Europa Jeep Mercado SUVs

Jeep confirma pequeno SUV, Grand Wagonner e Wrangler picape na Europa

Jeep Renegade Limited 2.0 2018 1 - Jeep confirma pequeno SUV, Grand Wagonner e Wrangler picape na Europa

A Jeep se prepara para um avanço agressivo no mercado europeu. Como já se sabe, através do próprio Sergio Marchionne, a Fiat Chrysler dará prioridade para marcas com margens maiores na Europa e isso significa alavancar a presença de Alfa Romeo e Maserati, mas também da marca americana focada em utilitários esportivos.


Jeff Hines, diretor da Jeep para a Europa, confirmou que a FCA tem intenção de produzir um modelo menor para a marca no velho continente. Esse pequeno utilitário será sim menor que o Renegade. O movimento faz parte de uma estratégia que não será localizada, ou seja, deverá ser ampliada também para o Brasil, embora tal produto não encontre um espaço no mercado americano, por mais voraz que ele esteja por SUVs.

fiat panda 4x4 4 - Jeep confirma pequeno SUV, Grand Wagonner e Wrangler picape na Europa


O futuro jipinho da Jeep é parte do plano estratégico da FCA de 2018 a 2022 e deve incluir também as novas gerações do Fiat 500 e do Panda, este último de grande importância para o desenvolvimento do futuro SUV de acesso da americana. Hines disse: “É uma oportunidade extraordinária e consideramos cuidadosamente a possibilidade de produzi-lo. Estou convencido de que os potenciais clientes seriam muitos, mas é claro que devemos ter certeza de que é um jipe ​​de cem por cento, com estilo e capacidade para circulam em estradas e, ao mesmo tempo, rodar livremente pelo campo”.

Para a Jeep, a preocupação não é com o tamanho, mas com a capacidade no fora de estrada, o DNA “Trail Rated” da marca tem de estar a bordo do modelo e isso, mesmo atualmente, só seria possível na FCA através do Fiat Panda 4×4. As novas gerações deste último e do Fiat 500 deverão reforçar a proposta global do grupo, ainda mais que o segundo será também reforçado em presença no mercado americano, mas terá papel fundamental para sobrevivência da Fiat numa Europa sem Punto e Tipo (futuramente).

jeep grand commander china 1 - Jeep confirma pequeno SUV, Grand Wagonner e Wrangler picape na Europa

Jeff Hines também confirmou a chegada ao velho mundo do Jeep Grand Wagonner, que será diferente do Grand Commander (foto acima), visto que o foco do produto será posiciona-lo em um nível bem acima do Grand Cherokee, ostentando luxo e sofisticação, mas também terá sete lugares como o SUV chinês.

A resposta da marca ao mercado americano, que está comprando cada vez mais SUVs caros, deverá chegar por volta de 2020 aos EUA e na mesma época desembarcar na Europa. O modelo também deve ser vendido no Brasil. Já o Wrangler terá sua versão picape vendida no mercado europeu. Apesar do pouco apelo do consumidor continental para com picapes, especialmente modelos de estilo como este, a aposta se vale por conta a alta nas vendas da Jeep, que saltaram 40%.

[Fonte: Actualidad Motor]

COMPARTILHAR:
  • Arnon Coelho Junior

    so não compro o renegade por causa do motor beberrão e defasado quando tiver o firefly turbo de pelo menos 160 cv eu compro

    • Martini Stripes

      cara, o 1.8 evo flex nao era beberrao nao.
      Fazia medias de 13.6 na pista e no dia dia ficava em 10.5
      no alcool ficava em 11.5 na pista e 9.3 na meu uso.
      Só cidade ele bebe bem sim. Mas para o peso do carro, acho muito bom.
      Dentre os concorrentes com certeza nao apresenta o melhor desempenho, mas não é tão absurdo.
      Eu teria outro tranquilamnte.

      • Wilson Junior

        Bem difícil essas médias…..nem 1.0 ta fazendo 11.5 na pista com álcool, imagina um carro de 1.6 ton
        Comigo não passou de 8 na pista e 6 na cidade com álcool.
        Bebe muito e anda pouco….

        • Hen_Par

          Tem umas médias de consumo inacreditáveis dos comentaristas. Sedan médio aspirado fazendo 17,5km/l, Renegade famoso pela sede fazendo média melhor que muito motor moderno…

          • Martini Stripes

            Focus aspirado faz sim essa media no 2.0 com injeção direta.
            E meu Renegade fazia as médias que citei.
            Não quer acreditar tudo bem, continue com suas convicções. De quem não teve nenhum deles mas sabe mais do que quem teve.

            • Hen_Par

              Como eu já disse, se você diz que seus carros são mais econômicos que os carros mais econômicos do mercado, testados por publicações especializadas, tá tranquilo, você pode dizer.
              Só não se irrite se alguém não acreditar.
              Abraço.

              • Martini Stripes

                Não acredito nas publicações, acredito no meu excel.

        • Martini Stripes

          O motor evo?
          O meu fazia, não quer acreditar não acredita.
          Acho que a maneira de guiar influencia muito. Não achava que andava pouco, nunca me faltou motor.

  • Thiago Maia

    O Tipo não foi excluído. Quando Marchionne falou em ser sustentado por 500 e Panda quis dizer que Fiat não vai avançar no mercado generalista, sobre Peugeout/VW/Opel, mas se concentrará na renovação de seus principais produtos para atingir o resto do mercado com Alfa e Jeep.

    O Tipo está vendendo bem, é o segundo mais vendido da Itália e caminha para 110-120 mil vendas anuais. É um segmento C que apela ao custo benefício e não tem por quê siar de linha agora, até por que é fabricado numa fábrica joint venture no exterior e não ocupa as fábricas italianas que farão os produtos mais caros Alfa e Jeep, além do 500X

    • Fernando

      pra mim a fiat marcou passo em não ter feito o tipo aqui. podia ter feito como a renault com a dupla captur-kaptur, usando praticamente a mesma casca bonita mas por baixo com as devidas “adaptações” ao mercado local. portanto a fiat não precisaria ter gastado tempo e dinheiro em desenvolver argo e cronos. mas em fim, isso é só oq eu acho.

      • Thiago Maia

        Já acho que deveriam ter lançado o 500X logo após o Renegade, e antes de Creta e Kicks surgirem
        . Já tinha 350l de porta malas e é pouco mais leve (Renegade é reforçado para ser o melhor da categoria em lombadas e poços)

        Em relação ao tipo, apesar de ser mais barato que os rivais Golf e Cruze, não sei se adiantaria. O mercado de Hatches médios está sumindo no BR

        • ALVIN_1982

          Só sumiu pro Golf, porque o Cruze vende relativamente bem… e é caríssimo…

      • th!nk.t4nk

        Na Europa o Tipo custa o mesmo que o Polo. No Brasil a VW optou por simplificar o Polo, a FIAT poderia ter feito o mesmo com o Tipo, ao invés de lançar um carro totalmente diferente.

  • Thiago Maia

    E sobre o Jeep Grand Wagooner será feito nos EUA, na PLATAFORMA DA dODGE RAM 1500

    Será um grandalhão como Tahoe/Suburban/ Escalade

  • pedro

    A FCA está lenta, o Wagonner já deveria estar mais avançado, pois provavelmente utilizará a mesma plataforma da RAM 1500 e ela está sem um produto neste segmento, perdendo vendas.

  • Erivelton Freitas

    Se o calcanhar de Aquiles do Renegade é o espaço interno e porta-malas, quem dirá desse novo Jeep, que será ainda menor?! Será que teremos o novo ‘Uno’ em forma de Jeep?! =/

    • Mario Souza

      Concorrrente do suv kwid🤣🤣🤣

    • Felipe Eco

      Se for no estilo Jimny da Suzuki acho que seria uma muito boa se for com um preço menor do que o Renegade.

    • Adson Raul

      Acredito que o calcanhar do Renegade seja consumo dos motores a gasolina. Se você parte para o diesel, encontra um valor bem mais elevado, onde talvez seja mais sensato comprar carros maiores em suas versões de entrada.
      Um Jeep no porte do Jimny seria muito interessante, pois não há 4×4 que bata de frente com o Jimny, que é um carrinho pequeno, porém muito bem acertado para a proposta offroad, consumo de combustível e confiabilidade. Se houver uma maior necessidade de carga, basta rebater os bancos traseiros e resolvido. =D
      A Jeep é boa em construir carros onde você monta e desmonta de acordo com a sua demanda, basta olhar para o Wrangler, onde coloca ou remove teto, bancos e portas com muita facilidade. O importante é não querer fazer um SUV de shopping, isso nós já temos aos montes.

  • Razzo

    Torçamos para que o “Jeep Panda 4×4” venha também para o Brasil. Já o horrendo Jeep Grand Commander está dispensado.

    • Thiago Maia

      Commander é para a China, mas terá uma versão para o mercado americano e será vendido como Chrysler, lá. Por isso vai mudar o design

      Sobre o “Jeep Panda” não vejo razão nisso não ser um Fiat

      Tiraria versão Cross do Panda, deixando apenas o Panda simples e a versão simpes 4×4 e lançaria esse novo modelo, maior que o Panda para substituir indiretamente o Punto. Ou seja, seria um Taigun(versão conceitutal da VW) da Fiat

      Certeza que seria sucesso na Europa e poderia vir ao Brasil

  • Handlay P.B.

    Fio que o novel SUV tacanho da Jeep será baseado na póstera geração do Panda 4×4 e seria egrégio se esse novel carro alto da Jeep tivesse uma grande capacidade off-road. Se esse SUV for ubíquo no orbe será bom, mormente se custar abaixo de US$ 17.000,00. Porém, ominosamente, conjecturo que se esse carro chegar em nossa plaga terá importes descomunais.

  • Luciano RC

    Essa grade prateada no Renegade fica terrível. Melhor ela toda preta.

    • beto

      É exclusiva da versão Limited, fica linda no branco, preto e prata nas demais cores também não gosto.

  • Adson Raul

    Se vier um Jeep no porte do Jimny, bem acertado para o uso fora de estrada, bem como, econômico e confiável para uso diário, será o meu próximo carro.
    Preferencialmente se houver uma capota de fácil remoção, quem sabe até uma capota de lona como opcional, à exemplo das capotas do Wrangler.
    Infelizmente, acho que estou sonhando alto. (que não venha mais um SUV de madame)

  • Cromo

    O Panda pode ter boas capacidades off-road, mas definitivamente não tem cara de SUV: Frente em cunha, para-brisa muito inclinado, vidros deveriam ser + estreitos e consequente linha de ombro mais elevada e, muito importante, rodas e pneus deveriam ser bem maiores e + robustos. O design dos Fiat muitas vezes tem um “Q” de infantilismo, de carro de brinquedo, a imagem de carro pequeno e barato está muito enraizada. Sempre disse q esse mercado de micro-SUVs, abaixo de EcoSport, está de bandeja, ninguém está aproveitando (OK, tem o Jimny, mas de outras características).

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email