Jeep Mercado SUVs

Jeep diz que SUV abaixo do Renegade será viável no futuro

renegade-18

Mike Manley, CEO da Jeep, disse que um segmento abaixo do Renegade será viável para a marca americana no futuro, de acordo com a revista inglesa Autocar. A divisão off-road da Fiat-Chrysler está animada com as vendas do clássico renascido e estuda um rival para Nissan Juke e Ford EcoSport.

Manley adianta que antes de qualquer ação, o processo de desenvolvimento tem que passar por todas as etapas de negócio. A maior preocupação nesta fase é ter um produto que carregue a marca Jeep como se deve. Por isso, além do próprio estilo, o veículo terá de oferecer real capacidade no fora de estrada.

Por conta disso, a Jeep avalia ângulos de ataque e saída, inclinação lateral, tipo de suspensão e tração, entre outros parâmetros que precisam estar de acordo com a filosofia da marca. Mas, tal produto deve também ter um custo efetivo que o permita disputar mercado com Juke, EcoSport, Captur, 2008, Mokka, Encore, Tracker, entre outros.

Então, o que seria? Na Índia, existiria um projeto de utilitário esportivo compacto da Jeep que é chamado internamente de 526. Esse veículo teria até 3,99 m de comprimento e entraria no segmento de veículos populares de até 4,00 m, que recebem incentivos fiscais do governo indiano.

A proposta é para um veículo robusto e 4×4, que estaria bem de acordo com as condições do mercado local. Tal projeto deve também utilizar motor diesel como propulsor principal e será feito na fábrica da Fiat em Ranjangaon, onde o Jeep Compass 2017 também passará a fazer parte da linha de montagem.

Como notamos, esse projeto está mais relacionado com a Índia, exatamente por conta do segmento abaixo de 4,00 m. Para o mercado global, um SUV abaixo do Renegade vai precisar mais do que simplesmente ficar abaixo desse tamanho. No Brasil, por exemplo, ele precisaria ter um porta-malas condizente com o que o consumidor quer. Ou seja, terá de ter bagageiro maior que o do próprio Renegade, por exemplo, criticado por ser pequeno.

novo-jeep-compass-na-22

Mini Compass?

O estilo evidentemente não teria relação com o Renegade, podendo assim ficar mais próximo do Novo Compass. Então seria um “mini Compass”? Provavelmente. A própria Jeep afirma que o perfil de compradores desses dois carros é bem diferente, por conta dos preços próximos. Da mesma forma, um modelo compacto com linhas e propostas semelhantes às Compass, igualmente seriam distintas daquelas propostas pelo Renegade.

O que pode acontecer com essa adição é a elevação do Renegade para uma posição mais alta ou diferenciada, deixando este de ser um mero intermediário entre os dois “Compass” para realmente servir de acesso ao próximo Wrangler. Ambos compartilham em certa medida o mesmo estilo, aquele clássico que popularizou a marca após a Segunda Guerra Mundial.

O Nissan Juke irá se revestir de uma nova pele para continuar a ser referência no mercado. Não tão exótico, ele deverá ser mais funcional e menos individualista. Já o próximo EcoSport deve crescer em tamanho e porta-malas, melhorando talvez em outros aspectos que hoje são criticados no projeto. Pelo menos espera-se por isso. Assim, um “mini Compass” faria mais sentido que um “mini Renegade”. O que você acha disso?

[Fonte: Autocar]







Send this to friend