Matérias NA Sedãs Volkswagen

Jetta 2012: fotos, preços, motor, consumo, desempenho, manutenção

Jetta 2012: fotos, preços, motor, consumo, desempenho, manutenção

O Jetta 2012 foi a sexta geração do sedã médio da Volkswagen, que chegou em 2011 para dar continuidade ao segmento da marca no mercado brasileiro. Importado do México, o modelo teve uma boa redução de custo na produção.


Fabricado em Puebla, o Volkswagen Jetta de sexta geração foi simplificado em seu projeto para reduzir os custos de produção e de desenvolvimento. Feito sobre a plataforma PQ35, o sedã chegou com duas opções de motor.

O Jetta de sexta geração substituiu dois modelos anteriores que cumpriam a função de atuar no segmento médio, sendo o Volkswagen Bora num nível mais baixo e o Jetta de quinta geração acima.

Aqui, o Jetta chegou com versões Comfortline, equipada com motor 2.0 8V de até 120 cavalos e Highline com 200 cavalos em seu propulsor 2.0 TSI com câmbio de dupla embreagem DSG de seis marchas.

Com tração dianteira, o Jetta Highline foi considerado por algumas locadoras como um “carro esporte”, devido ao desempenho. Foi um carro bem apreciado em sua época, tem uma boa resposta ao acelerador.

O Jetta 2012 teve mudanças em sua estrutura, que ficou mais segura e leve, tendo um acabamento simplificado, com mais plásticos duros e menos soft touch, mas com novos itens tecnológicos.

O modelo foi duramente criticado na época, mas em sua versão Comfortline, que tinha eixo de torção na traseira. A discrepância entre as versões era grande no quesito técnico.

Antes dele, a Volkswagen emplacava dois modelos: Bora e Jetta V. O primeiro era a quarta geração do modelo, produzido também em Puebla e com motor 2.0 8V de 116 cavalos e câmbio automático de 4 marchas.

Esse modelo era mais barato e sofreu facelift oriundo da China. Desde o começo dos anos 2000, o Bora era o principal sedã médio da VW, mas o Santana ainda era o de maior volume.

Na outra ponta, a Volkswagen adicionou a quinta geração do Jeta, que veio junto com a perua. Também feito no México, esse modelo era maior e mais estiloso, empregando materiais de melhor qualidade no acabamento.

O motivo é que a quinta geração do Volkswagen Golf, da qual ele deriva, é considerada a mais cara já feita pela VW, tanto que nem pôde ser produzida aqui, assim como sua continuidade, a sexta geração.

Dessa forma, o Jetta V era um carro bem melhor que o Bora e até considerado superior à sexta geração. Era equipado unicamente com motor 2.5 de cinco cilindros e 170 cavalos, tendo câmbio automático de cinco marchas.

O Jetta V atuava acima do Bora e era considerado bem luxuoso, mas na mudança de geração, a VW precisava produzir o novo carro na China e tinha de simplificá-lo.

Dessa forma, o Jetta 2012 virou um carro global, mas não teve a mesma atenção nos detalhes em comparação com o anterior. Isso se acentuou mais na sétima geração, a atual, que ficou ainda mais simples, apesar da digitalização.

Contudo, além de manter o 1.4 TSI de 150 cavalos, acrescentou o 2.0 TSI de 220 cavalos no Jetta GLI, que tem uma pegada realmente esportiva.

O primeiro motor estreou no Jetta de sexta geração alguns anos depois, já quando este passou a ser montado pela Volkswagen na fábrica da Anchieta. O EA211 1.4 TSI substituiu o 2.0 Flex antigo.

O Jetta VI ainda viu a suspensão multilink ser adicionada ao Comfortline, enquanto o 2.0 TSI do Highline ganhou 11 cavalos, alcançando 211 cavalos.

Jetta 2012 – detalhes

Jetta 2012: fotos, preços, motor, consumo, desempenho, manutenção

Com estilo equilibrado e bem sóbrio, o Jetta 2012 tem linhas mais aerodinâmicas e trazia uma frente com faróis duplos com parábolas, lanternas e repetidores de direção.

O visual do conjunto ótico era equilibrado e se integrava bem ao desenho horizontalizado da grade, que tinha dois frisos cromados. Já o para-choque tinha spoiler integrado com faróis de neblina e molduras envolventes.

A grade inferior era dividida em três partes, tendo ainda sensor de estacionamento dianteiro. Os retrovisores eram longos e aerodinâmicos, tendo repetidores de direção. Eles e as maçanetas eram na cor do carro.

As colunas B eram pretas, enquanto as colunas C eram largas para reforçar a proposta de robustez, diferente da geração seguinte. Na traseira, o porta-malas era pouco pronunciado e tinha tampa elevada no porta-malas.

As lanternas eram grandes, retangulares e duplas com iluminação em LED, cortadas pela tampa. O para-choque tinha a parte inferior em preto, por causa do acabamento do defletor. O escape era oculto no 2.0 e duplo no 2.0 TSI.

O Jetta 2012 tinha ainda rodas raiadas aro 16 polegadas com pneus 205/55 R16 na versão Comfortline, enquanto a Highline tem rodas de estilo parecido com 17 polegadas e pneus 225/45 R17.

Por dentro, o Jetta 2012 chamava atenção por ter três opções de cores de acabamento, inclusive bege, cinza e preto. O ambiente podia ser totalmente preto e ou em dois tons.

O cluster era analógico com conta-giros, velocímetro, nível de combustível e temperatura da água. Já os difusores de ar são retangulares, tendo ainda multimídia com tela de 6,1 polegadas com navegador GPS.

Tendo Bluetooth, USB, CD e SD Card, bem como ar condicionado manual ou ar condicionado automático Climatic ou Climatronic dual zone. O Jetta 2012 podia ter câmera de ré.

O volante em couro com comandos multifuncionais e ajuste em altura e profundidade, além de paddle shifts para trocas manuais. O seletor da transmissão automática tem círculos com as posições de marcha, tendo alavanca esportiva.

Já o freio de estacionamento era manual, não tendo a função Auto Hold, como no Tiguan. As portas possuíam comandos dos vidros junto com os dos retrovisores. Os bancos eram bem envolventes e de tecido, mas com opção de couro.

A porta do motorista dispõe de comando para abertura do porta-malas. O acabamento em couro podia ser preto, cinza ou bege. O teto solar era um item opcional, assim como vários outros dispositivos na Comfortline.

No banco traseiro havia apoios de cabeça e apoio de braço, bem como cintos de segurança de 3 pontos para todos. As portas possuem apliques metalizados. Para quem ia atrás, o espaço era bom, apesar que o entre eixos era curto.

O Jetta 2012 tinha ainda retrovisor interno eletrocrômico e luzes de leitura. No porta-malas, cabiam 510 litros e tinha ainda iluminação e tampa de abertura elétrica.

Jetta 2012 – versões

Jetta 2012: fotos, preços, motor, consumo, desempenho, manutenção

O Jetta 2012 chegou apenas nas versões Comfortline com transmissão manual ou automática, além da Highline apenas automatizada de dupla embreagem.;

  • Volkswagen Jetta Comforline 2.0 MT
  • Volkswagen Jetta Comforline 2.0 AT
  • Volkswagen Jetta Highline 2.0 TSI DSG

Equipamentos

Jetta 2012: fotos, preços, motor, consumo, desempenho, manutenção

Volkswagen Jetta Comforline 2.0 MT – Motor 2.0 e câmbio manual de seis marchas, mais ar condicionado automático, direção hidráulica, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, faróis duplos, rodas de liga leve aro 16 polegadas, pneus 205/55 R16, faróis de neblina, retrovisores com repetidores de direção, grade com frisos cromados, vidros elétricos nas quatro portas, travamento central elétrico, retrovisores com ajustes elétricos, computador de bordo, sistema de áudio com CD player e MP3, Bluetooth, controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, bloqueio eletrônico do diferencial, freios com ABS e EDB, discos de freio nas quatro rodas, suspensão traseira por eixo de torção, chave-canivete com telecomando, bancos em tecido, banco do motorista com ajuste de altura e lombar, cintos de 3 pontos, apoios de cabeça para todos, Isofix, Top Tether, porta-luvas iluminado, fonte 12V, luzes de leitura, retrovisor interno dia e noite, espelhos iluminados nos para-sois, abertura elétrica do porta-malas na porta do motorista, difusores de ar no banco traseiro, entre outros.

Opcionais: Multimídia com CD player e SD com navegador GPS, câmera de ré, sensor de estacionamento, ar condicionado automático dual zone, volante multifuncional, piloto automático e teto solar elétrico.

Volkswagen Jetta Comforline 2.0 AT – Itens acima, mais transmissão automática Tiptronic de seis velocidades com volante com paddle shifts.

Opcionais: Multimídia com CD player e SD com navegador GPS, câmera de ré, sensor de estacionamento, ar condicionado automático dual zone, bancos em couro e teto solar elétrico.

Volkswagen Jetta Highline 2.0 TSI DSG – Alguns itens acima e mais opcionais, além de motor 2.0 TSI e câmbio de dupla embreagem DSG de seis marchas, suspensão traseira multilink, rodas de liga leve aro 17 polegadas, pneus 225/45 R17, acabamento com detalhes metalizados, sensor de estacionamento dianteiro, entre outros.

Opcionais: Bancos em couro com cores diferenciadas e teto solar elétrico.

Preços

Jetta 2012: fotos, preços, motor, consumo, desempenho, manutenção

Os preços do Jetta 2012 estão de acordo com os praticados no mercado de usados, onde o sedã pode ser encontrado em bom estado, sendo que as opções automáticas são as melhores. O Highline precisa de atenção por causa do uso esportivo.

  • Volkswagen Jetta Comforline 2.0 MT – R$ 40.990
  • Volkswagen Jetta Comforline 2.0 AT – R$ 42.990
  • Volkswagen Jetta Highline 2.0 TSI DSG – R$ 48.990

Jetta 2012 – motor

Jetta 2012: fotos, preços, motor, consumo, desempenho, manutenção

O Jetta 2012 empregou dois motores de famílias diferentes da Volkswagen, sendo eles o EA113 e o EA888. O primeiro é a evolução do icônico EA827, que foi o primeiro motor a água da marca alemã, oriundo da Audi.

O EA113 é a evolução que originou o AP no Brasil, tendo ainda bloco em ferro fundido, cabeçote em alumínio com duas válvulas por cilindro, comando único acionado por correia dentada e eixo acionador da bomba de óleo.

Posicionado em transversal, esse EA113 tinha cabeçote de fluxo cruzado, que era diferente do usado no AP, tendo assim coletor em plástico passando sobre a tampa de válvulas.

Com tuchos hidráulicos, o propulsor era considerado bem confiável e com bom torque em baixa. Embora a rotação plena fosse aos 4.000 rpm para a força, ela aparecia quase toda aos 2.500 rpm.

Acoplado à caixa MQ200 com seis marchas e embreagem de acionamento hidráulico, o EA113 2.0 8V tinha ainda opção do câmbio automático Tiptronic de seis marchas com conversor de torque e trocas manuais na alavanca e volante.

Esse propulsor estava em uso desde o primeiro Golf GTi que chegou ao Brasil, em 1994. Equipou Bora, New Beetle e esta geração do Jetta 2012, tendo sempre 116 cavalos na gasolina a 5.000 rpm.

Com tecnologia flex por pré-aquecimento do combustível na partida a frio com etanol, o EA113 entregava 120 cavalos a 5.000 rpm nesse combustível.

O torque era de 17,7 kgfm na gasolina e 18,9 kgfm no álcool, ambos a 4.000 rpm. Apesar da pouca potência, tinha uma boa força disponível em torque.

O outro motor empregado pelo Jetta 2012 era o conhecido EA888. Este propulsor é bem mais moderno que o anterior, tendo sua construção muito semelhante, mas usando alumínio, ele tem cabeçote com 4 válvulas por cilindro.

Com duplo comando de válvulas variável, o 2.0 usa a sigla TSI que, em resumo, significa injeção direta de combustível de alta pressão e estratificada, que acompanha o turbocompressor com intercooler.

Empregando bobinas individuais para cada vela, o propulsor tem comandos acionados por correia dentada, embora exista uma variante com corrente em uso na Audi.

Com esse conjunto, o EA888 da primeira geração entregava 200 cavalos a 5.100 rpm e 28,5 kgfm a partir de 1.700 rpm, chegando mesmo a 4.500 rpm. A potência máxima podia ir até acima de 6.000 rpm.

Elástico, o 2.0 TSI tinha respostas imediatas ao acelerador e cortava a rotação acima de 6.500 rpm. Combinado com a transmissão automatizada de dupla embreagem DSG tinha seis marchas com discos a seco.

Com modo Sport e mudanças manuais na alavanca e paddle shifdts no volante, o Jetta Highline conseguia um excelente desempenho, superando facilmente os rivais.

Na DSG, cujo funcionamento compreende dois eixos de engrenagens que operam em paralelo, sendo que cada disco de embreagem sempre permanecerá conectado, reduzindo assim a perda nas mudanças de marcha e melhor desempenho.

Essa era a geração I do EA888, que algum tempo depois, recebeu uma atualização,que elevou a potência em mais 11 cavalos, porém, manteve o torque.

A segunda geração desse motor é a Gen II, que elevou a potência para 220 cavalos e o torque saltou para 35,7 kgfm. Essa é a geração que chegou ao Jetta VII e que aqui equipou Golf GTI e Passat.

Já a geração Gen III é focada na eficiência energética, usando o ciclo Miller para trabalhar em um regime de funcionamento ideal para economia e desempenho. Ele tem 186 cavalos e 32,6 kgfm.

O EA888 é o principal motor da Volkswagen, garantindo saídas de 186 cavalos a mais de 300, chegando mesmo a obter 400 cavalos num conceito do Golf R.

Desempenho

Jetta 2012: fotos, preços, motor, consumo, desempenho, manutenção

No desempenho, o Jetta 2012 tem um bom resultado com o motor 2.0 8V, que permitia ao sedã ir de 0 a 100 km/h em 10 segundos no manual e pouco mais de 11 no automático.

Já o Jetta Highline tinha um desempenho excepcional, indo de 0 a 100 km/h em pouco mais de 7 segundos e com máxima de quase 240 km/h. Por conta disso, foi considerado um carro esporte sem ser exatamente esportivo.

  • Volkswagen Jetta Comforline 2.0 MT – 10 segundos e 202 km/h
  • Volkswagen Jetta Comforline 2.0 AT – 11,1 segundos e 198 km/h
  • Volkswagen Jetta Highline 2.0 TSI DSG – 7,3 segundos e 238 km/h

Consumo

Jetta 2012: fotos, preços, motor, consumo, desempenho, manutenção

O consumo do Jetta 2012 é de modo geral bom, mesmo no 2.0 aspirado e limitado da linha EA113, que chegava a fazer 11 km/l na estrada e 9 km/l na cidade, usando gasolina. No álcool, os números eram piores.

Já o Jetta Highline tinha um consumo muito bom para o tanto que andava, chegando a fazer 12 km/l na estrada e 9 km/l na cidade. A injeção direta e o alto torque em baixa rotação, favorece a frugalidade.

  • Volkswagen Jetta Comforline 2.0 MT – 6,3/8,0 km/l e 9/11 km/l
  • Volkswagen Jetta Comforline 2.0 AT – 6,1/7,8 km/l e 8,8/10,8 km/l
  • Volkswagen Jetta Highline 2.0 TSI DSG – 8,9/12,1 km/l

Jetta 2012 – manutenção e revisão

Jetta 2012: fotos, preços, motor, consumo, desempenho, manutenção

O plano de manutenção da Volkswagen para o Jetta 2012 só existe nas concessionárias da marca, já que no site da VW apenas à partir do modelo 2015, cujos preços seguem abaixo.

Com valores de R$ 3,6 mil a mais de R$ 5 mil, nota-se que o propulsor EA888 gera um custo bem melhor, ficando dentro da média esperada. Já o EA113 não é culpado do custo mais alto e sim a configuração do carro.

Nos serviços da VW, troca-se óleo lubrificante, filtro de óleo, fluido de freio, filtro de ar, filtro de ar da cabine, filtro de combustível, velas, correia em V, correia dentada, entre outros.

Nas revendas VW, procede-se inspeção de vários itens e, porventura, serviços diversos, como pintura e funilaria, elétrica, troca de pneus, alinhamento, balanceamento, cambagem, instalação de acessórios, entre outras reparações.

Os valores das revisões são tabeladas e isso funciona para toda a rede VW, que antes tinha apenas os valores das duas primeiras prefixados, enquanto os demais eram praticados livremente.

A política da VW mudou com a chegada do Novo Polo, onde também mudou-se a norma de revisões a cada 6 meses, passando a ser de 12 meses. Assim, as revisões são feitas a cada 10.000 km normalmente.

Revisão10.000 km20.000 km30.000 km40.000 km50.000 km60.000 kmTotal
2.0 8VR$ 546,53R$ 546,53R$ 1.237,73R$ 721,73R$ 721,73R$ 1.237,73R$ 5.011,98
2.0 TSIR$ 378,27R$ 378,27R$ 869,47R$ 553,47R$ 553,47R$ 869,47R$ 3.602,42

Jetta 2012 – ficha técnica

Jetta 2012: fotos, preços, motor, consumo, desempenho, manutenção

Motor2.0 8V2.0 TSI
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm319841984
Válvulas816
Taxa de compressão11,5:19,6:1
Injeção eletrônicaIndireta FlexDireta
Potência máxima116/120 cv a 5.000 rpm (gasolina/etanol)200 cv a 5.100 rpm (gasolina)
Torque máximo17,7/18,4 kgfm a 4.000 rpm (gasolina/etanol)28,5 kgfm a 1.700 rpm (gasolina)
Transmissão
TipoManual de 5 marchas ou automático de 6 marchasAutomatizado de dupla embreagem de 6 marchas
Tração
TipoDianteiraDianteira
Direção
TipoHidráulicaElétrica
Freios
TipoDiscos dianteiros e traseirosDiscos dianteiros e traseiros
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPherson
TraseiraEixo de torçãoMultilink
Rodas e Pneus
RodasLiga leve aro 16 polegadasLiga leve aro 16 polegadas
Pneus205/55 R16225/45 R17
Dimensões
Comprimento (mm)4.6444.644
Largura (mm)1.7781.778
Altura (mm)1.4731.473
Entre eixos (mm)2.6512.651
Capacidades
Porta-malas (L)510510
Tanque de combustível (L)5555
Carga (Kg)514565
Peso em ordem de marcha (Kg)13461375
Coeficiente aerodinâmico (cx)0,300,30

Jetta 2012 – fotos

https://www.youtube.com/watch?v=Xg7WUhOSbFY

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

      Quem somos

      O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

      Notícias por email