Jeep Renegade 2023 aparece em vídeo para concessionários

Jeep Renegade 2023 aparece em vídeo para concessionários

O Jeep Renegade 2023 está perto de chegar, mas antes disso, os concessionários conheceram o produto, que terá como maior destaque, a motorização 1.3 Turbo da linha GSE.

Contudo, o SUV compacto da marca americana trará também uma grande ausência (pelo menos para quem gosta) na mecânica, o motor diesel JTDM 2.0 Multijet, que dará adeus ao pequeno 4×4.

Num vídeo divulgado pelo site Motores e Ação, o Jeep Renegade 2023 aparece em imagens reproduzidas para os revendedores, onde o produto é mostrado por inteiro.

O novo modelo chega com visual mais esportivo, mantendo os faróis full LED atualizados, além de grade remodelada e novos elementos nos para-choques.

Jeep Renegade 2023 aparece em vídeo para concessionários

Com rodas de liga leve redesenhadas, o Jeep Renegade 2023 tem ainda novas lanternas em LED na traseira, enquanto o interior vem com cluster 100% digital e configurável, bem como multimídia com tela de 10 polegadas.

Assim como Compass e Commander, o Renegade 2023 terá também conexão 4G da TIM com Wi-Fi, bem como serviços online e projeção sem fio para Android Auto e CarPlay.

Jeep Renegade 2023 aparece em vídeo para concessionários

Outra novidade será o volante no padrão de Compass e Commander, bem como sistemas de assistência mais sofisticados, como controle de cruzeiro adaptativo com leitor de faixa, detector de pedestres com frenagem autônoma, entre outros.

As mudanças no Renegade incluirão ainda os pacotes das versões Sport, Longitude, Limited e Trailhawk, mas certamente haverá uma opção de acesso adiante para reter o preço, que subirá bastante.

Um dos motivos, além das mudanças, é o fim do motor E.torQ Evo 1.8 de 135 cavalos na gasolina e 139 cavalos no etanol, que já deixou os produtos da Fiat.

Jeep Renegade 2023 aparece em vídeo para concessionários

Com sua saída, entra em ação o GSE 1.3 Turbo, que aqui a Fiat suprimiu o nome Firefly usado na Europa para não confundir com os aspirados.

O quatro cilindros turbinado entrega 180 cavalos na gasolina e 185 cavalos no etanol, bem como transmissão automática de seis marchas no 4×2 e nove marchas no 4×4, que será mantido no pequeno.

[Fonte: Motores e Ação]

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.