Mercado Motos

Kasinski está parada e Zongshen foi embora

A fabricante de motocicletas Kasinski está totalmente parada agora em 2014. A marca Kasinski, que desde o ano de 2009 (cerca de cinco anos atrás) era associada à empresa chinesa Zongshen – fechou a sua fábrica por aqui e promete mudar-se para uma planta bem menor na cidade de Manaus / AM.

Em 2011, a empresa causou uma boa impressão aqui no mercado brasileiro ao lançar uma série de produtos de maior qualidade do que anteriormente, deixando de ter a reputação anterior entre os consumidores.


No entanto, o ano de 2012 foi de uma crise bem forte no setor, pois todos os bancos restringiram o acesso das pessoas ao crédito, em especial voltado para o segmento de motos de baixa cilindrada, o que afetou diretamente a marca da Kasinski, pois quem compra esse tipo de produto geralmente financia pelo menos uma parte do valor da moto junto a um banco ou financeira.

Além disso, a promessa de produção de bicicletas elétricas na cidade de Itatiaia / RJ, não foi para a frente, morreu na praia. A empresa até chegou a sair da Abraciclo, entidade do setor das motos. Agora, a marca chinesa Zongshen não faz mais parte do negócio e a Kasinski busca sozinha algumas parcerias estratégicas para voltar ao mercado com a força de antes.

A empresa diz que ainda tem cerca de 80 lojas espalhadas no país. Bom, nesse aspecto, o mercado internacional possui muitos fabricantes com ótimos produtos, especialmente com origens na China, Índia, Taiwan e Coréia do Sul.


Vamos então ver o que acontecerá com a Kasinski daqui para a frente. Você acha que a empresa irá se recuperar, conseguindo assim voltar a vender novos modelos de motos com boa qualidade, agradando ao mercado brasileiro? Além disso, o que você acha dos modelos já lançados da marca Kasinski? Gosta deles? Tem algum na sua garagem?

[Fonte: Automotive Business]

Kasinski está parada e Zongshen foi embora
Este texto lhe foi útil??

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email