*Destaque Europa Jeep SUVs

Jeep Renegade 2019 tem primeiras imagens reveladas na internet

Jeep Renegade 2019 tem primeiras imagens reveladas na internet

O Jeep Renegade 2019 teve duas imagens reveladas antes do lançamento oficial na Europa. O SUV compacto da marca americana apresenta nela os novos conjuntos óticos, sendo o dianteiro com faróis de LED em estilo semelhante ao empregado pela Jeep Wrangler 2019. Além disso, as lanternas traseiras também possuem LEDs e o diferencial visual fica por conta da parte central branca como única, ao invés do “X” visto na lanterna do modelo atual.


A grade também recebeu leve atualizada, enquanto o para-choque é novo, ganhando molduras extras nas extremidades, ficando estas mais proeminentes e com os repetidores de direção. O protetor traseiro não mudou. Por dentro, comenta-se que haverá mudanças, mas já faz alguns meses que imagens oficiais circularam na Europa com o novo padrão interior, que você conferiu aqui no NA. Nesse ambiente, os comandos de ar-condicionado passam a ser os mesmos do Cherokee, ou seja, contendo três botões ao invés de dois.

Jeep Renegade 2019 tem primeiras imagens reveladas na internet

Outra mudança é a introdução da tela de multimídia Uconnect com 8,4 polegadas, visto que o modelo atual possui telas pequenas demais. O console com acabamento personalizado também chama atenção. O Jeep Renegade 2019 chegará ao mercado europeu ostentando bem mais do que mudanças no visual. A principal alteração é mecânica, o que deve dar um enorme impulso nas vendas do utilitário esportivo, que mede 4,23 m de comprimento, 1,80 m de largura, 1,69 m de altura e 2,57 m de entre-eixos.


A estreia dos novos motores 1.0 MultiAir II Turbo de 120 cavalos e 19,3 kgfm, bem como do 1.3 MultiAir II Turbo com 150 ou 180 cavalos, este último com 27,5 kgfm, deve ajudar muito nas vendas do modelo, que assim poderá abandonar os motores E.torQ 1.6 de 110 cavalos e os derivados do Fire, 1.4 MultiAir Turbo com 140 ou 170 cavalos. Nesses casos, os propulsores de três e quatro cilindros da família GSE deverão receber transmissões manuais de cinco e seis marchas, além das automáticas de seis ou nove, bem como possivelmente a TCT de dupla embreagem com seis velocidades.

Jeep Renegade 2019 tem primeiras imagens reveladas na internet

E aqui? A FCA não diz nada sobre a chegada dos novos motores, mas naturalmente eles irão chegar, só se espera que não demore tanto, visto que a concorrência se mexe rapidamente, especialmente com os novos players no mercado. O motor E.torQ Evo 1.8 é insuficiente para um bom desempenho no Renegade Flex e sem dúvida uma unidade 1.3 de 150 cavalos, fará enorme diferença, ainda mais se o torque ficar entre 24 e 25 kgfm. O bom é que esse propulsor também pode enterrar os Tigershark 2.0 no Compass Flex e o 2.4 na Fiat Toro.

Jeep Renegade 2019 – Galeria de fotos

 

Jeep Renegade 2019 tem primeiras imagens reveladas na internet
Nota média 4.9 de 12 votos

  • Kio

    Não tenho muita esperança mas seria muito bom se estas motorizações viessem para o BR…
    Daí sim o Renegade ficaria matador…
    Existem rumores de testes dos 1.3 fire fly turbo no Brasil, mas senta e espera, acho que se vier só depois de 2020…

    • leandro

      Também descartei o Renegade devido seu motor, o diesel muito caro e o flex muito antiquado..
      Acabei indo de EcoSport 1.5AT.
      Tô satisfeitão, não sobra potência, mas dá conta do recado sendo bastante econômico

      • Guilherme Ferreira Lucio Lemes

        Qual está sendo seu consumo?

        • leandro

          Dirigindo otimizado, em torno de 90km/h com pista livre é fácil conseguir algo entre 15-16km/l.
          No modo motoboy, esguelando e mantendo ritmo de 120 km/h algo em torno de 12km/l.
          Acho bem satisfatório pra um carro com aerodinâmica de geladeira

          • Marcos megdA

            Sinceramente nao acho um bom consumo. No meu antigo punto 1.6 dualogic a 120km/h eu fazia 13.5km/l.
            Ja no meu A4 1.8TFSI a 120km/h ele ta fazendo 14km/l.
            As vezes seu eco ainda vai melhorar o consumo. É muito novo ainda?

            • leandro

              Não dá pra comparar consumo de SUV com o de um sedan.. são dois mundos diferentes

          • Guilherme Ferreira Lucio Lemes

            Tenho uma Captur CVT, as médias suas estão melhores que a minha. A Captur nessas sua referencia fica 14km/l e pisando 10. Abraços.

      • beto

        Cada um tem seu gosto, entendo, mas só trocaria um Renegade por um Compass e mesmo assim dependendo da versão.

    • Sim, pelo que se fala Fiat Brasil desenvolveu o aspirado, os europeus colocaram o turbo e vão lançar primeiro, imagino que seja pela questão do Flex para demorar tanto. Até 2020 muita agua já passou embaixo da ponte.

      Só tenho certa curiosidade se esses 1.3T não vão amarrar Compass e Toro, por conta dessa plataforma pesada que usam, que deixaram os carros bons contra impactos, mas com peso acima da média.

      • 82_BD

        Devem ter seus 22 a 24 kgfm. Acho que vai dar conta do recado. Pelo menos será bem melhor que os atuais.

      • Mauro Schramm

        O 2.0 flex do Compass tem 170 cv e 20,5 Kgfm de torque em altos 4000 rpm. Com 27,5 Kgfm (não sei em que regime de rotação, mas certamente menor do que no 2.0 aspirado) e 180 cv, esse 1.3 turbo certamente será uma bela evolução em termos de desempenho.

    • Martini Stripes

      Virá…
      Mas penso que o SUV Coupe da VW baseado no Polo vai dar uma boa mexida no segmento.

    • Pedro Mello

      A 4R crava que esses motores virão.

  • Maycon Farias

    Ficou muito bom o que já era bom. Gostei muito das novas rodas também.

  • REDDINGTON

    Se esses motores chegarem na Toro quem comprou a 2.4 vai perder MUITO dinheiro…

    • Raimundo A.

      Ano/modelo superior quando traz mais conteúdo de série; facelift; novas gerações, que costumam trazer mais aprimoramentos mecânicos. Qual o problema?

      Perder dinheiro é o cara está mal informado mesmo tendo várias mídias anunciando a chegada de atualização de um produto e pagar o preço com pouco desconto como se estivesse fazendo ótimo negócio. A informação permitira exigir mais desconto em função da depreciação que poderia aumentar ou se não fizesse questão da novidade, pedir mais equipamentos pelo preço que estaria pagando.

      O segmento de carros é menos problemático. Pior é o cara gastar uma nota num smartphone para em seis meses ou um ano vê-lo com um baita desconto porque a nova linha chegou com mais novidades e não ficou tão cara pelo valor que pagou o seu agora antigo e isso, o mercado não prever direito.

      • REDDINGTON

        TÁ SERTO

  • El Gato Negro

    1.3 MultiAir II Turbo com 180 cv e 27,5 de torque… benzadeus… aí eu até me animava a pegar um Renegade!

    • Cláudio Modesto

      somos 2

      • Pedro Mello

        3.

    • dallebu

      Iria deixar de tomar pau de Up! MPI pra andar junto do Golf 1.4 TSI e gastando pouco.

      • THM

        Mas o UP tsi anda mais e bebe pouco, sem contar que tem “mais espaço

        FONTE: Carlota4patas do Carblog e seus seguidores “vovolkseiros”

      • leandro

        Gastar pouco num carro de 1,5 tonelada sem aerodinâmica não existe.. o termo correto seria um consumo satisfatório.. rs

      • Fabricio

        gostaria de saber se no UNIVERSO INTEIRO.. existe alguém que compra SUV pra tirar racha.. ainda mais com up.. .kkkkk quanta pobreza de espírito… que noção fantástica de “corrida”

    • Fábio A.

      Aí sim animaria embarcar na onda dos SUV.

    • Nicolas

      Sabem qual rotação aparece este torque? Falam em injeção indireta e não direta, tecnologia antiga.. será que só aparece está potência e rotação em altas rotações?

    • Pipo pipo

      Acho maravilhosa a evolução desses motores. Mas fico curioso sobre a questão da durabilidade, tanta potência e tanto torque em um motor pequeno ainda mais com nosso combustível.

  • Neto

    Realmente com esse motor turbo anima comprar um Renegado…kkk
    Esse azul das fotos seria minha escolha, na verdade daria para minha esposa e ficaria com o Cruze Sport6 Turbo dela!

    • Marcos megdA

      Sua esposa gosta do Cruze dela? Estou pensando na possibilidade de adquirir um

      • No_Name

        Se você não tem medo do PowerShift, o Focus é uma melhor pedida.

  • Carlos AM

    Esse tom de azul está muito show!

    • JR_BSB

      Esse cor combina em qualquer carro!

      • Carlos AM

        Sou meio suspeito pra dizer pois tive um Cross Up azul night, um tom bem parecido com esse do Renegade. A luz do sol é azul, mas se há alguma sombra ele escurece. Essa é o charme da cor.

  • dallebu

    Ficou animal, a frente ganhou imponência e sofisticação sem perder a “brutalidade” característica.
    Facelift 100% acertado na minha opinião.

    • El Gato Negro

      Renegade tem a brutalidade de um Pinscher… desculpe a sinceridade… hahaha!

      • Uranium

        Nessa linha, então Kicks, HR-V e compania devem ter a brutalidade de uma violeta…

        • El Gato Negro

          Provável.

      • dallebu

        Qual seu carro, um caveirão? kkkk

        • leomix leo

          Algum V8 do filme mad Max….

          • El Gato Negro

            Isso. Acertou. Bem brutão.

            • leomix leo

              Qual seria o cavalo que carrega esse V8??

          • Aires Jone

            Não parece os faróis do bumblebee kk?

        • El Gato Negro

          É séria essa pergunta? Ficou sentido com o meu comentário porque és proprietário de um Renegade, é isso? Ou não?
          Entenda: perguntar qual meu carro (o que não interessa em nada no assunto) dá a entender que, para você, o diálogo virou uma disputa infantil de quem tem “o carro mais bruto”. E querido, não me interessa em nada ter um carro “bruto ou não bruto”… Hahaha! Sério… que nível de maturidade, hein?

          • dallebu

            Você é que interpretou dessa forma. Quando perguntei qual seu carro foi porque você disse que o Renegade tem a brutalidade de um Pincher, e sinceramente nao estamos falando de um Chery QQ, mas de um carro com desenho maciço, frente vertical, colunas grossas, parabrisa bem mais vertical tambem, dois faróis redondos simples e uma grade e para-choques pretos, nao é exatamente um desenho elegante, é meio bruto mesmo. Aí perguntei qual seu carro pois pra achar o Renegade bruto igual um Pincher a pessoa deve ter um Caveirão na garagem, ou uma Dodge Ram 2500, F250 etc esses sim proporcionalmente bem mais brutos.

            • El Gato Negro

              “…um carro com desenho maciço, frente vertical, colunas grossas, parabrisa bem mais vertical tambem, dois faróis redondos simples e uma grade e para-choques pretos, nao é exatamente um desenho elegante…”

              Praticamente uma Kombi.

  • AlbertoNeto

    O Farol ficou igualzinho do Novo Classe G…
    Será que esses motores vem para cá também? Ou só o facelift?

    • Kiyoshi Yamashiro

      Acho que esses motores ainda vão demorar um pouco, talvez em 2020

      • AlbertoNeto

        Triste termos que continuar com o 1.8 alcoólatra e manco!

  • THM

    A FCA não deve cometer o errro que fez com o Mobi

    Deve achuardar a reestilização do modelo brasileiro até a vinda do motor 1.3 turbo, para estrear junto.

    É possível que venha nas duas configurações do 1.3 turbo, de 1.5

  • Luis LC

    Parece que ficou mais baixo ainda….

    • Maycon Farias

      Não. Na Real parece que a roda que aumentou. Agora parece ser 17 ou 18.

      • dallebu

        No carro das fotos as rodas são de 19″. Até então o máximo era 18″, assim como no Brasil.

        • Maycon Farias

          Pois é. .. visualmente essas 19 ficaram ótimas.

      • Luis LC

        Roda maior, pneu com menos borracha e ficou mais baixo mesmo. Assumiram que é um carro urbano

  • Miguel

    Espero que a FCA não cometa essa BESTEIRA de deixar a gente com o defasado 1.8!
    O único defeito que eu vejo nesse carro é esse motor flex, imperdoável se eles fizerem isso aqui.

    • THM

      Brasil é o país do “flex”
      Aceite

      Brincadeiras, a parte, espero que não lancem facelift com motor antigo para um ano depois lançar os turbos. Que venham jjuntos, e o facelift espere pelo motor

      Serão 3 opções(1.0 turbo 120cv, 1.3t de 150 e 1.3t de 180) que poderiam substituir todos os motores FCA – a dúvida é sobre o 2.4 tigershark da Toro

      • Raimundo A.

        Caro, esses valores do mercado europeu podem não servir para nós e lembro que o T-Jet, a depender do mercado, tinha potência que ia de 140cv a 190cv.

        Aqui, se ofertados, os T3 e T4 sendo flex, a potência pode ser limitada para ter os mesmos valores máximos que os europeus ou deixar com os ganhos obtidos ao usar o etanol. Além disso, a depender do produto, as potências também podem mudar. O Compass aqui tem 166cv(E) no nacional e 180cv (G)no 2.4 para exportação. O Toro com o 2.4 flex tem potência maior.

        Usando a ótica que o consumidor não quer redução de potência nessa categoria, mesmo que haja ganhos com o torque e consumo, o Compass ter os 150cv do T4 seria visto com certo prejuízo ao comparar com o 2.0 flex. Logo, teria que ter ao menos a potência mantida. Para o modelo exportação, o T4 com 180cv substitui tranquilo o 2.4.

        No caso do Toro, como disse, se não houver limitação na potência no uso com etanol, o T4 pode alcançar 190cv se quiserem ao meu ver. Contudo, não vejo perda o Toro com um T4 de 180cv tendo em vista a potência máxima ter perdido poucos cavalos e os ganhos com torque e consumo serem maiores.

        Em suma, o T4 com 180cv, seja gasolina ou com etanol se houver, para o lugar do 2.4 não há problemas. A potência do T4 para o 2.0 flex é que precisaria ser revista, pois 16cv é mais significativo, fora o que é ofertado pela concorrência direta contra o Compass aqui.

      • Raimundo A.

        Você está estimando os produtos baseado no planejamento e muitas matérias estão misturando. Disseram que no LATAM haverá quatro produtos a serem produzidos, mas determinado o planejamento cita o A, B e Low D Segments UV como Fiat. O quarto seria a picape média RAM.

        Se são quatro produtos feitos, então o Low D 3 row SUV da Jeep, dito Compass de sete lugares, seria um quinto produto a ser feito e este teria um concorrente Fiat, possível Toro SUV, denominado Low D 3 row UV.

        Da mesma forma, o planejamento mostra para o segmento B, o Fiat acima citado, e um Jeep, Low B SUV. Este Low indica SUV abaixo do Renegade e portanto teria que ter até 4m.

        Aí, você diz que o SUV A Fiat, que na verdade é A Segment UV, não é SUV, pois material da Jeep diferencia UV de SUV, é até 4m, mas tem o Low B na Jeep que não é A nem B e não pode ter o porte do Renegade como disse. Não há coerência quanto aos tamanhos sugeridos.

        O segmento A na Europa tem o Panda, que é menor que o Uno que é menor o Argo que tem 4m. Você já pensou que o modelo B UV da Fiat pode ser o mesmo caixote para o Low B Jeep? Usando o seu critério, o Jeep citado era para ser A e não B.

        O A UV da Fiat não teria 4m, fato, mas talvez seja pouca coisa maior que o Uno, como se fosse nova geração do Panda crescida. O tamanho pode ficar até 3,80m.

        O B UV Fiat pode ser limitado a 4m, sendo 20cm ou mais superior ao A UV Fiat e menor que o Renegade com os seus 4,23m. Com essa medida, o modelo B Fiat pode ser base para o Low B SUV da Jeep, para não conflitar com o B SUV, Renegade.

        Não sendo assim, aí pelo que você falou, teríamos algo do tipo considerando cenário international:

        – A UV Fiat até 4m;
        – B UV Fiat em torno dos 4,20m, tal qual é o Renegade;
        – Low B SUV Jeep até 4m, que pode colidir de alguma forma com o A UV Fiat;
        – Low D 3 row UV Fiat, SUV leve provavelmente derivado do Toro e aí poderia ser maior que o derivado do Compass como você sugere;
        – Low D 3 row SUV Jeep, SUV com capacidade off-road baseado no Compass, variante sete lugares.

        • THM

          Coloquei “SUV” porque a maioria das pessoas ainda não entendem UV. Vi os slides e sua explicação em outro comentário pela internet

          Sobre o JEEP LOW D, vi no planejamento global, mas não acompanhei a apresentação e não vi se teve slides separado por região. Parece que apresentaram todos os JEEP juntos, os globais e os regionais. Fiz deduções, mas não só isso. Em um site brasileiro há o comentário de uma “fonte de Betim” que cita isso que falei.

          Nao cita o tal “JEEP JR” que, como você diz, deve ser indiano pra entrar naquela regulamentação. Deve ter o porte do Suzuki/Maruti Brera e Daihatsu DN Troc.

          O B UV Fiat, já que é específico para a América Latina, pode ser um “LOW B”, como são Seat Arona, Captur europeu, o C3 Aircross, Kia Stonic e VW Tcross. Ficaria menor que o Renegade – esticaria menos o entre eixo do Argo do que se chegasse aos 4,20m-

        • THM

          Pus SUV porque a maioria não saberia o q é UV. Porém, vi sua exlicação antes, e o slide.

    • Uranium

      Os motores novos não devem chegar agora, porque ainda precisam se tornar flex e tudo mais. Talvez em 2019.

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        Já está em desenvolvimento, deve chegar em 2 anos

      • RED FLAG

        Flex para que? Com o álcool custando R$ 3,26 em alguns postos.

        • Uranium

          Primeiro, porque a gasolina tem 27% de álcool, de qualquer jeito é necessário adaptar os motores para o Brasil. Segundo, porque em SP e MG, os dois estados mais populosos do Brasil e consequentemente os que mais compram carros, o álcool vale a pena frente à gasolina.

  • Razzo

    “A estreia dos novos motores 1.0 MultiAir II Turbo de 120 cavalos e 19,3 kgfm, bem como do 1.3 MultiAir II Turbo com 150 ou 180 cavalos, este último com 27,5 kgfm, deve ajudar muito nas vendas do modelo, que assim poderá abandonar os motores E.torQ 1.6 de 110 cavalos e os derivados do Fire, 1.4 MultiAir Turbo com 140 ou 170 cavalos.

    E aqui? A FCA não diz nada sobre a chegada dos novos motores, mas naturalmente eles irão chegar, só se espera que não demore tanto, visto que a concorrência se mexe rapidamente, especialmente com os novos players no mercado. O motor E.torQ Evo 1.8 é insuficiente para um bom desempenho no Renegade Flex e sem dúvida uma unidade 1.3 de 150 cavalos, fará enorme diferença, ainda mais se o torque ficar entre 24 e 25 kgfm. O bom é que esse propulsor também pode enterrar os Tigershark 2.0 no Compass Flex e o 2.4 na Fiat Toro. ”

    –> Morte horrível ao E-Porc !

    • THM

      Não há diferença de torque entre os ajustes do motor 1.3 turbo, apenas de potência?

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        E também o 1.0 turbo ser usado no Cronos e Argo top de linha, e o esportivo Argo HGT com o 1.3 turbo de 150 cv

      • Emanuel Schott

        O 1.0 Turbo pode substituir até o 1.8 tranquilamente. E chuto que é justamente isso que vai acontecer nas versões de entrada de Renegade e Toro e nas tops de Cronos e Argo. Ele produz 120 cv com gasolina da Europa, aqui pode colocar mais uns 5 cv com gasolina e mais uns 10 com etanol. Ainda ficam abaixo da potência do eTorq, mas entregam mais torque em baixa e isso faz uma diferença absurda. É por isso que o Polo anda mais que o Argo, mesmo tendo 10 cv a menos no etanol e 20 na gasolina.

        O 1.3 de 180 cv já dá pra pensar até numa aposentadoria dos motores diesel da FCA.

  • Razzo

    Estranho o Firefly/GSE europeu se chamar “MultiAir” Turbo. O eixo de comando de válvulas de admissão será substituído por válvulas solenoides-hidráulicas que atuarão sobre as válvulas de admissão ?

    • Raimundo A.

      Por que estranho? O Fire Turbo se chama T-Jet, que tem com e sem MultiAir. Há o Fire MultiAir, 1.4 16V MultiAir.
      Se agora esses motores terão o MultiAir como base, podem ser denominados MultiAir Turbo. Isso permite especular que os os Firefly aspirados na Europa poderão se chamar MultiAir por ganharem esse recurso que não temos aqui.

      Contudo, a FCA recentemente denominou os GSE, que aqui tem nome comercial Firefly, de GSE N3 (1.0 3cil) e N4(1.3 4cil). GSE T3 e T4 agora tem nome comercial MultiAir Turbo com três e quatro cilindros.

  • JCosta

    A solução para o Renegade já existe: Tigershark 2.0 e um 2.4.

    • Raimundo A.

      Para beber mais ainda, com certeza e tendo o 1.8, tenha a certeza que o uso de um desses criaria versões ainda mais caras seja pela mecânica(2.0) quanto por esta e tributação (2.4).

      Se os custos não forem tão altos e podem reduzir com escala de produção, os T3 e T4 permitiriam substituir os aspirados entregando mais eficiência (potência, torque, redução de combustível e peso morte/menor peso do motor) sem, espera-se, cobrar tanto no bolso.

      • JCosta

        Pode ser que o consumo piore um pouco, mas um dos principais itens que afugentam consumidores do Renegade, é justamente o motor fraco.

        Com relação aos motores turbo, realmente são uma evolução, mas não espere que irão cobrar menos…

  • afonso200

    aqui no brasil motor turbo é sinonimo de colocar 30mil reais a mais

  • rodpe

    Se não mudarem o motor, não me interessa.

  • Natán Barreto

    A mudança mesmo foram os motores. No mais tá a mesma cara.

    Uma coisa que a FCA não tirou do DNA do Grupo Chrysler quando comprou são os volantes grandes e os câmbios com ótimo engate. Tive dois Chrysler e os volantes eram muito confortáveis

    • Mauro Schramm

      Novas CMM também são bem vindas.

  • Mateus Pinheiro de Carvalho (M

    caramba espero pra ver, mas acredito que a eficiencia desses motores devem ser fantasticos, assim como é o ecoboost, desempenho com certeza tem de sobra, mas espero pelo consumo, o aspirado ja tem numeros otimos, tomara que venha com um melhor ainda

  • Martini Stripes

    Curti, teria outro facilmente.
    Se o Evo Flex não foi como dizem.
    Esse turbo seria excelente.

  • saulo

    Essa cor azul é bacana hein, nao se se é a mesma mas lembra muito o azul dos Gol GTI de 1990, eu particularmente acho muito bonita

  • Lorenzo Frigerio

    Não terá essa altura de rodagem no Brasil de jeito nenhum.

  • No_Name

    Carro do segmento B com rodas 19″… Onde os europeus vão parar com essa “fixação” por rodas grandes? Pra mim, acho que o limite é 18″ em qualquer carro até o segmento D. Rodas maiores ficam um tanto desproporcionais aos carros desses segmentos.

    • T1000

      Parece que ninguém pensa nos buracos daqui. Sou muito mais um aro menor mas um pneu mais alto; entorta menos as rodas, menor chance de rasgar o pneu e maior conforto.

  • Rodrigo

    Renegade “zóio-de-bode”

  • Zé Mundico

    Difícil fazer mudanças cosméticas num carro quadradão. Uma caixa de sapato sempre vai ser uma caixa de sapato.

  • El Gato Negro

    Era para ser uma ofensa? Você é homofóbico ou não é seguro de sua sexualidade? Ou é apenas infantil?

  • Gilberto Silva

    Só achei desnecessário esses apliques vermelhos, coisa mais brega e lembra o Uno Sporting

    • Mauro Schramm

      Esse negócio de teto preto (ou de qualquer cor diferente da cor do carro) também não me agrada.

  • beto

    O mais “suv” dos compactos, gostei das modificações e mantiveram a personalidade que o carro já tinha.

  • Luis Burro

    A Ford demora tanto pra lançar o Bronco q pode mais uma vz parecer copiar o Design do grupo FCA(ver Everest e Durango).
    Os faróis lembram as projeções do Bronco(q ficou muito bonito por sinal) e q será uma lástima a marca do oval azul ñ lançar exatamente como é.

  • Mauro Banqueiro

    Sua por um rim

  • Yamaha Mt-09

    É Fiat Renegade……

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email