Lexus: Yamaha lança primeiro V8 movido por hidrogênio

Lexus: Yamaha lança primeiro V8 movido por hidrogênio

A Yamaha é famosa por produzir motores para os fabricantes de automóveis e até já se arriscou no desenvolvimento de seus próprios carros, contudo, não passou dos conceitos.

Ainda assim, mesmo sendo um player importante sobre duas rodas e em instrumentos musicais, a Yamaha mantém firme sua engenharia visando o futuro.

Com o hidrogênio combustível surgindo como uma das alternativas à eletrificação plena, a marca japonesa decidiu modificar seu motor V8 5.0 para queimar o produto em estado gasoso.

Para começar, a Yamaha usou como base o motor dos Lexus LC500 e LC-F, desenvolvendo novos cabeçotes, sistema de injeção e coletores de admissão.

Lexus: Yamaha lança primeiro V8 movido por hidrogênio

Como resultado, o V8 5.0 abastecido com hidrogênio entrega 455,5 cavalos e 55,1 kgfm. Isso é mais que suficiente para mover o enorme cupê da Lexus, assim como o sedã LS.

A mudança nesse motor V8 5.0 feita pela Yamaha indica que a Toyota não usará o hidrogênio combustível apenas na gama de entrada.

A Toyota emprega o hidrogênio nas pistas com o Corolla em versão de turismo, usando uma variante do motor G16E-GTS, do GR Yaris.

Esse mesmo motor é cotado para o Corolla de produção, assim como para o próximo Prius. Possivelmente, ele será usado em todos os carros com base GA-C (TNGA).

Lexus: Yamaha lança primeiro V8 movido por hidrogênio

Se a intenção for ampliar ainda mais o acesso do hidrogênio aos carros da marca, a Toyota pode dispor de um motor intermediário entre o 1.6 de três cilindros e o V8 5.0 da Lexus.

Nisso, um quatro cilindros 2.5 ou um V6 3.0 podem ficar entre os dois. Como não coloca suas fichas apenas nos carros elétricos, a Toyota (e a Lexus) quer mais opções para se manter no topo.

Com o hidrogênio, ela deverá suprir a demanda por carros abastecidos com GNV e atuar firmemente em países como China e EUA, além da União Europeia. Aqui, a tecnologia flex já está sendo explorada.

[Fonte: Cochespias]

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.