Jeep Preços SUVs

Jeep Renegade em versão PCD é vendido por R$ 69.990

renegade-pcd

O Jeep Renegade em versão PCD (Pessoa com Deficiência Física) está sendo anunciada no site da marca americana por R$ 69.990, valor dentro do limite imposto por lei para descontos. Esta versão é adaptada para quem tem limitações motoras e necessita de um veículo com modificações para tornar confortável o dia a dia.

Com motor 1.8 Flex de até 132 cv e transmissão automática de seis marchas, o Jeep Renegade PCD possui suportes que facilitam entrada e saída do veículo, mesmo para quem usa muletas, bengalas e andadores, assim como no caso de cadeirante. Ar condicionado, direção elétrica, ESP, TCS, Hill Holder, entre outros, são oferecidos de série.

Agradecimentos ao Cassiano Mafra.





  • Cassiano Mafra

    Essa versão com os descontos fica poucos mais de 54 mil, agora preciso convencer meu avô a comprar um!

    • Jaderson

      kkkkkkk, boa ideia. Vou procurar me avô tb e ir la negociar.

  • Clovislauro

    Bem que poderia ter essa versão para o varejo também por 69,900, como a Toyota faz com o Corolla GLI aut. com calotas, custa os mesmo 69,900 e qualquer um pode comprar.

    • Paulor1899

      Sério? Achava que só era pra PNE…Considero uma boa, pois só colocaria um som e ficaria show..Não ligo pra jante mesmo.

      • Clovislauro

        Exato. Não me importo com calotas, odeio banco de couro e por 500,00 voce acha um som original igual ao do Gli Upper.

        • Rodolfo

          Exato! A fábrica poderia oferecer essa versão a todos.
          Claro que mimos são legais, mas se formos mesmo analisar, alguns são dispensáveis.
          Não me importo com rodas de liga leve, por exemplo, e quando comprei meu carro, optei por bancos em tecido, e não couro — apesar do vendedor achar estranho, pois esse é um opcional quase que “obrigatório” em certos veículos…

          • shdn2010

            Pois é… engraçado eu ja prefiro couro. Gostos são esquisitos..rsss

            • Rodolfo

              Sim, noto que há uma grande preferência pelo couro — principalmente em certas categorias de automóveis.
              No entanto, moro em um local Muito quente, onde tem incidência de sol praticamente o dia todo, portanto o couro (ainda mais se for preto!) gera um desconforto bastante grande.

  • Gabriel Daveran

    Vix….. agora que vai vender mais ainda…… vai arrebentar

  • Tinho Tenório

    Controles no Volante é um otimo item para pcd, essa versao nao tem. Assim como corolla, fit, city. Ecosport se, fiesta titanium São melhores opçoes

    • Artur

      O problema do Eco e do Fiesta é que vem incluído com o pouco afamado Powershift! Rsrs

      • Tinho Tenório

        Problema do cambio powershift foi solucionado. Ecosport pcd é Mais completo, mais potente e mais economico. Peca no acabamento. Mas entre ele e um carro peladissimo, prefiro o Eco

        • Rodolfo

          Tive uma EcoSport com PowerShift, e foi uma dor de cabeça das grandes.
          Mas falhas mecânicas todos os carros podem ter. A grande questão eram as concessionárias, que na hora de vender trabalhavam muito bem, mas na hora de resolver um problema, tratavam o cliente como lixo.

          No fim, consegui reparar a transmissão do veículo, mas perdi a confiança e o vendi.

        • shdn2010

          Não foi não, tem muita gente com carro do ano ainda com uma baita dor de cabeça.

        • Artur

          Mas você está comparando a Eco com o Renegade, certo? Porque em desempenho, por exemplo, um Corolla é bem superior…
          O problema do Powershift é que de tanta reclamação e casos de defeitos, mesmo que exista realmente uma solução definitiva (o que não sei se é o caso), sempre fica uma pulga atrás da orelha… Eu, por exemplo, não compraria uma Eco automática só por conta do câmbio.
          Por fim, comparando novamente com o Renegade, este ganha em acabamento, qualidade de construção, pós-venda (o da Ford é terrível) e até no “status” de marca premium que a Jeep ostenta.
          Na verdade, se eu fosse comprar um carro PCD, escolheria outra opção (um Corolla, por exemplo). Mas dentre a Eco e o Renegade, certamente iria de Renegade (embora eu respeite sua escolha), considerando, inclusive, que não é “tão pelado” assim, por ofertar câmbio automático com conversor de torque, além de ar condicionado, direção elétrica, ESP, TCS, Hill Holder, freio de estacionamento eletrônico etc. (ou seja, a maioria dos itens de segurança e conveniência que realmente precisamos, não havendo nada de “supérfluo” aí).

  • Mauro Vieira

    Vamos ver se a Honda acorda e atualiza sua politica.
    Há um ano comprei o civic 1.8 dentro dessa legislação.
    Agora não tem mais, e mal dá para comprar um Fit ou City – os “completos” estão fora…

  • Felipe

    Usaram a versão 1.8 abaixo da Sport como base pra versão PCD.
    Incluíram câmbio automático e alças/pegas para facilitar o acesso ao veículo.
    Poderiam ao menos ter usado a versão Longitude como base, ou mesmo a Sport…

  • Leonardo Teixeira

    Esse desconto é valido só para deficientes ou para idoso também? Meu pai de 67 anos pagou 57 mil em um fox i-tranco -.-

    • Artur

      Acho que só o fato de ser idoso não, deve ter algum tipo de doença ou deficiência. Meu pai conseguiu esse benefício porque ele tem um problema na coluna. Mas ele anda e tudo mais, embora não possa carregar peso, fazer esforço, andar por muito tempo etc.

      • th!nk.t4nk

        E tem que ter habilitação de motorista válida né, imagino? Bom, eu acho justa a lei… O cara já tá todo ferrado, merece uma vez na vida um benefício pra se deslocar.

        • Artur

          Sim, tem de tirar nova habilitação (na habilitação fica constando a deficiência, que a pessoa só pode dirigir carro automático e etc.), fazer perícia médica e tudo mais. Parece que nesse ano de 2015 a legislação para tirar esse tipo de CNH ficou mais rígida. Eu não sei exatamente quais são os parâmetros, mas tem despachantes especializados nisso.

          • Leonardo Teixeira

            Obrigado pelas informações

  • Evandro Vieira Teko

    ai me agradou, valeu a pena ter dado uma “xapuletada” de frente com um carro de moto…..kkkkkkkkkkkk, e poder ganhar o desconto agora

  • Bruno Pereira

    Fui ver hoje esse carro. Rodas de ferro, sem radio, bluetooth, etc, sem milha, sem alarme…. Mas por 54k, é uma boa opção. O diesel dá 20% de desconto pra PCD

    • Fernando Gonçalves da Costa

      20 % é um bom desconto não acha?

  • Lucas Zago

    Qualquer versão pode ter isenção do IPI, porém só essa IPI e ICMS.
    As versões a Diesel valem a pena porque a aliquota do IPI sobre veículo a Diesel é maior. Sem contar que as versãos diesel são muito mais atrativas com a sua potência maior e consumo bem menor.

    • Artur

      Exato amigo. Muito bem observado.

    • Fernando Gonçalves da Costa

      Perfeito é exatamente isto.

    • Alexandre

      O combustível diesel também tem subsídio do governo. Nosso país não tem uma mísera malha ferroviária, dai o governo tem q ajudar os caminhões para não tornar o país sem condições de competir nos custos de transporte.

      • Portuga Goleta

        Tem subsídio, mas a querida petrobras nos enfia essa diferença, o Diesel é MUITO mais barato de produzir do que a Gasolina e eles tem preços até que próximos. Segundo meus amigos químicos o Diesel é retirado do resto de refino de petróleo.

  • Gran RS 78

    Jeep vcs poderiam oferecer essa versão para todos os consumidores, pois se o Renegade já vende muito custando mais caro, imagina uma versão automática abaixo dos 70 mil reais.

    • Fernando Gonçalves da Costa

      Comentário infeliz…vc esquece que os preços altos são por causa dos impostos? ou vc acha que uma empresa não tem que ter lucro?

      • Tosoobservando

        Ah se fossem so impostos altos kkkk so que o lucro aqui é 10% enquanto la fora nao passa de 3% por veiculo.

        • Rodolfo

          Sem dúvida há (muita) ganância das fabricantes.
          Mas a dor mesmo foi pegar a nota do meu veículo e encontrar, no valor dos impostos, a quantia de R$40 mil — valor da nota foi R$116 mil.

          É simplesmente estarrecedor a abusiva carga.
          Mas… adianta reclamar? Adianta “espernear”? Alguma vez isso funcionou no Brasil? Heh.
          E só de pensar que os planos são de aumentar impostos…
          PS: foi mais um desabafo do que um comentário construtivo…

          • Tosoobservando

            Kra são dois lados da moeda, se nao fosse esse valor no seu carro, vc estaria reclamando do seu IR ou imposto sobre heranças absurdo. Nos Eua nao tem IPVA mas o seguro é obrigatorio e caro. Na Europa maioria dos países tem bem estar social etc.. mas cobram altos impostos principalmente dos ricos. Sera que os brasileiros iriam aceitar isso?

            • Rodolfo

              Acho que a principal diferença entre “aqui” e “la” é que, por lá, os cidadães ao menos percebem o retorno do imposto.

              Aqui, pago R$40 mil de imposto em um veículo, e ando em ruas esburacadas — não posso falar do País todo, mas ao menos na minha cidade, as ruas são cheias de buracos; é desviar de um para “cair” em outro.

      • Gran RS 78

        Essa é a sua opinião a respeito do meu comentário “infeliz”, mas se vc acha que os preços são altos somente por causa de impostos é melhor vc pesquisar mais sobre o lucro brasil, pois as montadoras aqui no Brasil tem um faturamento bem mais alto que em outras partes do mundo, inclusive mandaram muitos dólares para as matrizes, especialmente entre 2009 até 2013, quando o Brasil estava vendendo muitos carros. Me explica uma coisa então: Como pode a VW vender o Golf alemão mais completo e depois que ele começou a vir do México mais pelado e sem pagar imposto de importação, os preços subiram? Ou mesmo agora que ele virou nacional, e depenaram mais ainda, inclusive na motorização e tbm na suspensão e os preços continuam os mesmo do importado? Me explique isso por favor já que vc acha que os preços altos são por causa dos impostos.

  • Tosoobservando

    Fizeram questão de falar que a marca é americana, gostei!

    • Rodolfo

      Marca americana, plataforma italiana (devidamente adaptada), motor brasileiro (no caso do 1.8-L) ou italiano (no caso do 2.0-L Diesel), câmbio de fabricação americana…
      Uma verdadeira salada multicultural, muito bem preparada!

      Sinceramente, dos pequenos SUVs/crossovers, o Renegade foi o melhor que dirigi até hoje, desde que equipado com o 2.0-L Diesel. É bastante apurado.
      Acredito que assim que houver um Renegade equipado com o 2.0-L flex, derivado do Tigershark 2.4-L americano (há espaço no cofre, e de sobra, já que a versão americana Trailhawk possui o 2.4-L a gasolina), o prazer de condução vai se aproximar da versão 2.0-L diesel — porque com o 1.8-L, é simplesmente inadmissível. Um desastre! 1.7t para 132cv/18kgmf é muito…

      • shdn2010

        Andei em uma a diesel e realmente é um espetaculo, mas infelizmente preços acabam barrando td, e logico que se meterem um motor 1.0 ainda é capaz do brasileiro ir comprar desesperado.

  • 1945_DE

    Acho que vou arrancar um mindinho na prensa la na fábrica. Assim, eu consigo comprar um com esse desconto. KKKKK

    • Rodolfo

      Quem sabe isso não te leva à Presidência da República também? ;-P
      hahahaha!

      • Toni Celestino

        É, mas ainda tem que ver a escolaridade. Se tiver mais do que o ensino primário já não tem como.

        • Rodolfo

          Bem analisado, Toni!



Send this to friend