China Sedãs Segredos-Flagras Volkswagen

Levemente atualizado, VW Phideon mantém sua proposta de luxo na China

Levemente atualizado, VW Phideon mantém sua proposta de luxo na China

Ele é bem grande. Quase superando até o suntuoso Phaeton, o Volkswagen Phideon é o maior sedã da marca atualmente. Fabricado na China pela SAIC-VW, o enorme modelo feito sobre a plataforma modular MLB, teria feito sucesso nos EUA em outros tempos.


Com 5,074 m de comprimento, 1,893 m de largura, 1,489 m de altura e 3,009 m de entre eixos (maior que o do Phaeton LWB), o Phideon ganhará atualização visual na China, conforme imagens divulgadas pelo Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação.

Muito acima do Passat, o Phideon é uma aposta da Volkswagen num mercado que também valoriza carros grandes, ainda mais com muitos consumidores tendo motoristas particulares desde o segmento médio.

Levemente atualizado, VW Phideon mantém sua proposta de luxo na China

Com mudanças ligeiras nos faróis de neblina e grade inferior, o Phideon se mantém como um estilo bem imponente, chamando a atenção pela grade ampla e rebaixada, assim como pelos faróis full LED em lente contínua.

Na traseira, as lanternas horizontais em LED possuem um formato bem equilibrado, enquanto o para-choque ostenta saídas de escapes duplas incorporadas num acabamento cromado.

Em duas versões, o VW Phideon 2020 deve estrear nos próximos meses no mercado chinês, onde chega com motor 2.0 TSI de 220 cavalos e 35,7 kgfm.

Levemente atualizado, VW Phideon mantém sua proposta de luxo na China

Pelo porte do sedã, isto é pouco para suas pretensões, mas o consumidor local não exige muito em desempenho, vide o Mercedes-Benz CLS 260 com um 1.5 Turbo de 182 cavalos… Se fosse na Europa ou EUA, teria pelo menos um V6 potente sob o capô.

Em sua proposta, o Phideon ocupa o lugar que um dia foi do Phaeton, modelo que chegou a ser criticado por sua missão de alto luxo em uma marca de carros normalmente associados com as massas.

No caso do Phideon, a VW encontrou uma forma de manter a presença nesse segmento, onde os chineses não têm problemas relacionados com a imagem da marca.

 

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Natán Barreto

    Esse carro não tem proporções bacanas. Parece um Jetta esticado. Deveriam ter usado recursos de design mais exclusivo tipo o Touareg pra ligar a linha de luxo.
    Essa traseira é muito sem sal

  • 😎.

    Achei bem sem sal, parece um Passat alongado diferente do Phaeton que é imponente e elegante.

  • Piston head

    Nossa… Acharam um nome mais feio que Viloran…

  • Murilo Soares de O. Filho

    Bem genérico, típico para Chinês.

  • Um “Jettão”, lento mas com espaço, mais barato que limousine. Carro de Presidente da República do Brasil.

  • VR6icardoW

    Phaeton sim era o carro!

  • El Gato!

    Queria ver uma foto dele ao lado de um Passat, para ter noção da diferença de tamanho.

  • RKK

    O design melhorou, principalmente a traseira. Essa atualização já era necessária à tempos…

  • Diego Nascimento

    Jetta, é vc?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email