Crossovers Elétricos EUA Jaguar Mercado

Jaguar I-Pace: plataforma elétrica deve gerar novos modelos da marca inglesa

i-pace-vermelho-2 Jaguar I-Pace: plataforma elétrica deve gerar novos modelos da marca inglesa

O Jaguar I-Pace é o próximo lançamento da marca inglesa no mercado mundial, mas de todos até hoje, será o mais inusitado e um os mais importantes, visto que pela primeira vez, será de um carro sem motor a gasolina ou diesel. Totalmente elétrico, ele colocará o fabricante britânico em posição de destaque no mercado de carros elétricos na Europa e baterá de frente com players como a Tesla.



Mas, naturalmente, não devemos apostar que apenas o I-Pace fará toda a diferença para a Jaguar nos próximos anos, quando os carros de luxo terão grande participação nas vendas dos veículos elétricos. De acordo com o jornal americano The Detroit Bureau, uma fonte da empresa inglesa teria revelado que a plataforma elétrica do crossover pode ser utilizada para gerar outros modelos, sem indicar que produtos seriam estes.

No entanto, o jornal relata que a fonte teria também indicado que essa plataforma não foi feita para sedãs e nem cupês. Com isso, a sugestão é a de que apenas outro crossover ou SUV poderia ser feito com base no I-Pace. Oficialmente, os planos da Jaguar envolvem a eletrificação de toda a gama, mas isso em grande parte se dará através de versões híbridas plug-in ou híbridos comuns, tendo alguns opções 100% elétricas.

i-pace-vermelho-4-1 Jaguar I-Pace: plataforma elétrica deve gerar novos modelos da marca inglesa

Rumores anteriores falam de um Jaguar XJ elétrico em sua próxima geração, por exemplo. Dentro do grupo Jaguar Land Rover, há plataformas dedicadas apenas aos utilitários esportivos, então não seria totalmente estranha a informação. Além disso, o mercado mundial cada vez mais compra qualquer tipo de carro denominado como crossover ou SUV.

A Jaguar estaria buscando desempenho em primeiro plano para seus híbridos plug-in, deixando a eficiência em segundo, embora ainda assim consiga obter a emissão necessária para evitar a pressão ambiental. Na Land Rover, um SUV elétrico também é algo possível, ainda mais que a marca precisa ter um nível de emissão aceitável para a próxima década. Então, compartilhar a base do I-Pace seria fundamental.

Ainda assim, como os custos de produção são mandatórios, ter uma base flexível permite maior rentabilidade, ainda mais num cenário onde os produtos elétricos, conectados e autônomos terão um custo bem mais elevado que os carros atuais. Outro motivo para mais modelos elétricos na Jaguar Land Rover é a concorrência. Carros como o Tesla Model 3, por exemplo, estão obrigando as marcas de luxo alemãs a ter um produto equivalente para rivalizar com o sedã de Elon Musk. Seria uma oportunidade para a Jaguar?

De acordo com Ian Callum, designer-chefe da Jaguar, “ainda amamos nossos V8s borbulhantes”. Com o lançamento do XJR575, que tem 575 cv em seu V8 5.0 Supercharged, a marca inglesa passa o recado que ainda mantém seus pés naquilo que sabe fazer muito bem.

[Fonte: The Detroit Bureau via Carscoops]

 

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend