Antigos Australia Clássicos Leilões Veículos Comerciais Volkswagen

Kombi Samba Bus 1960 foi vendida por R$ 457 mil em leilão na Austrália

kombi-samba-bus-au-1-700x467 Kombi Samba Bus 1960 foi vendida por R$ 457 mil em leilão na Austrália

Em janeiro, um exemplar da Kombi Samba Bus 1955 foi leiloado no Reino Unido pela bagatela de R$ 270.890. O valor até parece preço sugerido e foi dado ao segundo exemplar do modelo que chegou ao país, embora nunca tenha sido vendido oficialmente.



No entanto, ainda dentro da Commonwealth, outro exemplar da famosa Volkswagen Kombi Samba Bus foi ainda mais longe em termos de preço. Um exemplar foi leiloado na Austrália e o lance vencedor era de AU$ 202.000 ou equivalente a R$ 470.934!

kombi-samba-bus-au-2-700x467 Kombi Samba Bus 1960 foi vendida por R$ 457 mil em leilão na Austrália

Sim, é um valor astronômico, mas com certeza sempre existe alguém para bancar a oferta, como nesse caso. A Kombi Samba Bus australiana é do modelo 1960 e tem pintura “saia e blusa” Paprika Red & White. O comercial da Volkswagen se destaca pelo excelente estado de conservação, facilmente notado nas imagens.

Com nada menos que 23 janelas, a Kombi Samba Bus 1960 ainda dispõe de para-brisa bipartido basculante, bem como teto solar panorâmico com tecido retrátil e interior em tonalidade marrom claro e bege. Destaque para o difusor de ar “natural” que atravessa a parte superior da cabine.

kombi-samba-bus-au-4-700x467 Kombi Samba Bus 1960 foi vendida por R$ 457 mil em leilão na Austrália

Os bancos em vinil, os detalhes cromados e as rodas de aço com calotas devidamente brilhantes sem dúvidas atraíram a atenção de muitos colecionadores. O visual interno chega a surpreender mais do que o externo. A Kombi T2 chegou ao mercado australiano em 1953 e passou a ser montada em Melbourne no ano seguinte.

Galeria de fotos da Volkswagen Kombi Samba Bus 1960:

[Fonte: Shannons Auction]

  • ALVIN_1982

    Hoje parece que não, mas as Kombi Last Edition vão valer muito daqui uns 80 anos… Essa Samba com certeza baterá 1 Milhão rapidinho.

    • pedroo

      compra uma e lucre de dentro do caixão

      • Felipe Rodrigues

        KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK CHOREI

    • ObservadorCWB

      Espero que tenha sido irônico….

  • GPE

    Um charme!

  • Fernando S.

    Que desperdício de dinheiro. Se comprasse qualquer uma outra até o ano 2013 seria praticamente idêntica, tanto externa quanto internamente. kkkkkk

    • Vinícius

      Cara vc tá loko? Não tem noção na raridade que é essa Kombi Samba? Ela é procurada pelo mundo inteiro, num país da Europa, Noruega se não me engano, um colecionador fez uma busca milionária pra resgatar uma Kombi Samba que ficou no fundo de um lago por 35 anos, para restaurar provavelmente só por prazer de ter um carro extremamente raro. Dá uma pesquisada nessa história, tem até vídeos no YouTube do resgate dela com guindastes e mergulhadores. E essa é mais rara ainda porque tem volante do lado direito.
      No programa de TV a cabo “Caçadores de Relíquias” também, eles pagaram 40 mil dólares numa Kombi Samba que não tinha interior, portas, vidros, metade do forro do chão nem uma lateral inteirinha, muito menos motor e transmissão, é uma Kombi pra quem tem muito dinheiro sobrando.

      • Filipe Augustus

        Cara, aqui no Brasil o que tem valor é Hyundai, é as nave e blá blá blá, e Gol Bolinha, Golf sapão, Gol batedeira, porque se eu falar BX a maioria das pessoas já não vão saber ;) história é só pra mim ou pra você que gosta de carro!

      • afonso200

        LIXOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO.
        prefiro um cadillac eldorado 1978, um lincoln town coupe 1979

        • Lorenzo Frigerio

          Eu pegaria um Eldorado 67, um Continental 66.

  • Alvaro Guatura

    Acabamento beeem superior se comparado ao da versão nacional, como sempre.

  • pedro rt

    por melhor e mais rara q seja nao acho q valha os 202mil dollars australianos

  • Wagner Lopes

    Tem que ser muito cheio de $$$$$$$$$ e muito pobre de espírito pra cometer uma loucura destas……….

    • LoganVB

      Tem que ser muito pobre de espírito dizer o que você disse. Coleções não existem para serem explicadas, ou valorizadas conforme os itens. 10 g de ouro é um preço, se for de uma estátua do Egito essas 10 g valerá muito mais. Pelo valor histórico.

      • Wagner Lopes

        Realmente. A estupidez humana não tem explicação.

        • Alessandro Lagoeiro

          E o que explica quem sabe o que é melhor fazer COM O DINHEIRO DOS OUTROS?

  • vicegag

    Então não é de agora que os modelos montados aqui são pelados em relação aos mesmos montados no exterior.

  • Walter Costa

    Pega uma combi véia normal (uns R$ 20.000,00), monta igual essa aí (uns R$ 10.000,00), vai num país onde a transformação de característica é aceita (a taxa no Brasil é uns R$ 150,00, só). Mas em outros países cucarachas vizinhos mudam até o documento inteiro e o modelo do veículo, daí, tendo gasto uns R$30.000,00, na bicha, manda ela pra Austrália e fature meio milhão, hehehehehe.

    • Offspring

      Acha simples… né? Enganar os outros? Que beleza…

      Eles fazem levantamento de documento, já que a VW tem arquivado o número de série de todos os carros pós 1950. Há número de série, chassis, plaqueta de identificação, etc…

      Em tempos: restaurar uma Kombi no Brasil em padrões internacionais dá um gasto em torno de 20 mil dólares.

      • Walter Costa

        Vc não entende ironia, piada, nada, né? Não mandei enganar, critiquei o pagador do leilão, só isso. Outra coisa, se você quer ensinar a enganar os outros, conseguiu, pois o fraudador agora sabe (através de vossas informações) que é só pegar um chassis velho de uma Kombi Samba Bus original, ou uma qualquer de antes dos anos 50 e montar o resto em cima.
        O que eu critico aqui também, é que o próprio “entusiasta” que paga meio milhão nisso, se fosse um colecionador e apaixonado autêntico, poderia montar uma com menos de R$ 30.000,00, exatamente como faria um fraudador, como expliquei acima, mas não para ganhar dinheiro imoral, ou para inflacionar o preço dos clássicos.

        • Alessandro Lagoeiro

          Desculpa, mas você é contraditório: Se ele é colecionador e apaixonado autêntico ele JAMAIS faria como um fraudador. E para esses dinheiro não é problema.

          • Walter Costa

            Pronto! Mais um que não entendeu o que eu falei… Quando eu disse para o colecionador fazer igual ao fraudador, foi no sentido de ter a mão de obra, ou o prazer de garimpar peças originais, e montar um carro passo a passo. Não era para o sujeito ir fraudar o documento! Era para ele pegar um chassi de uma do modelo querido (Samba Bus) e montar até a restauração completa. É um hobby dos entusiastas tal montagem, assim como fazem os donos de Opala ou Mavericks brasileiros, até conseguirem a sonhada placa preta. Sacou?

            • Alessandro Lagoeiro

              Pelo seu raciocínio, não existiria colecionador de selos ou de quadros…

              • Walter Costa

                Pelo seu raciocínio é possível comprar peças de reposição para remontar um selo ou um quadro, tornando-o completo e autêntico. O colecionismo de carros é algo diferente, passa por restauração, resgate,e, E, tendo montado com peças originais, a unidade finalizada, passa a ser uma unidade clássica, reconhecida, e, no Brasil, leva uma placa preta de originalidade. Daí, tendo mais unidades de outros modelos e marcas, só então, o sujeito tem uma coleção.

                • Alessandro Lagoeiro

                  Desculpa, mas você está considerando um modelo de coleção para dar razão ao seu argumento inicial. Se o cara tem todas as versões de Porsche na casa deles desde o lançamento e não pegou em nenhuma chave de boca ele não é colecionador? Se ele tem todas as gerações do Chevrolet A ao Astra, passando por Chevette e Kadett e nem sabe apertar uma porca ele não é colecionador? O cara queria um item raro. Teve dinheiro para comprar e só porque ele não montou ele não é colecionador? Eu gostaria de ter um Tempra original. Se eu comprar, levarei para restauração em mecânicos e funileiros. Logo, os profissionais que contratei serão os colecionadores?
                  E não há diferença da placa preta se comprei uma raridade inteira ou se reformei um carro.

                  • Walter Costa

                    Onde que eu afirmei que só é colecionador de carros aquele que monta o carro? Onde que afirmei que existe diferença de placa preta para carro inteiro ou restaurado? No caso da placa, ela valoriza mais o veículo, ela atesta que ele é uma porcentagem igual ou muito próxima de 100% do original, ela é o desejo máximo de um entusiasta em tê-la em seu veículo, pois. E, quanto a ser entusiasta autêntico, explico melhor; É aquele que gasta tempo e esforço em busca do que quer, e não investindo o mero dinheiro alto num leilão! O sujeito que inflaciona o valor de um bem, ao aceitar o preço exorbitante de um leilão pode até ser entusiasta, mas pega mal demais tal atitude, abre margem, abre discussão, como há mesmo em outros comentários aqui, que o sujeito fez a compra por mero capricho, ou porque o dinheiro estava sobrando, ou porque tinha preguiça em buscar montar um exemplar para si. Independente de tudo isso, ele pode ser sim um colecionador, pois para isso não é requisito ser um restaurador, ou mecânico, obviamente. Agora, outro ponto, se o comprador comprou o carro porque; 1- era a paixão dele ter um, 2-ele tinha o dinheiro, e 3-não era possível montar um igual, beleza! Fez o que tinha que fazer. Fim de papo.

  • João Carlos

    Já vi abaixo que os NCApeiros se revoltam toda vez que veêm um carro antigo. Quanta falta de conhecimento e cultura…

  • Luis

    Entendi porque é raridade. É um VW sem a frente do Gol/Voyage/Saveiro/Jetta/Golf/Variant/EOS/Tiguan…………..

  • CignusRJ

    Porque do nome Samba?

    • ObservadorCWB

      É porque os passageiros costumam chacoalhar um bocado dentro desta Kombosa…. Quem sabe depois do Fusca Itamar não poderia vir a Samba do Criolo Doido da DiLLma ???

  • jkpops

    eu pagaria uns 10K só pra tirar uma onda de vez em quando

  • JoãoAVR

    Pelo menos pelas fotos, a Kombi que foi vendida primeiro (por 270 mil) parecia estar melhor que esta ai.

  • afonso200

    LIXOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    • Offspring

      Lixo é tua falta de cultura, animal…

  • Gabriel Ferreira

    “Melhor pagar 270 mil numa combi ,do que pagar 50 mil no CrossUP”! Compriendo o valor histórico desse veículo, mais pagar 270 mil numa combi!será que o comprador não tinha nada melhor pra fazer com esse dinheiro não!

    • Alessandro Lagoeiro

      Sinceramente, acho que dinheiro não é problema para ele. Você compraria se fosse 27 reais? Eu imagino que os 270 mil para ele seja como 27 reais para mim.

  • Gutto Morais

    É triste ver que muitos aqui não entendem que um carro de coleção raríssimo não é avaliado pela potencia do motor, pelo acabamento ou pela esportividade simplesmente. O cara que paga 450 mil por uma Kombi sabe muito bem o que está fazendo. Ele provavelmente mora em uma mansão, tem um monte de carros inclusive pode andar de Porsche novo ou Lamborguini no dia a dia e o que ele deseja é o que todos os colecionadores super ricos desejam “exclusividade máxima” e por isso a busca por modelos raríssimos em ótimo estado de conservação. Por isso esqueçam os seus gostos pessoais, eles não são e nunca serão referência nenhuma no mundo dos colecionadores ricos….

  • automotivo

    O Australiano também é ´´apaixonado por carros´´.

  • Pomarola

    Uma pequena corração, as primeiras Kombi montadas na Austrália são as T1, que é esse modelo aí, as T2 já são as Clipper, assim como as nossas de 1976 pra cima. As T3 são as Vanagon.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend