Governamental/Legal Segurança

Limitador de velocidade obrigatório poderá ser imposto no Brasil

limitador-de-velocidade-obrigatorio-podera-ser-imposto-no-brasil

O deputado federal Pompeu de Mattos (PDT-RS) criou um projeto de lei que visa tornar obrigatório a instalação de um limitador de velocidade nos automóveis.

O projeto já tramita na câmara dos deputados em caráter conclusivo, ou seja, não vai precisar ir a plenário para ser votado.

Segundo o projeto, o limitador seria instalado em automóveis novos cinco anos após a definição das normas técnicas pelo Contran.

Com isso, todos os automóveis 0 km passarão a ter o limite de 140 km/h imposto por lei. Para o deputado, o projeto visa reduzir o risco de acidentes, baseando-se num estudo australiano que revela que a cada 5 km/h a mais, o risco de acidentes duplica.

Diante de uma possível aprovação desta nova lei, nossos carros novos não poderão mais transitar pelas ruas e estradas do país a mais de 140 km/h.

Fonte: iG Carros.





  • Marcos

    O limitador já existe… São vários espalhados pelas rodovias brasileiras e se chamam "buracos"…

    Ridículo!!!

    • SamukaGT

      Concordo contigo oh.
      Não muda nada isso, o problema ta no próprio ser humano.

      • Thgfelipe

        o Unico Limitador de velocidade que funcionaria seria um motor 0.8, pq o resto o pessoal tira

        • Fanboy_da_KIA

          Como diria o Mestre Alborghetti: "ISTO É U-TA-RI-A! E das franciscanas!"

    • Thgfelipe

      Ri Muito. mas é verdade,

      Não pela questão do Limitador, mas acho que não tem necessidade nenhuma de andar mais que 140. fora de um autódromo

      • Anderson Giovani

        Não nego que tenho o pé pesado, mas raramente ultrapasso dos 140km/h. Porém acho inutil aprovar uma lei sendo que nossas vias estão extremamente ruins.Temos muitas leis, porém 80% delas sem utilidade. Se tivessemos rodovias em condições boas / ótimas, concordaria plenamente com a lei, já que quando dirijo por estradas boas e seguras, não ando a menos que 130km/h. Mas tente andar nas BR de Goiás, velocidade máxima é 40km/h.

      • Nadal

        Normalmente não se anda a mais de 140km/h. O que não se pode aceitar é que na rara oportunidade de se precisar de mais velocidade, o carro seja limitado artificialmente. Isso não aumenta a segurança.

  • GusZanetti

    Ou seja, pra mim não ia mudar nada. Devo andar acima de 140 km/h só uns 0,5982% do tempo mesmo…

    • Christiano

      Pra mim muda… Só ando acima dos 140 km/h ! hahah !

      Chegando nos 200 km/h com VERONA 1.8.. CLASSIC 1.6… VECTRA 2.2 (215 km/h) e PRISMA 1.4 ! Dos carros q já tive !

      Mas… Sou a favor da lei sim ! Só tenho minhas dúvidas se aplicarão mesmo esta lei ! E sem falar que, o q vai ter de carinha mandando tirar o limitador !

      No Japão, muitos carros tocam um tipo de sirene dentro do carro para inibir o motorista de ultrapassar os 100 km/h ! Nâo sei se ainda é assim !

      • RRR

        Nooosssssaaaaaa!
        Tu é o cara heim! Nunca vi alguém tão macho quanto tu!

        Putz… cada um…

      • bart

        Japão tem áreas, pessoas, carros, situações e demandas muito particulares. A limitação é aplicada em áreas específicas apenas. Não compare com o Brasil, são geografias e dinâmicas de trânsito muito diferentes…

      • _Hunter_

        Isso da sirene não é coisa de outro mundo, aqui também existe. Em toda a linha Fiat (com as óbvias excessões) e Vectra, só para citar alguns exemplos.

  • Leonardo

    Acho uma ótima idéia, no Brasil a imprudência e a falta de respeito dos motoristas é fatal, mais de 40 mil pessoas morrem por ano em nossas estradas, se o povo não é educado e consciente é melhor tomar medidas drásticas como esta.

    Aprovo o projeto totalmente.

    Quem quer correr que vá para as pistas.

    • evtdesign

      Quer dizer então que só existem acidentes em auto estrada acima de 140km/h ??
      Um simples exemplo: Poderiam limitar a 80, e um cara irresponsável numa rua de pedestres limitada a 40 já faria um estrago enorme.

      Cultura e Educação, o Brasil precisa é de Cultura e Educação.

      Achar que este tipo de idéia resolve, é tapar o sol com a peneira, e chamar o consumidor e cidadão Brasileiro de idiota na cara larga.

      • Daniel

        O problema do Brasil é que os deputados incompetentes (ou são pagodeiros, ou apresentadores de TV, sem nenhuma formação academica para opinar sobre 99% dos assuntos que sugerem e votam) acham que a UNICA causa de acidentes é o excesso de velocidade…

        Bom, basta olhar as estatisticas e ver que, nas estradas, a maior parte dos acidentes envolvem caminhões… vai dizer que é pq eles andam acima dos 140km/h?

        Sobre velocidade, o problema não é a velocidade absoluta, mas sim a velocidade relativa… um caminhão andando a 40km/h na faixa da esquerda (ou na unica faixa quando pista simples) é muito mais mortal e perigoso do que um carro andando a 140km/h nas mesmas condições…

        Se eles punissem os caminhões que trafegam devagar, que trafegam na faixa da esquerda… os motoristas de carros de passeio que tbm andam devagar e aqueles que não dão passagem (trancando a pista)… teria um efeito muito melhor na questão de segurança do que limitar a 140km/h

        Da mesma forma, melhor do que limitar carros novos a andar acima de 140km/h, seria tirar de circulação aqueles que não tem condição de rodar nem mesmo a 50km/h…

        Melhor ainda seria, se, ao inves de perder tempo com projetos de lei idiotas, eles investissem na educação do transito, ensinando desde o jardim de infancia sobre segurança no transito (tem coisas que eu faço hoje no transito que eu aprendi na 1a serie do 1o grau – hoje Ensino Fundamental – quando tive aula de educação no transito), investissem em campanhas educativas ensinando coisas basicas como usar luzes, sinalizar, como reagir em determinadas circunstancias, etc…

        Se eles fizessem um estudo realmente serio, veriam que acidentes acima dos 140km/h são as coisas mais raras nesse país, e geralmente estão vinculados com alcoolismo (ou seja, a causa é o alcoolismo com excesso de velocidade, e não o excesso de velocidade em si)… até pq, pessoas não alcoolizadas tem muito mais noção da velocidade e das coisas que acontecem a frente, e, prevendo uma situação de risco, reduzem a velocidade instintivamente…

      • RRR

        Não é só acima de 140km/h os acidentes não. Mas só pq existem acidentes fora desta faixa de acidentes, tu vais deixar de previnir mortes? A chance de acidentes aumenta com o aumento da gravidade. E, ocorrendo o acidente, ele se torna mais grave quanto maior a velocidade.

        Se tu fumar, tu pode não ter câncer de pulmão; não fumando, é possível que tu tenha. Segundo o teu raciocínio, não deveria haver campanhas para reduzir o tabagismo, já que mesmo quem não fuma pode ter doença pulmonar e quem fuma pode não ter.

      • Coala

        POde não acabar com o problema, mas ajuda sim!
        Vejam quantos acidentes graves vemos com imbecis a 160 km/h se achando o machão….
        E acho que caminhões deveriam ser limitados a 90 km/h! Já ví carreta andando a 130 km/h vazio, absurdo!

      • Antonio Carlos

        Só em sonhos amigos, mudar a cultura do brasileiro??? Nunca vão conseguir, não leu o comentário do Cristiano ali em cima ??? O cara gosta de dar km nos carros dele. Acho que a lei é bem vinda, mas ninguém, vai respeitar e vai mandar retirar na hora, o limitador.

        É só ver a Captiva que veio limitada a 160km/h e os neguim chiaram e a GM já aumentou para 200.

        Acho que a para mudar a CULTURA, tem que mudar o bolso do caboclo que corre a mais de 130km/h, deixa o cara 1 ano sem a carteira para ver se não começa uma mudança.

  • mateuswp

    Em vez de ta apresentando projetos pra varias leis que faltam regulamentação, esses caras ficam apresentando essas besteiras que dão notícia.
    O carro pode até sair d fabrica com o limitador, mas eh soh ir num preparador da esquina q ele tira.
    E outra, garanto que não morreriam tanta gente se existissem estradas descentes no Brasil.
    Esse país não é sério.

    • Filipe Augustus

      E ainda falo mais, se todos os carros fossem seguros, com airbags e abs e ESP(Controle de estabilidade) as mortes reduziriam ainda mais.
      É só ver quantos Audi, Mercedes, Porsche e Ferrari se envolvem em acidentes fatais e quantos, Uno, Gol, Celta, Palio e mais um monte de porcariada, seus donos morrem em um acidente, (claro que respeitando as proporções de quantidade de modelos que existem nas ruas), mais geralmente quando vejo algum acidente que o carro é um Volvo, um BMW, geralmente os ocupantes do carro, saem apenas com arranhões. E com tudo são carros que transitam a mais de 140KM/H principalmente aqui em SP, não é difícil ver isso, outro dia mesmo estava na Castelo Branco e vejo uma Ferrari California passar sem placas a mais de 200KM/H pelo meu carro.
      Pois tem que se levar em consideração o limite de cada carro, a chance de vc se envolver em um acidente é menor em uma Ferrari a 140, do que em um Uno Mille a 140.

      • é, só que nada explica que mesmo em rodovias duplicadas e bem sinalizadas, os acidentes mantém os mesmos patameres, e com até pior gravidade.
        tá, explica
        IMPRUDENCIA.

        • Filipe Augustus

          Pergunta para o cara que se estoura em um poste tirando racha no meio da rua…
          Não pra mim.
          Eu sou contra essa babaquisse de limitador…
          Da na msm…eu mesmo tiraria essa porcaria do meu carro na mesma hora que eu saísse da loja.
          Tenhamos prudência…
          Se eu tenho um carro bom, sei o limite dele e msm assim não vou sair andando a 200KM/H.
          Agora se eu tenho um Mille, Gol e essa coisas aí…
          Não vou me acabar de correr em um carro que nem ABS e Airbag tem.
          Agora me fala? Quem nunca aqui pegou uma reta em uma estrada sem carro sem nada…e deu uma pisadinha pelo menos até 160 que atire a primeira pedra.
          Principalmente quem já dirigiu algum esportivo.
          E outra, me responda? O cara vai lá gasta 5 milhões de reais em um Pagani Zonda F que chega a 300 e tralálá e você acha que ele não vai tirar o limitador dele?
          Resumindo…

          • Filipe Augustus

            O que quero dizer é.
            Não adianta essas babaquisses todas de limitador de não sei oq…se não tiver fiscalização…
            E não digo desses radares e lombadas eletrônicas, digo como aconteceu na Suiça essa semana quando um cara com uma MB SLS passou a 290KM e vai ter que pagar 1 milhão de dólares de multa.
            Se aqui fosse assim, muitas pessoa que não tem condição nem ao menos de comprar um carro de 100 mil reais, pensariam 2 vezes antes de exceder um limite de velocidade.
            A imprudência existe, mais não é só dos motoristas, ela consiste na incapacidade das leis

        • Paulo_Ricardo

          explica sim.a pista é bek sinalisada, o asfalto é bom, porem liso. sem um controle de frenagem (ABS), controle de tração e controle de estabilidade, um bolsão d'água que for, ou até mesmo simplesmente a pista molhada pra uma pessoa inexperiente é fatal porque o motorista acaba se tornando passageiro.

          e t~em mais a maioria dos acidentes em estrada é porcausa de sonolência no volante tendo em vista que a maioria acontece no período da noite ou por embriagues.

          aki no rio de janeiro depois da implantação da lei seca os acidentes reduziram em 94%!!!!!

          aki tá dando muitíssimo certo, falta agora os outros estados implantá-la devidamente e fiscalizar melhor.

        • Nadal

          Peraí. Essa informação não bate, ao menos aqui no Paraná.

          Proporcionalmente ao número de veículos, as vias duplicadas tem índice de acidentes absurdamente menores do que as vias não duplicadas.

          E.g. numa via duplicada passam 30 mil carros por dia, e registram-se 5 acidentes. Na via não duplicada, passam 8 mil carros por dia, e registram-se 5 acidentes. Isso permite concluir que os acidentes se mantém nos mesmos patamares, em vias duplicadas? Não.

          Mostre a fonte dos seus dados, e daí podemos discuti-los. SMJ, seu comentário é uma ilação.

      • Daniel

        Para esses casos, bastaria fiscalização e ação dos policiais… como na Suiça que pararam o cara a 290km/h e lhe deram uma multa milhonaria…
        O esquema aqui é colocar um pardal escondido e ficar olhando o dinheiro entrar na conta… Um Mille a 140km/h é muito mais perigoso que um (pra não ir muito longe) um astra a 180km/h!
        Tem gente que se mata a 30km/h batendo mille em poste… e tem gente que sai ileso de capotamento a mais de 100km/h num carro moderno….
        não é mais facil tornar os carros mais seguros? Tipo o que fazem no resto do mundo?

        Detalhe: Na alemanha, o governo tem um acordo de cavalheiro com os fabricantes para limitar a velocidade a 250km/h… não é nada obrigado (tanto é que existem modelos lá que ultrapassam os 350km/h) e, mesmo assim, é um dos lugares mais seguros do mundo para se dirigir…

      • RRR

        Normalmente quem se envolve em acidente, não se envolve sozinho. O cara pode ter uma BMW com trocentos airbags, se achar o cara, sabendo que tem um carro seguro, sair a 200km/h, bater de frente com um uno, e sair ileso, mas… E O CARA DO UNO????
        Tu saber o limite do teu carro não te justifica de maneira alguma exceder limites de velocidade… tu podes matar pessoas que não tem nada a ver com a tua imprudência e vontade de tirar vantagem sobre os outros (sim… correr é tirar vantagem sobre os outros: tu usa uma via pública para se divertir ou ganhar tempo PARA TI em troco de oferecer riscos PARA OS OUTROS).

      • Roms

        Sabe o que eu penso? Ao invés desta lei ridícula, deveriam isentar impostos (isso mesmo, isentar!!) de fabricantes de segurança automotiva que queiram ter fábricas aqui no Brasil. Adicionalmente deveriam obrigar a ter airbag, ESP, EBD em todos os veículos fabricados. Teríamos mais empregos (ICMS girando heim!), mais riqueza, etc. Não é para reduzir acidentes? Então? Sempre os prejudicados são os consumidores. Esse papo de lei de 140km/h foi uma das piores que já vi (ou li). Vai matar o mercado de quem compra carros melhores. Ao invés de mais leis (… aliás, vocês pararam para se perguntar quantas leis idiotas nós já temos?) deveriam fiscalizar as rodovias, isso sim! Tsc, tsc.

    • Mineiro

      Bom estratas decentes até que sim, mas se houvessem mais motoristas prudentes e mais ferrovias pra tirar esse monte de caminhão a que temos que ficar cortando na estrada, ai sim diminuiriam os acidentes.

      Quanto ao limitador?? Os boyzinhos que curtem um racha vão sair da concessionária direto para o cara q tira o limitador do carro…

      Bom, balela…

    • Gustavo Muchiutti

      Falou tudo! Fora os carros que correm nas pistas. Quer dizer agora que eu não posso mais ir em Interlagos me divertir com meu humilde 6 cilindros acima de 140km/h ?! E os ricaços com suas Ferraris ?! Terão de ser limitadas ou não poderão ser emplacadas ?!
      No brasil esse tipo de coisa é comum, basta olhar o exemplo do projeto de lei em SP que determina a proibição de garupa nas motos. A merda do estado, ao invés de garantir segurança com policiamento correto, afim de evitar assaltos, quer proibir o cidadão de ter passageiro nas motos.
      Aqui na terrinha é sempre assim: O certo paga pelo errado.
      Este país não é sério.[2]

      só pra constar: Mando remover esse limitador no mesmo dia em que eu comprar um carro com um. ;)

      • Christiano

        Até as nossas "ótimas" revistas do setor, reclamaram da CAPTIVA que era limitada a 160 km/h ! Fazendo a GM mudar o limite para 180 km/h nas concessionárias !

        Reclamaram até das 6 marchas… Pq a Captiva chega no limite em 3a. marcha… Na versão V6 !

        Eu concordo… Este país não é sério ! hehehe !

      • Gustavo Muchiutti

        Ah! Detalhe que eu deixei passar. Meu 6 cilindros é "velho", não precisará deste limitador ridículo caso esta lei seja aprovada, a não ser que resolvam obrigar todos os cidadãos a instalarem em seus carros também.

      • RRR

        Realmente… meia-dúzia de pessoas que querem correr em interlagos não poderem mais o fazer é um preço muito alta para se pagar pela vida de milhares de pessoas…

        • Gustavo Muchiutti

          Você é um alienado, cara. Os carros daqui ja são uma bosta e caros, aí o cara trabalha uma vida, compra uma Ferrari e ela tá limitadinha a 140km/h. Essa lei ridícula, bem de brasil mesmo, é só mais uma prova da incompetência do estado em fazer algo realmente funcional para evitar acidentes, já que 140km/h em perímetro urbano é BEM MAIS do que o suficiente pra causar acidentes terríveis, e eu já cansei de ver moleque passando em avenida nesta velocidade. Aliás, como se justifica a Alemanha com suas Autobahns mil vezes mais seguras ?! O nome disto é competência. Eu já to de saco cheio de viver num país onde o certo paga pelo errado, o educado pelo sem educação, o honesto pelo desonesto.

        • Daniel

          Milhares de pessoas? Por ano devem ter 3 ou 4 acidentes acima dos 140km/h (quando tem vira manchete de jornal) e, normalmente está vinculado ao alcoolismo… ou seja, muito mais fácil fazer como um colega sugeriu no outro comentário de colocar bafometro pra liberar a ignição…

          Já morei na europa, e lá vc anda em rodovias de 130km/h de limite a 150km/h do lado do policial e ele não faz nada se vc não está dirigindo perigosamente… (alias, a velocidade media nas estradas lá em torno de 150km/h) quando tem radar, está sinalizado, e sempre vc encherga o motivo do radar… ou é uma curva, ou o acesso de alguma cidade, posto, etc…

  • Pedro

    Por que nao construir vias q suportam velocidades superiores a 80km/h? Como as autopistas alemas?
    Aos juristas de plantao…. como podemos impedir que isso seja aprovado? Eu como morador do RJ nao reconheco o deputado do RS como representante dos meus interesses nesse assunto!

    []'s

    • rbersch

      O seu representante que é responsavel pelo projeto não seguir em frente,ou seguir,vai saber.

  • EduardoMachado

    Se duplicarem as estradas e as colocarem com limite de 140Km/h estará bom.
    Agora imagina fazer uma ultrapassagem e você é limitado?

    Será que a velocidade um pouco maior mata mais que essas estradas de mão dupla e cheias de buracos?

    • RRR

      Duplicar tudo realmente seria ótimo, mas custa dinheiro. Essa seria uma medida para reduzir acidentes (ou assassinatos, dependendo da interpretação) que não custaria quase nada para a união.

      Quanto às ultrapassagens: eu entendo que se você vais precisar chegar a essa velocidade para completar a ultrapassagem, essa manobra jamais deveria ter sido iniciada. Ultrapassagens servem para ultrapassar veículos que estão andando abaixo do limite de velocidade da via. Mas num via de 80km/h, o pessoal já anda a 120km/h e ainda te gente querendo ultrapassar esses apressadinhos, tendo que chegar a 150km/h para completar a manobra. Aí não tem como ser feliz menmo.

      • Daniel

        Em situações de emergencia é preciso acelerar sim… uma vez fui ultrapassar uma carreta numa descida (ela estava andando a 40km/h no trecho de subida) e o ponto de ultrapassagem permitido era numa descida… quando o caminhoneiro assassino viu que eu estava ultrapassando pisou fundo me colocando numa situação de risco, pois não daria tempo suficiente pra fazer a ultrapassagem (vinha um outro caminhão em sentido oposto no final da descida)… pisei fundo e o cambio automatico e os 6 cilindros fizeram o serviço: 90-160km/h em poucos segundos… o suficiente para fazer a manobra sem colocar ninguem em risco…

        Quanto aos apressadinhos, vc nunca sabe… pode ser um medico em emergencia ou alguem levando alguem para um hospital… portanto… como o Codigo de Transito Brasileiro diz: faixa da esquerda somente para ultrapassagem e dê passagem quando solicitado… Mesmo que vc tenha bola de Cristal e seja apenas um apressadinho…

      • Nadal

        Claro. Você deve seguir pacientemente o caminhão que anda a 110 km/h ladeira abaixo e a 45 km/h ladeira acima, até chegar ao seu destino. Tá bom.

        Campeão, aposto que você nunca dirigiu numa estrada ruim.

        • Daniel

          Provavelmente ele nunca dirigiu algo mais que um velotrol…

          Só tá repetindo o que falam na TV (e é mentira) que a maior causa de acidentes é o excesso de velocidade…

          Eu normalmente ando na velocidade limite (com uns 10-20% pra mais ou menos, dependendo do trafego)… mas, sempre tive a consciencia de nunca atrapalhar o transito… ou seja, não fico trancando esquerda nem colando na traseira dos outros… se tem alguem devagar na esquerda, só ligo a seta pedindo passagem… demorou? pisco o farol alto, demorou mais ainda meto a buzina…

          Esses dias mesmo estava sem pressa nenhuma na bandeirantes (limite 120km/h) fui a 90km/h… mas ninguem precisou pedir passagem ou desviar, pois alem de olhar pra frente, eu sabia o que acontecia dos lados e atras… se vinha alguem mais rapido (mesmo não estando na esquerda) eu abria mais para a direita…

          Se todos tivessem o minimo de educação e deixassem a faixa da esquerda livre, ia ser muito menos estressante e perigoso, independente se estão andando acima do limite de velocidade…

  • Gustavo Miguez

    Ai estou no meio de uma ultrapassagem de uma carreta longa, acelero para acabar a manobra logo e……o limitador corta meu motor no meio da manobra.

    Muito bom. Bota, ao menos, 160

    • RRR

      Se vc for precisar chegar a 140km/h para completar uma ultrapassagem, é pq essa era uma manobra arriscada, era uma ultrapassagem que jamais deveria ser iniciada.

      • Gustavo Muchiutti

        E se um bandido resolver acelerar atrás de mim metendo bala no meu carro ? Com certeza eu vou pisar, e muito. Imagina que delícia você tentando pisar pra fugir e seu carro não passando de 140km/h
        Existem momentos em que a velocidade excessiva, apesar de apresentar riscos, tem suas finalidades. Meu pai mesmo já teve de pegar rodovia passando de 200km/h pra levar minha prima num médico, numa cidade vizinha, porque o pronto socorro da cidade em que estávamos não tinha condições de atende-la. São coisas que não deveriam acontecer, mas acontecem. Que reforcem a educação no trânsito, punições pra excesso de velocidade, policiamento e treinamento pra policial, como num país de gente. Esta medida é absurda.

      • tandre_br

        Você ou tem menos de 18 anos ou só anda dentro de cidade, né? Pode admitir.

    • _Hunter_

      Que carreta é essa transitando a 140 km/h?

      • rbersch

        Carretas vazias,sem carga andam facil a 120,na ladeira chega facil aos 140.

        • Anderson Giovani

          o "RRR" é a tipica pessoa q nunca viaja, ou seja, anda nas rodovias duplicadas de SP em que todos são felizes respeitando o limite de 110mh/h (washington luiz, dutra, anhanguera). Queria que ele andasse aqui em Goiás, principalmente na BR 060 entre Goiânia e Jataí, ou na BR 364 e BR 158 que cruza a região sudoeste. A região que produz grãos equivalente ao resto do país, ou seja, excesso de caminhões que, não respeitam nada, e andam acima da velocidade (várias vezes tive q colocar 140km/h para ultrapassá-los.

      • Mirax

        Eu tbm gostaria de saber. Tem muita gente aqui tentando justificar um erro com outro. Vamos aos pontos:

        – caminhões e carretas de transportadoras tem velocidade controlada.
        – caminhões e carretas mais modernos tem limitador eletrônico de velocidade. De fábrica.
        – caminhões e carretas mais antigos, tem o tacógrafo, que se não limita, "controla" a velocidade.
        – se hipoteticamente tem uma carreta numa estrada a 140 km/h, vc vai ultrapassá-la pra quê?. Deixa ela lá, se segure em seus 120 km/h. Pq vc vai botar 160 km/h pra ultrapassar uma carreta, um ônibus, um outro carro que esteja a 140 km/h?.

        Querem justificar um erro com outro. E estão falando coisas sem conhecimento.

        • Daniel

          Andam a 140km/h na descida… na subida é 20km/h quando de bom humor…
          vai passear um pouco por esse Brasilzão e vc vai começar a entender como as coisas acontecem…

      • Daniel

        Já vi um cavalo mecanico a 160km/h…

  • Hugo_R

    Ridículo, quantas vezes para ultrapassar com segurança (o menor tempo possível na faixa contrária) não passamos de 140km/h…
    Ou aquele caminhão "desembestado" que na descida pega 140km/h e quase atropela se a gente não acelerar (se não ele vai ultrapassar pela faixa contrária e causar maior perigo)…
    Se quiser colocar limitador, que seja de 180km/h ou 250km/h, sei lá, na verdade sou contra qualquer limitador…

    • goiania

      Pois é. Como seriam os sensores? Eles seriam capazes de controlar o aumento de velocidade de um caminhao na banguela que outros carros não conseguirão ultrapassar?

      E outra coisa, devido ao nível de crimininalidade no país, não incentivaria assaltos a pessoas e cargas nas estradas brasileiras já que apenas as pessoas de bem seguiriam a regra? Mesmo que o limite de 140 km/h seja alto, é algo para se pensar se o limite realmente for implementado e depois mais radicalizado, sendo o limite cada vez menor.

      Sem falar que gosto de andar a mais de 140km/h de vez em quando, pois tem horas que parece ser perfeitamente seguro e seria contraproducente não utilizar um pouco mais a velocidade do carro. Acho que deveriam se preocupar mais em proibir carroças na ruas (carros velhos ou projetos que não passariam em testes de segurança de qualquer país sério) e melhorar as estradas e condições de rodagem em geral.

      É muito mais seguro dirigir rápido (desde que não rápido demais ou de forma irresponsável) um carro seguro em vias segurs do que dirigir um Uno a 140km/h na maioria das estradas brasileiras.

    • RRR

      Eu nunca passo (nem chego) dessa velocidade para efetuar ultrapassagens. Se vc precisa ultrapassar essa velocidade, é pq sua ultrapassagem já começou mal, não dando a margem necessária para efetuar a manobra com segurança.

      E no caso do car vir descendo atrás de vc… ele também estaria limitado… então…

      • Paulo_Ricardo

        vc é uma vitrola???

        • RRR

          Ótimo argumento…

          • Gustavo Muchiutti

            Eu achei ótimo mesmo, até positivei o cara e negativei você.

      • Daniel

        As vezes as coisas mudam no meio da manobra e vc tem que acelerar… e é mais seguro fazer uma ultrapassagem rápida a 160km/h do que fazer uma ultrapassagem devagar (tipo caminhão ultrapassando o outro na serra – um a 4km/h e o outro a 5km/h)

        O limitador seria apenas para os carros fabricados a partir de determinado ano… ou seja… aquele caminhão Mercedes de 20 anos atras ainda conseguiria andar a mais de 140km/h numa descida e te acertar…

      • Nadal

        Certo. O mercedes 1972 do seu Zé, caminhoneiro há 25 anos, também teria instalado o limitador de velocidade. Tá bom. Você acredita em duendes também?

    • oigoleiro

      duvido que voce tenha passado de 120km/h , o que está falando de 250 . visto que 99% dos carros brasileiros nao tem condiçoes de passar de 110km/h!!!!!

      • Nadal

        Não sei onde você mora, campeão, mas qualquer carro 1.0 passa de 110km/h e, no plano, mantém essa velocidade tranquilamente. Talvez uns 15-25% da frota não consiga manter essa velocidade, no plano.

  • João Melo

    Bom. Ninguém precisa andar a mais do que 140km/h. ainda mais nessas estradas vagabundas do brasil (principalmente aqui no nordeste). se alguém dirige mais rápido que isso, não é necessidade. isso é um fato. podem negativar o que for. mas sabem que ninguém, de fato, precisa de mais do que isso.

    • Mirax

      Concordo.

  • rbersch

    Tem que colocar é velocidade MINIMA,de no minimo 100km/h,o que causa acidentes são aqueles infelizes que andam a 60km/h,trancando o transito e obrigando,quase que,por um momento uma ultrapassagem forçada por alguns mais apressados,e tambem o fim de carro 1.0,90% dos acidentes são causados por veiculos populares 1.0 com mais de 2 pessoas a bordo em pistas de 1 faixa,constatei isso vendo as noticias,aqui mesmo,morreu ontem 5,5 pessoas dentro de um uno que forçou a ultrapassagem,a falta de potencia desses veiculos causam acidentes,em maior numero do que veiculos mais potentes que conseguem fazer ultrapassagens sem problemas.

    No mais,140km/h é muito pouco,o tempo necessário nessa velocidade para ultrapassar um veiculo a 120km/h,velocidade de cruzeiro normal,com no maximo essa velocidade teria um risco muito maior devido a demora e o tempo na pista contraria.

    • DinhoRox

      já cansei em rodovia estar a 120km e vem akele carinha a 60km/h entrar na faixa da esquerda sem ao menos olhar o retrovisor

      e outra o estudo é baseado na australia e nao aqui

      • rbersch

        Faixa a esquerda ? e quando só tem um,ai é pior,com faixa dupla da para passar pela direita,mas quando não tem ele nem se presta para tirar para o acostamento,forma filas enormes,devido ao grande fluxo de veiculos torna impossivel ultrapassar,ai alguem tenta,e ai da a mer$#% toda,não que o que tenta esteja certo,ele tá errado,mas…podia ser evitado.

        • Daniel

          Exatamente… dai. ninguem coloca na estatistica que a causa do acidente foi a carreta velha a 30km/h segurando o transito.. e sim dizem que o cara que foi ultrapassar era apressadinho…

          Eu sou contra ultrapassagem perigosa, ultrapassar pela direita, pelo acostamento, quando tem faixa continua, etc… Mas confesso que uma vez ultrapassei uma carreta pelo acostamento… afinal, já tinha quase 1 hora que ela estava segurando todos a menos de 20km/h…. numa viagem de 700km no total… isso é altamente estressante!

    • RRR

      Aí é que está. Não é para ultrapassar quem está a 120km/h. Até onde eu sei, nem existe via de pista simple com velocidade de 120km/h. Então, esse cara já estaria em excesso de velocidade e tu ainda ia querer andar mais que ele? Haja irresponsabilidade!

      Quanto a velocidade mínima, ela já existe (é 50% da velocidade máxima). Mas euconcordo que ela deveria ser aumentada para algo em torno de 80% da máxima. Ficaria assim: máxima de 80km/h, mínima de 64km/h. Com essa diferença de 16 km/h não haveria grandes problemas. O problema é que tu propõe andar a 120km/h em estrada de limite 80km/h, mas aí não tem como ser feliz mesmo!

      • Daniel

        E vc já viu alguem ser multado por andar abaixo dos 50% da maxima? Não, né? Agora, pega um busão (pq CNH vc não tem) e veja quantos caminhoes, fuscas, onibus velhos etc vc acha a 30km/h numa pista com maxima de 110km/h… vai faltar dedo… sugiro o caderno e um lapis, dai vc vai fazendo os tracinhos… (não esqueça o apontador, pois vai precisar!)

  • André

    E mais uma vez vemos o estado querer interferir na vida do cidadão. Se a pessoa é burra e não sabe guiar, não é o fato de a velocidade estar limitada que vai fazer com que ela deixe de fazer suas idiotices. Aliás, que nunca esqueçamos que a veloz Alemanha registra menos acidentes do que o lento Brasil dos muitos radares e lombadas.
    Em tempos: gauchada, nem a pau votem novamente nesse deputado. Que ele não se eleja sequer para síndico. E que a Câmara dos Deputados tenha uma comissão técnica mais apurada, pois parece que falta gente que conheça de carros por lá.

  • DinhoRox

    Quase esqueci, querendo ganhar voto em época de eleição =P, com uma lei que vai ser ineficaz na pratica

  • william campanari

    Esse nosso congresso é uma comédia.
    – Eles acham importante limitador de velocidade, mas os maiores acidentes são ou por falta de pista duplicada ou por falta de passarelas.
    – Em nenhuma pista federal você anda a mais de 100km/h se fizer isso cai o pneu de tanto buraco.
    – Em pista estaduais (em SP eh assim) a cada 5km tem um radar.
    – Tem caminhão andando na Castelo Branco a 130km/h, como os carros irão andar a 140??? Serão atropelados.
    – Porque em vez d e limitar a velocidade não duplicam as estradas para ficarem mais seguras? Porque não criam ferrovias para tirarem um pouco de caminhao das estradas (nada contra os caminhoneiros)? Porque ao inves de limitador não obrigam os carros a sairem de fábrica com (air-bag, abs, EDS, etc) seguindo o exemplo europeu?
    É amigos as eleições estão ai. Vamos pegar o nome desse FDP e mandar todos para casa.

    • Christiano

      E tem outros caminhões subindo subidas a 20 km/h ! A maioria dos nossos caminhões são pouco potentes para o peso !

      Absurdo !

      • Daniel

        O problema não é a potencia do caminhão, é o excesso de carga (que tambem ajuda e muito a fazer os buracos!) e a preguiça do caminhoneiro de trocar marcha… querem "economizar" e fazem esse caos das estradas… isso sim é ser irresponsável e egoista… (pra não dizer assassino!

  • Daniel Gutemberg

    Até quando eles vão deixar de inventar histórinha de limitador e afins e dar um curso dedireção defensiva como os da Europa (que dura entre 6 a 8 meses ) ???? O grande problema é que o brasileiro é MUITO mal educado no transito, precisa mudar o motorista e não as leis de transito. Pode ter certeza de que se fosse o caso do brasileiro ter condições adequadas de vias (se bem que em SP já tem bastante coisa boa) e um ensino top em relação a rigorosidade e a qualidade, pode tirar todos os limites de velocidade e ainda sim ia cair 80% das acidentes no país todo !!!! Tem que acabar tamb´m com essa palhaçada de gente que compra carteira, o que tem de gente sem noção na rua não está escrito, deveria ser tudo por digital (polegar) para não ter erro !!!

    • Paulo_Ricardo

      ha sim, estradas boas em sampa mas tudo privatizada né? não é do governo…

    • Jonathanfs

      Tem razão amigo! Creio que a velocidade não é o maior problema dos acidentes, o grande problema é a imprudência de muitos motoristas, sempre que faço uma viagem mais longa, vejo muitos possíveis acidentes, pessoas que tentam fazer ultrapassagem em local proibido, caminhões que extrapolam limites de velocidade, e o pior de tudo as estradas intransitáveis!!!

  • lndnfsu2

    140km/h axo muito pouco… 180km/h igual no Japão já estaria de bom tamanho….

    dificilmente um 1.0 vai chegar a 160km/h então nem tem tanto sentido assim…

    • rbersch

      O ponto é que,na verdade eles chegam,o outro ponte é que demora,e o importante não é a velocidade final,e sim o tempo que leva para desenvolver a mesma,grande problema dos populares é esse,um carro com 70cv com peso em ordem de marcha na faixa de 900kg com 5 passageiros mais bagagem vamos adicionar 70kg por cada 1 com 5kg de bagagem,ai teremos 18kg sendo empurrados por 1cv,mas…mais importante do que isso,é o baixo torque.

      • tandre_br

        E o pior é que já foi o tempo que nossos 1.0 tinham só 900kg em ordem de marcha…

    • Christiano

      Em descidas… Os 1.0 chegam lá ! Alguns, como o CELTA… A 180 km/h ! Em descidas, né ?!

      E no painel.. Que não indica a velocidade correta !

  • Ricardo

    Gostaria de saber as estatísticas do Brasil sobre este ponto, e não da austrália. Acredito que na lista de acidentes, temos outros motivos mais frequentes do que estes, como ultrapassagens em locais indevidos (já existe lei para isso), dirigir embreagado (tb já existe lei para este)… resumindo, ao invés deste Deputado Federal parar de criar novas leis, por quê não cria vergonha na cara e faz algo de útil para a população que o elegeu?

  • aaaa

    ridículooooo…. nem tem sentido, até em questão de segurança, vai saber qndo vc precsa de fugir de um assaltante na pista com um carro sem limitador, isso não tem lógica nenhuma…

  • remember remember

    quase redundante colocar limitador em carros 1.0 hehehe

  • Igor da Costa

    Vou em qualquer mecanico e arranco fora.
    Em vez de concertarem as estradas , vão ficar criando limitadores.

    Deveriam criar um limitador para a quantidade de dinheiro que eles ganham.Ladrões.

    Brasil-sil-sil…

  • Wagner Miranda

    Meu Fusca 1300 não chega a isso ¬¬.
    Brincadeiras à parte, mas tipo, seria que teria fiscalização pra isso, dai a pessoa compra o carro 0km, e ja vai direto pra remover, e outra coisa, as novas viaturas da policia também irão vir com isso?
    (ja acho meio estranho Fusion 3.0 V6, 246cv limitado eletronicamente à 185km/h)

  • Nair

    De que adianta? Os crash-tests são feitos a 64km/h, somente até esta velocidade a segurança é garantida, com os nossos carros populares então, se batermos a 50 estamos F*
    Geral vai na primeira oficina boca de porco arrancar essa porcaria. Fazem isso até com limitadores originais de fábrica (Fusion, Edge e até as Mercedes…já vi vários sem)
    So complementando a frase do Igor: Deveriam criar um limitador para a quantidade de dinheiro que eles ROUBAM.Ladrões.
    Isso é mais um despropósito de um deputado idiota. Fato!

  • rodrigo

    se velocidade fosse o problema, a alemanha com as autobahns seria campea em acidentes.
    mais uma ideia imbecil pra nao dar em nada.

  • Pedro

    Deveriam criar um limitador para a quantidade de dinheiro que eles ganham.Ladrões [2]

  • Jumar

    Como já comentaram, o que devia ser proibido mesmo era popular 1.0 carregado em rodovias… Realmente, é só ver gente, a IMENSA maioria dos acidentes acontecem nestas condições. Primeiro, porque o carro simplesmente não aguenta, o motorista pensa que consegue fazer tal coisa e não vai! E segundo, que se o cara já comprou 1.0, só pode ser louco mesmo, então juntam-se dois agravantes! Os outros 9% dos acidentes ocorrem em finais de semana, carros velhos que nem devia estar rodando (gol bola pra baixo) e geralmente lotados também! Os outros 1% são de carros 'decentes' ou motoristas alcoolizados… Podem descer a lenha, mas é a mais pura verdade!

    • ThorBH

      bom… para quem mora em cidades de porte médio ou grande, em boa parte das vezes já tá valendo mai$$$$$ a pena largar mão da estrada e ir de avião em determinados trechos (praias, etc). Aí sim, vale a pena o sujeito ter uma tarraqueta 1.0 ou até menos (i.e. multiair da Fiat) só para ralar dentro da cidade ou para pequenos trajetos…

    • rbersch

      Ai não concordo,meu voyaginho tá em perfeito estado,pneus e suspenção novas,alinhado e balanceado,motor bom para o peso do carro,com sua uma tonalada e com boa retomada (graças aos 16kg de torque com peso x torque superior a alguns veiculos atuais 1.8 e 2.0 novos) o problema é carro mal cuidado e sem manutenção,e isso pode ser carros com 3~4 anos de uso não precisa ter mais de 10 anos.

  • eduardo

    antes de colocarem esse limitador, os "caras" tem que: melhorar e muito as rodovias brasileiras ( e tbm pavimentar as BR 0 nada q o governo considera rodovia, uma estrada de terra ); fazerem leis q obriguem as montadoras "colocar" ABS , air bags, e controle d estabilidade em todos os veiculos; Cursos d direçao defensiva para todos os motoristas.
    Ai sim ……se mesmo com essas medidas, o numero de acidentes continuar alto, aplica-se os limitadores d velocidade.

    Teve um amigo ai em cima q parece q nunca dirigiu em rodovia d pista simples, ele disse eh arriscado fazer ultrapassagem a 140km/h. é pq ele nunca pegou rodovia d pista simple com efeito "lombada" …onde vc tem um caminhao carregado a 60,70 km/h na subida sendo q na descida ele ultrapassa os 120 km/h …..e como qq motorista com sã conscienciosa nunca ultrapassará numa subida, eh logico q vai fazer uma ultrapassagem a 140km/h ou ateh mais numa descida …

  • Churrass

    Brasileiro odeia carro

  • Paulo_Ricardo

    isso é uma grande vergonha.

    os acidentes não acontecem por causa de altas velocidades. acontecem por causa das estradas inseguras e dos automóveissem nenhum tipo de sistema de segurança, um motorista se assusta numa pista molhada e chapa o pé no freio, fudeu!

    akele ''piloto'' de 1.0 que vai fazer ultrapassagem e o carro não rende na hora de passar e bate de frente em outra pista? fudeu também.

    estradas sem sinalização e mal pavimentadas causam desvios inesperados e colisões além de quebras de carros provocando a parada deles e os acidentes.

    aliás se quer colocar engenhoca nos carros, regulamente o uso de um medidor de nível de alcool no carro (bafômetro) antes de ligalo pois a grande maioria dos acidentes e isso em qualquer lugar do país é por causa do alcoolismo

    isso sem contar a sonolência ao volante tendo em vista que a maioria acontece no período da noite ou por embriagues.

    aki no rio de janeiro depois da implantação da lei seca os acidentes reduziram em 75%!!!!!

    aki tá dando muitíssimo certo, falta agora os outros estados implantá-la devidamente e fiscalizar melhor.

    a sim e a regra de proibir garupa nas motos??/ nunca ví coisa mais ridícula que essa!!! o estado não se garante em dar proteção e proíbe uma coisa nada haver porquê são imcapases

    • RRR

      Putz…
      Na boa, é querer forçar muito a barra dizer que velocidades maiores não aumentam o risco de acidentes ou não aumentam a gravidade dos mesmos…

  • gustavo

    O que esse deputado tem é um limitador de inteligencia…

  • Raimundo Neto

    Enquanto achava que iriam acabar com os buracos, pavimentação mal feita, sinalização ruim, pistas mal elaboradas, e animais na pistas, ganhamos essa!

  • É isso.

    O limite no Brasil já é 110km/h, não existe nenhuma estrada com limite maior que esse.
    Então se é pra fazer palhaçada, que faça a 110km/h e eu fico limitado a não poder usar o meu carro em áreas particulares com velocidade maior que essa.

    Simples.

    Deveriam federalizar o ensino e exame para se tirar habilitação e tentar diminuir essas porcaria de auto escolas que não ensinam mas dão macetes pra se fazer uma prova oO
    Isso impediria muito babaca de ter um documento que o resguarde de passar numa blits sem problemas.
    Deveriam fiscalizar melhor as estradas.
    No Brasil é proibido dois veículos ocuparem a mesma faixa lado a lado, logo as manobras que as motos fazem entre os carros é proibida, fora que não dão seta a cada mudança de faixa, e ai?! E ai que se aceita e cria um corredor pra elas.

    Enfim, a legislação de trânsito é uma palhaçada, deviam era ao menos fazer cumprir a já existente e não inventar mais leis sem noção.

  • Marco

    Leis, leis e mais leis. Quando vão criar uma lei para obrigar que as leis que já existem sejam cumpridas e fiscalizadas?
    Ora, já existe lei seca. É cumprida, fiscalizada? Não. Existe lei que regulamente condições mínimas de conservação para os carros em circulação nas estradas. É cumprida, fiscalizada? Não. Existem contratos que obrigam as operadoras de pedágio a usarem o dinheiro arrecadado na manutenção e reforma das estradas. É cumprido, fiscalizado? Não. Pagamos IPVA, só pra falar de um imposto, que por lei deveria ser revertido em manutenção das nossas estradas. É usado, fiscalizado? Não.
    (continua)

  • Tambem acho que tem que ter limitador… Mas com 350km/h

  • marcel

    bem, se isso passar conto com o NA para que faça uma propaganda maciça, para que entao parem a fabricação de veiculos automotores no brasil e voltem a fabricar carroças puxadas a cavalo….

  • Robson

    Arma nao mata ninguem, quem mata é quem puxa o gatilho .

  • tandre_br

    Bom, nem preciso falar nada, já falaram tudo… Absurdos do Brasil.

    Se quer mesmo colocar um limitador, faz igual no japão, 180km/h, pelo menos é mais razoável. Mas mesmo assim, não é isso que salva ninguém.

  • bart

    Investir em auto-escola descente, fiscalização por patrulhamento para educação e qualidade das vias/sinalização…
    Isso nenhum deputado propõe né?

    É igual cavalo. Não ensina a andar… vai na base do cabresto e chicote… somos cavalos..

  • Rodrigo Buriti

    Ridículo

  • pools

    Quer dizer que, baseado em estatísticas de que o povo está se tornando obeso, o melhor para a segurança de todos é vender geladeiras que só abram em determinados horários e se fecham automaticamente em 15 min?

    Querem substituir o bom senso por leis. Óbvio que não funciona.

    Tirando isso, é mais um deputado querendo aparecer. Pior que tem gente que vota.

    Até mais,

  • Valter Silva

    Acho que vai aumentar o comércio de usados…

  • diego

    ferrari faz de 0-100 em 3 segundos em primeira e acabou por ai, nao pode andar mais no brasil hauhauhauhauhauhauhauhauh, ou seja reinado do 1.0 contra-ataca.

  • Luiz

    Mas que joinha.. lá vamos nós ter de pagar por mais um "produto" imposto pela camara…

  • _Hunter_

    Eu digo que é mais uma forma de nos empurrar um imposto em nós. E não venham me dizr que passar de 140 km/h é desnecessário. Imaginem a segunte situação: O seu carro tem motor suficiente para passar de 140 km/h na situação em que você se encontra, isso no mês de férias (ou seja, muitos carros e bem carregados), você tem a sua frente 17 carros para passar e uma enorme reta (lembrando que a pista é de faixa única para ambos os lados) e não vem carros na direção contrária. Com certeza você vai passar tranquilamente ou vai precisar passar de 140 para fazer essa manobra em segurança e quando você mais precisa… cadê o motor? Foi bloqueado porque os nossos governantes querem acabar com a doença atacando os doentes!

    Eu aposto que, seguramente, se nossos carros fossem mais seguros (pelo menos isso está sendo providenciado…), não teríamos tantos acidentes e tantas mortes.

    • Mirax

      E pq vc precisaria passar os 17 carros a sua frente?.

      Lembre-se que é melhor chegar atrasado nesse mundo do que adiantado no outro!!!!!!!!!!…

    • Renato

      Tudo bem, legal o seu comentário. Mas atitudes como essa de ultrapassar vários carros de uma vez só aumenta o risco de acidentes. Presta atenção, fião!

  • Flavio

    Se voce estiver pasando mal ou sua mãe e precisar pegar uma pista para ir ao hospital voce vai a 140 km taaaaaaaaaa seu motorista

  • Ale

    Carro 1.0 não passa muito de 140km/h de velocidade real, então faz um levantamento de qtas mortes só esse ano com esses carros, a imprudência é que causa mortes, é que nem o desarmamento, quem mata não é a arma e sim o idiota por trás dela.

    • bart

      exato!
      então que eduquem o idiota e não a arma…

      A situação é igual ao pai que pega a filha transando com o namorado no sofá da sala e como solução ele tira o sofá…

  • henrrik

    o cara bate num poste a 140 e bate no mesmo poste a 180..vai morre do mesmo jeito xD leeis brasileiras sao uma veerdadeira piada….

  • henrrik

    outra tambem..se algum dia eu tiver meu carro..e vier com essa porcaria de limitador,concerteza eu vou tirar! ^^ o fusio tambem tem limitador,so qe é de 180 Km/h…tem como desbloqealo ! vlw

  • Douglas

    Esse Pompeu de Mattos é um otário mesmo. Ridícula essa lei, o motorista que trafega em alta velocidade sabe dos riscos. E além do mais tem pessoas que correm em pistas de competições como Interlagos com seus carros, ai a pessoa vai ficar limitada a ridículos 140 KM/H? quem propôs essa lei é um extremo idiota.

  • nilton

    o que vai dar de carro novo em oficina para tirar limitador não vai ser brincadeira.. isso só serve para fazer "girar" a economia do setor e o povo pagar por esse giro… ganha quem fabrica o limitador e ganha quem tira o limitador, e SÓ! mais uma lei que só serve no PAPEL, vai fazer aquele estardalhaço no inicio e depois de um tempo vai cair em desuso como a lei do insulfilme, turbo, xenon, extintor abc, kit de primeiros socorros e etc… ainda bem que já estou na fila de espera da nova FT400! carro zero só com fueltech agora!

  • Matheus_P

    Essa lei tem mais chance de ceifar uma vida do que salvá-la, pois em uma utrapassagem um pouquinho não muito bem calculada pode resultar em tragédia…

  • Não bastam estradas ruins, radares, pedágios… Agora isto? Pelo amor de Deus, este país é ridículo.

  • Ricardo Raven

    Acho que devem é limitar os caminhões em primeiro lugar.

    • Nadal

      Se é para estabelecer limitação eletrônica da velocidade, que se limitem caminhões e ônibus, e que se impeça esses veículos de rodarem desengrenados, sem freio-motor.

  • Aristeu

    Deveriam era criar um limitador de roubos pros politicos. Quando atingissem a cota, teriam que parar de roubar!

  • rick

    Eu concordo e vou além. Eu penso que a velocidade deveria ser limitada em 120 km/h.

    • Thiago

      E em uma situação de risco no trânsito, se você precisar de mais velocidade numa ultrapassagem? Nunca botei mais de 120 nos carros que dirigi, mas acho ridículo esse limitador. Bom senso e educação, auto escolas de verdade, com aulas de verdade e com mais tempo para se tirar uma CNH, isso é a solução. Quem aprende a "dirigir" em 1 mês?

  • Aledi

    HAUHAHUAHUAH Isso é piada e sem graça ainda! Esse FDP tinha que limitar era a velocidade de Ônibus e Caminhões nas estradas em 60 km/h ando constante em BR e vejo caminhão carregado andando a 80, 100 km/h, em um caso de emegência ninguém consegue freiar ou controlar um caminhão nessa velocidade. E além disso tornar obrigatório ESP, etc nos carros de passeio, isso sim faria a diferença
    Caso o retardado do Deputado não saiba, a 140 km/h qualquer um, em qualquer carro, morre!

  • Alvaro Guatura

    140 pra um Celta nao é o mesmo que 140 em um Volvo com todos dispositivos de seguranca.

  • JJJJunioRRRR

    Sou contra ! Apesar de ser pobre e não poder comprar um carrão ! Gostaria de dar uns rolês em um autódromo um dia com pé embaixo e esse limitador ia tirar a graça disso. Acho que se é pra limitar, o governo deveria bancar algum tipo de aparelho que seria obrigatório em todos os carros, que quando atingisse a a velocidade máxima de determinada via o aparelho apitaria informando ao condutor o excesso de velocidade, mas isso deveria ser pra TODOS os veículos, SEM EXCEÇÃO pra carros velhos !!

    • Mirax

      Mas não se tá falando em autódromo. Se está façando em estradas, né!?….

      Autódroo é o local correto de correr mesmo.

    • rbersch

      Esse apito existe lá fora.

  • patrikim

    ok, então retirem TODOS os radares e coloque os politicos pra trabalhar com 2 salários minimos (2 porque 1 só é desumano), que a[í eu aceito numa boa.

  • Zeca

    a 140km/h o maldito político de curitiba teria matado a vítma do mesmo jeito, e continuaria nas ruas…

  • jaydeero

    Ridículo isso… nada a ver limitar… tem que fiscalizar o que já é lei… só isso já resolveria… mas em época de eleição fazer novas leis aparece mais né? Ridiculo…

  • jeffersonld

    Não sou contra nem a favor de se impor limitadores de velocidade nos veículos. Mas sou TOTALMENTE a favor de fiscalização muito mais rigorosa, com penalidades muito mais rigorosas que agora, e sem ter placa avisando tal fiscalização.
    Em Curitiba, o prefeito da cidade mandou colocar faixas uns 100 m antes de cada radar, e mandou pintar os postes dos radares de amarelo "marca-texto", alegando que os radares "educariam" os motoristas. Resultado, em vias onde a velocidade máxima permitida é de 60 km/h, tem os ultra-apressadinhos que andam a 100 km/h, mas quando chega nos radares reduzem pra 40 km/h, atrapalhando quem anda normalmente. E os acidentes de trânsito continuam como estavam.

    • juniort9

      Meu amigo, me desculpe. Mas andar em Curitiba acima de 100km/h até as 20h pelo menos é impossível com esse trânsito.
      E quanto a reduzir para 40km/h nos radares: todo dia, nas proximidades de radares (que permitem até 70km/h) e estou atrás de alguém que vem andando desde sempre a 60km/h na PISTA DA ESQUERDA (gerando uma fila enorme), este cidadão resolve diminuir para 40km/h em plena via rápida, gerando aí sim um risco enorme de engavetamento. Quer andar bem abaixo do limite? Ok, a pista da direita está lá.
      E quanto à sinalização de radares, foi uma atitude certa do prefeito. Pois o radar está ali para educar e não para multar. Logo, nada mais certo do que a pessoa ter ciencia da localização do radar. Inclusive turistas.
      Antes da sinalização, os radares constituiam uma indústria de arrecadamento.

  • Nadal

    Se essa lei estivesse vigendo, e meu carro tivesse o referido limitador, eu estaria morto. E nem estou falando hipoteticamente.

    Alguém mais já precisou pisar bastante para fazer uma ultrapassagem numa estrada complicada, sinuosa, de pista simples, mão dupla, sem acostamento nem área de escape? Faço isso dia sim, dia não, na BR-476, no trecho entre Curitiba e Tunas.

    • Mirax

      Mas vc não precisava pisar bastante. Se vc precisou chegar a 140 ou mais, é pq o carrro q vc tava ultrapassando deveria estar numa velocidade boa tbm. Nesse caso, bastava ficar atrás do carro q vc estava querendo ultrapassar, já que a velocidade de cruzeiro estava boa.

    • jeffersonld

      Faça o seguinte: fique atrás do caminhão quando na subida a 20 km/h e quando na descida a 120 km/h…
      Brincadeira né?

  • Joao Paulo

    Besteira. Antes desse limitador, deveria se tornar obrigatória a instalação de ESP, Seis Airbags.

  • Silas Coul

    Concordo com o deputado. Nao to entendendo vcs! Sera que ninguem aqui tem carteira de habilitacao? Esse limitador de velocidade ja existe e se chama codigo nacional de transito que, pelo que me lembro limita a velocidade a 110km/h em carros de passeio. Se o povo fosse educado e a lei fosse cumprida, nao haveria essa carnificina que ocorre nas ruas do pais, pois a maioria absoluta dos acidentes ocorre por imprudencia dos motoristas.

  • juniormyself

    QUE LIXO!…

    novamente como sempre o Brasil quer arrumar as coisas por cima… começar a fazer casa pelo telhado.

  • Joao Paulo

    Pessoal, devemos nos manifestar. Poderiamos mandar e-mails para o referido deputado.
    Se o povo não se manifesta, nada acontece.

  • juniort9

    Se todos os problemas fossem resolvidos com isso.
    – Como já foi dito aumentaria o risco de ser atropelado por outro veículo possivelmente desgovernado.
    – O verdadeiro problema não é a velocidade e sim as condições das estradas e atitudes de alguns motoristas.

    Por isso, o correto seria implementar um sistema de educação mais pesado como ocorre na Europa e equipar melhor os carros de fábrica, com airbags e ABS (até 2014 tudo ok), mas além disso com ESP, que na verdade é o anjo da guarda eletrônico e realmente eficaz.
    Esse tipo de projeto é só para tornar esse elemento (que se alega político) reconhecido.

    E hoje até a fiscalização não tem o fim que deveria ter. Hoje em dia a intenção é multar mais para arrecadar mais, quando não para conseguir aquela "cervejinha" esperta.

  • Mirax

    Em ano de eleições, a gente ver é "nego" querendo se aparecer. Tudo bem que ninguém precisa andar a 140 km/h, mas acho que ele deveria propor uma lei, para o governo, reconstruir – pq algumas estradas tapar buraco só não adianta – as estradas, principalmente as federais pelo Norte e Nordeste.

    Outra coisa, na Alemanha a velocidade é limitada em 250 km/h nas Autobahns e nem por isso, o país é campeão de acidentes.

    A educação no trânsito, tbm deveria fazer parte do curriculum escolar, para que as crianças de hj fossem melhores motoristas amanhã.

  • Antonio De Julio

    Limitador de impostos eles não querem colocar…

  • Cil

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!! Sério??? Como se eu não pudesse ir na esquina e remover o treco… e só recolocar quando de alguma inspeção no Detran. Para mim claro, nada importa, pois não viajo ainda (carteira recente) e gosto de respeitar os limites. Além disso, pelo amor de Deus, não precisa honerar o bolso do consumidor.. basta fazer o que eles já estão fazendo: deixar as estradas cheias de buraco. Ou esse projeto vai se aplicar somente as ótimas estradas pedagiadas de SP… afinla é o único lugar no Brasil onde se pode correr tanto sem buracos pelo caminho!

  • Teixeira

    Esse projeto de lei parece incompleto porque da maneira como é apresenta essa possível solução ( forçada ), ele gera muita divergência de opiniões basta ver os comentários daqui do fórum, mesmo com todos concordando que quanto maior a velocidade, maior as chances de acidente.
    Nas ruas e estradas tem que ter regras de velocidade sim, não adianta só conscientização cultural. Quem daqui com nível superior já não andou alguma vez acima da velocidade permitida ? Todos inclusive eu.
    Sobre a proposta de lei, listei 5 problemas conflitantes com a realidade e proponho sujestões :

  • meu carro nem chega a 120 direito! ahahaha

  • Thiago

    Muito bom essa lei. Ai o cara compra lá um Punto T-Jet, um Audi TT e tem que andar só até 140, e em uma situação de risco, numa ultrapassagem??… tem que investir em educação e não criar leis que deveriam fazer parte do bom senso dos motoristas.
    E 140 é uma boa velocidade né, se atropelar alguém a essa velocidade ou der de cara num muro ninguém morre.

  • Teixeira

    Abaixo listo os 3 primeiros problemas:
    1- As circunstancias de nosso país nos levam a crer que os certos pagam pelos errados. Ex. Eu não quero pagar caro comprando um carro zero que tenha uma performance menor que um carro usado.
    Sujestão : A mesma lei incluiria a obrigatoriedade de se instalar o mesmo limitador nos carros usados até um determinado prazo de tempo.
    2- Em uma situação de ultrapassagem em estradas, eu com um limitador tenho desvantagem perante um caminhão que muitas vezes são os maiores são os maiores desrespeitadores dos limites de velocidade.
    Sujestão : Acrescenta-se a obrigatoriedade da instalação do limitador em caminhões novos e usados com 20 km/h a menor em relação aos carros e caminhonetes na velocidade máxima.
    3- Os modelos importados de alta performance sem limitador gerariam a sensação de que estão acima das leis.
    Sujestão : Acrescenta-se na lei os modelos importados de qualquer ano.

  • Teixeira

    Seguem os 2 ultimos, mas não menos importantes:
    4 – Esse projeto de lei pode vir a beneficiar um ou outro fabricante do limitador de velocidade.
    Sujestão : O projeto deve prever a proibição do registro de patente do projeto do limitador, aumentando a oferta e diminuindo o preço entre as opções dos fabricantes, deixando que o mercado escolher qual a melhor compra.
    5 – Como o governo controla se esta sendo aplicado a lei ?
    Sujestão : Com a vistoria veicular que está em vigor em alguns Estados. Os proprietários poderiam provar que estão colaborando para um transito melhor ao terem o limitador e se beneficiariam com um desconto no IPVA. Bom para o governo que economizaria com os acidentes, bom para o motorista que vai ver o transito matar menos.

  • plm

    O Dep. Pompeu de Mattos está esquecendo um detalhe: Vivemos num estado democrático de direito, ou seja, no qual as pessoas possuem a liberdade de escolher e arcar com as consequencias dessas. Não é crível que no atual estado de coisas, ainda existam iniciativas, como esta, impostas de cima para baixo e totalmente dissociadas de nossa realidade. A medida é demagógica e pronto!

  • Olha cara do indivíduo que propôs isto http://www.pompeo.com.br/ Aposto que ele não passa de 40 km/h e é daqueles que ficam incomodando o trânsito demorando pra arrancar.

  • Renato

    Que legal! Mais um lobby e mais um político que teve uma idéia "genial" para se beneficiar, fingindo preocupar-se com a segurança do trânsito brasileiro. Em vez disso, que tal uma lei que obrigue o governo a fazer a correta manutenção das estradas? Sim, porque o problema não é a velocidade, mas estradas ruins, cheias de buracos, sem sinalização e mal planejadas. Na Alemanha não há limite de velocidade e o índice de acidentes não explodiu por causa disso. Aí alguns vão dizer: – Ah, mas as estradas na Alemanha são excepcionais! É, pois é…

  • Gustavo

    Só pergunto uma coisa: Existe no Brasil um estudo sobre todos os acidentes registrados com vítimas fatais ou não e em quantos desses acidentes os veículos envolvidos estavam acima de 140km/h?
    Posso estar falando besteira, mas tenho certeza que a maioria dos acidentes no Brasil ocorrem com veículos em velocidades menores que 140km/h. Só para dar um exemplo: outro dia quase sofri um acidente grave, pois estava a 110km/h numa rodovia estadual de SP duplicada e boa, quando uma senhora que estava atrás de um caminhão a 60km/h resolveu ultrapassar sem ao menos se importar se eu estava vindo rápido ou não. Tive que frear bruscamente. Pois bem, eu poderia ter morrido a 110km/h e a senhora a 60km/h. A imprudência acontece em qualquer velocidade.

  • Rod

    http://www2.camara.gov.br/agencia/noticias/TRANSP… Entrem nesse link e votem CONTRA o projeto.

  • jr.

    Digo por mim, que necessito transitar com frequência por rodovia federal. Não são raras as necessidades de se chegar ou ultrapassar os 140km/h. Foram dados inúmeros exemplos acima, em que, embora a lei deva ser respeitada, há necessidade de ultrapassar o limite da via. Pela minha experiência, afirmo que o que causa acidentes são, em essência, dois fatores: imprudência e ingestão de bebida alcoólica. Onde não é permitido ultrapassar, mesmo que tenha de ficar a 40 km/h, fico na minha. Não como um bombom de licor se for dirigir, e mantenho meu veículo em condições seguras de trafegabilidade. Mesmo assim, já tive de me esquivar de inúmeras situações de risco decorrentes de condutores nitidamente embriagados. Primeiro vamos aplicar a Lei Seca como se deve! Que se faça o teste da linha riscada no chão, como nos EUA. Vejamos as estatísticas: quantos dos acidentes são causados só pelo escesso de velocidade? Quantos são decorrentes de imprudência? Um pode estar junto do outro, mas não são interdependentes…….

  • tiago

    O que esse deputado tem é um limitador de inteligencia… [2]

  • Kika Basso

    60% dos carros vendidos aqui não conseguem atingir 140km/h nas nossas estradas. Que tal um programa como o Proconve porem voltado para a segurança? Seria bem mais eficaz e é uma solução já adotada em países decentes.

  • Rodrigo

    Lei burra, o que precisamos é de um limitador para os que ingerem bebida alcoólica e depois saem as ruas………… Precisamos também de um limitador que iniba os bandidos de roubarem, furtarem e assassinar pessoas…………. e por último, mas não menos importante, precisamos de um limitador de gastos para os políticos, que sangram os cofres públicos com uma voracidade impressionante……..

  • Muriel

    Brasil, um país de TOLOS. (como nos faz intuir o slogan do governo atual)

  • Ko86

    Acho que meu Ka já veio com esse limitador de fábrica e não me avisaram…

  • vigilante

    bom, para um governo onde ele diz como deve ser a educacao de nossos proprios filhos (lei anti-tapinha no bumbum)… eh de se esperar por isso… as eleicoes estao ai, vamos votar no Mahmoud Ahmadinejad' friend de novo ver onde vai dar…
    "essa canoa vai virar ole ole ola"



Send this to friend