Hatches Volkswagen

Leitor relata processo de decisão e compra de um carro usado na faixa dos 60.000 reais

golf-tsi-2014-azul-6-1024x783 Leitor relata processo de decisão e compra de um carro usado na faixa dos 60.000 reais

Olá galera. Meu nome é Guedes, já fiz alguns posts aqui contando minha saga alugando carros premium após uma colisão com meu finado Cross Up! TSI. Depois de me cansar da dispendiosa brincadeira do aluguel, acabei comprando o carro que eu sempre quis ter, desde o lançamento: Golf TSI.



DO LONGO PROCESSO DE DECISÃO DE COMPRA

Após dirigir Audis, BMW e Mercedes alugados, a frase “ignorância é uma benção” nunca fez tanto sentido pra mim. Esse carros elevaram (e muito) o meu antes espartano nível de carro que me satisfazia. Após o conserto, vendi meu Cross Up! TSI 15/ 16 o qual comprei zero e fiquei pouco mais de um ano, e simplesmente não conseguia pensar num carro (usado) que atendesse à minha demanda: esportividade (leia-se prazer em dirigir); bom acabamento e algum status (sim, eu busco status com carro – beijinho no ombro pra quem discordar).

Meu orçamento girava na casa dos 60 mil.

Praticamente me limitei a carros turbo, pois após ser picado pela mosca caracol, é difícil voltar para os aspirados.

Peregrinei, pesquisei, divaguei em devaneios nos seguintes carros: Golf TSI 2014; Audi A1 2012 ; Fusca TSI 2013; Peugeot 208 GT 2016; Audi A3 2012; Suzuki Swift 2015; New Fiesta Ecoboost 2016,Mini Cooper S 2012, DS3 2013. dentre outros. A falta de foco fez com que quase eu me perdesse.

Basicamente, os escolhidos foram sendo eliminados um a um pelos seguintes motivos:

FUSCA 2013 – só encontrei com km muito alta, beirando os 60 mil km, raramente único dono, e o preço também: difícil achar um abaixo dos R$ 70 mil;

Audi A1 2012 – também só achava com km muito alta, nunca único dono, seguro proibitivo ( acima dos 5 mil reais) e o câmbio DSG me assustava;

Suzuki Swift 2015 – único não turbo da lista, aventado pela fama de boa dirigibilidade e agilidade. Porém, Suzuki tem poucas concessionárias. Um dos que eu ia ver o vendedor da própria Suzuki queria me vender com o parachoques quebrado oferendo desconto, ou seja: se nem a Suzuki conseguiu um parachoques, não seria eu quem conseguiria.

New Fiesta Ecoboost – acabamento simplório, beirando ao ridículo pelo preço. PC de bordo datado e a dona Ford não se dignificava a deixar fazer um test drive.

Mini Cooper S – seguro e cesta de peças muito caros. Ainda pesou contra ser importado e ter manutenção mais especializada (Bmw/ Mini) a facada seria grande pra qualquer manutenção de praxe.

Citröen DS3 2013– difícil achar um que não tivesse sido fuçado. O design não me agradava 100%.

O Peugeot 208 GT foi o que eu quase comprei. Fui ver um usado com 2300 km, por 63 mil reais mas desconfiei da origem. O vendedor falou que era um (famoso) carro de diretoria. Acabei não comprando.

Numa autorizada da Peugeot, me apaixonei por um vermelho de test drive, que estava sendo vendido a 69 mil, com 1500 km. Cheguei a fechar o negócio, mas meu irmão (abraço pra ele) sabiamente ponderou que com o 208 eu iria padecer do mesmo “mal” do Up! TSI: pode ser a versão mais galáctica, mas o 208 nunca deixará ser um carro tido como popular.

Depois de muito ponderar, desisti da compra, pra desespero da (bela) vendedora (parênteses machista aqui – nunca tinha comprado carro com mulher, se vendedor de carros sempre é bom de lábia, imagina vendedora mulher).

Cancelei a compra e pausei a ideia de comprar carro. Voltei ao aluguel e esporadicamente olhava classificados.

Já tinha descartado o sonho do Golf TSI por conta do famigerado DSG. Aí, cheguei a cogitar o Golf manual, mas era muito difícil de encontrar, e após os aluguéis, me acostumei com carro automático e dava preferência ao automático.

Mas tomei coragem e coloquei na cabeça: quem não morre não vê Deus.

À época que comprei o Cross Up! TSI o fiz muito por conta do motor e por ainda não ter condições de comprar um Golf, que sempre foi meu sonho. Contudo, apesar de sempre sonhar com o carro, indo pro mundo dos usados, os crescentes relatos de problemas com o câmbio DSG me inibiam de comprar um Golf usado. O Highline zero km estava na absurda casa dos 100 mil. Fiz test drive no 1.0 TSI, mas não me apetecia. Comfortline 1.6 MSI fora de cogitação.

Vi muitos Golfs, muitos. A maioria ou estava muito rodada (acima dos 60 mil km) ou era cara demais (acima de 70 mil) ou eu marcava pra ver e o carro não estava em nome de quem mostrava, com documentação enrolada. Uma cilada, Bino.

Um belo dia, por desencargo, entrei nos classificados e, bingo! Achei. Highline standard – sem pacotes careiros – 2014/2014, com 30 mil kms, único dono. Azul. Era ele.

SEM TETO SEM COURO

golf-tsi-2014-azul-3-1024x576 Leitor relata processo de decisão e compra de um carro usado na faixa dos 60.000 reais

Ao entrar em contato o dono, escaldado, já avisou:

-Não tem teto solar nem banco de couro.

Há toda uma cultura de que Golf tem que ter teto solar e banco de couro. Eu nem ligava, sabia que esse era o carro. Das Auto. Anunciado a 67 mil consegui chorar pra 63.500. Compra feita, hora de colocar o sanhaço – pássaro azul que virou o apelido do meu carro – para voar.

AZUL CALCINHA

golf-tsi-2014-azul-5-1024x610 Leitor relata processo de decisão e compra de um carro usado na faixa dos 60.000 reais

A cor do carro é um capitulo a parte. Golf pra mim tinha quer ser branco ou azul. Ele é Azul. Azul calcinha, como alguns amigos me zoam. Esse azul pacific é a cor de lançamento e não é mais fabricada – o Golf nacional tem um outro tom de azul claro chamado azul silk.

Eu gosto muito da cor. Uns dizem que esse azul enjoa fácil, desvaloriza, é de gosto duvidoso. Não concordo, pra mim é a cor mais linda e emblemática dessa geração do Golf. Inclusive, numa viagem à Buzios um argentino até pediu:

“Puedo dar una olhadita em su carro? Mui mui linda esta color”, disse.

ALEMÃO

golf-tsi-2014-azul-4-1024x576 Leitor relata processo de decisão e compra de um carro usado na faixa dos 60.000 reais

A versão alemã do Golf é a mais requintada, sem dúvidas. Painel em black piano. Freio de estacionamento eletrônico, auto hold, acabamento emborrachado, porta-luvas forrado e refrigerado, piloto automático, retrovisor rebatível elétrico, multimídia com CD e SD, cabine com luzes LED ( filetes nas portas e iluminação no chão) são alguns mimos. Um pecado é a ausência de entrada USB mas em época de streaming o USB acabou não fazendo tanta falta. Só faz falta pra carregar celular.

Uma curiosidade: o carro tem acendedor de cigarros, coisa que não se vê mais em carros do brasil. Há ainda feltro na caixa de rodas traseiras pra abafar barulho. Sensor de chuva, farol automático. Start stop. Tilt down. Sensor de estacionamento. Retrovisor fotocrômico. Estepe igual às rodas. 7 ABS. ESC. ASP, ISOFIX.

Bancos traseiros bi partidos, sendo banco do meio vira apoio de braços. Porta óculos escuros. Duas chaves canivete. Bancos são muito envolventes, sem regulagem elétrica, mas parcialmente de Alcantara o que eu acho particularmente bonitos, me lembrando Recaro.

Rodas são aros 16, com pneus Michelin que parecem que vão durar bastante ainda.

LET ME PLAY YOU THE SONG OF MY PEOPLE

golf-tsi-2014-azul-7-1024x1085 Leitor relata processo de decisão e compra de um carro usado na faixa dos 60.000 reais

Eu já conhecia o motor TSI 1.4 por conta dos A3 e Q3 alugados mas nunca tinha testemunhado o casamento com o Golf. Com o hatch médio, os 25.5 kgfm de torque entregues logo aos 1500 rpm dão uma sensação bem convincente de esportividade. O ronco do motor é instigante mas nada muito estridente. Amigos falam para eu trocar escapamento para poder ouvir farts (famosos pipocos/ tiros) do DSG, mas por enquanto não.

Há borboletas para troca de marchas, mas, como aconteceu também nos carros que eu alugava, raramente uso.

DSG E CONDUÇÃO

golf-tsi-2014-azul-10-1024x988 Leitor relata processo de decisão e compra de um carro usado na faixa dos 60.000 reais

O lendário (tanto para o bem quanto para o mal) câmbio DSG é tudo aquilo que falam mesmo. São sete gnomos possuídos por erês que fazem traquinagens e magia. Leitura de pensamento, trocas na velocidade da luz e suaves na maioria das vezes são características intrínsecas ao câmbio.

Porém, em terrenos acidentados (paralelepípedos, rua esburacada, rua sem pavimento) o DSG tem retenção de marcha: prende na segunda e muitas vezes é preciso trocar manualmente para terceira e estancar o sofrimento esganiçante do câmbio. Leituras em fóruns de proprietários dão conta da retenção ser “característica do projeto”.

O comportamento dinâmico do carro é estupendo. Direção pesadinha e responsiva, não boba. Em curvas, não há o menor sinal de rolagem de carroceria. A suspensão tende a ser durinha, às vezes até incomoda, por esportiva que é. No eixo traseiro, a suspensão ainda é a hors concours multilink o que mantém o carro estaticamente sob trilhos em altas velocidades. Há quem diga que multilink é bobeira, mas em altas velocidades, me parece nítida a diferença do multilink: não há, nunca, aquela sensação do carro flutuar, ele fica grudado no chão.

É fácil exceder limites de velocidade sem perceber.

golf-tsi-2014-azul-11-1024x618 Leitor relata processo de decisão e compra de um carro usado na faixa dos 60.000 reais

A posição de dirigir é perfeita e na estrada, hábitat natural desse espécime, dá sensação de o trajeto ser mais importante do que o destino.

Há uma espécie de simbiose entre o carro e o condutor. Apesar do meu não ter os 4 modos de condução de outros Golfs, tendo apenas a opção “S” de Sport, as respostas do carro são precisas, às vezes nem precisando acionar esse modo. O kick down no pedal reduz uma marcha e o motor urra como quem acordou um gigante com uma pedrada: Hora de trabalhar, seu miserável! Ultrapassagens em quaisquer situações são fáceis e seguras.

O som do multimídia é bom, mas confesso que os graves do Up! incrivelmente me pareciam mais limpos. Talvez seja tenha eu tenha sido influenciado, pois tem uma matéria na famosa revista de carros dizendo que “O som como um todo é bastante equilibrado e definido, mas a formação de palco sonoro não é tão nítida quanto a notada no Up!.”

CONSUMO

golf-tsi-2014-azul-1-1024x576 Leitor relata processo de decisão e compra de um carro usado na faixa dos 60.000 reais

Como no Up! TSI, consumo é questão de pé. Pé de fada, consumo mui civilizado de até 14 km/litro na cidade sem engarrafamentos. Uso soviético, consumo de Opala 6 canecos.

Melhor média que consegui foram 17.9 km/ litro na estrada com piloto automático, conseguindo fazer 650 km com um tanque, sempre na aditivada – esse powertrain não é flex.

MANUTENÇÃO

Ao comprar o carro estava para ir pra 6a revisão. O manual pedia para que fluído do DSG fosse trocado. No site, não havia menção à troca de fluído na 6° revisão. Ao ligar para a CC, queriam me cobrar R$ 1500 à parte dizendo que a troca era opcional. Em outra concessionária, disseram que não se troca o fluído desse DSG7. Como seguro morreu de velho, entrei em contato diretamente com a VW e fui informado que, DSG a troca é obrigatória apenas no DSG 6 (Jetta e GTI 2.0 TSI). O DSG7 possui fluido lifelong, e só é substituído em caso de vazamento ou troca do conjunto.

Acabei fazendo a manutenção fora da concessionária e qual não foi minha surpresa ao ir trocar o óleo e constatar que embaixo do carro quase tudo é lacrado. Há um enorme tapume de plástico com vários parafusos que tem de ser retirado para ter acesso ao cárter. Coisa fina pra ajudar na aerodinâmica, presente também em BMWs segundo o mecânico.

O endosso do seguro deu diferença de 1000 reais em relação ao Up! TSI (que era 1500), bônus 6. Fui obrigado a instalar rastreador.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Não há praticamente o que reclamar do carro. Apenas da retenção de marcha e da cara política de revisões da VW. Conforme o carro vai ficando mais usado, você é tacitamente convidado a se retirar das revisões. Os preços da 7a revisão nem aparecem mais no site.

Paradoxalmente, um dos maiores triunfos do carro é também um dos seus maiores poréns: DSG. O câmbio é fantástico, mas sempre há um medinho do câmbio dar pau fora da garantia. Mas como diz o poeta: trabalhamos para isso! Se quebrar, paciência.

Ao todo são quase 7 mil km convivendo com o bicho e a cada novo lançamento de carros (Argo, Polo, etc.) a certeza de que o sanhaço é uma ave rara que deve ser preservada da extinção só aumenta.

Pretendo ficar um bom tempo com ele, afinal não vejo nada sequer equivalente na faixa de preço que paguei.

Post scriptum: curiosamente o cara que me vendeu o Golf comprou um HR-V, o que corrobora que os pseudo SUVs tomaram conta de vez da categoria que antes pertencia ao Golf.

Abraços,

 

COMPARTILHAR:
  • Lucas086

    Ótimo relato e parabéns pelo carro, seria minha escolha, mas com pelo menos o teto solar kkkk um amigo tem um desse manual e não vende, troca e nem faz negocio, o carro é muito bom e esses bancos em alcântara precisa nem de couro.

    • Guedes

      Teto solar é um diferencial interessante, mas acho que nunca deixaria de comprar por causa da ausência!

      • Cmenusi

        Esse é um grande problema no Brasil: 7 em cada 10 desistem da compra com a frase:”ahm.. não tem tem teto solar…”. O cara as vezes deixa de pegar um carro bom pra pegar um com teto, e efetivamente usa ele umas … 5X … enquanto tá com o carro… Teto solar e ar digital não faço questão nenhuma. Mas tem carros que viram mico na hora de vender se não tiver, tem que ficar esperto …

        • Guedes

          Sim. Golf é um desses “micos”, teoricamente. Mas também não dá pra comprar carro só pensando na revenda.
          O carro atendia a quesitos meus mais importantes que estavam dificíl de achar: baixa km e único dono. O que tem de TSI rodadando de mão em mão já…!
          Pode ser que na hora da revenda me limite um pouco, mas paciência.

          • GPE

            Excelente carro. Ia comprar em junho de 2015 um com configuração idêntica ao seu por 79mil 0km. Pesquisei muito. Ainda fiquei na duvida de um confortline com roda 17 e outro opcional lá por 73500. Porém, os relatos de DSG quebrando me afastaram do carro. Se ainda fosse um conserto na casa dos 3 a 5mil reais, teria me aventurado. Mas é bem acima disso.
            Espero q dê certo. Geralmente quando quebra é qnd passa dos 40mil.
            E pelo que me lembro, essa troca de oleo constava no plano de manutencao e nao era opcional. Essa foi outra razao q me afastou, pois a revisão era de 6 em 6 meses e essa revisao cara era viria com 1 ano e meio.

            Acabei indo num civic LXR. Perde em tudo pro golf, é fato. Mas me deu a tranquilidade do conversor de torque. De toda forma, é um carro bom de guiar tb.

        • Edson Fernandes

          Curioso é saber que eu tenho 3 carros com teto (quer dizer tenho um atualmente, mas na sequencia) e só tive porque ofereceram (o primeiro eu coloquei porque foi cobaia para a versão Solaris do C3).

          • nightwishjp

            C3 é valente como falam e sofre de má fama, Edson?

            Tô pensando em pegar um PCD.

            • Ygor Soares

              Minha mãe comprou esse modelo novo com auto de 6 marchas e não tenho nada a reclamar. Motor e câmbio muito bom para o dia a dia na cidade, respostas bem rápida e econômico.

              • nightwishjp

                Como é PCD n condutor, posso comprar qq carro, saca? Tô muito a fim de um hb20 turbo, tá num preço bom.

            • Edson Fernandes

              Sim, em ambas as perguntas é sim.

              Eu tive um por 7 anos, meu cunhado tem um 2015 até hoje e já tenho outros exemplos do passado tbm. Na versão 1.2, ele perdeu bastante revestimento acustico, mas na versão 1.5 e 1.6, ele é silencioso. O que talvez denote do que eu tenho pesquisado, é o fato de alguns virem com a parte de calha do vidro vibrando e necessitando de ajuste na concessionaria (o vidro entre aberto causa barulho devido a vibração).

              Fora isso, de mecanica com PSA é assim: Cuidou bem, dura. O que é cuidar bem? Apenas fazer preventivas. Se for fazer corretiva, aí é carro para real dor de cabeça.

              C3 não aceita peça paralela e muita gente faz isso. Não se descuide de arrefecimento e a manutenção comum de oleo e filtros. De suspensão por incrivel que pareça é o ponto forte do carro junto da economia de combustivel.

        • MSGUI

          Nossa eu uso muito o teto do meu carro. Praticamente o tempo todo….
          quanto ao ar digital vc realmente não precisa dele, mas quando tem não abre mão nunca mais….

        • Ygor Soares

          Ar digital automático é algo que eu não vivo sem! Acabou o lance do tá frio tá quente!

    • Edson Fernandes

      O alcantara desse golf é bem superior ao couro que eles trazem, curioso…rs

    • Davi Millan

      Minha escolha tranquila seria essa. Golf azul manual com teto e bancos em Alcantara!

      • Lucas086

        Com certeza , um manual com teto eu não venderia mais nunca kkkkk

    • RED883

      A embreagem dos golf manual é subdimensionada, pois tem alguns relatos de PT em torno de 60mil km em uso normal, a troca em ccs custa uns 8 mil, e a VW não troca em garantia nem em cortesia como esta fazendo com todos os DSG que dão problema, pois alega sempre desgaste normal ou uso incorreto.

      • Lucas086

        Não sabia disso, ai de lascar viu, vou procurar saber com um conhecido que trabalha em vcs VW.

  • Gilberto Silva

    Parabéns pela compra, sem dúvida um excelente carro… eu sinceramente acho ele muito “Alemão”, ou seja, sóbrio demais, sem muita emoção com suas linhas retas e atemporais, aguardo ansioso pelo dia que o Sport6 1.4 LTZ comece a baixar de preços e fique dentro das minhas condições, pra mim ele é mais atraente que o Golf. das suas opções talvez eu ficasse com o A1 ou Cooper S. dois Hot Pockets natos. talvez se tivesse olhado um 500 Abarth também a diversão seria garantida, claro que o valor do cheque seria bem maior… abraços e felicidades com “Dein Neue Auto”.

    • Guedes

      opa. Esses rocket pocktes são tentadores, mas se for ser um pouco mais racional, fica com o Golf. Seguro desses é muito caro. e o espaço interno deles é mínimo atrás e no porta-malas…

      • Gilberto Silva

        Isso é verdade, dependendo da necessidade não atende… mas pensa na emoção…. o Sport6 te atenderia também, mas as linhas esportivas dele tendem a envelhecer mais rápido que as do Golf. e o preço… bem mais caro.

        • Guedes

          Sim, mas nem cogitei o Sport6 pelo preço. E prefiro as linas mais limpas do meu Golzão!
          e me parece o interior do Sport6 ter acabamento apenas mediano, não?

          • Guilherme

            concordo… por fora o cruze pode até ser atraente. Porém notei uma queda no acabamento da primeira geração para a atual…
            Eu particularmente estou no segundo Golf. Tive um Highline e agora estou com um GTI. Concordo que o design é bem pacato, porém prefiro isso à Jaspions da vida…
            Menos é Mais!

            Quanto ao farol, realmente o da versão mais simples remete um pouco ( bem pouco, culpa dessa “novidade” de family face ) o Gol, mas isso se resolve com 2 mil e farois chineses ( porém de qualidade).

            • Guedes

              Eu acho muito dinheiro, 2 k num farol ! kkkk vou ficar com o meu mesmo.
              E entendo que a cor do meu dá uma “afastada” nos Gol…

          • Gilberto Silva

            Acho o interior do LTZ fantástico… na verdade acho o carro todo fantástico kkkkkk

            O Golf tá longe mais bem longe de ser um Golsão…. tradição germanica de primeiro mundo… é um bestseller.

            Agora a dona Ford tá dando muito mole em não fornecer o Focus com um motor Turbo hein…

  • Marcos megdA

    Cara.. Parabéns pelo carro! Melhor carro que ja tive na vida. Quando vendi o meu até chorei.
    Aproveita bastante que se cuidar direitinho não vai ter dar dores de cabeça. O meu foi pro terceiro dono, quase 100mil km e nenhum problema.

    • Guedes

      valeu! pretendo ficar bom tempo e cuidar! rsrsr

  • Diego G. de Lima

    Parabéns pela aquisição! O cara escreve bem, a NA já pode contratar…rsrsrs
    Acho muito legal essa saga entre o homem e seu carro, aproveite ele por longo anos.
    P.s: achei a cor top.

    • Guedes

      heheh valeu!

      • Ernesto

        Realmente a sua redação é bem superior aos textos da NA. Os erros que encontramos nos faz crer que eles não conferem os textos e mandam ver na postagem.

  • Gilberto Silva

    ah propósito…

    Cooper S apesar de ser um “BMW” usa motor THP, com uma potência maior que os Peugeot, mas que qualquer mecanico pegeuot pode olhar sem necessariamente precisar ir a uma BMW

    Comece a dar uma olhada no TORK ONE, isso lhe propiciará muitos sorrisos no dia-a-dia, Abraço!

    • Guedes

      Sim sim! mas peças como discos de freio, um farol, uma lanterna, umretrovisor serão Mini! meu medo foi esse!
      E também o MIni não é versátil, o porta malas dele é minúsculo.
      é bom ter como segundo carro, penso.
      abs

  • Anderson Vieira

    Excelente carro, parabéns! tive um jetta TSI 2012 e sinto falta até hoje…ponto negativo é que depois de 50 mil km (peguei com 12mil) tive que trocar bobinas, canister e bomba de alta pressão – preço das peças e mão de obra nas CSS VW desanimam…..

  • Rodrigo

    Eu tive um TSI alemão 13/14 sem teto e sem couro também. Comprei usado, tinha até cheiro de novo ainda. 39000km rodados.
    Mas o meu tinha o botão para ligar o carro, sensor de chuva e rodas Geneva.
    Realmente é um carro muito bom! Meu consumo girava em torno de 15,5 km/L em trajeto misto.
    Mas tive um problema com bomba d´água, do nada, quando cheguei aos 52000km.
    O orçamento inicial em css VW foi de R$ 4500,00 para troca da peça.
    Achei meio absurdo por uma peça tão simples para qualquer outro veículo da marca, mas para esse era cara demais.
    Procurei no Mercado Livre e achei a peça por 1900,00.
    Acabei por efetuar o serviço na css mesmo. Esse é um dos poréns desse carro, mas mesmo assim não tira sua excelência.

    • Edson Fernandes

      Olha, varios Golf tem dado problema na bomba d’agua e a concessionaria desde que vc tenha feito as manutenções em dia, trocam sem custo.

      • Rodrigo

        Mas a manutenção ocorreu somente na VW e em dia.
        A garantia acabou no final do ano passado.
        Nunca que cobriram com a garantia vencida. Já tinha passado 4 meses.
        Garantia de 3 anos é pouco.

        • Edson Fernandes

          No caso do grupo dos donos de GOlf, já trocaram mesmo depois do termino de garantia. Mas é aquela coisa… 1 a 2 meses após. Mas tem infelizmente dado problemas nessa peça.

          • Rodrigo

            Agora já foi.. . Rsrsrs

    • Renan Abreu de Moura

      1 – tente configurar o som do seu carro, equalizar as bandas etc, talvez seja por isso que está achando o som do up melhor

      2 – O câmbio dsg do golf de 7 marchas não tem óleo, é seco.

      3 – Não pensou na possibilidade do Jetta 2.0 tsi 2013?

      4 – Acho que vc fez a melhor escolha! Parabéns.

      5 – Ainda bem que não foi com os mancos: Corolla ou SUVs hehe

      • GTIke (GTIke)

        É claro que tem óleo. Não existe câmbio sem óleo, ia destruir as peças. A EMBREAGEM do DSG-7 é seca (E a do DSG-6 do GTI é embreagem imersa), mas o resto do câmbio tem óleo sim.

        • Renan Abreu de Moura

          Obrigado pelos esclarecimentos GTIke

    • RED883

      A bomba da agua do golf 1.4tsi é a mesma do Fox 1.6, que custa uns 260,00 na ccs. Já foi testado por colegas do forum mk7 e é idêntica.

  • MG

    Tive um Jetta TSI 2011, comprei com 49 mil km e vendi com 100 mil. Nunca deu problema em nada. Saudades dele até hoje. Câmbio maravilhoso.

    • ThiagoDF

      Também tive um TSI 2012/2013, vendi esse ano, carro excelente, cambio nunca deu nenhum problema, rápido e preciso.

    • Gabriel M. Vieira

      O Câmbio do Jetta é banhado à óleo né? DSG6. É ainda melhor pela durabilidade, apesar de ter 1 marcha à menos.

  • BillyTheKid

    O Golf é um carro lindo, mas o que não entra na minha cabeça é o fato dele vir, de série, com esses faróis de Gol G6. Merecia vir pelo menos com os faróis do Fox (em formato de “U”, similar aos de xenon do Golf); É muito mais bonito, e dá uma cara bem mais agressiva e contemporânea ao carro.

    Ainda assim, continua sendo um dos meus sonhos de consumos, junto com o sonho de ter um carro elétrico. Quem sabe até eu ter grana pra realizar um dos sonhos já seja vendido o Golf GTE por aqui, matando minhas duas vontades de uma vez só?

    • Guedes

      Coisas da VW pra empurrar pacotes careiros!

      • Edson Fernandes

        E justamente no Golf poderiam ter quebrado mais pacotes porque mta gente iria pegar o farol de xenonio.

  • Darlon Anacleto

    Texto bem redigido e muito espirituoso. Sua escolha foi muito sensata, levando em consideração o valor (e a qualidade) dos ‘compactos premium’ e dos médios atuais. Pedal to the metal!

    • Guedes

      Valeu! abraço

  • mpey

    So uma coisa amigao, antes de ler a materia pensei que poderia ser qlq carro menos o golf at, daqui 20k km, seu cambio vai para o saco…. ai vai uma grana boa :)
    Sai dessa o qnt antes…

    • Guedes

      Me diga, qual carro você compraria nessa faixa de preço?

      • Luis Carlos Saccon

        Guedes …. sempre vai aparecer os “insatisfeitos” com a sua compra , e que queriam que vc comprasse o carro dos sonhos …… deles ………… o que importa é o seu gosto e a satisfação ….. sua !!!!!!….o resto …..

      • mpey

        308 thp até 0km que baixou o preço, era o carro que eu tinha.
        Agora como precisei de um carro “altinho” fui de creta.

        • Guedes

          Comprar Creta por 63k? não dá.

          Quem sou eu pra dizer quem precisa de quê, mas entendo que ninguém precisa desses pseudo SUVs.
          Não vejo vantagem nenhuma nesses SUVs. Não são off road, a diferença de solo, ângulo de ataque em relação a um carro de passeio normal é pífia. Isso é só modismo.

          • mpey

            Por isso falei que iria de 308, pagaria menos, pegaria um mais novo, menos rodado, gastaria menos em manutenção e seguro também com acessórios equivalentes e até mais, sem falar do risco do cambio premiado. Qnd eu fui comprar o carro fiquei em duvida entre golf e 308, mas optei pelo 308. Nao comprei o creta agora por ele ser “suv”, ate pq prefiro carro hatch, mas para o que preciso a altura é perfeita.

            • Guedes

              O “novo” 308 thp é um bom carro, mas não deixa de ser um arremendo. se fosse o 308 real europeu, seria melhor. Enfim, boa sorte com seu, boa sorte com o meu.

    • Leandro

      Cavaleiros do Apocalipse, um cambio de dupla embreagem bem cuidado dura muito, nao fale isso…

      • mpey

        Nao existe isso de bem cuidado, ele vai dar problema antes do tempo, tem que ficar trabalhando nele sempre nos golfs e a3, todo lugar do mundo ele deu problema, da europa ate a china, como o powershit, igual ao al4 da citroen na primeira versão, tiveram que atualizar para pararem com as queixas e deixar de quebrar. Mas no brasil continuam vendendo, inventando desculpa e brasileiro comprando e pagando um absurdo. Todo dia, só na página do facebook aparecem 2 com erro no câmbio…

        • Leandro

          Me passa os números da mega Sena também, já que você consegue prever o futuro…

  • Charlis

    Parabéns Guedes, belíssima aquisição, brinquedão!
    Nós temos um gosto parecido para carro, pelo seu relato, e um amor em comum a todos aqui.
    Toda vez que preciso alugar um carro (ou invento essa necessidade) me sinto uma criança, escolhendo um novo jogo do Playstation, rs. Melhor ainda, quando é no primeiro mundo, ah… já me diverti demais!

    Sobre o Golf, eu sou suspeito para falar…
    Pra mim, esse carro beira a perfeição, tanto em beleza externa, interna e dirigibilidade.

    Se te deixa tranquilo, na família temos um Golf TSI Comfortline manual 2014 (alemão) com mais de 130 mil km rodados, este é da empresa e meu pai quem o utiliza.
    Já rodou muitos desses KMs em estrada de terra, já passou pelas mãos de mais pessoas (nem sempre todos tem o mesmo cuidado), e até hoje o Golf continua sobrando saúde, não faz barulhos algum (fora do normal), e sua dirigibilidade é como se tivesse saído da CSS há poucas semanas.

    Sobre o DSG, basta ter os cuidados que você já deve ter lido (não carregar a embreagem fazendo rampa e afins), e ficar tranquilo.
    Qualquer surpresa fora do esperado, basta importar o kit de embreagem nos US que lhe custará menos de 600 dolares.

    Ah, fica essa dica também para as demais peças de desgaste, caso precise.
    Estes dias fui cotar as pastilhas dianteiras do Jetta nas CSS, e custam na casa dos 700 a 800 reais.
    Comprei-as nos US e paguei 70 dólares.

    Ah, e obrigado pelo belo relato.

    []s

    • Guedes

      valeu, obrigado! não sabia que o kit de embreagem/ mecatrônica custava dava pra ser encontrado por USD 600. Bom saber!

      • Edson Fernandes

        Apenas o kit de embreagem. A Mecatronica geralmente é a parte. E vc tem os dois para importar. Mas vc gastaria entre peças R$4000 numa conversao com impostos… ao contrário daqui que somente a soma dessas peças dá o valor R$7000 a R$8000. Aí tbm tem a mão de obra e vc entende porque cobram R$10000 para arrumar o DSG. No seu caso sairia por volta dos R$6000 se fizer dessa forma.

        • Mr. On The Road 77

          O problema de importar é a demora…

          • Edson Fernandes

            Isso eu concordo. Antes eu pensava com muito carinho no Golf, hoje se fosse ter um, teria de ser o nacional mesmo tendo downgrade de algumas coisas.

    • lucas

      Charlis vc compra no ebay? ou tem um esquema diferenciado? a gente precisava saber rs

      • Charlis

        Lucas,
        Os freios eu comprei aqui: vwpartsvortex . com

        Porém eu mesmo trouxe de lá, não sei se eles entregam aqui.

        O kit de embreagem eu não precisei (e espero não precisar), mas encontrei nesse: ecstuning . com

        Lembre-se que precisa saber o número da peça/part number ou VIN.
        Por exemplo, o do meu freio foi:
        3C0-698-151-J.

        Só de digitar isso no google (americano) ele já sugere os sites que vendem, inclusive o eBay.
        Para conseguir o código, caso você não tenha esquema, basta ligar numa CSS VW, pedir pra cotar a peça e pedir o número…. eles vão precisar do número do chassi para não ter erro.

        Abcs

        • lucas

          muito obrigado charlis! abraços

  • Zé Mundico

    Excelente compra e compartilhamos da mesma opinião. Depois de dirigir um carro “diferenciado” e completo, é difícil querer voltar para um carro “comum”.
    E continuo achando que um usado em bom estado vale mais que um zero pelado e simplório, ache ruim quem quiser.
    Qualidade, conforto e desempenho viciam, graças a Deus…..rsrsrsrsr

    • Gabriel M. Vieira

      Concordo!

    • Edson Fernandes

      Engraçado que eu não tenho um Golf,mas dirigir um carro dotado de itens de conforto, segurança e tecnologicos, faz vc ver outros carros com um olhar bem diferente. Dificil pensar nam inha proxima aquisição.

      • Darwin Rigamonti

        estou nesse embate: golf 13/14, highline, teto e tudo mais, Manual. Pensando em trocar, mas qual carro mantenho os mimos? Difícil :(

        • Edson Fernandes

          Teria que mudar de categoria e, pensar em carros mais caros para manter tbm. (ou similar mas mudando de porte)

  • klaus

    parabéns!

  • Gilson Neto

    Só não entendi porque você não considerou o Audi A3 1.4 2014… É o mesmo motor e cambio desse golf porém tem o status de Audi, farol de xenon, led diurno, lanternas em led sem ser de “pontinhos” como no golf.
    Acredito que o custo seguro e peças não seja tão diferente do golf.
    Pelo que pesquisei está na mesma faixa de preço, da pra comprar por menos de 70k.

    • Guedes

      Cheguei a cogitar Audi A3 014 mas tava sempre acima dos 70 mil e 70 mil pra mim já estourava muito, eu queria abaixo dos 65 mil.
      Os seguros de Audi aqui no RJ são impraticáveis e manutenção também pesou. Sem contar que o Golf Highline é bem mais equipado. O Audi A3 é mais status mesmo, mas o interior do Highline é muito superior.
      Abraços!

      • Verdades sobre o mercado

        Eu adoro hatches, mas o A3 acho sem sal. Prefiro o Golf.

    • Charlis

      Até onde eu sei o motor não é exatamente o mesmo.
      O Golf tem variação dos 2 comandos de válvulas, o A3 1.4 deste ano creio que não.
      Tanto que o A3 tem 122 cv, e o Golf 140 cv.

      Sobre o seguro, é muito relativo, pra mim, o seguro do A3 é o dobro do valor do seguro do Golf.

      E sobre a manutenção, só se a ideia é não levar em CSS.
      Mesmo sendo a “mesma” mecânica, a manutenção na Audi é mais que o dobro do valor.

      Na minha visão, o Audi é lindo, tanto quanto o Golf, mas teria que justificar melhor essa diferença de valor na compra e na pós para valer a pena.
      Se fosse pra correr esses riscos e gastos de ter um premium, e considerando o gosto dele que é Hatch, minha dúvida ficaria entre uma 118i ou 120i seminova, pois além de mais motor, câmbio ZF, ainda de brinde leva uma tração traseira, pra quem gosta de acelerar e dirigir, é um ponto a ser considerado.
      Mas mesmo assim, sendo racional, ainda iria no Golf TSI, rs.

      []s

      • Edson Fernandes

        Só lembrando que nesse caso para ter o mesmo nivel de série de itens do highline, vc precisa migrar para o A3 1.8. Pois mesmo o 1.4 Ambiente ainda assim carece de alguns itens de um Golf Alemão.

  • julio

    Fico com o Honda HRV. Golf já era.

    • Guedes

      Que bom! eu prefiro Golf.

      • ThiagoDF

        Excelente compra, na minha opinião, muito superior a qualquer versão do HRV.

        • Guedes

          E eu encontrei com o cara que me vendeu depois, o cara falou com nostalgia do Golf dizendo que meio que se arrependeu pq a dirigibilidade do Golf era incomparável!

          • Edson Fernandes

            Não tem como. O HR-V na hora que vc compara com o que tinha no Golf, percebe a inferioridade. Quer ver um exemplo? Minha esposa tinha adorado o Duster pelo rodar (e eu tbm, porque o rodar dele para um altinho é solido, gostoso para esse porte).

            Foi eu mostrar (ou relembrar ela,já que andamos no lançamento do Fluence) para ela o Fluence que ela entendeu na hora o mundo de distancia que tinha entre os dois carros e felizmente para meu caso, o Fluence não é um carro baixinho.

      • Charlis

        Como você prefere o Golf alemão à HR-V ?

        A HR-V tem o moderno motor do Civic 2006, faróis de bicicleta, suspensão eixo de torção (mais resistente), e se quiser uma tela bem colorida, tem que desembolsar perto de 100 mil reais!
        Negocião hein ?

        • Edson Fernandes

          Pera…. essa tela bem colorida é RESISTIVA muito “melhor” que a capacitiva do Golf!

          Sem contar o som do HR-V… ele ó…. uma “beleza”.

  • Michel Soares Pintor

    Esse GOLF chipado fica um aviãooooo!!! ahaha

    • Guedes

      Eu tenho receio de comprometer o DSG, esse câmbio diz que não comporta muito bem fuçadas.

      • Edson Fernandes

        Deixe original. No maximo pense em um difusor para ter ronco. Vc sabe que ele anda bem original, não entendo a tara pela necessidade de mais força a algo que anda bem. Se vc fosse de SP iria pedir para vc me mostrar o carro…rs

        • Guedes

          Entendo que é mais para “supertrunfo” que a galera mexe!
          Mas eu não sou playboy, penso em ficar com o carro por um bom tempo, quero que dure. Não devo mexer não.

          • Edson Fernandes

            De fato dá para ter muitas melhorias, mas penso eu que só faria se justificasse a necessidade. O cara me fala “coloca um catback, filtro esportivo, remapeamento”, mas na pratica, o carro já anda muito bem.

  • Lagarto Véio

    Essa cor é sensacional.

  • Bruno Alves

    Ta aí a resposta para aqueles que sempre se perguntam o motivo de as montadoras não lançarem os modelos esportivos de seus carros mais baratos por aqui, elas entendem bem nosso mercado. Brasileiro compra carro para os outros, isso é inegável. O cidadão aí deixou de levar o 208 GT pelo simples motivo de que alguém na rua vai olhar e falar que é popular. Sendo que é um baita carro, em todos os sentidos, acho que fica atrás do Golf só em espaço interno mesmo (que pelo texto, não parecia ser um problema). Lógico, o dinheiro é dele, mas não deixa de ser uma mentalidade, no mínimo, curiosa.
    Enfim, no mais, parabéns pela compra mesmo assim.

    • Guedes

      Obrigado pelo comentário, Bruno.

      Sim, um dos fatores que me desmotivaram de levar o 208 GT foi isso mesmo: as pessoas olham o GT e pensam ser um 208 invocadinho.

      Pode custar 70, 80 mil mas é “apenas” um 208, um carro tido como popular ponto.

      Pra quem não tem dinheiro sobrando e pode se dar ao luxo do GT ser segundo carro, esse é um fator a ser levado em consideração, creio.

      Eu “sofria” isso com o UP TSI. à época, paguei quase 50 mil e as pessoas olhavam e pensavam ser um uno de 20 mil reais.

      Além disso, não mencionei mas pesou também a alta desvalorização do Peugeot.

      Sem contar que o Golf TSI sempre foi meu sonho.

      • Samuh Vogetta S

        Fico com esse pensamento em relação ao Sandero R.S. Me amarrei no carro, mas….

        • Guedes

          é um excelente carro, tem uns usados já na casa dos 40 mil.
          Mas não sei o interior dele.
          E dizem ser meio beberrão.
          E não é turbo, aí nem cogitei muito!

          • Edson Fernandes

            O interior dele exceto alguns detalhes para dar uma tonalidade esportiva, tem bancos diferenciados da versão civil e o cambio que é preciso. Mas o acabamento do carro no geral é de um Sandero.

            Sim é beberrão porque além do motor 2.0, eles encurtaram a relação de marchas para privilegiar a esportividade. Então vc tem na mão um carro com uma preparação esportiva. Ok, muitos irão dizer que o Golf anda junto e tudo mais, além disso que par aum esportivo, ele deveria ser mais potente, mas o acerto dele de longe é a esportividade.

            Se vc já rodou num Sandero seja ele 1.0 ou 1.6, iria pensar que se trata de outro carro devido ao otimo acerto da suspensão. Dirigir esportivamente ele é uma delicia. Nisso ele cativa de longe. É o ronco encorpado (melhor ainda com o botão Sport ligado), o carro fica mais arisco e o controle de estabilidade/tração não atua com facilidade. É um carro de track day nato.

            Mas vc iria chorar no consumo e pelo que dizem, no desconforto nas ruas. Eu já te digo que eu achei um up mpi mais duro que esse Sandero… ou seja, no meu caso gostei muito. Mas para meu caso se tivesse um, eu iria modificar muita coisa nele, a deixa-lo mais contido em sua ultima marcha e trabalhar mais as demais. A falta de turbo nele não é sentida pelo cambio ser curto, qualquer acelerada mais empolgada, o giro sobe muito rapido. Então vc está sempre com o motor cheio (e com o lindo ronco do lado).

      • Randy Marsh

        Tenho este pensamento tambem. O carro de um segmento superior sempre terá mais tecnologia e segurança do que o modelo do segmento inferior completo. Sempre pensei nisto na compra do meu primeiro carro: Preferi um astra GL 2000 usado do que um corsa 2005 capado.

      • Edson Fernandes

        Só que no caso do 208 GT em especifico, ele não desvaloriza. Te falo por olhar constantemente o modelo. Mas era seu sonho o Golf, isso fez a diferença.

        • Guedes

          Sei não. Havia descontos muito agressivos no preço de tabela, o que entendo refletir no mercado de usados.

          • Edson Fernandes

            Vai na VW consulte Fox e Gol. (até up em valores menores).

            Vai na Fiat ver o Argo… Vai na Citroen, vai na Ford… TODOS praticam descontos. Isso não é exclusividade da Peugeot. Alias, esse é o principal mote de vendas do Onix por exemplo.

      • Mr. On The Road 77

        Quem quer Golf, quer Golf. 208 é ótimo também, mas é outra categoria de carro. Não tem o chão do Golf, nem de longe.
        Quem tem ou já teve um médio moderno sente muita diferença para um compacto, qualquer um deles, incluindo o fantástico 208 GT.

    • Verdades sobre o mercado

      O 208 GT é um bom carro, mas não se compara ao Golf, não é apenas o espaço interno.

      • Daniel

        Não se compara porque tem outra proposta. É um esportivo manual e vai divertir e andar mais que um golf 1.4. Eu tive a mesma dúvida do colega do texto, andei nos dois, e fui sem pensar no 208. Depende da necessidade de cada um. Em termos de construção, sem dúvidas, é um compacto contra um médio.

  • Vattt

    Eu faria a mesma compra!!! Foi bem racional nos argumentos, mas o emocional pesa muito na decisão!!! Como meu pai diz, “se é de gosto, arregaça o peito e vai”!!! kkkkk

  • Gabriel M. Vieira

    Bacana o seu relato, gostei! Parabéns pela compra. Em 2015 o meu “sonho de consumo” era um Golf dessa cor, com as rodas Madrid. Fiz TD, e na hora de fechar o negócio o preço do seguro me impediu. O fato de não ser o Alemão também já me desanimou um pouco. Eu gosto muito do Golf, acho um carro muito bem acabado e com powertrain bem resolvido. Uma pena os hatches médios estarem agonizando.

    Por fim, em 2015 eu fiz negócio num C4 Lounge THP Exclusive 0km e estou com ele até hoje. Com o cenário atual, vai até 2020, no mínimo.

    Abs e boa sorte com o carro!

    • Guedes

      Queria rodas Madrid tbm, mas em carro usado a oportunidade conta mais!
      Meu relato é gigante e foca nos carros que efetivamente corri atrás, mas no processo a mãe de um conhecido ia vender um C4 THP e só não comprei pq ela não abaixou o preço.
      Dei uma volta é um excelente carro. único porém é o volante que é meio grande né?

      • João Cagnoni

        Eu tenho um C4 de geração anterior (Pallas), o melhor do carro era o volante, agora no Lounge é a pior parte do carro… Parabéns Citroen! Ficou uma m* mesmo!

        • Gabriel M. Vieira

          Eu tb não gosto, mas já me acostumei. Quando pego outros carros que eu sinto a diferença. É do tamanho do DS4, que parece menor pq é cheio de botões… mas enfim, nada que desabone o carro também. E o pior é que o próximo Lounge com visual chinês vai manter isso. Eu estive na China mês passado e vi o carro lá, é feia aquela frente com os LEDs, putz…

      • Edson Fernandes

        Bem… sinta-se feliz com rodas aro 16″, os demais são bem mais duros.

        • Guedes

          Sim, lembro do relatos aqui no NA de um cara reclamando das Madrid e dos pneus de perfil baixo.

          • Edson Fernandes

            Eu acho curioso a VW manter pneus de perfil 45 ou menor. Daria sem prejudicar a rodagem para colocar um perfil 50 que já protegeria melhor.

      • Gabriel M. Vieira

        Claro, usado é assim mesmo! Fez bom negócio, sem dúvidas.

        Sobre o volante, sempre digo que é uma parceira franco-sueca (PSA-Scania) kkkkkkkk, mas com o tempo acostuma sem problemas. O carro é muito bom, na época foi um bom negócio e no cenário atual me dá um desânimo pensar em trocar.

        Meu pai tem um up TSi e minha irmã um MSi, os carros são bons city cars, mas eu prefiro carro maior. O que houve com o seu?

        • Guedes

          Uma diferença de pista/ ponte numa curva me jogou pra cima de um guard rail, aí furou o pneu, quebrou a roda e destruiu a balança, arrancou retrovisor, amassou um pouco a porta. Não foi uma batida feia, até consegui trocar o pneu e chegar em casa. Consertou ficou 100% mas depois que eu aluguei carros superiores, não consegui me acostumar com o UP de novo.

          • Gabriel M. Vieira

            Caramba, que bom que não foi nada sério. Mas eu entendo, depois de provar o bom, qualquer coisa “média” se torna ainda pior. Eu sofro com isso também hahaha

  • João Cagnoni

    Ótimo relato, o Golf também seria a minha escolha. Mas me explica sobre não gostar do design do DS3, como é possível?

    • Guedes

      é mais o interior da primeira versão, não me instiga mto não!

  • André Almozara Aranha

    Maravilhoso seu texto, dei altas risadas sozinho. Mas a parte técnica tá muito bem escrita, você sabe mesmo como elaborar um texto humorado e instigante. Sempre espero seus textos pra ler o que você publica, eu também adoro alugar carros de luxo, e assim elevei minha percepção do que é carro. Gostaria muito de poder comprar um carro turbo no futuro, quem sabe será um Golf, seu texto me deixou apaixonado por essa ave rara em extinção!

    • Guedes

      HEHEHEHe. Valeu! Golf é fantástico mesmo, difícil conhecer um dono que não seja apaixonado.
      abraço

  • Breno Ferreira Ribeiro

    Belo relato, Possuo um Highline 14/15, com teto porem sem couro rsrs’ acho os bancos muito bonitos, só perde pela facilidade de limpeza do couro! Referente a ausensia da porta USB, vc consegue comprar a cabo para colocar USB, é plugado ali no “cinzeiro/porta-treco” a frente do cambio onde se coloca o cabo de iPod! Porem carissimo na VW, achei por 1/4 do preço esse acessorio no paraguai Rsrs’ Porem acho que se pesquisar acha alguma coisa mais em conta no ML. Consumo.. O meu tbm é apenas a gasolina, ando sempre pisando e restritamente só Cidade Faço médias de 9 a 10km/l; estrada ja alcancei 15km/l Acho um otimo consumo ante um Cruze Sport6 que não fazia mais que 6km/l com gasolina, etanol nem pensar kkkk’. Otimo carro! parabens pela aquisição

  • Louis

    Parabéns, essa cor é linda. Sempre que me passa um Golf Highline, fico hipnotizado por essas lanternas cheias de pontinhos led.

    • Edson Fernandes

      Realmente a lanterna do Highline é muito charmosa. Eu colocaria farois winpower tbm.

      • Guedes

        Eu penso em colocar, mas acho muito caro!

    • Guedes

      Realmente, a lanterna à noite é linda linda.

  • Randy Marsh

    Tenho uma EDGE 14/14, AWD, beberrão na cidade, modesto na estrada (2T para tirar da inercia não é brincadeira) com admissão da K&N e escapamento magmaflow. O detalhe é sobre a PTU (unidade de transferencia de força – vulgo AWD) que a FORD tambem a classifica o oleo como LifeLong #sqn. Nos EUA, diversos proprietarios ja relataram a quebra da peça aos 50mil milhas e devido a conexoes com a transmissão, diferencial, podem ser catastroficas financeiramente. Os mesmos donos destes carros (inclusive um que é considerado pela Ford dos EUA com uma placa de reconhecimento de uso deste por mais de 500mil milhas) orientam a troca de oleo com a criação de um orificio de drenagem (dreno incluso nas versões internacionais – UFA) a troca a cada 15mil milhas (uso cotidiano) e 10mil milhas se uso extremo.
    Converso com voce a respeito disso com a finalidade de te orientar a procurar os foruns de discussão de seu carro internacionais para melhor avaliação de troca do oleo do DSG.. A final não existe oleo com vida infinita… com certeza a troca de uma transmissão será ainda mais cara do que 1500 reais

    • Guedes

      Obrigado pela dicas, Randy.
      A questão do óleo desse DSG7 é muito confusa ainda. Teve recall na China e outros países com clima mais quente por conta de problemas com a especificação do óleo, que dizem contrubuía para as famosas quebras do DSG.
      No Brasil, a VW não fez recall.
      Eu entrei em contato diretamente com a VW, consultaram engenheiros e me garantiram que só troca em casos de vazamento.
      Vou confiar…

      • RED883

        No DSG7 o óleo hidraulico só serve para fazer a mecatronica funcionar, pois as embreagens são secas. No DSG6 as embreagens são banhadas em óleo, que, por sujar com o desgaste dos discos, deve ser trocada a cada 60milkm.

      • Leonardo Balieiro

        Amigo, te aconselho a fazer a troca. Procure uma High Torque perto de você e troque se for ficar muito tempo com o carro.
        Nós precisamos aprender que TODOS OS FLUIDOS DO NOSSO CARRO precisam ser trocados em algum momento, nenhum é vitalício.
        As montadoras dizem que não precisa trocar óleo de câmbio porque não temos mão de obra especializada pra isso, nem nas próprias concessionárias.

        • Guedes

          Entendo, mas a partir do momento que a VW me confirmou que não troca, se der problema pela falta de troca ela será responsabilizada. DSG não é qualquer um que sabe mexer, eu não vou deixar qualquer zé da esquina mexer no câmbio a toa, entente!? se for pra trocar, eu faria em uma CC e comigo olhando.
          abraço

          • Leonardo Balieiro

            Por isso te disse pra procurar uma High Torque próxima de você. (Depois assista no YouTube)
            Infelizmente nossas concessionárias são um lixo no quesito mão de obra. Aquela conversa fiada e checar vários itens e empurroterapia de serviços só serve para tomar nosso dinheiro. Digo por experiência própria, paguei R$ 1.400,00 numa revisão e nem p****@ do filtro de ar trocaram!
            Já tivemos Amarok em garantia na empresa que deu defeito e a concessionária não conseguiu consertar, tivemos que levar numa oficina de carros importados, eu fui buscar ela e o carro mais barato que tinha lá depois da Amarok era um Porsche 911.
            O que te garante que a VW será responsabilizada por algum problema no câmbio? Garantia? Só por curiosidade…

            • Guedes

              Eu me fio no código de defesa do consumidor. Se há vicio oculto que comprometa a qualidade e durabilidade, eu posso procurar meus direitos na justiça.

              • Randy Marsh

                Se nem no EUA, com o problema relatado diretamente a comissão de transportes americano, com ação publica sugerindo que se faça o recall e a troca deste óleo nos carros EDGE (com vendas muito maiores lá do que o Golf Aqui), com outros carros da linha governamental (com dreno e com radiador na peça) não foram responsabilizados.. Aqui na Banânia tudo é diferente #sqn

                • Guedes

                  A justiça em relação à defesa do consumidor no Brasil é muito eficiente.

  • Mr. On The Road 77

    “O Peugeot 208 GT foi o que eu quase comprei. Fui ver um usado com 2300 km, por 63 mil reais mas desconfiei da origem. O vendedor falou que era um (famoso) carro de diretoria. Acabei não comprando.”
    Vendo que você é do Rio, sei que essa loja de usados fica na Tijuca. Esse mesmo 208 GT estava com dois anúncios. Em um deles tinha 6500 KM e no outro 2300 KM, isso com fotos nos anúncios.
    Uma vez estava vendo um C4 com 1000 KM lá e o vendedor veio com esse mesma historinha que usou com você (carro era da diretoria…)
    Muito picareta esses caras…

    • Edson Fernandes

      O mais interessante é que carro de diretoria, roda muito..rs

      Me lembro de quando fui conhecer um C4 Pallas: Era para eu pegar o modelo de test drive, mas cade o carro? Para não perder “a apresentação” (porque a venda o cara perdeu), eu peguei um que os botões da direção estavam CAINDO, sim, vc não leu errado: Caindo no meu colo! Até a hora que 3 deles cairam e eu deixei no console central. E o vendedor: “Desculpe é que esse volante nós trocamos por um carro que estourou e o carro ficou assim”.

      Ah… ok… eu dirigi um Pallas com 35000km que parecia carro de 100000km rodados, com botões caindo, interior todo riscado e banco com cara de desgaste acentuado. Ah sim, era de diretoria.

      Tá certo que eu não gostei do rodar e do cambio ruim de programação. Mas se fosse naquele test drive (rodei depois com C4 Pallas e um hatch) eu teria desistido do produto pela pessima apresentação.

      • Mr. On The Road 77

        “E o vendedor: “Desculpe é que esse volante nós trocamos por um carro que estourou e o carro ficou assim”.”
        Ah, esses vendedores. Tô pegando ojeriza deles… Se pudesse não usaria mais os serviços de nenhum deles. Cada coisa que já tive que ouvir, cada pérola…

        • Edson Fernandes

          Então… mas na Citroen eu tenho mto mais a favor do atendimento inclusive dos vendedores do que contra. De 9 concessionarias, 2 eu fui mal atendido considerando esse vendedor. As demais sempre mto bem atendido.

          Só que eu andei notando que andaram reduzindo bem a quantidade de concessionarias Citroen (ao menos até onde eu conheço e por onde passo, mais do que PEugeot).

    • Guedes

      hahaaha foi exatamente esse carro!! eu quase caí nessa.
      Me salvei pq pedi o manual e o cara pegou um manual de qualquer 208 lacrado e falou “é esse aqui”.
      Pedi nota fiscal também e ele disse que tava em outra loja.
      Muito bizarro

      • Mr. On The Road 77

        Essa loja eu não passo nem perto… kkk esses caras são fod@as…

  • julio

    Bom negocio fez o ex dono do golf q o vendeu e comprou um honda hrv.

    • Guedes

      Sim sim! excelente negócio. Afinal, Honda não quebra!
      abraço

  • Luiz Marchetti

    Amigo, estranhei o fato de vc citar que não tem USB no seu Golf. Eu sei que vem um cabo com entrada pra iPod/iPhone e na mesma entrada vc pode utilizar um cabo comprado à parte para USB (nele dá pra usar pendrives e Androids) e é bem barato:

    CABO AMI USB Volkswagen

    https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-904541208-cabo-usb-ami-mmi-mdi-vw-golf-jetta-passat-audi-a1-a3-a4-a5-_JM

  • Julis =D

    Tive um GTI Alemao com teto e pacote exclusive por 3,5 anos , ai vendi ele . ja tive BMW 125i , Fusca e Audi a3 , nao consegui ficar com nenhum deles , Nenhum consegue chegar perto do GTI em nível de equipamentos , direção e prazer em dirigir , tudo que eu queria hoje era que a VW voltasse a importar o golf ja no face lift da alemanha novamente pra mim comprar outro e ser feliz pro mais 3 anos .

  • Darwin Rigamonti

    Eu tenho um 13/14, manual, teto, interior Marrakech, não troco tb. Comprei com 30.000, já está com 100.000. Só alegria. Dilícia.

    • Guedes

      Marrakesh é lindo.

  • Davidsandro18

    Meu amigo… sem dúvida foi um dos melhores relatos que já li aqui nesse site, e tudo o que você falou me fez repensar a minha próxima compra, assim como você eu também tive um Cross Up! TSI, que infelizmente tive que me desfazer para dar prioridade na minha nova casa. No momento estou com um crossfox 2018 que retirei por meio de leasing (igual foi comentado aqui no site dias atrás). E para daqui 2 anos estou querendo pegar um novo polo, porém para mim, deixou a desejar em não oferecer um TSI manual entre outras coisas… quem saiba até lá não ofereçam um TSI com o manual de 6 marchas. E também igualmente a você, sonho em ter um MK7, se não for DSG, que seja pelo menos um manual… fiquei tentado ao ler o seu relato em pegar um daqui uns 2 anos, vamos ver!
    Parabéns pela compra do pássaro azul, é a cor mais foda que esteve disponível pro MK7, cuide dele com carinho, pois é uma decepção atrás da outra com esses novos lançamentos… e nem tão cedo teremos algum à altura do Golf aqui no Brasil.

    • Guedes

      valeu, obrigado!
      Futuramente, pense com carinho num Golf usado. Manual é mais difícil de achar, mas tbm é uma boa.
      abraço

  • Hodney Fortuna

    Você, na minha singela opinião ficou com o Golf que acho o melhor de todos, o Made in Germany.

  • Lucas MTB

    Ler um texto bem feito é quase tão gratificante quanto a sensação do dono do carro ao dirigir. Parabéns pela compra!

    • Guedes

      Po, valeu! ficou muito lisonjeado!! abraço!

      • Márllus Paiva

        O que me impressionou foi você ter conseguido baixar de R$67.000 para R$63.500 um carro com apenas 30k km rodados e único dono. Qual o valor do carro na fipe? Preciso vender meu Bravo Sporting 2012 manual por um bom preço em dezembro, mas não posso cair o preço desse jeito senão vai me ferrar na hora de pegar o outro carro que estou olhando.

  • MSGUI

    Desculpa eu não trabalho pra pagar conserto de produto com vicio de fabricação não. O DSG é uma bomba relógio. A questão não é se ele vai dar problema, a questão é quando ele vai dar problema. Meu A1 comprado zero em 2011 deu o primeiro problema em 2012 com 8.000km rodados. Começou com o famoso tranco da primeira pra segunda. Depois vibração nas saídas. Ambas piorando sensivelmente com o passar do tempo. Depois de muita briga e mais 3 meses de espera pela peça eles autorizaram a troca do kit de embreagens. O serviço na Euro Bike da Rua Fiandeiras, se eu fosse pagar, custaria 15 mil reais, isso em 2012. Depois do conserto ele ficou ok. Ate final de 2013 com 26 mil km ele começou a apresentar vibração nas saídas novamente. Depois de muuuuuita briga, ameaças de processo, eles trocaram o kit de embreagens novamente. Peguei o carro e vendi meses depois. Confiança ZERO nesse DSG7. Dirigir carro com esse cambio é igual trepar sem camisinha: é uma delicia, mas quando da merda….

  • Luiz Ferreira

    Agora é rezar muito pra esse cambio não dar pau… Vc teve coragem de entrar num dsg a seco. Qualquer concerto não é menos q 15 conto. Boa sorte.

    • Guedes

      Hehehehe, sim

      O medo existe, mas era o meu sonho, e “You only live once” realizei.

  • Cláudio Modesto

    Cara, excelente relato. Tive um golf como esse, só que branco e com teto. É difícil comparar ele com outros carros na mesma faixa de preço, que dirigibilidade.
    Tô quase comprando outro bicho desse tipo, esse motor TSi é monstro.

  • 1945_DE

    Excelente escolha. Ainda mais por ser a versão Alemã. Quanto ao cambio, A Schaeffler (LuK), já esta trazendo a embreagem, que é o elemento de desgaste e o custo da troca vai cair. Não vai ser barato, mas vai melhorar. Boa sorte com o carro. Foi uma excelente escolha.

    • Guedes

      Sim, eu vi essa notícia e me tranquilizou! abraço

  • Vin_T

    Excelente relato! Parabéns pela fluidez dos argumentos. Muito bem escrito!

  • Renato L

    Seu relato parece com o que aconteceu comigo. Comprei um Golf MK7 2015 Highline MT em outubro do ano passado, carro zerado com 1 ano de uso. Paguei 70, um novo era 100. Estou com ele há um ano e a tabela hoje é 71. Carro muito justo, econômico e com bons itens de série, mas peca no seguro muito alto.

    • Guedes

      Vamos ver na renovação do seguro em dezembro como vai ser…

      • Ernesto

        O negócio é cotar com várias companhias e fechar com a mais em conta. Claro que não dá para fechar com uma companhia desconhecida, mas ser fiel à uma empresa quando outra cobra menos não rola.

  • Alexandre Maciel

    Ótimo relato. Parabéns pela compra. Não tenho pretensão de carro mas, confesso, um desses, nessa condição, é um achado que faz valer a pena sacar os investimentos.

    No mais, acho que este deve ter sido o único testemunho que li com um sorriso no rosto por, nitidamente, contagiar-me com a felicidade de quem escreve. Novamente, parabéns!

    • Guedes

      Hehe opa, valeu!

  • Gabriel Brito

    Por que excluiu o A3 da sua ”lista”? Mesmos motivos do A1?

    • Guedes

      Seguro muito caro, o carro é muito caro, sempre acima dos 70 mil e não tem os mesmos itens de série do Highline.

  • Iran Borges

    Esse relato me fez lembrar de um frequentador do NA chamado dudupruvineli q comprou um golf igual a esse, 0km na época do lançamento, e fez um relato aqui. Fiquei super empolgado e cogitei comprar um golf, mas infelizmente não deu. Agora ja não tenho coragem de comprar um golf usado fora da garantia, e o nacional não me interessa. Mas esse alemão é um baita carro, pena q perdi o timing para tê-lo.

    • Guedes

      Eu quase não comprei pela garantia estar no fim, mas o amor falou mais alto!

  • Ricardo

    Um dia terei!

  • Leonardo Menezes

    Foi o melhor texto que li sobre carros há decadas…e que relato rico e impressionante, joia rara esse carro, sem dúvida.

    • Guedes

      muito lisonjeado com seu elogio! muito obrigado! abraço

  • Deny Williams Cury Haddad

    Sinceramente, Guedes, fico muito feliz ao ler este Artigo. Sei o quão feliz deve estar. Tenho um Golf 1.4 TSI Highline com Pack Elegance + Teto Solar + DSG7. Ele tem apenas 8.100 km. Recebi 17 propostas nele, mas não vendo por uma simples razão? O que comprar, pela qualidade do Golf Germânico, pelos 72k que me ofereceram? Logo, continuo com ele, de um lado muito feliz pelo carro que tenho, e, do outro, triste ao perceber que jamais eu poderia vendê-lo por um preço condizente e, tampouco, avistando um substituto à altura.

    • Guedes

      Sim sim. Vender só “por vender” é um risco. Tem que ver sua real intenção, se já enjoou do carro de fato. Rodou pouco, fica mais com o carro! abraço

  • Diego

    Esse estacionamento é do Atacadão de Vicente de Carvalho.

    Ótimo relato, estou num dilema parecido, quero trocar meu High UP! por Focus 1.6 16v ( 2015 ), Audi A3 1.6 ou Mercedes CLC 200, poucos valem o que cobram, estou avaliando o novo Polo 1.6 MSI na compra de um zero km caso não encontre nenhum dos modelos que citei anteriormente.

    • Guedes

      é lá mesmo, onde comprei o carro. o antigo dono morava perto!
      Pese bem os prós e contras de cada carro. na dúvida, ouça o seu instinto!
      abraços

  • Ricardo Blume

    Parabéns pela escolha e pelo relato amigo. Confesso que até rolou uma invejinha branca aqui. Com certeza fizeste uma boa escolha e melhor, pelo modelo que antes era importado e não o nacional capado. A escolha diante da sua lista não foi fácil mas você foi inteligente ao comprar não somente por impulso e beleza.

  • Jeanphil

    Gostei muito do relato! Tenho um Golf Comfortline 1.4TSI DSG 2015 e não pretendo vender tão cedo…

  • Sílvia

    Amigo , modinha passa , o clássico permanece . Particularmente , eu acho que carro bom tem que vender , e a empresa tem que sentir a temperatura e dosar o equilíbrio entre seu produto e o desejo dos clientes . Assim , caso eu estivesse nessa exata condição , eu determinaria uma versão totalmente pé-de-boi do Golf , isso mesmo , no limite do espartano , sem medo de queimar o produto , para premiar o verdadeiro amante de carro , dos quais , me incluo . E óbvio , gostaria , sim , de ter tbm um desses seu . Curta mto sua maquinona !!!

  • Abdallah

    Parabens, pelo carro, e antes de mais nada o importante é vc estar feliz com sua escolha! Realmente depois que se anda em carros turbos dificilmente queremos voltar para o aspirado (comigo foi assim tbm, nunca mais quis carros aspirados!)

  • Paulo

    Belo relato, golf é golf. Rs…

  • Davi Millan

    Ótimo relato Guedes!
    Como já estávamos conversando em outro post. Acho que também seguirei o mesmo caminho.
    O meu Up! provavelmente será vendido e tenho uma lista de carros praticamente igual a sua, com excessão da inclusão do Focus e a exclusão do Mini e do A1.
    Agora, que cor linda essa, meu próximo carro tem que ser azul!!! Pois esta é a minha maior decepção até agora, o de não ter ou tido um carro azul. Vão falar que desvalorizam (mentira, só afeta a liquidez), vão falar que enjoa (só pra quem não gosta de azul) ou que se bater não vai achar tinta pra pintar (estamos nos anos 80 ainda?). Seja feliz com seu carro que é excelente e com DSG mais legal ainda! Meu sonho na Volks é a Golf Variant Azul.
    1- Lista muito parecida
    2- Prefiro ser atendido por vendedorAS, pois são mais atenciosas e te escutam melhor.
    3- Cambio DSG é um monstro de bom! Pode quebrar? Pode, mas hoje oficinas estão se especializando no reparo desses cambio.
    4- DSG7 não há troca de fluidos mesmo, somente no DSG6 que tem que ser trocado a cada 36 meses ou 60 mil km.
    5- Eu estou com medo de trocar para continuar na VW, mas tá difícil achar concorrentes.
    6- Parabéns pelo carro!

  • Luiz Augusto Dos Santos

    O segredo é comprar esse carro, e logo após importar um kit completo de embreagem/mecatrônica e deixar guardado. Se não precisar, você pode vender depois pra alguém necessitado.

  • Que belo texto! Que pusta cor massa! Carrão!

    Pássaro abusado e libertador!

  • João Holmes

    Eu gosto dessa cor também. Comprar carro usado dá muito mais trabalho, mas para quem entende de carro compensa muito financeiramente. Com 63k se compra o que numa concessionária? Um Fit pelado? A propósito quanto ficaria a sexta revisão na concessionária sem ter que trocar o oleo do cambio?

    • Guedes

      R$ 1100. os R$1500 seriam adicionais

  • Anderson Moraes

    Maneiro o relato.. hehe

  • G. Filho

    Parabéns pela aquisição, excelente carro (sou suspeito
    para falar, rs). Há 7 dias adquiri um highline, tiptronic 2016, com kit
    elegance, zero, prata tungstênio, com excelentes condições da CC. Se existe algo superior pra palavra feliz,
    acho que estou passando por isso, rs. Como vc mencionou, o prazer de dirigir um Golf é completamente diferente. E esse azul, muito lindo por sinal….

    No caso do meu veio com a suspensão de eixo de torção, apesar de muitos
    falarem que o multlink é melhor, não achei de todo pior, e
    o câmbio convencional Tiptronic de 6 velocidades, com trocas quase imperceptíveis,
    está longe de incomodar. No mais, o meu ainda conta com partida no botão, sistema
    key-less, e 4 modos de condução (eco, sport, normal e individual), bancos de
    couro em tons claros, fora que o por ser flex o motor tem 150cv, mas
    dificilmente utilizo etanol, então não faz diferença, o resto é idêntico ao seu
    carro. Então foi isso, e hoje somos dois novos donos desse belíssimo VW. Parabéns!

    • Guedes

      parabéns pelo carro! eu se fosse você só utilizava etanol. falam que é menos agressivo do que a gasolina ao motor.abraço

      • G. Filho

        Valeu, vou intercalar mais vezes com o etanol. Abraço!

  • lucas

    Cara parabéns pelo carro, bela escolha. Você disse tudo aqui “Ao todo são quase 7 mil km convivendo com o bicho e a cada novo lançamento de carros (Argo, Polo, etc.) a certeza de que o sanhaço é uma ave rara que deve ser preservada da extinção só aumenta.” Meu pensamento é exatamente como o seu, fiquei caçando carro por uns 3 meses e tem quase 30 dias que peguei um A4 2013 ambiente único dono.

    • Guedes

      Cada lançamento de carro a situação piora: carros capados e caros. Estamos caminhando à passos largo pra ser uma nova Cuba: pouca gente vai comprar carro zero, e a frota vai cada ver mais envelhecer, creio.
      abraço

  • Eder Kambara

    Parabéns pela excelente escolha. Tristeza é o que sinto pelo antigo dono, sendo apenas mais um dentro de um SUV compacto.

  • MMM

    “eu busco status com carro – beijinho no ombro pra quem discordar”. Parei de ler aqui.

    • Guedes

      Você pode comprar uma carroça ou um chevette se a sua meta for apenas se locomover. A escolha é livre, o choro também.
      Beijinho no ombro pra você.

      • MMM

        Vcpensou nesse clichê sozinho ou precisou da ajuda de alguem?

      • Ernesto

        O rapaz parou de ler, mas se deu ao trabalho de fazer um comentário…É muita inveja desse pessoal! Rsrsrsrs

    • Elizangela Oliveira

      “Parei de ler aqui”. Sei. E tá fazendo o que aqui nos comentários?

      • MMM

        Voce acabou de aprender que não precisa ler o texto inteiro para fazer um comentario.

  • Diogo Reis

    Parabéns Guedes! Eu sou o proximo da fila rsrsrs. Falta só perder os receios em relação a seguro e DSG.

    • Guedes

      Valeu! Abraço

  • Alexandre Nunes

    Parabéns pelo trabalhoso, esmerado e divertido texto… Bacana para quem ainda gosta de dirigir, não só do status. Acabo de trocar meu RedUp! num CrossUp! 18. Se há um pensamento que não deixa de passar na cabeça nesses momentos é o de pegar um Golf, mesmíssimo do seu… Mas ainda tenho me acovardado com o seguro e manutenção do Golf, então, vamos seguindo no bom, mas nem tanto quanto, Up! TSI. Parabéns pelo carrão!!!

  • Thales Romão

    Vc não trocou as velas do seu carro na sexta revisão ñ ?

    • Guedes

      Acabei ñão trocando ainda, pois a km tava bem baixa. Vou trocar na próxima revisão

  • Yo soy Yo

    Quando sair o filme eu vejo :D

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email