bagageiro em carpete e iluminado, entre outros.

Jaguar F-Type R-Dynamic Cabriolet P300 – R$ 522.950 – Itens acima, menos airbags de cortina, mais capota de acionamento elétrico e travas automáticas, sistema de aquecimento reforçado, barras anticapotamento, tampa traseira para recolhimento da capota e sensor de bagagem no porta-malas.

Jaguar F-Type R-Dynamic Black Coupé P300 – R$ 537.351 – Itens do Coupé, mais rodas esportivas aro 20 polegadas, grade e detalhes externos em preto brilhante, sistema de som premium Meridian com 770 watts e 12 alto-falantes, bancos em couro Windsor Ebony/costura Light Oyster com interior Ebony, interior Limited Edition, soleiras de metal com iluminação e inscrição do nome da marca, bancos elétricos com 12 posições, teto panorâmico e volante Limited Edition.

Jaguar F-Type R-Dynamic Black Cabriolet P300 – R$ 551.250 – Itens acima, menos airbags de cortina, mais capota de acionamento elétrico e travas automáticas, sistema de aquecimento reforçado, barras anticapotamento, tampa traseira para recolhimento da capota e sensor de bagagem no porta-malas.

Jaguar F-Type – motor

O Jaguar F-Type usa um motor chamado Ingenium 2.0, conhecido como AJ200, que faz parte de uma família de propulsores criada em 2015 para substituir os motores a gasolina e diesel de origem Ford e Peugeot.

Feitos em alumínio, os motores Ingenium podem ter três, quatro ou seis cilindros em linha, tendo assim um conceito modular semelhante ao da BMW com 1.5, 2.0 e 3.0 litros, respectivamente.

Sendo que os propulsores de seis cilindros 3.0 com gasolina ou diesel possuem preparação para hibridização com sistema elétrico de 48 volts e propulsor auxiliar conectado à partida.

O Ingenium tem duplo comando de válvulas variável no cabeçote, tendo sistema de acionamento de abertura e fechamento eletro-hidráulico, com as engrenagens frontais acionadas por corrente.

Ele dispõe de um turbocompressor twin-scroll para atuar tanto em baixa quanto em alta rotação, além de intercooler e sistema de refrigeração selado.

Com injeção direta de combustível de alta pressão, o Ingenium AJ200 tem a tecnologia necessária para ser flexível em combustível, como nas versões que equipam Land Rover Discovery Sport e Range Rover Evoque.

No caso do Jaguar F-Type, o propulsor Ingenium 2.0 é alimentado apenas por gasolina, tendo seus 1.999 cm³ com taxa de compressão de 9,5:1 e entregando 300 cavalos a 5.500 rpm com 40,8 kgfm a 1.500 rpm.

Junto ao AJ200, o F-Type conta com uma transmissão automática ZF 8HP de oito velocidades com mudanças manuais na alavanca ou paddle shifts, além de tração traseira.

O F-Type, no exterior, tem ainda o V8 AJ8 5.0 Supercharged com 450 cavalos e 58,9 kgfm, com opção de tração traseira ou integral.

Na topo de linha SVR, o esportivo da Jaguar tem o mesmo motor preparado para 575 cavalos e 71,1 kgfm, mas somente AWD.

Desempenho e consumo

O Jaguar F-Type tem um excelente desempenho com o motor AJ200 Ingenium 2.0 Turbo, fazendo assim de 0 a 100 km/h em apenas 5,7 segundos e com máxima limitada em 250 km/h.

O consumo é de 7,8 km/l na cidade e 10,6 km/l na estrada, sempre com gasolina. Com seu tanque de 63 litros, pode percorrer 491 km na cidade e 668 km na rodovia.

Há pouco tempo, a Jaguar oferecia o V6 3.0 AJ6 de origem Ford-PSA, que tinha 340 ou 380 cavalos, fazendo assim de 0 a 100 km/h em 5,2 e 4,9 segundos, respectivamente.

Com motor V8 5.0 AJ8, o F-Type vai de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos com final de 285 km/h na versão de tração traseira com 450 cavalos. Ele faz o mesmo com tração AWD.

Já o F-Type SVR, que também não é vendido no Brasil, a cavalaria de 575 ginetes permite voar até 100 km/h em 3,5 segundos com máxima de 300 km/h.

Jaguar F-Type – história

O Jaguar F-Type é conhecido como projeto X152 e teve a proposta iniciada há muitos anos com o conceito XJ41/42 em 1986, seguido pelo conceito F-Type de 1999, que tinha mais do clássico E-Type que o primeiro.

Então, em 2010, surgiu o Jaguar C-X16, um conceito que tinha mais do produto final que realmente uma proposta de estilo. Assim, três anos depois, surgiu o F-Type na versão conversível, seguida pelo cupê no ano seguinte.

O F-Type estava disponível nas versões F-Type, F-Type S e F-Type R, equipadas com motores V6 3.0 de 340 cavalos e V8 5.0 de 495 cavalos. Depois, o esportivo recebeu o V6 3.0 de 380 cavalos e V8 5.0 de 550 cavalos.

Já em 2016, o F-Type SVR surgiu como um produto da divisão SVO da Jaguar Land Rover, chamada Special Vehicles Operations, entregando 575 cavalos no V8 5.0 Supercharged, indo assim de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos e final de 322 km/h.

Em 2019, recebeu facelift e modificações, como multimídia Touch Pro, cluster digital e rodas aro 20. O motor V6 3.0 de 380 cavalos saiu de linha.

Jaguar F-Type – fotos

 

Autor:

Deixe um comentário