Lada Niva Travel: ex-GM russo abre caminho num mercado em crise

Lada Niva Travel: ex-GM russo abre caminho num mercado em crise

Em mercados sensíveis aos preços e em momentos de crise, carros baratos e confiáveis são o que muitos desejam ter na garagem. A simplicidade muitas vezes garante o que se precisa para o dia a dia, como ir e vir.

Assim, em muitos mercados, modelos vetustos que já deveriam ter virado artigos de livros de história automotiva, seguem firmes em produção e o Lada Niva Travel mostra que estão até ampliando a coisa.

Recentemente, a AvtoVAZ constatou que as vendas do pequeno SUV, feito originalmente para a General Motors, aumentaram na medida que a crise da pandemia afetou o mercado russo.

Lada Niva Travel: ex-GM russo abre caminho num mercado em crise

Assim, a Lada ampliou a gama de versões de um modelo que já tem 20 anos nas costas e somente agora assumiu a identidade russa como Niva Travel.

Além da versão original, se une agora a Black com duas versões (Comfort e Luxe) para oferecer menos, porém, com preços reduzidos, de forma a atingir o consumidor russo de baixo poder aquisitivo.

Isso nos fez lembrar do Chery Tiggo básico, que ainda existe na China e oferece o mínimo possível para ser mais barato. Seria mais ou menos como ter o primeiro Ford EcoSport ainda em produção.

No caso do Niva Travel, que chegou lembrando a Fiat Palio Weekend Adventure e que depois foi simplificado num pacote Comfort menos exagerado, agora chega num formato mais “Way”, digamos assim.

Lada Niva Travel: ex-GM russo abre caminho num mercado em crise

De qualquer forma, o Niva Travel Black tem rodas de liga leve em preto brilhante, bem como para-choques pretos e saias de rodas de mesma cor.

Retrovisores pretos e barras longitudinais também fazem parte do pacote, com interior com padronagem mais simples que o Niva Travel Black.

Com suspensão elevada e robusta, o Lada Niva Travel Black tem plataforma herdada do clássico Niva, porém, com carroceria desenhada pela GM para o Chevrolet Niva, lançado no fim dos anos 90.

Na mecânica, o sempre antigo e confiável 1.7 de quatro cilindros com 80 cavalos. O câmbio é manual e a tração, obrigatoriamente 4×4 com reduzida. Quanto? Equivalente a R$ 68.900 na Comfort e R$ 75,1 mil na Luxe.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.