Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

O Jetta 2014 chegou ao mercado brasileiro com duas novidades, uma muito almejada por donos do sedã médio da Volkswagen e a outra pelos fãs da versão mais potente, que ficou ainda melhor com um adicional.


Oferecido nas versões Comfortline e Highline, o Jetta recebeu no primeiro caso, a suspensão traseira multilink, que era oferecida apenas na versão mais cara e potente. Rival de Honda Civic, Toyota Corolla e Chevrolet Cruze, chegou bem.

Outra novidade era a direção eletro-mecânica de série. Com a multilink, o sedã passou a ser mais estável e confortável, tendo um comportamento melhor da versão Comfortline, equipada com EA113 2.0 de até 120 cavalos e 18,4 kgfm.

Esse propulsor de bom torque em baixa rotação funcionava com uma caixa MQ200 de cinco marchas ou uma Aisin TF-60SN de seis marchas, chamada Tiptronic. Tinha opção de mudanças manuais na alavanca e volante.

Só que esse conjunto mecânico criava um abismo entre essa versão Comfortline e a topo de linha Highline, praticamente outro carro. Aliás, entre os motoristas particulares e empresas do setor, essa versão era considerada “carro esporte”.

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

Não servindo muito para atendimento de frotas executivas, o Jetta Highline atendia muito bem os clientes que queriam um “sleeper car” genuíno. Com o propulsor EA888 2.0 TSI, o sedã já tinha uma potência muito boa anteriormente.

Jetta 2014 – detalhes

Mas, o Jetta 2014 adicionou mais 11 cavalos ao propulsor com turbocompressor, intercooler e injeção direta estratificada, que passou a entregar 211 cavalos com os mesmos 28,5 kgfm.

Além disso, se já não bastasse um motor com força bruta em tempo integral, o Jetta Highline ainda dispunha da caixa automatizada de dupla embreagem DSG de seis marchas, a DQ250 com discos banhados a óleo.

Com modo Sport, mudanças na (bela) alavanca ou nos paddle shifts do volante, a versão Highline tinha desempenho de esportivo, indo até 100 km/h em 7,2 segundos. Ele alcançava 241 km/h e nem precisava ser um GLI…

Bem equipado, o Jetta Comfortline vinha com um bom pacote de equipamentos, destacando-se sistema de áudio com CD/Bluetooth/USB, câmera de ré, quatro airbags, rodas de liga leve aro 16, ar-condicionado digital, entre outros.

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

Mas, opcionalmente, podia ter teto solar elétrico, airbags de cortina, rodas de liga leve aro 17, ar-condicionado dual zone, bancos em couro ou mesmo sistema de som com oito falantes, entre outros.

Na Highline, o pacote de série era quase tudo isso, tendo ainda como opcional faróis bi-xênon, luzes diurnas em LED, bancos dianteiros com ajustes elétricos, rodas aro 17 personalizadas, entre outros.

Com design bem conservador e equilibrado, o Jetta 2014 era bem funcional em suas linhas e sem proposta emocional, ainda mais com o Highline focando em padrão premium com quatro opções de padronagem interna, apesar do motor.

Medindo 4,64 m de comprimento, 1,77 m de largura e 2,65 m de entre-eixos, o Volkswagen Jetta dessa geração chama atenção por ter a mesma distância dos eixos que o atual VW Virtus, numa padronagem própria da marca alemã.

Seu porta-malas de 510 litros era mais que suficiente para suas pretensões, enquanto o espaço interno era considerado bom, tendo um painel amplo e completo, inclusive com direito à multimídia com tela de 6,5 polegadas.

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

As opções de bancos em couro marrom, preto, cinza e bege chamava atenção, tornando o Jetta um carro bem personalizável nesse caso. Com boa dirigibilidade, tinha direção bem responsiva na Highline.

Importado do México, o Jetta 2014 vinha com um preço competitivo na base, mas a Highline ficava muito distante e não havia uma opção intermediária, o que correu pouco tempo depois com a chegada do motor 1.4 TSI de 150 cavalos e 25,5 kgfm.

Usando um motor longevo, mas de bom torque e confiabilidade, na Comfortline, faltava ao Jetta um propulsor mais forte para se aproximar do 2.0 TSI, que não tinha equivalente em sua categoria no mercado nacional.

Ainda assim, o modelo teve boa receptividade no mercado nacional, chegando mesmo a ser parcialmente fabricado na planta da Anchieta, em São Bernardo do Campo, pouco antes da chegada da sétima geração.

No mercado de usados, é um carro apreciável, mas é preciso observar a manutenção e a quilometragem, visto que o perfil de proprietário roda muito anualmente. Para quem procura conforto, desempenho e conteúdo, o Jetta 2014 é interessante.

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

O Jetta 2014 tinha faróis com dupla parábola e lâmpadas comuns, porém, com piscas integrados e lanternas na parte inferior da lente retangular. Na versão Highline, o conjunto portava projetor duplo de xênon (facho alto e baixo).

Este vinha ainda com luzes diurnas em LED (diodos isolados), além de repetidores de direção. A grade preta e retangular apresentava dois frisos cromados e logotipo padrão da VW. Já o para-choque tem frisos cromados na Highline.

Havia ainda faróis de neblina e spoilers pronunciados na base do protetor, que tinha ainda uma grande grelha inferior. O Jetta vinha de série com rodas de liga leve aro 16 polegadas e pneus 205/55 R16, mas havia opção de aro 17 polegadas.

Este vinha de série na Highline, que contava ainda com pneus 225/45 R17, além de opção de rodas escurecidas. Nas laterais, maçanetas e retrovisores eram na cor do carro, tendo estes últimos repetidores de direção.

Na Highline havia frisos cromados na base dos vidros, que eram verdes e acompanhavam o para-brisa degradê. O vidro traseiro tinha desembaçador. Na traseira, as lanternas eram grandes e cortadas pela tampa do porta-malas.

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

Já o para-choque tinha refletores quase laterais, além de sensor de estacionamento (que no 2.0 TSI também tinha na frente). A base do protetor era preta e o escape era duplo, mas sem cromado. A tampa do bagageiro abrigava a placa.

No teto, antena curta em preto brilhante era padrão, tendo ainda teto solar elétrico de tamanho pequeno como opcional nas duas versões. Por dentro, o Jetta 2014 tinha uma padronagem específica em cada versão.

Tinha opção de quatro padrões de acabamento em couro e tonalidades, sendo todo preto, além de partes do painel, portas e inteiramente os bancos em cinza, marrom ou bege para atender os mais exigentes.

Nas cores mais claras, os apliques das portas e painel eram em cinza brilhante, enquanto no preto era em preto brilhante. O painel tinha revestimento soft, mas não estendido na mesma proporção às portas.

O conjunto frontal era bem funcional e pouco chamativo, tendo cluster analógico de ótima visibilidade, tendo conta-giros, nível de combustível, temperatura da água e velocímetro, assim como computador de bordo e iluminação branca.

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

Ao centro, havia um dispositivo de rádio com CD player, Bluetooth e USB, que possuía comandos de mídia e telefonia no volante, assim como da multimídia com tela de 6,5 polegadas, presente na versão Highline.

Esta vinha ainda com câmera de ré, indicadores de sensor de estacionamento frontal e traseiro, entre outros. O volante multifuncional tinha aplique em aço escovado e função do computador de bordo. O piloto automático ficava na coluna.

Com assistência elétrica, a direção do Jetta 2014 tinha ajustes em altura e profundidade na coluna de direção. Ao centro novamente, havia dois dispositivos de climatização, sendo o Climatic (digital) e Climatronic (dual zone).

O porta-luvas era amplo, iluminado e resfriado, enquanto as portas tinham apoios inclinados para os comandos dos vidros elétricos e travas, visto que os retrovisores elétricos tinham comando junto ao puxador da porta do condutor.

Na porta do motorista havia ainda um comando bem abaixo, para abertura da tampa do porta-malas. A iluminação geral era vermelha e os bancos eram bem confortáveis, com costuras bem alinhadas, sendo de tecido.

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

A opção de couro com cores variadas era desejável, com o banco do motorista tendo ajuste em altura ou regulagens elétricas na Highline. Havia ainda ajuste lombar. Atrás, o banco era bipartido com apoio de braço e porta-copos.

Todos os cintos de segurança eram de três pontos e retráteis, sendo dos dianteiros reguláveis em altura e pré-tensionados. Havia quatro bolsas infláveis no interior do Jetta Comfortline, sendo duas frontais e duas laterais.

Na Highline ainda havia airbag de cortina, bem como controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa e bloqueio eletrônico de diferencial.

O Jetta 2014 tinha sistema de som com quatro alto-falantes padrão, mas havia opção de quatro tweeters na Comfortline e de série na Highline. Alças de teto, retrovisor interno eletrocrômico, espelhos iluminados nos para-sois e luzes de leitura.

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

Sensores de chuva e crepuscular também faziam parte do pacote, dependendo da versão. No Jetta Highline, os retrovisores externos tinham basculamento elétrico. Todos os lugares tinham apoios de cabeça ajustáveis.

Também havia sistema Top Tether e Isofix para ancoragem e fixação, respectivamente, de cadeiras infantis. Havia fontes de 12V na frente e atrás, além de porta-revistas e porta-objetos sob o apoio de braço central dianteiro.

O porta-malas era todo forrado e iluminado, tendo ainda travas de segurança para abertura interna em caso de sequestro, bem como redes laterais para pequenos objetos. Eram bons 510 litros.

Jetta 2014 – versões

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

  • Volkswagen Jetta Comfortline 2.0 manual
  • Volkswagen Jetta Comfortline 2.0 automático
  • Volkswagen Jetta Highline 2.0 TSI DSG

Equipamentos

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

Volkswagen Jetta Comfortline 2.0 manual – Motor 2.0 e transmissão manual de cinco marchas, mais faróis duplos, faróis de neblina, rodas de liga leve aro 16 polegadas, pneus 205/55 R16, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, vidros verdes, vidro térmico traseiro, para-brisa degradê, antena curta, maçanetas e retrovisores na cor do carro, bancos em tecido, banco do motorista com ajuste em altura, direção elétrica, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, volante multifuncional em couro, sistema de com CD/USB/Bluetooth, quatro alto-falantes, alarme, chave-canivete com telecomando, vidros elétricos, travamento central elétrico, retrovisor dia e noite, sensor crepuscular, sensor de chuva, retrovisores elétricos, banco traseiro bipartido com apoio de braço central, freios ABS, ar-condicionado automático, quatro airbags, entre outros.

Opcionais: Rodas de liga leve aro 17 com pneus 225/45 R17, teto solar elétrico, ar-condicionado dual zone, piloto automático e som com oito alto-falantes.

Volkswagen Jetta Comfortline 2.0 automático – Itens de série acima, mais câmbio automático Tiptronic de seis marchas com mudanças na alavanca e volante, mais piloto automático.

Opcionais: Rodas de liga leve aro 17 com pneus 225/45 R17, teto solar elétrico, ar-condicionado dual zone e som com oito alto-falantes.

Volkswagen Jetta Highline 2.0 TSI DSG – Todos os itens acima, exceto teto solar elétrico, mais motor 2.0 TSI e câmbio DSG de seis marchas, multimídia com GPS e detalhes cromados.

Opcionais: Rodas de liga leve aro 17 esscurecidas, teto solar elétrico, banco do motorista elétrico, entrada presencial e botão de partida e faróis bi-xênon com LEDs diurnos.

Preços

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

  • Volkswagen Jetta Comfortline 2.0 manual – R$ 65.990
  • Volkswagen Jetta Comfortline 2.0 automático – R$ 69.010
  • Volkswagen Jetta Highline 2.0 TSI DSG – R$ 89.990

Jetta 2014 – motor

Jetta 2014: motor, desempenho, consumo, preço, versões, detalhes

O Jetta 2014 era equipado com motores EA113 2.0 8V e EA888 2.0 TSI. O primeiro era de arquitetura antiga com 116 cavalos na gasolina e 120 cavalos no etanol, ambos a 5.000 rpm.

Os torques eram de 17,7 kgfm no primeiro e 18,4 kgfm no segundo, a 4.000 rpm. Ele tinha câmbio manual de cinco marchas ou automático Tiptronic com seis velocidades e mudanças manuais na alavanca ou volante.

Já o 2.0 TSI do Jetta Highline tinha 211 cavalos a 5.500 rpm e 28,5 kgfm a 2.000 rpm, sendo um propulsor moderno e muito potente, que trabalhava com o automatizado de dupla embreagem DSG de seis marchas e banhado a óleo.

Desempenho

 

  • Volkswagen Jetta 2.0 manual – 10,0 segundos e 202 km/h
  • Volkswagen Jetta 2.0 automático – 11,1 segundos e 198 km/h
  • Volkswagen Jetta 2.0 TSI DSG – 7,2 segundos e 241 km/h

Consumo

  • Volkswagen Jetta 2.0 manual – 6,3/8,0 km/l e 8,9/11,0 km/l
  • Volkswagen Jetta 2.0 automático – 6,1/7,8 km/l e 8,8/10,8 km/l
  • Volkswagen Jetta 2.0 TSI DSG – 8,9/12,1 km/l

Jetta 2014 – manutenção e revisão

As revisões do Jetta 2014 são feitas a cada 10.000 km ou 12 meses (antes eram seis meses), com preços das revisões sendo consultadas na rede Volkswagen.

O serviço inclui troca de óleo do motor, filtro de óleo, velas, correia em V, correia dentada, filtro de ar, filtro do ar-condicionado, fluido de freio, entre outros.

Jetta 2014 – ficha técnica

Motor 2.0 2.0 TSI
Tipo
Número de cilindros 4 em linha 4 em linha
Cilindrada em cm3 1984 1984
Válvulas 8 16
Taxa de compressão 11,5:1 9,6:1
Injeção eletrônica Indireta Direta, turbo
Potência máxima 116/120 cv a 5.000 rpm (gasolina/etanol) 211 cv a 5.500 rpm (gasolina)
Torque máximo 17,7/18,4 kgfm a 4.000 rpm (gasolina/etanol) 28,5 kgfm a 2.000 rpm (gasolina)
Transmissão
Tipo Manual de 5 marchas ou automático de 6 marchas Automatizado de dupla embreagem de 6 marchas
Tração
Tipo Dianteira Dianteira
Direção
Tipo Elétrica Elétrica
Freios
Tipo Discos dianteiros e traseiros Discos dianteiros e traseiros
Suspensão
Dianteira McPherson McPherson
Traseira Multilink Multilink
Rodas e Pneus
Rodas Liga leve aro 16 polegadas Liga leve aro 17 polegadas
Pneus 205/55 R16 225/45 R17
Dimensões
Comprimento (mm) 4.644 4.644
Largura (mm) 1.778 1.778
Altura (mm) 1.473 1.473
Entre eixos (mm) 2.651 2.651
Capacidades
Porta-malas (L) 510 510
Tanque de combustível (L) 55 55
Carga (kg) 540 540
Peso em ordem de marcha (kg) 1.311 (MT) 1.346 (AT) 1.378
Coeficiente aerodinâmico (cx) 0,30 0,30

Jetta 2014 – fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.