*Destaque Audi SUVs

Leitor faz relato sobre aluguel de um Audi Q3

audi-q3-aluguel-1 Leitor faz relato sobre aluguel de um Audi Q3

Já relatei aqui no NA a experiência de alugar Audi A3 e BMW 320i GP. Depois de ter provado o gostinho dos premium, como previsto, acabei vendendo o meu cross up! TSI e, enquanto estou à procura do meu próximo carro (premium?), fui à locação de novo.



Minha ideia era alugar um Jetta TSI ou Audi A3, pois depois de conhecer carros turbo, fica difícil voltar para os aspirados, pelo menos para mim. Fiz reserva na Localiza, locadora que já estou acostumado com os paranauês do relato anterior (caução de R$ 1.900 no cartão, seguro não obrigatório de R$ 39 por dia, reserva rápida pela internet/aplicativo, etc) para o grupo dos carros acima.

audi-q3-aluguel-1 Leitor faz relato sobre aluguel de um Audi Q3

Porém, ao chegar na loja me deram um Jetta, mas o ar não estava gelando nada. Voltei e, ao tentar cancelar a reserva (não havia nenhum outro Jetta e nem A3 disponíveis), o atendente – diante da minha visível frustração – me indagou se, em substituição, “um Audi Q3 me atenderia”, sem custos adicionais .

Quase não acreditei e prontamente aceitei a oferta de upgrade. A diária saiu para mim por R$ 157, que foi o preço que paguei no grupo do Audi A3/Jetta. O Q3 custa em média R$ 210/R$ 290 por dia, dependendo de antecedência custa ainda mais, e o seguro opcional de R$ 59. Ao chegar no pátio para pegar o carro, uma grata surpresa. O Q3 tinha míseros 12 km rodados, era de primeira locação!  A Localiza começou a disponibilizar o Q3 há pouco mais de uma semana e nenhum felizardo havia alugado essa unidade ainda.

audi-q3-aluguel-1 Leitor faz relato sobre aluguel de um Audi Q3

Mais uma vez, como no A3 e BMW, minha intenção de aluguel era a de ir do Rio para Teresópolis, onde tenho uma choupana, e dessa vez também à Nova Friburgo, ambas cidades vizinhas à capital do estado, nas quais andar com um carro desse porte/preço não é tão “desconfortável” como no Rio, onde a sensação de insegurança estraga um pouco a brincadeira, conforme narrei no post anterior.

Peguei o carro na agência do Galeão e ao seguir pela Linha Vermelha, já deu para sentir que o motor 1.4 TFSI de 150 cv, o mesmo flex que empurra o A3 nacional, dá conta de carregar os quase 1.500 kg do SUV premium. Porém, notei mais o turbo lag nesse modelo do que no sedã.

audi-q3-aluguel-1 Leitor faz relato sobre aluguel de um Audi Q3

A versão disponível para aluguel é a Attraction. O câmbio do Q3 é o automatizado S tronic (em lugar do automático Tiptronic do A3 nacional) e as trocas de marchas são rápidas e imperceptíveis, como todos já devem estar cansados de saber em se tratando dessa caixa de dupla embreagem.

Há borboletas, mas o câmbio trabalha com tanta perfeição que essas aletas viram meras figurantes: você se se esquece da presença delas, até mesmo em ultrapassagens, basta colocar o câmbio em modo S, que os robozinhos da dupla embreagem fazem a sua magia negra.

audi-q3-aluguel-1 Leitor faz relato sobre aluguel de um Audi Q3

No asfalto, o comportamento desse filhote de mamute (mamutes seriam os Q5 e Q7?) é fenomenal. Até quem sempre olhou com desdém para SUVs, como eu, tem de dar o braço a torcer.  A direção é leve e a estabilidade é estupenda, as curvas são feitas de forma firme e há suspensão multilink na traseira.  A posição de dirigir é bem alta, o que agrada bastante as mulheres – a minha adorou.

Porém, ao diminuir o som para ouvir o ronquinho do motor (“let me play you the sound of my people”),  nota-se forte barulho de rolagem dos parrudos pneus 235/55 R17, que incomoda um pouco.

audi-q3-aluguel-1 Leitor faz relato sobre aluguel de um Audi Q3

Itens de série

O Q3 Attraction é a versão de entrada. O que peguei tinha lindos bancos de couro (sintético) bege,  que exalavam aquele odor inebriante de carro novo. Há mimos como sensor de chuva e faróis automáticos,  freio de mão eletrônico, mídia com CD,  SD, bluetooth, USB e telinha, mas faltam piloto automático e GPS. Para estacionar, somente sensores, pois não há câmera. Apenas o banco do motorista tem regulagem elétrica.

O acabamento é de boa qualidade e o painel tem tonalidade bege (para combinar com os bancos) e preto.  Tapetes e assoalho são pretos. Volante em couro com três raios em vez dos já datados quatro do A3. O forro do teto e colunas são todos em tecido bege em trama de excelente aspecto.

O som é bom, mas nada muito estupendo, o que decepciona um pouco. Ponto forte é a ergonomia, os controles (há também no volante) são muito intuitivos e não tive necessidade de recorrer à leitura do manual do carro. Só o bluetooth que deu alguns tilts e não emparelhou com o S6 Edge da minha esposa de jeito nenhum. Curiosamente, o meu celular, que é o mesmo modelo, emparelhou.

audi-q3-aluguel-1 Leitor faz relato sobre aluguel de um Audi Q3

De série vem também o “olhar dos outros”.

SUVs são os carros da moda. O Q3 é inegavelmente bonito e, apesar de não ser muito exclusivo, não é só mais um, atraindo alguma atenção pelo porte e pelas argolinhas. Ao estacionar para ir à uma loja de vinhos, pude notar que até as mulheres dos outros me fitaram de relance. Sem película nos vidros, os bancos claros ficam reluzentes e atraem olhares, já que não é cor muito difundida ainda no Brasil, infelizmente.

audi-q3-aluguel-1 Leitor faz relato sobre aluguel de um Audi Q3

Consumo

O carro é Flex, mas com certeza me deram abastecido com gasolina. Consegui média de 14,4 km/litro na estrada. Quando abasteci com etanol, caiu para 8,4 km/litro, o que é muito razoável para o tamanho do carro. Mesmo com pé na tábua, o consumo é bem civilizado. Médias sempre do computador de bordo.

audi-q3-aluguel-1 Leitor faz relato sobre aluguel de um Audi Q3

Off Road. #SQN.

Minha casa de Teresópolis fica na zona rural, estrada de terra batida. Pude perceber que esse SUV filtra bem as imperfeições e buracos, sendo mais confortável que meu falecido cross up!, esse sim pseudo aventureiro natimorto. No domingo, eu tinha uma reserva para almoçar num lugar ermo em Nova Friburgo, aos pés da Pedra Aguda. A moça ao confirmar a reserva ainda perguntou:

– A estrada está meio ruim, seu carro é alto?

– Opa! é sim!

Chegando à Nova Friburgo, o terreno era muito, muito acidentado, tipo cratera lunar, aí o bicho pegou. Numa íngreme subida esburacada e de terra batida com pedrinhas, o carro com apenas dois passageiros negou fogo e não conseguiu subir. Patinou, o controle de tração atuou e o carro não desenvolveu, parando no meio da ladeira.

audi-q3-aluguel-1 Leitor faz relato sobre aluguel de um Audi Q3

Ao contrário do que dita o senso comum, constatei que o controle de tração pode atrapalhar em situações como a descrita acima, em carros pesados.  Ele corta a força do motor e o carro não consegue concluir a subida, pois ao controlar o tracionamento, o motor perde fôlego e não suporta o peso do carro – paradoxalmente, em vez de ajudar, atrapalha.

Dei marcha à ré, desliguei o controle de tração, coloquei no modo S (que aumenta o giro) e consegui subir no embalo. Isso ocorreu mais duas vezes no trecho em direção ao restaurante. Com isso, pude constatar a (quase óbvia) impressão de que esse carro, que não é 4×4, não é indicado para peripécias off-road. Seu habitat natural são as estradas asfaltadas. Leve buracos (não em subidas) são transponíveis para ele, mas não dá para abusar.

audi-q3-aluguel-1 Leitor faz relato sobre aluguel de um Audi Q3

Ainda durante o caminho, na pista de mão única, dei de cara com um Troller descendo. Alguém tinha de dar passagem e o motorista do Troller mostrou quem é quem no off road: jogou o carro dele em cima de um barranco, inclinando em quase 45 graus o carro, de lado, para me dar passagem e me olhou com um sorriso de mistura de desdém e prazer, com olhar blasé, como quem diz “isso aqui sim que é fora de estrada”.

No total, foram exatos 500 km de convivência com o carro, nos quais pude constatar qualidades e defeitos. Talvez mais qualidades. Ao disponibilizar carros desse nível para aluguel, a Localiza corrobora que a moda de SUVs deve demorar a passar. O aluguel de um carro desses é um prato cheio para entusiastas automotivos, já que manutenção, IPVA, seguro anual, depreciação, etc, ficam de lado. Para mim, serviu como quebra de paradigma de que SUVs seriam monótonos.

Agradecimentos ao Gustavo Guedes.

4.0

COMPARTILHAR:
  • Bruno Silva

    Pra mim é o melhor SUV da faixa de preços. Já dirigi um 2.0 TSI, o carro é sensacional em todos os aspectos, vale muito a pena pra quem quer pegar um SUV que não seja desajeitado. Interessante que a Tiguan não tem a mesma pegada (cambio Tiptronic contra DSG), além da suspensão mais macia. Quem gosta de premium, acho o Q3 muitíssimo recomendado.

    • Pedro coimbra

      pena que esse dsg7 só de olhar ja quebra

      • Guedes

        Na verdade é o DSG 6 se não me engano. Só tem 6 marchas

        • Gustavo73

          DSG7 banhado à óleo.

          • G.Alonso

            O Q3 é DSG6.

          • Guedes

            Esse Q3 só tem 6 marchas..

            • Gustavo73

              Sim o GAlonso me alertou sobre isso. Era a Q3 2.0 que usava a DSG7 banhado a óleo.

      • Bruno Silva

        Esse é DSG 6 marchas banhado a óleo, o mesmo do Golf GTI, não quebra não.

        • Eu realmente já ouvi falar que o DSG6 é mais resistente. Tive um carro com a DSG7 que, apesar de impecável na experiencia de dirigir, realmente não é muito confiável.

          • Gustavo73

            A questão não é o número de marchas e sim se é banhado à óleo ou à”seco”.

        • Gustavo73

          O Q3 usa DSG7 banhado à óleo.

          • G.Alonso

            DSG6 banhada a óleo, a DSG7 banhada a óleo é nova e só saiu no A4 e agora no Golf reestilizado.

            • Gustavo73

              O Q3 1.4 realmente usa a dsg6 banhada a óleo. Mas a 2.0 usava a Dsg7 banhada a óleo. Não tem mais a 2.0 no Brasil. O GTI na Europa passou a usar a Dsg7 banhada à óleo.

            • Guedes

              Olha, esse Q3 só tinha 6 marchas. Acho que é o DSG6 à óleo.

          • Marcelo Amorim

            DSG 6 marchas.

            • Gustavo73

              Sim como falei com o GAlonso e o Guedes o 1 4 realmente é dsg6, mas a 2.0(não é mais oferecida) usava a dsg7 a óleo.

      • RED883

        Pedro, essa maior fragilidade atingia os modelos alemães, nos mexicanos não há histórico de quebra do DSG. Não sei se foi alteração de programação ou fornecedor, mas houve alteração do part number da mecatrônica, tanto é que depois de substituída, não volta a dar defeito.

        • Edson Fernandes

          Há historico sim. No grupo de donos de Golf alguns mexicanos apresentaram problemas com poucos km.

          • RED883

            Edson, por gentileza, qual grupo seria esse, pois no grupo que participo (golfmk7.com.br) dos 240 Golf´s cadastrados (https://www.golfmk7.com.br/index.php?/topic/1045-quantos-mk7-temos-no-f%C3%B3rum/), foi feito um levantamento estatístico e houveram 35 registros de falhas no DSG, todos alemães (https://www.golfmk7.com.br/index.php?/topic/1119-estat%C3%ADstica-falhas-c%C3%A2mbio-dsg/).
            Acho esse levantamento de maior valor do que as reclamações de grupo de Face e tal, porque foi feita uma triagem entre os proprietários, diferente daquele amigo do amigo do primo que disse que o DSG deu pau…

            • Edson Fernandes

              Foi do grupo de MK VII do grupo no face que foi relatado.

              • RED883

                Face acho complicado confiar. Tem muito hater…

                • Edson Fernandes

                  Quando o cara posta imagem do erro, vai até a concessionaria, conta a historia da dor de cabeça com numero de protocolo, já confeccionando a entrada com processo contra o produto, dá para acreditar. Mas assim como nos modelos alemães, donos de Mexicano tbm reclamaram igual.

                  O que temos que ficar atentos é na quantidade. Quantos donos existem no clube e que acenam o mal funcionamento na quantidade de produtos vendidos? eu teria um Golf DSG 0km (obviamente não tem mais no Brasil), mas confesso que no caso do Golf oque pega são os outros probleminhas que ele acaba tendo.

    • Alexandre

      Tiguan é DSG não Tip.

      • Gustavo73

        Tiguan 2.0 Tsi 4motion usa a Tiptronic. Tiguan 1.4 TSi tração dianteira usa a dsg7. Isso no Brasil.

      • Bruno Silva

        Tiguan sempre foi Tiptronic, agora a 1.4 tem DSG.

  • RyanSX

    Bons argumentos e o carro caiu como uma luva. Parece que a moça da localiza estava prevendo que você iria precisar de um carro alto. Realmente, difícil um carro assim enfrentar terrenos mais acidentados e é mais um dos que merecem o titulo de aventureiro de shopping ou cidade, o que não é desmerito, visto que o nosso asfalto muitas vezes é pior que estrada de terra do interior. Realmente um excelente carro.

    • Leandro

      Pra isso tem o 2.0 4 X 4, rs.

      • RyanSX

        Mesmo assim, se o lance é 4×4 e enfrentar terrenos muito acidentados melho pensar antes em colocar uma maravilha dessas ai nesse tipo de terreno kkk

        • Leandro

          Ah sim, um carro bonito desse deve dar pena de jogar no barro. Abcs

          • Guedes

            Sim, dá pena!

          • José Caio

            Vocês acham que se fosse dele, ele ia colocar ? Pelo menos nos primeiros 2.000 km não kkkkk

            • Guedes

              Eu fui “vendido”. Não sabia que a estrada era tão ruim. Mas fui delicado com o carro.
              Antes de encarar as subidas ruins, eu olhava bem. A pior de todas, eu desci do carro, olhei cada buraco antes, fiz o “traçado” mental e fui.

              Um carro desses, pra quem gosta como a gente, mesmo sendo alugado, não dá pra maltratar, é quase um filho adotado!

              abs

              • Edson Fernandes

                Ao menos não na mesma proporção, mas todos deveriam cuidar sendo ou não dono das coisas. Não entendo porque algumas pessoas insistem em não cuidar daquilo que usam.

      • Gustavo73

        Tinha.

        • Leandro

          No webmotors tem um monte deles usados, rs. Abcs

    • saosao

      Pois é. Imagino que, se o o Q3 fosse realmente dele, ele iria pensar muito bem antes de enfrentar trilhas como essa de novo, devido ao desgaste e possíveis quebras. Fora as pedrinhas ralando a lataria.

  • PEDAORM

    Mais uma vez um belo relato do colega.
    Também gosto muito do carro, mas o interior precisa urgente de uma reestilização, a tela é grosseira e de operação manual como no A1, os comandos de som também são os idênticos aos do compacto e ficam no painel e não no console como se espera da marca, controles do ar condicionado, quando digital, são os mesmos datados usados no A3 de segunda geração. Usa bons mateiras e tem arremates perfeitos, mas por ser um veículo premium e considerando o que cobra, o interior hoje fica devendo um pouco na minha opinião. Mas essa bela combinação clara de cores realmente enche os olhos.

    • Guedes

      Obrigado.Os controles do A3 ficam no console e , de fato, são mais ergonômicos.
      Não achei o interior/ painel grosseiro. É estilo clássico alemão, sem firulas vide Mercedes e BMW.

      • PEDAORM

        Sobre grosseiro me referi a tela, grossa e de acionamento manual como no A1.
        Os controles do som no painel, e os controles do ar condicionado, considero apenas de visual datado, e mais uma vez compartilhados de veículos mais simples, ou até fora de linha, poderiam fazer melhor. E tem a questão da localização dos comandos que poderia mais ergonômica, como já acontece nos demais veículos da marca. Mas nada que desabone o veiculo, e tenho certeza que isso será resolvido na nova geração que deve chegar muito em breve.

    • th!nk.t4nk

      O Q3 é muito antigo, de 2011. Recebeu uma atualização leve em 2015. Ano que vem sai o novo modelo, mas já era pra ter saído na minha opiniao. O problema é que a Audi ao invés de dar uma baixada nos preços, resolveu lançar o Q2 (que pessoalmente é até bem interessante, considerando que custa 20% a menos que o Q3 desatualizado e tem porte bem próximo). No momento o Q3 nao vale a pena, melhor esperar a nova geraçao, que será um pouco maior, mais leve (MQB) e com equipamentos bem atualizados.

    • Gustavo73

      O Q3 precisa de uma nova geração. Esse aí é feito em cima do A3 de segunda geração.

  • Lucas086

    Belo relato, gosto da Q3, acho mais interessante que o A3. Tem em mente o próximo que vai alugar?

    • Guedes

      Queria um Mercedes C180 Advantgarde que tem na Movida, pra fechar a trinca alemã.
      Mas na Localiza tem o Volvo S60 T5 que dizem ser fantástico.

      • Rinaldo Olimpio de Lima Filho

        Fala Guedes! Ótimo relato cara, mas assim e menos mal que você consegui-o com um valor razoável, porque quando li a chamada do relato já pensei: nãoooo tá mó caro, por quê ele não pegou o Volvo S60?! hahahahah
        Infelizmente não pude relatar o meu aluguel porque digamos que a empresa em questão, pagou para ver se eu não ia fazer nenhuma besteira com o carro (1º cartão de crédito com um limite alto eu não tenho, usei do meu pai, mesmo nome e talz; 2º não fizeram questão de eu ler o contrato, ou seja se tivesse dado algum b.o e eu não tivesse visto, descobri através de você que seria cobrado um valor bem considerável; 3º minha CNH está suspensa.. e mesmo assim aprovaram o aluguel). Fora isso foi show, vai na minha aluga o S60, tenho certeza que você não vai se arrepender.
        *procurei no aplicativo, no site para ver o preço de um novo aluguel e parece que em SP já não tem mais.

        • Guedes

          Fala! A Localiza tava vendendo muitos S60 semi novos 2016 por 100 mil, vi esses dias. Os BMW que são do mesmo grupo, não vi vendendo… estranho.

          • Rinaldo Olimpio de Lima Filho

            Acho que sei o porque dessa “queima de estoque”, o Volvo é só Gasolina.. mas Gasolina Podium, ou seja a mais cara, e não informam nada na hora do aluguel, e o pessoal coloca a normal ae complica. Aconteceu comigo, achei “engraçado o Volvo reconhecer isso no painel”. https://uploads.disquscdn.com/images/6d30ceeb8e51eabc48578332da68ff5f7b456f6cae3aae00d4818c963dc78d25.jpg

            • Guedes

              É, carro flex faz diferença pra aluguel. Na hora de devolver comtanque cheio, etanol rules!!

            • invalid_pilot

              E Volvo com gasolina ruim trava bico e a brincadeira sai cara pra locadora.

          • AugustoSeide

            Estão vendendo tudo de 2016, os Volvo, Audi e as BMW também, tudo na faixa dos R$ 115 mil

            • Guedes

              Onde? Só vi vendendo os Volvo. Quem tá vendendo Audi A3 é a Movida.

  • Fabio Marquez

    É uma versão de amostra de carro premium, pois nota-se que o sistema de som não é algo digno, falta um apoio de braço/porta copos no meio do banco traseiro, tração dianteira e o motor é pequeno para tanto carro e tanto preço, pedindo no mínimo o 1.8 TFSI.

    • Guedes

      Engano seu quanto ao motor, gafanhoto. Esse 1.4 tfsi opera milagres nesse carro.
      Desempenho bem digno.

      • Gustavo73

        O 1.8 tem 20 cv a mais, mas o mesmo torque. No dia a dia a diferença não é tão grande.

        • Guedes

          Não sabia que a diferença era tão pouca.

          • Gustavo73

            O 1.8 Tsi irá sumir do grupo VW ou ficará restrito a alguns mercados e ou versões. Apesar de ser uma variação do 2.0 Tsi, e tem o torque como principal limitação. Hoje tem 2.0 Tsi de 180/190cv (usando ciclo Miller) mas com 32 kgfm de torque e mais econômico que o 1.8 com 170cv e 25,5 kgfm. E com a elevação da potencia do 1 4Tsi para 150 cv e 25 kgfm de torque e agora o 1.5(ciclo Miller e trubina de geometria variável)) com os mesmos números do 1.4 só que mais econômico. O 1.8 fica estrangulado no meio.

      • Fabio Marquez

        Mas é só o suficiente, do mesmo jeito que BMW 118, 318, Meca C180, fica só no suficiente para carregar um carro que se diz premium.

        • Guedes

          Sim, é o suficiente mas com um tiquinho a mais.

          Veja os números desse Q31.4: zero a 100 KM/H em 8,9. Máxima na casa dos 200 por hora.

        • th!nk.t4nk

          Os brasileiros têm uma ideia diferente de “carro premium” dos europeus das áreas mais ricas. Um olha se tem motorzão e muitos equipamentos, enquanto o outro olha a qualidade construtiva, segurança e dirigibilidade antes de qualquer coisa. O que mais tem é alemão que dá preferência ao premium pela durabilidade e confiança, e não porque vai dar status. Por isso tem tanta BMW, Audi e Mercedes basicão (o que pro brasileiro soa como loucura).

          • Guedes

            Entendo seu ponto, mas são realidades distintas. O abismo entre um popular e um premium no Brasil é muito maior ., tem a questão da renda também.
            E a cereja do bolo, a cultura/ educação. Somos um povo muito ignorante em quase tudo (a não ser futebol), compramos carro por metro, a maior prova é o relativo fracasso do UP, carrinho que nunca deslanchou.

  • Audi a5

    Em casa temos um 2.0 quattro 14/15. Vou falar apenas da tração: belo diferencial. No asfalto o carro gruda igual lagartixa e temos um sítio, com trechos de terra bem íngremes e com cascalho solto. O carro não dá uma deslizada ou destracionada sequer. Pena que ficou caro. Em 2014 custou 129 mil.

    • Guedes

      Tá mais barato que esse Attraction 1.4 4×2 atual.

      • Audi a5

        É, e tem que saber manter. Como está fora da garantia ( > 2 anos), faço algumas manutenções fora da css. O filtro de ar na autorizada 200.00. No mercado livre 60. E por aí vai.

  • T1000

    que dó, o carro novinho, já enfiaram na terra

    • invalid_pilot

      Carro é pra ser usado.

    • Edson Fernandes

      Voce tem o carro para usar nessas situações e não vai porque dá pena?

  • Gabrielch

    Gosto muito dos relatos do Gustavo…

    • Guedes

      Valeu! Obrigado

  • Davi Millan

    Ótimo relato Gustavo!
    A Q3 é um dos poucos SUVs que eu teria. Agora só faltam Mercedes C180 (que se não me engano tem na movida) e o Volvo S60 (que tem na Localiza). Não me lembro se a Unidas tem algum premium.
    “fica difícil voltar para os aspirados, pelo menos para mim”. Sinto e digo a mesma coisa, pois eu tenho um carro turbo (C4 Lounge THP) e recentemente eu andei em um espirado e posso dizer que não conseguiria ter um carro aspirado novamente, pois a entrega de torque é alta e muito precoce. Como torque vicia mais que crack é complicado. Ainda quero andar no novo Civic 2.0 para confirmar essa minha sensação.

    • Guedes

      Vicia mais que crack!! Boaa!!

  • Guedes

    Valeu, obrigado

    • Edson Fernandes

      E agora vc aprendeu que o controle de tração serve para evitar o destracionamento em vias asfaltadas… nas vias que são de outros pavimentos, melhor desligar mesmo…rs

      No meu Fluence, ele só aceita desligar o controle de tração até 50km/h (e habilita acima disso). Ou seja… aprendi em um barranco cheio de lama e morrendo de medo de bater a traseira (já que escorregou). E um fusquinha passou numa senhora onda por mim…rsrsrs

      • Guedes

        Sim! eu até conversei com meu irmão sobre esse desligamento que fiz, e ele teimou que eu tinha feito besteira, que o controle servia justamente pra isso, mas então, Edson, vc é mais um que concorda comigo.

        Pelo menos seu Fluence tem essa opção. Meu finado UP TSI não tinha. Pra desligar tinha que tirar um fusível ou fazer um esquema que desligava por 10 segundos.

        • Edson Fernandes

          Mas será que o do up tsi para esse tipo de situação seria tão intrusivo? Porque se for, será perigoso. No caso do Fluence, para a versão civil, ele não é intrusivo, então ligado ou desligado ele pouco influencia no funcionamento (exceto a situação que estamos conversando). Eu achei correto pois acho que segurança pra mim é interessante. E quando atua (ESP ou a tração) aparece o icone de um carrinho deslizando na pista indicando que ele entrou em ação.

          • Guedes

            Pro UP TSI deve ser intrusivo, creio.
            Ainda, o UP TSI tem um problema crônico de sair da inércia em subidas. Converse com qualquer dono, pra vc ver.
            Eu tive que reaprender a sair em rampas com ele. Tem que subir mto o giro, bombeando o acelerador ou usar o freio de mão mesmo.

  • keila monteiro

    Tinha um A3 sedan 122cv Stronic, muito confortável mal se ouvia o q passava na rua, se ouvia mais o som do motor turbo.
    Agora comprei um Q3 interior bege e preto, 180cv , teto e tudo que tem direito, muitos botões, muitos detalhes.
    PS : adorei o botão da mala para fechar

    Porém não me agradou muito o som dos pneus, tbm não possui entradas USB, a tela do multimídia do A3 tem melhor design.
    Tem muitos atrativos, porém não é tão completo assim e olha que o meu é o modelo completo.

    Mais podia melhorar a tela e tbm o design do ar, ainda acho o do A3 mais bonito.

    Além do interior bege e preto há tbm partes cromadas nas portas, no painel, no porta copos e marcha.
    Gosto do freio de mão , mais preferia os comandos dá mídia como o do A3.
    Se melhorasse o interior ficaria perfeito

  • Adriano Gonçalves de Camargos

    Top seu relato Amigo! Mandou bem!

    • Guedes

      Obrigado!

  • GABRIELCSFLORIPA

    Aluguel do BMW 320i e do Volvo S60 T5 custa o mesmo que o Q3.
    Acho que é uma boa opção para quem quer participar pela primeira vez de um track day.

  • Alexandre

    “…Volante em couro com três raios em vez dos já datados quatro do A3…” Só uma observação: o A3 tem volantes de 3 e 4 raios. No mais, bom texto.

    • Guedes

      Sim, o modelo novo tem já o com 3. O modelo com quatro ainda ficou?

      • Alexandre

        Olha, eu fui a Audi fazer revisão do meu mês final do ano passado e vi um 1.4T com 4 raios. Mas não sei se continua.

  • Freaky Boss

    Bom relato.
    Eu tenho um Golf (variant) 1.4 DSG. Esse conjunto motor + câmbio é espetacular. Anda bem , conforto e é muito econômico.
    Sobre controle de tração: uma vez fui para a roça do meu pai e coloquei o carro na estrada de terra (não é situação comum, uma vez que não é um carro apropriado, mas dessa vez não teve jeito). O pavimento é bom, não tem buracos, mas em trechos com muita lama , com controle de tração ligado, o carro não vai. Tem que desligar (e se o cara não sabe desligar na multimídia, vai ter que aprender na marra). Eu desliguei e o carro foi embora.

    Sobre o Q3: um dia quero pegar um QUATTRO, mas usado, e seja o que deus quiser, porque dependendo do que der problema num carro desses, paga-se muito caro.

    • Guedes

      Obrigado.

      Quem bom que você já teve problema parecido. Achei pouca “literatura” automotiva a respeito e antes de fazer o post pesquisei bastante sobre pra não falar besteira.

      Tive sorte que umas semanas antes do aluguel, eu tinha lido uma matéria da 4R que dizia quando é indicado desligar o controle de tração. Lá dizia neve etc, mas não mencionava em subidas assim.

  • NaoFaloComBandeirantes

    Eu respeito e gosto bastante da engenharia alemã.
    Tirando os remendos tupiniquins, quando querem fazer algo bacana, eles fazem.

    Uma coisa que particularmente lamento no Grupo VW é a falta de personalidade dos Audi.
    É que, pelo menos para mim, as linhas dos Audi são demasiadamente parecidas com a dos VW.

    Essa roda, por exemplo: é bonita, mas lembra demais uma do Gol Track 2014.
    Não estou dizendo que é igual. Tô dizendo que não tem personalidade.

    Como empresa, a Audi é muito bem gerida. Deve ser lucrativa. E isso é vital.
    Minha crítica, como entusiasta de automóveis, é a falta de identidade da Audi.

    • Guedes

      Veja pelo outro lado: são os VW que são parecidos com Audi!

      • NaoFaloComBandeirantes

        kkkk

        Sim sim. Eu acho bom para a VW.
        Vejo o Jetta como um “quase Audi”.

        Mas para a Audi, a gente fica naquela expectativa de ser algo mais exclusivo.

  • Mayck Colares

    Bem interessante o relato, eu sempre gostei da posição alta de dirigir. Tive um Ds4 enganado pela suspensão elevada do carro, ele realmente tem quase 20 cm de distância do solo, porém não tem a posição elevada de dirigir. Já pensei em um Q3 como próximo carro no futuro.

  • Freaky Boss

    Imagino que com o passar do tempo aluguel de carro premium vai ficar cada dia mais comum…Serve para um cara que vai viajar fim de semana e quer experimentar de vez em quando um BMW, sem ter que comprar um (e pagar tudo $$$ que o envolve).

    • Guedes

      Concordo. E as locadoras estão de olho nesse filão. Antigamente, no Brasil, aluguel de carro era sinônimo de pegar carro popular e as opções eram com ou sem ar, apenas.

      E com esses carros diferenciados as locadoras atingem um filão não só de gente viajando, mas até mesmo quem gosta de dirigir e quer ter a experiência.

  • Flávio Henrique

    Prefiro o Jeep Compass longitude ou trailhawk diesel

    • Guedes

      Ambos esses Compass são 4×4?

      • Charlis

        Sim Gustavo, ambas são 4×4.
        No Brasil, não seria permitido elas serem a diesel, se não fossem 4×4.
        Gosto é gosto, mas seria impossível eu trocar uma Q3 por uma Compass, nem de longe.

        E aproveitando o papo …. Nós temos essa “loucura” parecida de se divertir alugando carros.
        Aqui no BR, eu ainda não aluguei, mas em breve o farei.
        Mas lá fora, a minha diversão da viagem é: qual carro vou alugar?
        Na verdade, sou tão retardado, que em uma viagem de 15 dias, eu alugo uns 3 carros diferentes…
        A lista é vasta: C250, GLC250, X3, Camaro, Mustang, Corvette Stingray, fora os “comuns” que já foram dezenas, e até a F430 já entrou na lista (mas em uma pista).
        Aqui no BR pretendo alugar a 320i que você alugou.
        Cara, você teve o Up! TSI correto? Curtiu ele? Alguma coisa contra ou problema ?

        Abraços!

        • Guedes

          Entendi sobre os JEEP, Charles.
          Po, seria legal que você fizesse relato dos seus alugueis também,hein? A galera tem achado interessante.

          A 320i é show de bola, vale a pena pegar num fim de semana.

          Quanto ao UP TSI, sou só elogios. Na verdade, devo muito a ele. Foi esse carrinho que abriu meus olhos para o prazer de dirigir e para os carros turbo.

          O problema foi que depois de uma batidinha, acabei alugando esses carros e isso “acabou” com a minha vida, fui a um patamar que o UP não se encaixa mais. UP TSI é excelente, mas talvez como segundo carro, por dia a dia.

          Hoje em dia eu quero um carro com mais status, e o UP, mesmo sendo o TSI pra mim é status zero. As pessoas vêem um UP como um uno.

          • Charlis

            Pensei em fazer sobre o Vette Stingray, foi o carro que mais gostei de dirigir, e para alugar um custo beneficio excelente, 192 dolares a diária.

            Entendi sobre o Up! TSI.
            Bom saber… é um carro que pra cidade eu tenho a intensão de ter um dia.
            Realmente, o problema desses carros é isso, depois que você conhece esse mundo/patamar de carros, fica dificil…
            E pra ajudar nosso país não ajuda nem um pouco.
            No mercado dos seminovos sempre tem muita coisa boa.

            []s

            • Flávio Henrique

              Eu trocaria por que o Q3 é “desatualizado”, calma kkkk ele não tem uma atualização tão significativa, o interior é identifico aos mais antigos a multimídia pelo amor de deus nem se fala, mas ai é gosto né =]

            • Guedes

              Sim, to pesquisando bastante usados. Up TSI atende bem pra viagem tbm, na estrada é uma beleza de dirigir. Pra um casal dá pra ser carro pra viajar tbm
              abs

        • Freaky Boss

          a sua doença é a de quase todo mundo que frequenta esse site! kkkk

  • Marcelo Amorim

    Se voce curtiu essa,imagina se andar na Ambition 2.0 quattro!Passei uma semana com uma e é um espetáculo!

    • Guedes

      Imagino! a Quattro além de ser melhor no off-road também ajuda a dar ainda mais estabilidade nas curvas…

  • Vitor Santos

    Sou louco com o Q3 Ambition de 211cv… Deve ser uma máquina! E é possivel achar um semi novo com até 20mil rodados por preços bem competitivos, tipo 115 mil a 120mil! E ja vem

  • Marcus

    Achei curioso essa unidade ser flex e no site da Audi e em todos os lugares só aparece a gasolina.

    • Guedes

      Modelo 2017 é Flex, o site deve estar desatualizado…

  • Ancelmo Henrique

    Localiza é show, alugo sempre e são muito prestativos, pena que onde eu moro não tem esse nype.

  • PauloHCM

    Pelo preço, se for para se manter entre os SUVs, eu prefiro o Jeep Compass. Se for fazer valer o meu dinheiro, prefiro a opção q eu fiz, comprar uma Toro Volcano completa com desconto PJ, saiu por 115.789, diesel, 9 marchas, 4×4, versatilidade da caçamba, onde da para se aventurar em terrenos off-road (só não tentar ir onde apenas um Troller com lift e pneu Mud Terrain pode ir), e com a diferença da pra fazer muita coisa, além do seguro e revisões mais baratas.

    Felizmente essa onda de SUV não me pegou. Mas voltar para sedans limitados também não volto, nem gastar com pseudo-premium

    • Guedes

      Sei não mas, nunca, jamais pegaria uma TORO em vez de um Q3. Pode ser diesel e o escambau, mas não.

      O status de um Q3 não se compara com o de uma Toro.

      A grande verdade é: quem precisa de um 4×4? eu moro no Rio, e vou a Teresópolis de 15 em 15 dias, estrada de chão, mas nada muito bizarro. Uma Q3 4×2 me atenderia mto bem.

      A caçaamba da Toro, cabe uma moto? Essa categoria da TORO que não me convence…

      • PauloHCM

        Como falei, para mim. Status é para quem se importa com o que ou outros acham. Se fosse assim eu pegava uma BMW ou uma RAM

        • Guedes

          Entendi, mas creio que no fundo todo mundo que compra carro quer algum status. Zero km então.
          Senão você tinha comprado um Celta.

          • PauloHCM

            Se tivesse algum Toro Volcano vermelho tribal com todos os opcionais, usado, na época em que comprei, pegaria duas vezes sem pensar. Sair de um Cruze para um Celta? Não. Já tive um e não gostei.

            O que falo é, pra mim, vale mais um carro de marca não premium, que me seja mais útil, com manutenção mais barata, seguro mais barato, menos status e menos dor de cabeça. Mas cada um tem suas necessidades, seja morador de metrópole (moro no interior da Bahia) que quer um SUV para status. Eu não me empolguei a trocar meu Cruze LT 2012 que peguei zero por nenhum dos novos sedans. Mas quando surgiu a promoção da Toro troquei sem pensar duas vezes. Uma picape atualmente me é mais útil do que trocar por outro sedan que faz a mesma coisa que o Cruze faz, sendo apenas mais caro e mais novo. E o Celta não faz a mesma coisa do Cruze, rsrs.

          • Verdades sobre o mercado

            Discordo sobre querer status. Eu compro carro que eu goste de usar e atenda às minhas necessidades. Entre um VW e um modelo equivalente Audi, compraria facilmente o VW pois não estou nem aí para o status, sem contar que este status atrai a bandidagem. Para comprar Audi teria que ter diferença de preço pequena e algo mais que compensasse (e este algo mais não é status).

  • marcgtsr

    Q3 2016 não é flex fica a dica…

    • Guedes

      Mas essa já é 2017, e é Flex. Veja a o símbolo abaixo do TFSI…

      • Edson Fernandes

        Até porque se não fosse pelo tanto que vc rodou (e depois colocou alcool) ele já teria problemas para sair do lugar…rs

        EDIT: E ai a VW me coloca o 1.4 TSI no Jetta não sendo flex. Vai entender.

        • Guedes

          Acho que é porque o Jetta é mexicano…

          • Edson Fernandes

            Sim… mas outros carros que vem de lá tem o uso do motor flex. A exemplo: Fusion 2.5.

      • marcgtsr

        Pois é, mas temos uma 2016/17 aqui e nao é flex…

      • marcgtsr

        As 2016/2017 não são flex, ao menos não a que meus pais tem. Verifiquei aqui.

        • Guedes

          Então essa era 2017/2017. Repito, veja a foto da traseira, tem escrito FLEX

          • marcgtsr

            Perfeito, embora mal de para enxergar na foto, haha
            Mas coloquei aqui mais para informação mesmo, não estava duvidando.

          • marcgtsr

            vi q vc falou do controle de tração…
            lembro-me q no manual do meu antigo pt cruiser dizia para desliga-lo em terrenos de terra, sem aderencia, pq o carro não anda mesmo, normal.

            • Guedes

              Eu não sabia, fui pelo instinto e meu parco conhecimento!

  • Edson Fernandes

    Apaguei todos os comentários porque na proxima todos que forem envolvidos a esse tipo de conversa e respostas ofensivas, serão punidos ok?

    Abs

    • Ernesto

      Blz Edson. Só achei muito desnecessário a forma que ele fez o 1o comentário. Justo! Abs

      • Edson Fernandes

        Sim, eu procurei fazer dessa forma para evitar no futuro a repetição contra sua pessoa tbm. Acho que assim se forem pensar em partir para alguma agressão, irão pensar duas vezes.

        Abs

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email