Latin NCAP “zerou” Renault Duster e Suzuki Swift

Latin NCAP "zerou" Renault Duster e Suzuki Swift

UPDATE: A Renault divulgou nota de esclarecimento sobre o teste do Latin NCAP. Leia no fim da matéria. 


O Latin NCAP “zerou” dois modelos vendidos na América Latina, um deles é o Novo Duster, disponível no mercado brasileiro. O outro é o saudoso japonês Suzuki Swift, que deixou de ser oferecido aqui há alguns anos.

No novo protocolo do Latin NCAP, o Novo Duster não passou, mesmo tendo airbag duplo e controle de estabilidade (assim como de tração) de série.

Testado pela renomada ADAC (a famosa associação de motoristas da Alemanha), o Novo Duster – citado como produzido na América Latina (Brasil e Colômbia) e Romênia (Dacia) – teve apenas 29,47% de proteção de adultos.

Além disso, a proteção de crianças foi de 22,93% e, no caso dos pedestres, 50,79%. Já na assistência ao condutor com sistemas de segurança, o SUV da Renault teve apenas 34,88%.

Mas, você pode estar se perguntando: O Novo Duster não teve 4 estrelas no Latin NCAP? Sim, tanto que a própria Renault usa isso como propaganda de seu produto, contudo, como já citado, as novas regras do instituto, zeraram a pontuação do SUV.

Latin NCAP "zerou" Renault Duster e Suzuki Swift

Em novo teste, o Novo Duster foi criticado por não oferecer airbags laterais de série para América Latina e Caribe. Além disso, no teste de impacto frontal, houve instabilidade estrutural e perda de combustível.

O Latin NCAP criticou ainda a abertura da porta em impacto lateral e cobra da Renault uma ação para correção do problema, assim como do vazamento de combustível.

No caso do Suzuki Swift, não vendido aqui, o Latin NCAP informou que o hatch não oferece controle de estabilidade e nem recomenda o uso de cintos para crianças, assim como está disponível somente com airbag duplo e ABS.

Importado do Japão e Índia para a região latina, o Swift fracassou com 15,53% de proteção para adultos, 0% (isso mesmo) para crianças, 66,07% para pedestres e 6,98% para sistemas de segurança. O Latin NCAP alegou que o Suzuki ainda porta cinto de segurança subabdominal para o quinto passageiro…

Nota da Renault sobre o teste:

  • O veículo Duster, que teve o seu teste divulgado em agosto de 2021, é exatamente o mesmo em termos de conteúdos de segurança ativa e passiva em relação ao veículo que obteve quatro estrelas na proteção para adultos e três estrelas na proteção para crianças, em teste realizado pela mesma instituição em 2019.
  • Em 2020 o Latin NCAP mudou os protocolos de testes e, por conta disso, os resultados são diferentes.
  • É importante reforçar que o Renault Duster cumpre rigorosamente as regulamentações nos países em que é comercializado, superando-as em alguns quesitos. O modelo traz diversos equipamentos de segurança como ESP, alerta de ponto cego, câmera Multiview, assistente de partida em rampa, entre outros, que não são obrigatórios por lei.
  • A Renault considera que, assim como houve uma grande evolução na segurança veicular nos últimos anos, o tema seguirá evoluindo e a Renault continuará a oferecer produtos com alto nível de segurança.

Renault Duster

Suzuki Swift

 

 

 

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.