Kombi esportiva: Volkswagen confirma ID Buzz GTX

volkswagen id buzz 3

Durante a apresentação da nova linha de esportivos elétricos GTX, sigla adotada para os carros da linha ID, a Volkswagen confirmou que até a minivan ID Buzz GTX chegará ao mercado mundial.


Silke Bagschik, Diretora de Vendas e Marketing da família ID, comentou: “Vamos expandir continuamente esta marca e oferecer uma variante GTX para cada modelo ID no futuro, do ID.3 ao ID. Buzz”.

Isso mostra que a minivan elétrica da VW, uma releitura moderna da clássica Kombi da primeira geração, seguirá para um nível acima, onde algumas vans na Europa também flertam com a esportividade.

No caso específico da ID Buzz GTX, isso será mais apurado, com pelo menos 299 cavalos nos dois motores elétricos, bem como ajustes finos de direção, suspensão e freios.

vw

Com visual levemente personalizado, a ID Buzz GTX deverá portar bancos esportivos apenas na frente, mas o monovolume elétrico é somente um dos vários modelos da linha GTX.

Como já mencionado por Bagschik, o ID.3 também terá uma versão GTX e a mesma foi adiantada com um conceito apresentado por Herbert Diess há algum tempo, mas com mais de 330 cavalos.

O que se verá na realidade é um ID.3 GTX com o mesmo desempenho dos demais modelos da linha GTX, que no momento se limitam a 299 cavalos.

A Volkswagen ainda confirmou que uma proposta semelhante surgirá para o ID.6, sendo atualmente vendido somente na China.

vw gtx 1

O que se fala ainda é que a linha GTX e, em especial, os modelos ID maiores, terão baterias maiores, com 100 kWh pelo menos e com autonomia em torno de 500 km no ciclo WLTP.

No momento, a VW está promovendo os modelos ID.4 GTX e ID.5 GTX, que apresentam motor elétrico com 109 cavalos e traseiro com 204 cavalos.

Com torque de 16,5 kgfm na frente e 32 kgfm atrás, a dupla de carros esportivos tem autonomia de 500 km e 512 km, respectivamente, ambos com baterias de 77 kWh.

Em estação de 135 kW, o tempo de recarga rápida (até 80%) alcança 36 minutos e garante 337 km de autonomia no ID.4 GTX e 376 km no caso do ID.5 GTX.

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.