Comprando e Vendendo Mercado

Leitor relata processo de negociação e compra do VW Fox Xtreme 2019

Leitor relata processo de negociação e compra do VW Fox Xtreme 2019

Olá pessoal, meu nome é Raphael Bernardes, sou leitor assíduo do site e além de parabenizar pelo trabalho e pelo conteúdo gostaria de compartilhar com os demais leitores minha experiência na compra de um veículo zero km, acho que este conteúdo pode ser importante para quem deseja adquirir um carro novo e precisa analisar bem a questão.


Em agosto de 2018 visitei uma concessionária VW de uma grande rede distribuidora, minha intenção era me informar a respeito do VW FOX na versão Connect, mas ao vivo gostei mais da versão Xtreme, mesmo sendo mais cara.

Eu já havia pesquisado bastante e nesta época o veículo se encaixaria perfeitamente nas minhas necessidades, além de ter feito uma comparação com os concorrentes e ter se mostrado uma ótima opção levando em consideração o custo-benefício.

A intenção era colocar como parte de pagamento meu veículo, um Ford Fiesta Hatch Rocam 2012 1.0 que também comprei novo, portanto único dono, o carro estava com cerca de 100.000 km no hodômetro e foi avaliado pela concessionária em R$ 10.000,00, bem abaixo do valor da tabela FIPE que chegava próximo dos R$ 21.000,00.


Leitor relata processo de negociação e compra do VW Fox Xtreme 2019

Eu tinha consciência da enorme desvalorização, sem contar que se tratava de um veículo de versão simples que tem mais dificuldades de revenda e também por precisar de pequenos reparos na lataria, mas o atendimento não muito vigoroso e o valor oferecido me desanimaram bastante, minha intenção era junto com o carro dar uma entrada de R$ 10.000,00 e as opções de financiamento oferecidas foram as seguintes:

Valor do VW FOX na época: R$ 54.900,00 no site da VW, mas a concessionária falava em R$ 54.000,00:

Opção 01:

Entrada de R$ 10.000,00;

Ford Fiesta Rocam Hatch 2012 1.0 (R$ 10.000,00);

35 x de R$ 882,54 (R$ 30.888,90);

36ª prestação final de R$ 16.200,00;

Valor total financiado = R$ 67.088,90 (R$ 13.088,90 de juros).

Opção 02:

Entrada de R$ 10.000,00;

Ford Fiesta Rocam Hatch 2012 1.0 (R$ 10.000,00);

48 x de R$ 1041,67 (R$ 50.000,16);

Valor total financiado = R$ 70.000,16 (R$ 16.000,16 de juros).

Opção 03:

Entrada de R$ 10.000,00;

Ford Fiesta Rocam Hatch 2012 1.0 (R$ 10.000,00);

60 x de R$ 916,88 (R$ 55.012,80);

Valor total financiado = R$ 75.012,80 (R$ 21.012,80 de juros).

O valor do carro em si já não é barato, em se tratando de Brasil e com os juros o custo-benefício acabaria, além da enorme desvalorização de meu carro e do fraco atendimento, resolvi então reunir um valor um pouco maior de entrada e aguardar ofertas melhores, continuei acompanhando o aumento de preços do FOX no site da VW que em 2019 já estava em R$ 56.690,00.

Em maio acompanhando a promoção com entrada e saldo em 24x sem juros entrei em contato com outras concessionárias, uma mais distante de minha cidade e a outra no estado vizinho.

Na concessionária do outro estado o Fiesta poderia entrar por até R$ 15.500,00 e o atendimento via telefone foi muito mais animador, porém me desagradou o fato de o vendedor falar que o FOX estava saindo por R$ 59.000,00 por se tratar da versão 2019/2020, mas que se eu fosse conversar pessoalmente poderíamos negociar.

Na concessionária de meu estado o vendedor foi o mais atencioso de todos, ofereceu a mesma versão por R$ 56.690,00 e me propôs o seguinte:

Entrada de R$ 20.000,00;

Ford Fiesta Rocam Hatch 2012 1.0 (R$ 15.000,00);

24 x de R$ 959,23 (R$ 23,021,52)

Valor total financiado = R$ 58.021,52 (R$ 1.331,52 de juros) porém na verdade para mim o Fiesta é que não entrou na conta por R$ 15.000,00 mas sim por R$ 13.668,48.

Porém mesmo com esta diferença achei interessante pois o mesmo já estava com mais de 130.000,00 km e mesmo assim a desvalorização com base na tabela FIPE que estava em cerca de R$ 19.000,00 foi um pouco menor, assim fechamos o negócio e o que ficou de lição foram os seguintes pontos:

*Obviamente que o maior valor possível de entrada vai facilitar muito a compra;

*Ter paciência e saber aguardar boas oportunidades;

*Pesquisar bastante e negociar para conseguir bons negócios;

*Bom atendimento pode não ser essencial mas é importante, e acredito que as concessionárias deveriam trabalhar melhor isto com os vendedores.

Além disso mesmo que o valor tenha aumentado em R$ 2.690,00 eu vou economizar mais de R$ 10.000,00 de juros, em comparação com as propostas da primeira vez que comecei a pesquisar a economia calculada fica em:

Opção nº 01 = R$ 13.088,90 (juros) – R$ 2.690,00 (aumento do carro) = R$ 10.398,90;

Opção nº 02 = R$ 16.000,16 (juros) – R$ 2.690,00 (aumento do carro) = R$ 13.310,16;

Opção nº 03 = R$ 21.012,80 (juros) – R$ 2.690,00 (aumento do carro) = R$ 18.322,80.

Desde já agradeço a atenção e desejo ainda mais sucesso ao site e que este relato possa ajudar outras pessoas na conquista de seu novo veículo.

Por Raphael Bernardes

Leitor relata processo de negociação e compra do VW Fox Xtreme 2019
Nota média 4.4 de 18 votos

Eber do Carmo

Eber do Carmo

Formado em marketing, tem mais de 13 anos de experiência escrevendo sobre o mercado automotivo no Notícias Automotivas, desde que fundou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio. Também teve por três anos uma empresa de criação de sites e catálogos eletrônicos.

  • Peppa Pica

    Exatamente… tudo tem que ser feito com paciencia e muita conta. No geral você acabou coneguindo fazer um bom negocio, saiu de um carro com 130mil por um zero e se as parcelas com ipva e seguro não te apertam, fica melhor ainda!

    • Raphael Bernardes

      Sim como o Fiesta já precisaria de manutenção de forma mais constante, os valores somente iriam aumentar e como uso bastante o carro precisava fazer a troca, e o seguro havia sido renovado no mesmo ano então parte dele consegui aproveitar na compra do FOX.

  • Henrique Guedes da Silva

    kkkkk vai pagar pagar mais de 40 mil em um fox

    • Peppa Pica

      Que bom que ele pode pagar…. ao menos ele não fica desvalorizando o que outros conseguiram comprar….

    • Pedro Santos

      O carro é bem completo amigo, embora o projeto seja antigo.
      Feio é pagar 70 mil num HB20 apertado, 100 mil num renegade com motor de Fiat palio, 90 mil num Toyota Yaris com motor de Etios (105 cavalos kkkkk)

      • EDU

        Desculpe mas vc esta fazendo o mesmo que o rapaz que criticou. Aqui em 2016 compramos um Renegade e nao achamos feio nao. Cada um compra o que gosta o que pode e o que lhe convem ne. Sobre a compra do Fox mesmo ja estando defasado ele tem um motor confiavel , bem espaçoso e bem completo pelo que vemos por ai hoje em dia em carro depenados . Parabens pela compra Raphael.

        • Licergico

          kkk … vc deve estar trolando …
          vw com motor confiável …

          • Peppa Pica

            O motor 1.6 MSI é bem confiável… não confunda com os antigos 8v da VW.

            • Ernesto

              Existem dois motores 1.6 MSI na VW (todo motor aspirado é MSI). Um é o 16v e o outro 8v. A diferença na nomenclatura é que o 16v tem vermelho no MSI (não lembro em qual letra) enquanto o 8v não. Deste Fox, que eu saiba, é o 8v.

              • Peppa Pica

                Verdade…. para mim todo 1.6 já era o MSI… eu havia entendido que o Fox seria o 1.6 16 válvulas novo e não o antigo 8v… aí é brincadeira….

        • Matheus_P

          Mas cara, fora o acabamento e itens, o renegade tem motor sofrivel, ainda mais na versao nao atualizada deste 1.8 fraco e ultra beberrao.

          • Concordo com o motor ser fraco, mas olha, eu aluguei um que não foi beberrão não viu.

            • Matheus_P

              Pois é. Minha comadre tem um AT 2018 e faz 6,5km/l de gasolina na cidade

              • RodrigoABC

                Ontem eu fiz 5km/l no etios AT na cidade sem ar-condicionado. E aí?

                • Matheus_P

                  E aí que teu carro ta desregulado ou tu tava num engatrafamento!

              • Para vc ver…. eu rodei em Maceio e fiz 10,1 a 11,2km/l com ele. Esses primeiros 10,1km/l foram inacreditaveis uma vez que eu só rodei na cidade com ele. Mas qdo peguei ele estava marcando 8,5km/l. Sempre com gasolina.

                Eu achei ele bem economico.

              • MarcosGojira

                Realmente, não da pra acreditar. Consumo de V12

    • Olha, a análise com um mínimo de racionalidade tem que ser feita. No mercado atual, por 40 mil só mesmo Moby e Kwid sem muita firula. Não há a menor condição de se aproximar o Fox destes dois modelos como produto.
      Em semelhança de proposta, espaço interno e padrão construtivo, considerando o nível de equipamentos ofertados pela VW para esse derradeiro modelo do Fox, fica difícil apontar algum concorrente que cobre menos que 60 e poucos mil reais.

  • O Fox foi tão bem projetado que bastam apenas alguns facelifts de tempos em tempos que ele ainda continua em boa forma. São poucos os carros que podem recorrer a esse recurso. (obs: estou falando apenas do design)

    • Henrique Guedes da Silva

      Pois é depois que concertaram o facão de dedo ficou bom

      • Peppa Pica

        Pena que você não perdeu todos os dedos!

        • Gabriel M. Vieira

          Não tem concerto mais. Fatality.

      • Lucas de Lucca

        E quantos músicos conCertaram?

        • Jackson

          Poxa finalmente alguém ouviu a música e concertou, agora o banco traseiro a Volks consertou a sua maneira.

    • Guilherme Gimenes

      Fox eh tao bom que vendeu meia duzia de gato pingado na Europa e foi descontinuado.

      • Eu não tô dizendo se ele é bom ou ruim. Eu tô falando do design.

  • Vitor

    Parabéns pelo relato. Aproveite o carro.

    • Raphael Bernardes

      Obrigado Vitor. Estou aproveitando bastante, o mesmo me surpreendeu positivamente.

      • Feliphe Santos

        Espero ler daqui a uns meses seu relato de uso aqui no NA rs

        • Raphael Bernardes

          Oi Feliphe Santos, sim quem sabe no primeiro ano completo de uso, bom mas o que posso te dizer é estou com ele desde o início de junho, muito pouco tempo mas o mesmo já está na faixa dos 5.000 km, um pouco firme a suspensão, talvez pela questão da altura do carro ou das rodas com aro maior do que eu estava acostumado (Fiesta com aro 14″) mas quanto a consumo o mesmo faz por volta de 10 km/l dentro da cidade e na estrada com piloto automático em 80 km/h com duas pessoas e porta malas lotado ele marca entre os 19 e 20 km/l, com ar ligado ele cai para 16 a 17 km/l. O Fiesta dentro da cidade não passava muito de 9 km/l e na estrada no máximo 14 km/l, no percurso misto que costumo fazer ficava entre 12 e 13 km/l então neste caso já foi uma boa evolução, principalmente levando em consideração a farta lista de equipamentos que são muito importantes no dia a dia e em especial os que para mim são mais importantes como a direção com assistência elétrica, câmera de ré, piloto automático e o ar-condicionado.

  • Pedro Santos

    Interessante amigo! Boas dicas e aproveite bastante o carrão

    • Raphael Bernardes

      Obrigado Pedro Santos, estou sim, daqui a pouco já está indo para a primeira revisão.

  • Leonardo F J

    Por que não quis vender o carro por conta própria e tentar um valor maior, já que esperaria por promoções da CSS?

    • Peppa Pica

      Pq muitas vezes não compensa… Ninguem pagaria a FIPE, pagaria próximo e ele ainda teria que aguardar a venda, que de um usado assim iria demorar pela KM.

      • João Silva

        Exato! Carro com uma km maior assim não vende no particular, só vende em loja pois existe a possibilidade de financiamento.
        A concessionária repassou para um loja por 1 mil a mais e a loja vai vender a 18/19 para um cliente que vai dar 4 ou 5 mil de entrada e financiar o restante ou vai dar um Peugeot 206 2002 por 8 mil e financiar o restante…. É essa a realidade!

    • Experiêcias próprias vendendo carro no particular:

      – Honda Civic 2008, extremamente bem cuidado na época, sem batidas.
      Anunciei pela Fipe (uns 33 mil na época) e muita gente ficou interessada. Um cara ligou pra tudo quanto é loja, comércio, banco, e descobriu meu endereço e veio na minha casa de madrugada insistindo pra comprar o carro antes dos outros interessados. Quase tive que chamar a polícia

      – Gol ano 2010, esse tava rodado, anunciei com preço abaixo da Fipe.
      Um cara comprou e ficou 2 anos com o carro no meu nome. Fiz a “comunicação de venda” em cartório, por isso não vieram multas nem cobranças pra mim, ocorre que, suponhamos que esse cara atropela alguém e uma testemunha consegue pegar a placa. Essa placa iria dar no meu nome… Até explicar que focinho de porco não é tomada dá uma dor de cabeça enorme.

      Resumo: pra vender particular, só se tiver R$ 5 mil ou mais de lucro, caso contrário é melhor pagar pra não se incomodar.
      E via de regra não dá essa vantagem toda não, porque o particular nunca tem dinheiro em mãos. Ele quer dar uma Honda CG, um toca-fitas autoreverse, uma galinha botadeira e/ou qualquer outro objeto na troca.
      Já na loja você é cliente, você pode exigir que eles transfiram pra loja ou se der galho você aciona judicialmente com muito, muito mais facilidade.

      • Peppa Pica

        Falou exatamente o que eu penso no caso do Gol…

      • SDS SP

        Faz sentido. Dependendo, não vale mesmo a pena negociar com terceiros. Apesar de nunca ter tido problemas, a canseira é grande.

      • Na minha opinião a negociação com particular é mais vantajoso quando você compra um carro seminovo. Vender para particular realmente pode ter vários problemas.

      • Eu não deixaria o carro com o novo dono sem antes ele assinar num cartório e repassar o documento pro nome dele. Se essa é a condição do rapaz, eu perco a venda mas não passo o risco de quem comprou.

    • Raphael Bernardes

      Oi boa tarde Leonardo. Como utilizo bastante o veículo ficaria complicado deixar em revenda ou mesmo oferecer para particular, além da questão dos valores e propostas oferecidos justamente pela km do carro, poderia tentar um valor maior vendendo direto mas achei mais prático já deixar com a concessionária para não ter que lidar com os trâmites da venda.

      • Leonardo F J

        Perfeito. Entendo perfeitamente a facilidade e praticidade em deixar diretamente na CSS.

        Sempre vendi p particular, é realmente estressante. E uma das vezes o camarada demorou p transferir o carro, mas como tinha copia autenticada do “compra e venda” estava tranqüilo, apesar que numa eventualidade como descrita pelo colega Zé, sei que a dor de cabeça seria grande.

        Sucesso com o novo carro!!!

        • Raphael Bernardes

          Oi Leonardo, de fato, procurando evitar estes riscos já resolvi entregar diretamente e passar a documentação na hora, tenho casos de conhecidos que tiveram problemas nesse sentido. Obrigado.

        • From Rivia

          Na verdade hoje em dia quando você reconhece a firma no DUT o cartório já notifica o Detran da transferência. Quem compra tem 30 dias para tranferir caso contrário toma multa por atraso. Mas o comunicado de compra e venda já foi feito. Pelo menos aqui no estado de São Paulo.

          • Leonardo F J

            Vou chutar que só em SP é assim. No Ceará existe o absurdo de uma taxa obrigatória no cartório p qualquer transferência de veículo, que não exime o vendedor de comunicar a venda ao Detran e nem o comprador de transferir em.30 dias. Qual a finalidade desta taxa? Surrupiar o dinheiro do contribuinte.

            • From Rivia

              Na verdade aqui a taxa do cartório é o reconhecimento da firma no DUT, hoje em torno de 15 reais. A transferência terá de ser paga à parte também, hoje coisa de 190 reais, só não precisa comunicar ao Detran, isso é o cartório quem faz.

  • Leonardo C.

    Fiz quase o mesmo, vendi meu C3 Tendance em via particular onde consegui um bom valor e comprei um Fox Connect 2020, a compra mais racional que fiz e o carro me atende perfeitamente, gostando muito, bem completo e por ser funcionário VW consegui um bom desconto na compra.

    • João

      Comprei um Up TSI ano passado com a carta bônus de funcionário + promoção de black friday: me saiu a 45 mil.
      Já o Fox acaba não valendo tanto a pena pela carta bônus, mas está com um ótimo custo beneficio!

      • Leonardo C.

        Realmente,o Fox pela carta bônus não compensa, o meu pedi diretamente da fábrica, mas chegou super rápido, peguei a linha 2020, entre a intenção de compra e a entrega do veículo foram apenas 12 dias.

  • Já tive dois Fox, os dois com problemas de infiltração de água, um não pegava de manha cedo, somente depois de 4 partidas, mesmo injetando gasolina. Um era 1.6 e outro G2 1.0. Ambos extremamente gastão, dá até medo de lembrar. Do resto é um bom carro, mas a posição de dirigir não abraça o motorista, pela posição mais alta – caracteristica que não me agrada muito.

  • RicLuthor

    Muito válido o relato da experiência!

    Para mim, as dicas importantes são:

    – Não tenha pressa, carro não é uma fruta que se compra na feira.
    – Negocie o melhor valor do 0 km, depois cogite as formas de pagamento.
    – Sempre busque o melhor valor para seu usado, talvez vendê-lo por fora seja mais vantajoso.
    – Busque sempre o menor prazo possível, as menores taxas e o menor CET (custo efetivo total).

    • Vender por fora só é vantajoso se você conhecer o comprador, ou tiver pessoas que o conheçam e assegurem sua idoneidade.
      Caso contrário, os riscos não compensam o bônus.
      E, convenhamos, pilantra é o que mais tem por aí…

      • SDS SP

        Olx quem o diga. Cada proposta maluca que fazem.

  • Renato Aspromonte

    Comprei recentemente um Conect 19/19. Aproveitei o saldo da taxa 0 em 24X. Foi perfeito. Hoje em dia, vale a pena esperar pelas promos de taxa 0 porque os juros estão incrivelmente absurdos. Legal o depoimento!

    • Os juros voltaram a baixar nos últimos meses.

      Em 2012 eu comprei um carro zero com 40% de entrada e saldo em 36x com taxa de 0,79.

      Agora estou olhando um carro com 35% de entrada e saldo em 36x com taxa de 0,69.

      Ainda há várias ofertas (como o próprio autor relatou no texto) de “financiamento-balão´´ com taxa igual aos juros do financiamento normal.

  • Podemos concluir que:

    – você deve moer seu carro até acabar se for dar em concessionária, porque eles pagam preço de banana.

    Isso porque também vendi o Fiesta 2012 1.0 (com ar/dh/ve) da minha mulher, única dona e com apenas 41.000 km, e as ofertas eram nessa casa dos 13-15 mil reais.

    Esse Fiesta 1.0 é mal visto no mercado, porque o motor é extremamente fraco (só acorda em 5.000 RPM) e as peças da Ford têm fama de caras. Mas o carro dela estava em ótimo estado, inclusive com bateria original de fábrica.

    Em suma, ou vende o carro com no máximo 2 anos de uso (e eu conheço muita gente – rica por sinal – que não faz revisão nem troca óelo, apenas completa – Obs.: milagrosamente esses carros aparecem depois no show-room de usados com todas as revisões feitas) para perder pouco, mas à custa de estar sempre “investindo´´ dinheiro em carro;
    OU, realmente usar até o carro ficar bem gasto, para que a oferta deles, sempre baixíssima, seja compensada pelo desgaste e pelo proveito que vc tirou do veículo ao longo dos anos.

    No final das contas, carro é um passivo muito caro no orçamento… Se fizer conta e deixar a paixão do automóvel de lado, não vale a pena colocar uma parte muito grande da renda em carro.

    • Sonfav

      É um jeito.

      Mas nunca se sabe quando é que a bomba explode.

  • Fellipe Z

    Fez tudo certo, mas pqp…caraio mano eu fico mto puto c preco de carro no brasil. vai toma no cu. Eh mto caro uns carrinho normal desse.

  • Modelos em “fim de linha” sempre são uma excelente oportunidade de negócios.
    Eu tive um Polo da geração passada nessas condições, compro em 2012. O preço de aquisição, quando comparado o que o carro oferece com o que há de opção no mercado.
    Nessa faixa entre 55 e 60 mil, não há nada no mercado que ofereça o mesmo que o Fox no momento atual. Boa compra.
    Eu, particularmente já tive contato com o modelo duas vezes: minha esposa teve um Crossfox 2009 por um ano (foi roubado) e minha irmã teve um Fox 1.6 trend por uns 5 anos. Nunca houve nada a reclamar dos veículos. Minha esposa, apesar de apenas um ano com o carro, rodou 30 mil km nele. Carros bons de guiar, com um espaço interno surpreendente pelo porte do veículo, além de uma posição elevada que os aproxima dos SUV’s da moda.

  • SDS SP

    Bacana esse tipo de relato. Na situação em que nossa economia se encontra não faria isso, mas é bom saber o quão complicado é negociar um carro.

  • “Bom atendimento pode não ser essencial mas é importante, e acredito que as concessionárias deveriam trabalhar melhor isto com os vendedores.”

    Não diria que é culpa dos vendedores. Eles são orientados pela gerência, e esta por sua vez subordinada aos próprietários da empresa.

    Meu pai certa vez queria comprar uma Toyota Hilux, e apresentaram pra ele o carro R$ 5 mil acima da tabela (e olha que já é um carro caríssimo na tabela), oferta de financiamento com vários “extras´´ inclusos (seguros variados etc) e por aí vai.

    Decidi ajudá-lo. Peguei o telefone e, sem dar muita trela para os vendedores, liguei pra umas 5 concessionárias do estado e anotei os preços. Depois fui ligando novamente e dizendo quanto tinha conseguido nas outras, e no final das contas consegui baixar R$ 7 mil no preço do carro (fora os 5 mil de ágio que a concessionária da nossa cidade queria).

    Agora se sentar pra cafezinho etc, a chance de ser enrolado é grande.

    • Até porque um carro que é vendido a preço cheio ou sem desconto (mesmo que seja possível praticar um desconto) faz o vendedor ganhar uma comissão maior e ter notoriedade com a gerência. Nenhum gerente quer vendedor que venda todos os carros com o preço mínimo possível.

    • Samuka

      Eu sempre defendi essa tática de compra, fazer os caras lutarem para conseguir pegar o seu dinheiro.
      Tem vendedor que é tão picareta na hora da negociação que chega a ser incrível as vezes, mas a forma que você usou foi bem interessante. Pena quem nem todo mundo tem essa noção quando vai comprar um veiculo.

    • Drax

      É isso aí.
      Eu nem olho carro nem nada sem antes ver com o vendedor as condições. Eu já digo que conheço as características do carro e quero ver primeiro o preço. Se me interessar eu faço TD e etc.
      O último carro que comprei (meu segundo carro) eu fiz assim. Levei meu palio fire na loja, avaliaram, conversei com ele sobre preços e fui embora. Isso em várias marcas. Até que um mes depois o vendedor da ford me ligou oferecendo pagar a fipe no palio e baixou um pouco o valor do zero (Ka). Aí eu fechei

  • Flavio Lens

    Concessionária desvaloriza o próprio produto, uma vez fui fazer uma sondagem (nem tava desesperado pra vender) na mesma concessionária onde eu tirei meu carro zero km, na época a FIPE dele tava em aprox. 30 mil e quiseram dar 18 mil nele… a mesma ladainha: carro sem ar, difícil de revenda, mimimi nhenhenhé… inventam um caminhão de desculpas pra acabar com o teu carro na hora de comprar e quando vão colocar no showroom dão uma lavadinha e jogam o preço pra cima da FIPE… só deixa em concessionária quem tá precisando muito vender, porque se eu tiver oportunidade de esperar e fazer um negócio melhor no particular eu não deixo meu carro nem perto da concessionária…

    • Zé Mundico

      É, mas você tem que ver que o negócio da concessionária não é comprar carro usado, mas sim vender carro zero. O sustento dela e as comissões dos vendedores vem disso.
      Os carros usados são adquiridos por terceiros que tem parceria com a concessionária e geralmente dividem o mesmo espaço, levando a crer que é tudo a mesma loja.

      • Pois é.
        Aí também se desfaz o mito de que “carro usado de concessionária é melhor´´.

        Claro, não estou me referindo àqueles programas em que a concessionária (geralmente de luxo) dá garantia de 2 anos no carro usado.

        Mas convenhamos que usado de luxo também é complicado, mas aí é outra discussão.

  • Zé Mundico

    Dentro da elenco da Volkswagen no Brasil, Fox e Jetta talvez sejam os modelos mais honestos, pelo menos dentro do preço cobrado.
    Não sou fã da marca mas sinto um friozinho na barriga só de imaginar em comprar um carro zero olhando para esse preços atuais. Nunca comprei carro zero e acho que nunca vou ter coragem para comprar um.

    • Tem o Tiguan também já com 7 lugares (ainda que os dois últimos sejam restritos a humanos filhotes e/ou de baixa estatura)

  • Zé Mundico

    E mais uma vez fica provado que em qualquer negociação, quem manda é quem tem o dinheiro.
    Dinheiro acima de tudo e Deus pagando por todos!

  • Joao Victor

    Pagar 75 mil em um fox simplesmente loucura.

  • Carlos Bayer

    Valeu Raphael pelo relato. Parabéns pela aquisição, seja feliz com seu novo carro.

    • Raphael Bernardes

      Oi Carlos Bayer, muito obrigado.

  • RicardoVW

    Bela versão essa do Fox hein!

  • Lucas de Lucca

    Isso aí amigo, paciência e muito cálculo são sempre bons na hora de comprar um veículo. Felicidades com o Fox.

    • Raphael Bernardes

      Obrigado Lucas de Lucca.

  • Rafael Farias

    Muito bom o relato. Obrigado por compartilhar e parabéns pela compra.

    • Raphael Bernardes

      Obrigado Rafael Farias.

  • Tiago Bastos

    Cheio das invejosa nos comentários.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email