China Crossovers Governamental/Legal Land Rover Mercado

Land Rover vence batalha judicial na China contra clone do Evoque

Land Rover vence batalha judicial na China contra clone do Evoque

Embora esteja em crise, com vendas em baixa, prejuízos do Brexit e possibilidade de uma fusão (comenta-se que a PSA está interessada), a Jaguar Land Rover tem algo para comemorar. A montadora inglesa, sob controle da Tata Motors, conseguiu uma importante vitória na justiça chinesa.


Após longa batalha judicial contra a Jiangling Motor Corporation (JMC), em caso sobre a clonagem do Range Rover Evoque, o Tribunal Distrital de Pequim Chaoyang emitiu uma decisão favorável ao fabricante inglês contra a marca que lançou o Landwind X7, o famoso clone do crossover de luxo britânico.

Na visão do tribunal chinês, a semelhança exagerada entre os produtos, levou à confusão dos consumidores. Assim, a justiça local determinou o encerramento imediato da produção e comercialização do modelo Landwind X7. Além disso, a Jaguar Land Rover deverá receber da JMC uma indenização.

Land Rover vence batalha judicial na China contra clone do Evoque


A vitória da JLR na justiça chinesa é um grande passo na guerra contra a clonagem de veículos, algo comum no mercado local. “Congratulamo-nos com esta decisão da Corte de Pequim, que fortalece ainda mais nossa confiança em investir na China e na imparcialidade da adjudicação de propriedade intelectual nos tribunais chineses”, diz Keith Benjamin, diretor jurídico global da Jaguar Land Rover.

Benjamin completa: “Essa decisão é um sinal claro de que a lei está sendo implementada adequadamente para proteger os consumidores e manter seus direitos de modo que eles não sejam confundidos ou enganados, enquanto protegem o investimento empresarial em design e inovação.”

O Landwind X7 surgiu em 2015 e logo chamou a atenção por ser exatamente uma cópia do Range Rover Evoque. Até mesmo características de personalização eram semelhantes com o crossover de luxo. O modelo da JMC, marca que aqui no Brasil vende caminhões leves sob a Effa Motors, tentou ainda modificar levemente o SUV diante da repercussão negativa e da ação da JLR, que ainda não havia ganhado a causa.

Land Rover vence batalha judicial na China contra clone do Evoque

O Landwind X7 chegou mesmo a ser cogitado para ser vendido no mercado internacional e até por um importador brasileiro. Agora, espera-se que a Jaguar Land Rover não tenha um novo clone da geração atual do Evoque na China. Apesar disso, a prática de forma geral continua firme e forte por lá.

Curiosamente, a JMC é sócia da Ford (via Changan) e fabrica o crossover Yusheng S330, que acabou virando o Ford Territory, mostrado aqui no Salão do Automóvel. Nesse caso, trata-se de uma engenharia reversa feita de forma legal, diferente do caso do Evoque.

[Fonte: Autocar]

Land Rover vence batalha judicial na China contra clone do Evoque
Nota média 5 de 4 votos

  • Unknown

    Chineses, sendo chineses…

  • Alberto Rigattoni

    Os chineses já tem tecnologia e recursos pra fazerem coisas melhores que cópias. Acredito que este tipo de coisa será cada vez mais rara.

    • Nicolas

      Economizam trilhões de dólares com espionagem industrial e cópia, conseguem produzir produtos sofisticados a custo muito baixo. As empresas que sofrem este tipo de concorrência estão quebrando.

      • mjprio

        Olha o custo pode até ser baixo. Mas dai a esse troço ter o nível de sofisticação e até mesmo qualidade e o refino construtivo de um JLR acho que ha alguma distância.
        Mas concordo que isso benha afetando sim as construtoras tradicionais

  • Foonoslew

    Rapaz… Uma decisão como essa, sobretudo vinda da china, realmente é de tirar o chapéu!… Com certeza terá reflexos em todo o mundo.

  • Piston head

    Achei bem feito, tomara que seja uma senhora indenização. Inspiração é uma coisa, cópia descarada é outra.

  • Isso parece coisa de anos 90. Até o nome eles colocam quase igual (Land Wind), como se alguém fosse confundir e comprar por engano a “cópia”. LOL

    • Guilherme Martins

      Tem uma história de… um dos opcionais dessa Land Wind , era equipá-la com logos da evoque. A ideia não é a fábrica
      enganar compradores, mas sim compradores enganarem os outros ( passar batido que roda de evoque #SQN) afetando a original, porque perde-se a Áurea de “ sonho de consumo” ( tipo a Jbl , que por ser largamente falsificada, hoje até uma genuína , passa se a impressão de ser uma caixinha de “ funkeiro”) e também permite um cidadão desfrutar de um design de algo caro, pagando barato. QUEM COMPRA SABE MUITO BEM QUE NÃO É A VERDADEIRA… SÓ TORCE PROS OUTROS NÃO SABEREM KKK!

  • Filipo

    Depois de muitos anos fechando os olhos para a “falsificação” de veículos, a China começa a por em prática a legislação autoral. As fabricantes locais já ganharam muito dinheiro e até aprenderam muito com a engenharia reversa, agora eles se fazem de bons samaritanos.

  • Alejandro Torre

    Land Rouvo, ficaria melhor

  • cefaf

    Com um fabricante com um nome desses, não é de se espantar o apelido xingling que damos aos chineses.

  • V12 for life

    Primeiro passo para que as marcas chinesas sejam levadas a sério fora do mercado local.

  • Gabriel

    Quando estive na China pude ver algumas unidades do exemplar chines. De fato é bem parecido com o original. Decisão importante, principalmente vindo da China.

  • zekinha71

    Com essa decisão vão acabar as cópias dos carros, e quem leva a indústria a sério não terá mais um concorrente incapaz de desenvolver seu próprio produto e os chineses não serão mais vistos por muitos como apenas fabricantes de porcarias.

  • CanalhaRS

    A Land Rover conseguiu uma proeza, sem dúvida.

  • Cesar

    Na China eles clonam tudo. Até chinês. É tudo igual.

    • mjprio

      Acho que isso é genético então
      kkkkkk

  • Junoba

    Effa Motors ainda vende JMC no Brasil !? Essa marca praticamente acabou, a operação aqui no Brasil foi um desastre.

  • afonso200

    e aquele Lifan mini cooper, kkkkkkkkkkkk

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email