Esportivos Sedãs Segredos-Flagras Volkswagen

Jetta 2.0 TSI é flagrado com placas verdes no Brasil

Jetta 2.0 TSI é flagrado com placas verdes no Brasil

Uma unidade do Novo Jetta com cor vermelha e placas verdes foi flagrada no Brasil. Divulgada nas redes sociais através da página da autogamconsultoria, as imagens revelam uma estranha versão do sedã médio da Volkswagen, que é importado do México, mas apenas com motor EA211 1.4 TSI Flex de 150 cavalos e 25,5 kgfm, que é nacional.


Embora não seja o recente GLi, apresentado em Chicago, a configuração deste Jetta tem também um ar esportivo, denunciado pelas rodas de liga leve, aparentemente de aro 18 polegadas, assim como pelos frisos pretos envolvendo as janelas.

Jetta 2.0 TSI é flagrado com placas verdes no Brasil

Os faróis duplos de LED com luzes diurnas em LED, envolvendo a lente, também chamam atenção. No entanto, a grade com frisos cromados destoa da suposta proposta do modelo. Na traseira, sem identificação, o misterioso Jetta vem com duas saídas de escape cromadas, indicando o uso do propulsor EA288 2.0 TSI, que provavelmente entrega os mesmos 230 cavalos e 35,7 kgfm do GLi americano.


O interior foi visto também, mas com muito reflexo, dá apenas para divisar que o volante é esportivo, como do GLi. Tem inclusive a mesma costura vermelha, mas o badge no fundo chato não dá para ser visualizado. No interior, o cluster é digital Active Info Display de 10,25 polegadas, como da versão R-Line.

Jetta 2.0 TSI é flagrado com placas verdes no Brasil

Como já se sabe, alguns mercados receberão o Jetta 2.0 TSI, sendo que o argentino terá uma versão GLi, já vista por lá num desembarque de aeroporto. Por aqui, muita gente aguarda a chance de ter a opção mais potente do modelo, visto que o anterior sempre ofereceu a versão Highline com motor 2.0 TSI de 200 cavalos, passados para 211 cavalos em atualização.

Em 2018, o Jetta foi o quinto sedã médio mais vendido com 4.403 unidades. A mudança de geração deixou o modelo maior e com espaço interno ampliado, porém, ceifou a opção mais potente, centrando as atenções no motor 1.4 TSI. Será um novo R-Line? Um Jetta GTS? O que você acha?

[Fotos: Instagram]

Jetta 2.0 TSI é flagrado com placas verdes no Brasil
Nota média 5 de 4 votos

  • Bruno Silva

    Estragaram com essa grade, do GLI americano um milhão de vezes mais bonita, até do próprio R-Line brasileiro é mais bonita.

    • Domenico Monteleone

      ficou igual carro chinês, excesso cromado polui.

      • Matthew

        Caraca mano, o carro tem todo o conjunto do Golf GTI, com câmbio DSG-7, e vocês tão preocupados se a grade é cromada ou preta? Manda pintar da cor que os senhores acharem mais conveniente após a compra que nem a garantia perde. Pro Brasil decidiram fazer uma versão sleeper Highline do que a GLi espalhafatosa que todo mundo paga pau, mas não vende 100 unidades por mês.

        • Gran RS 78

          E quanto que vc acha que esse modelo irá vender no Brasil?, ainda mais pelo preço que a VW irá cobrar por ele.

        • Gran RS 78

          E quanto que vc acha que esse modelo irá vender no Brasil, ainda mais pelo preço que a VW irá cobrar por ele.

        • Joãozinho

          Na minha opinião acertaram. Quando menos papagaiado melhor

        • T1000

          Gastar o valor de um imóvel num carro pra depois ter q gastar mais só pq a VW economizou no cromado é demais pra mim.

        • Nicolas

          Com a polularizacao dos turbos em carros menores e leves a partir deste ano, só um 2.0 Tsi para fazer diferença.

          • Edson Fernandes

            Discordo. Algo que vc nunca terá num compacto é a tecnologia aplicada em um médio. E é aí que tem o pulo do gato. Mas a VW não pode cortar custoscomo fez no 1.4 que trás essa impressão.

    • JOSE DO EGITO

      hunnnn complete a frase: Menina veste rosa e menino veste………………..?

      • Bruno Silva

        ??????

      • Marcelo Ecosta

        Na sua foto de perfil, menino veste vestidinho branco. Ou seja: tudo é possível neste mundo.

        • JOSE DO EGITO

          kkkkkkk vestidinho branco !!! ta certo .Quando vc ve um magistrado de toga preta vc tambem acha que ele esta de vestidinho preto?????

        • Ronald

          🤣🤣🤣 o sujeito põe uma foto com esta indumentária “egípcia”, ainda diz que é de lá, não deve bater bem. Dá um desconto…🤣🤣🤣

      • Lucas de Lucca

        Menino veste uma armadura do Batman, porque o Batman é legal, tá okay?

        • Verdades sobre o mercado

          é talquei …

          • Lucas de Lucca

            hahahahaha

      • Emanuel

        Roupa

    • Joãozinho

      Eles pegaram a lógica da Honda, que tem a linha Sport e EX mais baratas (uma mais malvada e a outra mais elegante) e coloca o Touring como top de linha, não necessariamente esportivo.

      O mesmo se passa com Corolla XRS “”””esportivo””” (entre muitas aspas) abaixo do top, que é mais sérião e tal.

      Eu concordo com essa ideia, pois se fosse comprar um desses sedãs eu pegaria o top de linha, e não gosto de carro papagaiado com bodykit esportivo.

      • Bruno Silva

        Então, o Jetta anterior era assim, versão Highline passava totalmente despercebida. Mas esse aí ficou no meio termo, aí não ornou grade cromada com essa roda. Ou faz logo GLI, ou lança versão toda sóbria.

        • Edson Fernandes

          Se bem que o GLi sem duvida deu um visual mto mais interessante.

          • Filipe Augustus

            Mas será que aqui no Brasil só pelo fato de ser GLI o seguro não seria maior do que uma “pacata” Highline?

            • Edson Fernandes

              Ele ficaria caro se for considerado um carro esportivo. Se a Volkswagen trouxesse ele com o visual do GLi mas sob a sigla highline, que impacto isso teria?

              • Filipe Augustus

                Exatamente isso que eu estou pensando, será que não utiliza essa artimanha para baixar o seguro e deixar o Jetta com um custo benefício melhor?

      • Lucas de Lucca

        No caso do hatch acho que as rodas escuras ficam bem bonitas. No sedan ja não curto.

  • Feliphe Santos

    Seu por 134.990,00

    • F30FLORIPA

      Muto mais, se Golf GTi começa em 160, o Jetta 2.0T deve chegar à partir de 150 na melhor das hipóteses.

      • Feliphe Santos

        Bom.. de diferencial ao R-Line, que vai até 125 (com teto solar), se for só o motor, suspensão traseira independente, as rodas e apliques estéticos semelhantes ao GLI, não faz muito sentido subir o preço mais do que isso. Chuto no máximo 139 mil. 134 é minha previsão otimista ao máximo

        • Gran RS 78

          Mas sentido é uma frase que não se aplica a VW, vide a versão 1.4 tsi do Golf que custa 112 mil reais, enquanto a GTI custa inacreditáveis a partir de 140 mil reais.

          • Ric53

            Considerando que um Civic Touring sai pela bagatela de cento e trinta paussss..

            • Gran RS 78

              Caríssimo tbm, mas essa versão vendeu pouco, nem 5% das outras versões, lembrando que vc consegue um Civic Touring por uns 122 mil reais nas concessionárias.

              • Ric53

                E o Civic SI então? Mais raro de ver na rua que qualquer super esportivo

                • Gran RS 78

                  O problema do Civic si é que ele só tem versão com cambio manual, o que acaba afastando uma boa parcela do público, que geralmente são pessoas mais velhas com alto poder aquisitivo, pois ele seria um segundo ou terceiro carro da família, diferentemente do Jetta GLi, que pode ser usado no dia a dia, e tem cambio automático e 4 portas.

                  • Ric53

                    Vou além.. Honda não tem um cambio automático ou solução automatizada de alta performance, Toyota nem sequer dispõe de um motor turbo. As japas fizeram seu nome nos anos 2000 e agora oq entregam pro consumidor? Lixo

                    • DeTomaso

                      Dá onde tirou isso? A Honda tem um câmbio automático de 10 marchas usado no novo Accord e outro de 09 marchas usado no NSX, ambos aguentando uma bela patada de torque (se isso não é um câmbio de alta performance, não sei o que é). A toyota possui um 2.0 turbo de 245 CV usado no Lexus IS. Dizer que eles entregam lixo ao consumidor, não faz sentido. Eles oferecem carros para todos os tipos de gostos, basta ter $$ pra pagar. E nem sou fã das japonesas, possuo um Volvo, mas falar que eles não tem tecnologia, é pegar pesado.

              • Thiago

                Chegaram a me oferecer um civic touring preto por 120 mil em concessionária antes da virada do ano.

              • Edson Fernandes

                Consegue até mais barato. Eu já vi por R$118000 na cor branca.

          • Edson Fernandes

            Pera… aqui vale um grande parenteses que tudo no GTI é reforçado/superior.

            Se tudo fosse compartilhado entre o TSI 1.4 e GTI beleza, mas aqui sabemos que o GTI é outro produto. Tanto que mal comparando, o Sandero RS apesar de ser um Sandero, passou por um banho de esportividade para ser oferecido como é. E se comparar com a versão “Civil.” tem um pulo de quase R$10000 sobre ela.

            • Gran RS 78

              Mas isso tbm vale para o Jetta normal e o GLi, pois ele tbm tem freios melhores, suspensão multilink, cambio dsg banhado a óleo etc.

              • Edson Fernandes

                Olha, no Comfortline de geração passada, muitos itens eram compartilhados entre eles. O Comfortline era super dimensionado.

                Não a toa com o motor 1.4 TSI eles realmente tiraram essa super dimensão das peças. Mas no outro? (2.0 flex) era bastante.

                Tanto que até hoje, o 2.0 flex é alvo de um carro super robusto perto do 2.0 TSI (que literalmente tudo custa o dobro)

        • Verdades sobre o mercado

          Tem também o câmbio que é DSG contra o AT convencional do JEtta 1.4. Isso é outra diferença importante.

          • Vitor

            Não o câmbio do Jetta é dsg também só que é de seis marchas.

            • Verdades sobre o mercado

              Você está equivocado, no Novo Jetta 1.4 o câmbio é o AT6 convencional.

              • Vitor

                É verdade agora vi que tem conversor de torque, obrigado!

      • Verdades sobre o mercado

        GTI começa em 149k … creio que o JEtta 2.0 TSI deve começar 10k mais barato.

      • TijucaBH

        Por 150k ele briga com o Passar. Acredito em uns 140k

      • fsjal

        O Passat tá a partir de 164 mil
        Se encostar nele, a única coisa que a VW vai fazer é tirar venda um do outro. Vai ter que posicionar no máximo em 150 e olhe lá. Dá pra fazer isso, uma vez que o R-Line chega no máximo a 126 mil

        • Filipe Augustus

          Mas o Passat da pra comprar com pelo menos uns 10 ou 15 mil de desconto, como eu disse lá em cima, a menos que o modelo 2019 com facelift chegue a 180 mil, passar o Jetta acima de 150 seria estupidez da Volkswagen!

      • Feiradesantana Bahia

        desse preço melhor partir pra Mercedes

        • F30FLORIPA

          Nem precisa ir tão longe, é só ficar com o Passat.

      • Filipe Augustus

        A menos que o Passat com facelift chegue a 180 mil, eu acho que o Jetta não deve passar disso que você falou!

    • Das Assalto

      O mais engraçado é que você acha esse valor alto, mas na prática será 160 ou até mais.

    • Emanuel

      Se chegar nesse preço agradece pela bondade da VW auhauhau

  • dallebu

    Evidentemente tentaram tirar um pouco a caracterização esportiva do GLI buscando agradar o público alvo brasileiro, mais conservador, mas o desempenho empolgante vai ser mantido, é o que importa.

    • 4lex5andro

      Um dos melhores carros do mercado, referência no segmento de sedans e ainda bem atualizado, apesar de caro.

      Sendo bem equipado e motorizado, além da plataforma moderna, a questão da grade é o de menos.

  • Dod 2019

    Virtus Vermelho Tornado tamanho GG.

    • Leo

      Esses dias um colega do trabalho quase apostou dinheiro comigo que um Jetta parado na rua era um Virtus.

  • Marcelo Ceno Dutra

    Se vier vai matar o Passat

    • Verdades sobre o mercado

      Negativo, são públicos diferentes.

    • cepereira2006

      O Passat já está morto. Faz no mínimo 3 anos que não vejo um na rua. Se você for a uma revenda VW também não vai ver.

      • fsjal

        Na minha cidade eu vejo muito.
        Mês passado vendeu 187 unidades, o que é bom pra um carro desse valor. Ficou atrás apenas da 320i.

        • Thiago

          Pois é, todo mundo fala do passat, mas ninguém compra ele, e olha que a VW baixou bastante os preços de dele de 180 mil para até 155 mil (mesmo preço da 320i modelo antigo em promoção):
          Unidades vendidas em 2018:
          1 – MB classe C 5.041
          2 – BMW série 3 3.268 (isso que já lançaram o modelo novo na Europa)
          3 – FORD fusion 2.576 (isso que a ford já vinha dando sinais de abandono do carro)
          4 – AUDI A3 sedan 1.991 (mais barato, tudo bem)
          5 – MB CLA 1.399 (tiveram algumas promoções, eu sei, mas custava o mesmo preço do passat a versão de entrada e a CLA 250 passava de 200k)
          6 – AUDI A4 1.041
          7 – VW passat 888
          Fonte: site motor1

          • Edson Fernandes

            Confesso que considero como futura aquisição usado. Ele tem tecnologia embarcada boa e para sua motorização é um carro até economico.

            • Thiago

              Como usado acho altamente recomendável, muito melhor que todos os outros da lista acima, com manutenção mais barata (semelhante ao fusion) e dá menos dor de cabeça.
              Das premium a que menos incomoda é a MB (C180), mas a manutenção não é das mais baratas (tenho uma GLA com 45.000km 2015 e nunca incomodou).
              A 320i é a preferida no mercado de usados, mas o seguro te castiga e é comum dar problema nos periféricos do motor, sendo que tu encontra muitas usadas bem “surradas”.
              O passat e o fusion acho opções que vão te dar menos “sustos” a um preço bem mais em conta.
              Meu pai tem um fusion 2013 2.0T FWD desde zero com quase 150 mil km e todas as revisões feitas em concessionária e o preço das revisões e das peças é bem tranquilo.
              Já o passat é um projeto mais moderno, mas imagino que a manutenção seja igual ao jetta em matéria de preço.

          • fsjal

            A fonte que eu puxei, da Fenabrave, indica o acumulado de 1.474 Passats vendidos em 2018.

            O Fusion sempre vendeu bem mais que o Passat pq sempre vendia bem abaixo por vir do méxico. Até ano passado dava pra comprar o Titanium AWD por 130 mil 0km. Agora com essa alta absurda, o principal trunfo do Fusion, que era o c x b, acabou.

            Sem contar que o Passat não tem o status que um BMW Série 3 e um MB Classe C oferecem, mesmo que sejam mais pelados.

  • Joãozinho

    Acertaram em retirar o extravagante bodykit, que agrada a poucos.

    Eu acho que por não ser da grife supervalorizada GTI, o preço dele vem abaixo do Golf, por mais estranho que pareça.

    Logo, deve ficar entre o R-Line completo (R$ 126 mil) e abaixo do GTI (R$ 149 mil).

    Chuto R$ 140.000 sem teto.

    • Gran RS 78

      Gosto é gosto, mas o diferencial era justamente a frente bem mais invocado que os demais Jetta. Esse ficou com a cara sem graça das demais versões, ainda mais se levarmos em conta que esse carro custará fácil uns 140 mil reais, muito caro para ser confundido com as versões de entrada dele.

  • Fabão Rocky

    N consigo distinguir do Virtus! rsrsrsrsrsrs

    • Verdades sobre o mercado

      De traseira concordo, mas ande nos 2 e verá a diferença…

      • Edson Fernandes

        Isso não parece importar para um possível comprador. É como qdo eu falo do Fluence: Faltam rir da minha cara, até andarem em um.

  • Murilo Soares de O. Filho

    Pode vir sem grade mesmo, não seria minha opção nesta faixa de preço.

  • Ric53

    Eu e a minha quedinha por carros potentes na cor vermelha 😍

    • Edson Fernandes

      Estamos juntos! Ainda mais no caso do jetta que gera um destaque imediato.

      • Ric53

        Tem um ou outro 2.0 tsi vermelhos espalhados pelo Brasil, pqp que carro lindo!

  • vicegag

    Que beleza, tiraram a foto do meu futuro carro,…. tá em destaque no reflexo do vidro da última foto :(

    • leomix leo

      Fiesta baiano?
      L200?

  • Ricardo

    Provavelmente já devidamente depenado e sem opção de câmbio manual!

  • Ricardo

    Só no Brasil que hatchs são mais caros de sedãs!

  • Ricardo Blume

    Precinho de lançamento: 140 k. Depois de 30 dias o bicho começa a pegar.

  • Rubens Rogatto

    ira passar dos 150K….

    • cepereira2006

      Só se fumarem muita maconha. O anterior se tirava por 120k e já não vendia.

  • Speed Racer

    Talvez seja Higline mesmo. É tradição no mercado brasileiro o Jetta com o motor mais potente ter um visual mais comportado que na minha opinião é ótimo, faz jus à fama de “lobo em pele de cordeiro” ou “o esportivo disfarçado de sedan”.

  • Mauro Banqueiro

    O motor do cívic será atualizado, o Corrola será apimentado, aliado a questão da pouca manutenção, os japonês vão continuar sempre a frente…

    • Dag Drollet

      Motor? Nem nos EUA isso aconteceu com o Civic. O que mudou foi apenas alterações estéticas e na interface de mídia.

      • Mauro Banqueiro

        Europa é o mercado onde os japoneses metem tudo que for possível nos seus carros.

        Em qua, 13 de fev de 2019 11:38, Disqus <notifications@disqus.net escreveu:

  • Fiquei feliz por saber que o 2.0 TSI realmente vem para o Brasil (a grade que se dane). Só me preocupa o preço, tendo em vista que o 1.4 TSI já está caríssimo. Aí encostaria no preço do Passat. Mas aí é capaz da VW BR jogar o preço do Passatão para mais alto ainda, tendo em vista o facelift recente. Ou seja: bons produtos, mas cada vez mais incompráveis para nós mortais.

  • Dreidecker

    Essa suspensão multilink traseira deveria vir em todas as versões dos Jettas para o diferenciar definitivamente do Virtus.

  • Abdallah

    Se vier…..aposto frouxo acima dos 145 mil.

  • Hugo Silva

    A VW continua usando esse motor 2.0 TSI que da muito problema, por isso não vendo como os japoneses.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email