FCA Jeep SUVs

Jeep: próximo Wrangler poderá usar inédito motor 2.0 turbo

Jeep Wrangler Unlimited Altitude

A nova geração do Jeep Wrangler já está em estágio final de desenvolvimento e, de acordo com um relatório do grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA), será equipada com um inédito motor turbo.

Segundo fontes, o próximo Wrangler vai esconder sob o capô um novo propulsor 2.0 litros com turbocompressor, comando de válvulas variável e injeção direta de combustível, capaz de gerar cerca de 300 cavalos de potência. Este novo bloco, aliado a uma transmissão automática de oito marchas, promete ser mais eficiente que o atual 3.6 V6 Pentastar, que rende 290 cv e 36 kgfm.

Além do novo motor e da nova transmissão, o Jeep (que atende internamente pelo codinome “Hurricane”) será construído em alumínio, o que deverá reduzir o peso e, consequentemente, o consumo de combustível.

Caso os rumores se confirmem, a FCA terá um dos motores 2.0 litros mais potente do mercado, se posicionando acima do 2.0 EcoBoost de 250 cv da Ford, mas abaixo do 2.0 da Mercedes-AMG, que rende 380 cv.

O novo Jeep Wrangler tem lançamento previsto para 2017.

[Fonte: AutomotiveNews]





  • Felipe

    É… essa nova geração do Wrangler promete!
    Fica a torcida pela produção nacional do mais tradicional Jeep do lineup da FCA atualmente.

    • Gustavo73

      Infelizmente duvido muito. Pois seria produto com plataforma e powertrain exclusivo e vendas pequenas.

      • Pedro Rocha

        Há também um Wrangler Ecodiesel AT8 sendo aguardado nessa próxima geração. Ainda não seria suficiente para produção nacional dada a faixa de preço que ele ocupa, mas certamente um motor a diesel fará o Wrangler entrar para valer no nosso mercado.

    • Deadlock

      Tomara que aumentem as dimensões, o atual é claustrofóbico.

    • Pedro Rocha

      Quem tem potencial para vir ao Brasil, ao menos em CKD, é a RAM 1500 Ecodiesel, cuja importação oficial será inaugurada no Salão de São Paulo em novembro.
      Com a 1500 concorrendo com as médias TOP e a Toro com as médias flex, a FIAT vai acabar dominando o segmento de picapes em todos os níveis: da Strada à RAM 2500.

  • Bruno Silva

    Ainda que seja moderno, o V6 Pentastar está com os dias contados. A nova geração da GrandCherokee deve adotar esse motor, e o 3.2 da Cherokee deve ser substituído por uma versão mais mansa do 2.0 (na faixa dos 250cv).

  • V12 for life

    Deve ser o mesmo do Alfa Giulia devidamente retrabalhado.

    • Murilo Soares de O. Filho

      Sim, este motor já foi anunciado sua produção nos EUA, faz parte da no linha de motores médios da FCA, GME, junto com a Linha GSE, a FCA estará renovando toda a sua gama de motores, O Pentastar de ve ainda permanecer, pois ainda é moderno, e deve receber melhorias, a dúvida fica nos modelos V8 americano que devem ser substituídos no futuro por unidade modernas ou descontinuados.

      • V12 for life

        Aposto em modernização pois os V8 ainda são muito importantes para os norte americanos.

        • DiMais

          acredito que os V8 ficarão reservados como motores de imagem e capacidade tecnológica, como um símbolo da indústria local.. isso para todas as marcas..

          • V12 for life

            É bem provável, a nova F150 é só V6 mesmo na Raptor.

  • Yuri Calmon

    Os Americanos não vão gostar !!!

  • Raimundo A.

    Deve ser esse motor 2.0 Turbo a ser flex aqui que equipará o Jeep 551 para pagar menos imposto. Claro, numa configuração mais simples tipo sem injeção direta, etc. Detalhe, o imposto também é calculado pela potência. Mode Ironic On.

    Brincadeiras a parte, a FCA teria basicamente dois motores 2.0 embora haja as variantes com mais ou menos tecnologia. Esse 2.0 T de alto desempenho de origem italiana e o 2.0 aspirado, que dizem ganhará variante turbo, de origem americana.

  • Christian Sant Ana Santos

    A quantas anda o projeto de um Renegade Trackhawk? Falavam no 2.4 Tigershark com 300 cv, mas do jeito que as coisas andam, poderá ser substituído por 2.0.

  • Baetatrip

    Estao cada vez diminuindo a cilindradas …….
    Daqui a pouco tera 0.8 a 300cv….. E o torque? (fundamental para off road/ ultrapassar)
    Gosto de motores grandes…..
    E tanta eletronica que vai estar e vai compremeter a durabilidade do JK!
    Gosto de robustez….. Eu permaneceria a versao atual por bom tempo!

    • Heisenberg

      Mas a onda de downsizing é para isso. Mesmo que seja de um 4.0 para um 3.2 com turbo. O torque de um 3.2 turbo é mais baixo do que o 4.0 aspirado, mas a faixa do torque será menor (dessa forma compensando em outro ponto) e isso é o que contará para o off road/ultrapassar (aliado a redução de peso, ajudando na relação torque/kg e consumo).
      Não há nem comparação, os antigos Jk sem eletrônica (assim como qualquer veículo off road antigo) terão bem mais durabilidade dos que possuem mil e um componente eletrônico.

    • Alligator

      Motores turbo tem mais torque que motores grandes
      Exemplo Passat cc 3.6 v6 300cv tem o mesmo torque do Golf 2.0 gti de 220cv

  • Gabriel Daveran

    Se lançarem com esse novo motor … vai ser um sucesso, tanto no mercado americano quanto fora… Esse novo motor acredito que seja resultado desse turnkey de tecnologia entre a fiat e chrysler .

  • loducaregis

    Isso ai não vai adiantar nada!! Tem que ser DIESEL!!!

    • Luis LC

      Diesel virou problema, muitos mercados não querem mais. A única chance de vender diesel é no Brasil e países de terceiro mundo

    • DiMais

      nos EUA até motor de caminhão pode ser a gasolina que eles não se importam, até preferem….

  • The Monster Man

    Sonho com esse carrinho a um bom tempo, se não estragarem o designe o sonho continuará.



Send this to friend