Kia Sportage 2022 convive com 2021 e parte de R$ 195.990

Kia Sportage 2022 convive com 2021 e parte de R$ 195.990

O Kia Sportage chegou à linha 2022, mas apenas parcialmente, porque o modelo 2021 continua a ser vendido no pacote P.161 com preço sugerido de R$ 139.990. Já as opções P.264 e P.265 se apresentam custando R$ 195.990 e R$ 204.990, respectivamente.


Importado do México, o Kia Sportage 2022 traz esses dois pacotes bem mais completos que a opção de entrada, que ainda não foi renovada.

Ainda que tenham conteúdo interessante, as duas versões vêm com o conhecido motor Nu 2.0 aspirado com 156 cavalos na gasolina e 167 cavalos no etanol, além de transmissão automática de seis marchas.

Por essa faixa de preço, o Kia Sportage 2022 já deveria portar o Gamma 1.6 TGDI de 177 cavalos usado no primo Hyundai New Tucson, que custa R$ 169.990 na versão GLS e R$ 189.990 na Limited, lembrando que o mesmo é fabricado em Anápolis-GO.

Kia Sportage 2022 convive com 2021 e parte de R$ 195.990

Ainda assim, o Kia Sportage não paga impostos de importação, mas é cotado em dólar para a importação. De qualquer forma, o SUV da irmã coreana tem um estilo mais atraente que o parente da Hyundai.

Oferecido em cores Azul Mercúrio, Branco Sólido, Branco Neve, Cinza Aço, Prata Metálico, Preto Pérola e Vermelho Intenso, o SUV cobra de R$ 2.000 a R$ 2.500 nas pinturas metálicas e perolizadas.

Como destaque, a P.264 vem com belas rodas aro 19 polegadas, teto solar panorâmico, seis airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, luzes diurnas em LED,. lanternas em LED, multimídia com tela de 8 polegadas, projeção para Google Android Auto e Apple CarPlay, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, câmera de ré, paddle shifts, freio de estacionamento eletrônico, piloto automático, chave presencial com botão de partida, ar-condicionado dual zone, sensor de chuva e crepuscular, bancos em couro, entre outros.

Além dessa opção, a P.265 traz faróis de LED, alerta de ponto cego e tráfego cruzado na traseira, bem como carregador indutivo de smartphone.

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.