Jeep Mercado Pickups

Jeep Gladiator é confirmada para o mercado brasileiro e chega em 2020

Jeep Gladiator é confirmada para o mercado brasileiro e chega em 2020

A picape Jeep Gladiator chegará ao mercado brasileiro em 2020, de acordo com o site Estadão. O modelo americano é aposta da filial para ampliar a diversidade e mercado de sua marca, hoje praticamente centrados nos modelos Renegade e Compass, apesar de ter um portfólio maior.


Produzida em Toledo, Ohio, a Jeep Gladiator chegará no segundo semestre de 2020 e trará consigo o V6 3.6 Pentastar de 289 cavalos e 35,8 kgfm, acoplado à caixa automática de oito marchas, que garante ao veículo um bom desempenho. Movida apenas por gasolina, a picape da FCA terá capacidade de carga de somente 725 kg.

Jeep Gladiator é confirmada para o mercado brasileiro e chega em 2020

Com 5,53 m de comprimento e 3,48 m de entre eixos, a Jeep Gladiator pode rebocar assim 3.487 kg. A expectativa é que chegue a versão Rubicon, mais completa e com capacidade off road ampliada com diferenciais de bloqueio eletrônico e eixos reforçados.


A estimativa de preço é de R$ 350 mil, mas tudo dependerá da cotação do dólar, se este ficar abaixo de R$ 5,00, este preço pode ser mantido. A Jeep Gladiator não é uma picape focada no trabalho, mas na aventura. Baseada no Jeep Wrangler, ela foi desenvolvida para atuar em diversos terrenos com desenvoltura.

Jeep Gladiator é confirmada para o mercado brasileiro e chega em 2020

Tendo bons ângulos de entrada e saída, bem como vão livre, a Jeep Gladiator pode transpor até 75 cm de água, o que lhe dá ótima capacidade em trechos com córregos e pequenos cursos d´água. Além da picape cabine dupla, a marca confirmou ainda 10 lançamentos no Brasil para os próximos anos.

 

Entre eles, chegará um SUV de sete lugares, que já está sendo testado por aqui. Além disso, a Jeep fará uso ainda do novo motor Firefly Turbo com 1.3 litro, que devem entregar 150 ou 180 cavalos com algo acima de 27 kgfm e tecnologia flex.

Jeep Gladiator é confirmada para o mercado brasileiro e chega em 2020

Com isso, os Jeep Renegade e Compass ficarão mais eficientes, sendo que o primeiro poderia dispor da versão de 150 cavalos em substituição do fraco E.torQ Evo 1.8, enquanto o irmão maior pode se beneficiar mais da versão de 180 cavalos, especialmente usando o câmbio automático de nove marchas.

[Fonte: Estadão]

 

Jeep Gladiator é confirmada para o mercado brasileiro e chega em 2020
Nota média 5 de 3 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Lucio Adriano Mendonça

    De repente o Marrua acaba ficando barato.

    • Marcus Vinicius

      Infelizmente muitos brasileiros nem conhecem o Marruá

      • Helder

        Um projeto obsoleto e caríssimo, que está no ostracismo desde que foi lançado, conheço sim !

  • Vinicius

    Nesse preço, a gasolina, difícil.

  • Toyo_Highlander fan

    Não é carro para Brasil para quem pensa em usar para trabalho.

    • vi.22

      A maioria das picapes não são pra trabalho

      • th!nk.t4nk

        Fora do país ainda são (tirando o interiorzão dos EUA, onde é basicamente um carro normal pra eles). Mas praticamente toda Ranger que se vê em outros países tá na mão de funcionário a trabalho, geralmente bem sujas e carregando um monte de tranqueiras. Daí no Brasil vira carro pro patrão desfilar, com pintura brilhando e caçamba que nunca é usada. Basicamente um meio de ganhar status. O Gladiator vai se encaixar perfeitamente nisso.

        • Gabriel Camilo

          Só se for onde você mora… No interior as picapes são usadas para o que são feitas, trabalho, seja por funcionários ou pelos patrões. O pessoal da capital tá acostumado mesmo a ver as picapes limpas e pensam que isso acontece em todo o Brasil.

          • vi.22

            eu disse a maioria..

        • vi.22

          a diferenca e que la e mais barato comprar e mto mais barato manter, vc tem condicoes de comprar um parro caro e trabalhar com ele, e esse carro de trabalho e completamente luxuoso.. aqui e imposssivel as 2 coisas no mesmo carro, tenho uma s10 cs 2015, e uma das melhores pro trabalho, mas n tem luxo, e so ar e direcao, o cidro eletrico tive q colocar a parte..

      • Gabriel Camilo

        A maioria das picapes não são para trabalho? Por que? Você conhece o interior do Centro-Oeste e Norte do Brasil?

        • vi.22

          nao so conheco o centro oeste como norte e sul, como ja tive de quase todas, RAM,FRONTIER,HILUX,S10,RANGER, cabines simples e dupla etc,..
          quando disse a maioria e porque as cabine dupla sao mto mais vendidas que cabine simples, as dupla sao veiculos com sua versatilidade , que na maior parte do tempo sao usadas para lazer, sendo tambem uteis quando se necessita levar algo na caçamba.
          sao carros com bastante luxo, e cacamba..

  • Baetatrip

    …Coisa linda!!!!!!!!
    Adorei… Teria facil p/ passeios e trilhas!
    Equipar ficarás lindo!

  • Ficou medonha.

  • Mesquita17

    Até quando a Ford vai esperar para lançar uma picape cabine dupla da Troller?

  • Marcus Vinicius

    Podia ganhar o mesmo motor da prima RAM 2500 o Cummins a Diesel

    • Gabriel Camilo

      Motor muito grande para esta picape, o que se encaixa e já é utilizado nele é o EcoDiesel 3.0 V6, o mesmo usado na RAM 1500, da italiana VM Motori.

  • th!nk.t4nk

    Ah pronto, transformaram Jeep em marca premium. Diretores pensando: “se colar, colou!”

    • leomix leo

      Só aqui mesmo.

    • Pablo

      Mas aqui é um veículo Premium, ficar comparando o Brasil com países com um salário médio muito mais alto é distorcer as coisas. Em país onde menos de 20% da população ganha 4 salários mínimos, veículo acima de 100k é de luxo, pense acima de 300k….

    • Vitor Meireles

      Mas se você pegar a versão intermediária, acrescentar um extra porque deve vir com o motor diesel, aplicar o dólar valendo R$4,20 e 60% de imposto de importação, já dá ali perto dos R$300.000,00.

    • beto

      No Brasil os carros são básicos com preços de premium.

  • Yuri Lima

    É um veículo mais pra “poser” do que para uso como picape. Só pra quem vai fazer trilha na fazenda no final de semana.
    O Wrangler original já custa mais de 250mil aqui no BR. Essa Gladiator não vai vir por menos de 200 para ter capacidade de 750kg de carga, coisa que uma Fiat Strada também faz. Uma RAM faz o serviço parecido, mas com melhor capacidade de carga, custando quase igual.

    • Vitor Meireles

      Mas o Gladiator nunca foi pensado pra ser um veículo de excelência em transporte de carga. A RAM, do mesmo grupo, tá aí pra isso. Esse Jeep foi pensado pra quem faz trilhas e puxa reboques.

      • Yuri Lima

        Exatamente o que eu disse. Mais pra “poser” que vai fazer trilha final de semana. Pra quem busca lifestyle de aventureiro. Para o público BR vai ser bem restrito.

        • Gabriel Camilo

          Eu já vejo a Gladiator sendo mais versátil que o Wrangler, pois o grande problema dos jipes é a falta de espaço para carregar as tralhas, especialmente os de 2 portas, e a caçamba da Gladiator consegue acomodar bem objetos volumosos, mesmo tendo uma capacidade de carga diminuta. Acredito que a Gladiator vai abocanhar as vendas do Wrangler justamente por causa disto.

    • Paulo Lustosa

      Gladiator foi feita pensando em trilha e rebocar trailer, caiaque e afins. Pra quem quer pegar peso tem aí a RAM 1500.

      • Yuri Lima

        Exatamente, como eu disse. Para o BR o público vai ser bem restrito.

        • Paulo Lustosa

          Sim, até nos EUA é um veículo de uso restrito… quem vai comprar esse carro é quem queria uma picape no molde das antigas F75 pra brincar na lama.

  • TijucaBH

    Por 350k voce compra uma Amarok V6 pra usar como pick up e um Troller pra usar como Jipe.

    • NYC_Man

      Kkk vdd.
      Mandou bem nas escolhas

  • Charles Duarte

    É uma pena que a FCA trate o Wrangler e seus derivados como carros de imagem pra Jeep… Esses carros se viessem pro Brasil com motores adequados (diesel) e preços condizentes venderiam muito… É tão raro ver um na rua… uma pena.

  • Baralho

    Sem diesel fica mais difícil…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email