Finanças Mercado

Locadoras: para manter mercado empresas do setor reduzem preços

mercado-2 Locadoras: para manter mercado empresas do setor reduzem preços

A crise econômica impactou todos os setores da indústria e do comércio no Brasil, inclusive o de locação de veículos. Mas, com as nuvens negras indicavam problemas adiante, as empresas do setor decidiram reduzir os custos para manter o mercado que tinham. Com isso, os custos com aluguel de veículos caiu em média 14% nos últimos três anos.



Apesar da crise, a estratégia garantiu não só a permanência de muitas empresas nesse mercado, mas também até o estabelecimento de recorde de lucro para algumas empresas no último trimestre. Com mais negócios e custos menores, foi possível crescer e lucrar mais em plena recessão do país.

Enquanto os custos com locação caíram 14% para os clientes, a inflação no período subiu 20%. Foi nesse ambiente que a líder do setor, a Localiza reduziu a diária média de R$ 86,00 em 2014 para R$ 74,10 atualmente. Com isso, o percentual de utilização do veículo subiu para 74,7%, sendo 4% a mais que há três anos. A empresa teve lucro recorde de R$ 129 milhões no segundo trimestre.

A empresa revela que as tarifas atuais estão no mesmo patamar de 2010. O que mudou foi que a redução dos custos com locação de veículos fez o movimento aumentar ao ponto de compensar a margem menor nas tarifas. Assim, a Localiza começou a ver os resultados positivos em 2016.

A estratégia da empresa é baixar os preços de locação quando a demanda de mercado recua, assim garantindo a presença dos clientes. A informatização do processo também foi fundamental, pois o consumidor pode fechar o negócio pelo smartphone. O mesmo panorama é vivido por outras duas grandes concorrentes no mercado, Unidas e Localiza. Na primeira, as tarifas recuaram 10% em média nos últimos seis anos.

mercado-3 Locadoras: para manter mercado empresas do setor reduzem preços

Já na Movida, a redução das tarifas promoveu um aumento na utilização do carro locado de 63,6% para 74,3%, um ganho de 10,7%. Isso foi conquistado em dois anos e agora a empresa comemora um lucro líquido de R$ 11,1 milhões, um incremento de 97,4% na rentabilidade da locadora. Em 2015, a tarifa era de R$ 84,50, mas agora está em R$ 78,00. As três empresas esperam um aumento na demanda, pois o mercado ainda é pouco explorado no país.

Para quem pensa que serviços como Uber, 99 e Cabify atrapalham essa maior penetração das locadoras, pode começar a rever os conceitos. De acordo com as empresas de aluguel de veículos, tais serviços online não são considerados seus concorrentes e até ajudam a alavancar o aluguel de automóveis. O motivo do otimismo é que estes acabam por incentivar o consumidor a abrir mão do próprio carro.

Dessa forma, de acordo com a Movida, faz com que esses clientes de aplicativos aluguem automóveis para viagens mais distantes. Para a Localiza, aponta que a mobilidade urbana mudou bastante com a inserção de apps de transporte, visto que agora qualquer pessoa pode ficar sem carro e mesmo assim não ficar literalmente a pé. A redução na propriedade do automóvel favorece a locação de veículos, aponta a empresa.

Mesmo no mercado corporativo, onde a locação de frotas gera um importante lucro para as empresas do setor, Uber e Cabify não interferem de forma alguma. Isso porque o custo diário de aluguel nesse tipo de negócio gira em torno de R$ 30 por dia em contrato de três anos, sendo um valor médio diário muito inferior aos serviços por aplicativo. Então seria mais rentável alugar por um longo período que utilizar-se de serviços diários.

[Fonte: Estadão/Isto É]

  • Mario

    Se as montadoras tivessem essa mentalidade, de ganhar na quantidade, talvez os preços dos carros pudessem baixar um pouco. Mas aqui na banania, as montadoras optam pelo maior lucro, na menor venda.

    • Pedro Henrique

      que na verdade não é maior lucro geral, mas sim, maior lucro por unidade…
      porque como mostrou a matéria acima o maior lucro veio na redução e aumento de quantidade, tanto que eles tiveram lucro recorde!

      • Luis Burro

        Sim,mas o q adianta aumentar ainda mais,como eh q algm vai ter pra custear.Por isto as vendas tao fracas,eles nao param de aumentar.Eh soh por causa dos sem nocao q as vendas nao caem.

        • ViniciusVS

          Na verdade quem espera queda nos preços está iludido…

          Vendendo muito, vendendo pouco ou não vendendo nada os preços não vão cair, o que vai acontecer é que as montadoras vão demitir alguns funcionários e em último caso sair do Brasil.

          O que mais vejo aqui em São Paulo são concessionárias fechando as portas e os preços subindo.

          Quem pode pagar caro em um 0km ( seja por renda ou crédito aprovado) compra, quem não pode vai pagar caro em um usado também. Não tem para onde correr…

    • Luis Burro

      Nao soh as montadoras,mas todas as empresas e os governos deveriam ter.

    • Matafuego

      O mercado de locação de veículos não é protegido como o de produção de veículos.

    • Alexandre Viotto

      Como vão ganhar na quantidade se no Brasil a venda de veículos zero km deve ser 1/10 do total de vendas de zero km nos Estados Unidos…

  • Franco da Silva

    Sem falar que, 1/3 dos Uber que andei, alugaram os carros para trabalhar com essas locadoras.
    Mas, atenção redação, tem que ver uma coisa importante:
    “de 63,6% para 74,3%, um ganho de 10,7%.”
    Na verdade, é um ganha de 10,7 pontos percentuais. 10% de 63 é 6,3, resultando em 69,9.

  • J_Eduardo

    Eu discordo, pq mesmo que motoristas de UBER FAÇAM locação não devem ser a maioria em função do custo x lucro da diária, por outro lado O UBer pegou sim uma parcela do movimento das locadoras, pois quem fazia locação em função do seu carro pessoal quebrado, por exemplo, se optar pelo UBER pode ser mais vantajoso. Pq se vc pensar a locação diária e mais o combustível fica os valores despendo o seu uso de UBER acaba, sendo próximos, ou menores no UBER. Vá observei vários amigos que passaram pela situação e recentemente eu tb passei por situação semelhante, mas como acionei meu seguro, pensei no UBER e nem cogitei realizar locação.
    OBS: nunca vi nas locadoras aqui do grande Rio, frota de volvos para locação…NA podíamos selecionar imagens mais realistas para matéria não?!

    • Rodrigo Santos

      A localiza oferece em algumas cidades o Volvo S60. Inclusive, no site da empresa há algumas unidades usadas à venda.

      • afonso200

        mas de calsao em caso de acidente, eles pegam uns 8-12mil do seu cartao, que depois de uma semana é devolvido

        • Alexandre Viotto

          Haja limite no cartão hein!

      • GABRIELCSFLORIPA

        Tb oferecem BMW 320i Sport

    • Guedes

      A Localiza tinha até bem pouco tempo Volvo. Acho que acabou de ser substituido pelo Audi A4.

      • GABRIELCSFLORIPA

        Tb oferecem BMW 320i Sport.

    • José Barbosa

      A diária para longo prazo é significativamente mais barata, e para quem quer usar Uber como principal fonte de renda, é necessário um carro novo e confiável, pois cada dia na oficina é tempo e dinheiro perdidos. Além disto, creio que há um fator muito interessante, pensando nos grandes centros em que há Uber: as pessoas colocam na conta quanto custa ter um carro e para quanto utilizam. Em muitos casos, vale a pena abrir mão do automóvel e viver de Uber, e alugar quando for viajar ou para alguma necessidade pontual.

  • Jefferson Ferreira

    os preços melhoraram de fato mas continuam ridículos se comparado com outros mercados. Na empresa já utilizei muito o serviço de aluguel e o da movida sem dúvida é o melhor. Mas em outros mercados em que é possível até fazer a locação mensal para pessoal física, aqui o preço continua muito alto…

    Eles focaram muito no mercado para PJ e com a crise tiveram que olhar para as PF… Se eles tivessem um plano de aluguel mensal em que o valor fosse próximo a de uma prestação, como há em vários mercados com certeza estariam bem melhor!

    • Luciano RC

      Locação mensal ainda é inviável em quase todas as locadoras. Infelizmente fica caro demais.

  • zekinha71

    Mas locadora vive de vender carro, é só ver a enxurrada de anúncios.
    E uma informação, do lado de casa tem uma funilaria que trabalha muito com escadinha, e essa semana começou aparecer um monte de up! destruídos, nem carro 5 estrelas escapa ileso da mão dos cupins de ferro com escada.

  • Posso estar falando besteira, mas nos últimos anos boa parte do lucro das locadoras vem da venda de carros usados. Se formos olhar os veículos populares o preço nem é tão mais baixo quando comparado as revendas tradicionais. E lembrando que a compra de carros é mais barato para as locadoras.

    • Guedes

      Boa parte sim, mas como a matéria diz, muita gente tem abrido mão de ter carro por conta de UBER etc. Aí, num final de semana precisa viajar para um lugar próximo, acaba alugando carro.

      Outro fator não apontado pela matéria é a introdução de categorias de carros superiores.
      Antigamente só alugavam carro básico, desde 2014 alugam carros premium, isso abre um outro nicho de aluguel também.

    • Marcelo Nascimento

      Lucro não sei, já que eles vendem muito rápido. Na última vez que aluguei um carro na Movida, o cara me disse que seria a última locação e que seria vendido depois, pois já tinha chegado em 30000km. Disse que raramente passa de 6 meses pra chegar nos 30mil, já que quase sempre alugam pra viajar (meu caso).

      • Edson Fernandes

        Meu caso foi viajar a trabalho.

  • V12 for life

    As montadoras deviam seguir isso, não tão vendendo reduzam os preços para manter mercado, mas como aqui isso é raro aumenta-o preço para manter o lucro.

    • 4lex5andro

      Deveriam mas não precisam, já que contam com benefícios para exportar e estão protegidas pelas aliquotas soviéticas sobre importados em território brasileiro.

  • Quantos erros de português nesse texto! Não consegui nem ler até o fim…

  • Mario Souza

    Alugo carro sempre, como utilizo o seguro do cartão então so pago o aluguel e o combustível. Neste exato momento tem uma Uno na garagem. Gastei 35,00 com uber hoje e 50,00 no aluguel da diária! Podia ter economizado 35,00 para pagar o combustível!

  • 1 Raul

    Pessoal, alguns erros no texto:

    “Com isso, os custos com aluguel de veículos caiu em média 14% nos últimos três anos.”

    “Foi nesse ambiente que a líder do setor, a Localiza (…) O mesmo panorama é vivido por outras duas grandes concorrentes no mercado, Unidas e Localiza.”

  • Guilhe

    Fui locar um carro na sexta passada e nenhuma tinha disponível para locação, fui em umas 6 lojas entre Unidas, Localiza e Movida, elas estão alugando a rodo para o pessoal rodar no Uber.

    • Edson Fernandes

      Estranho. Nessa terça tive que pegar carro alugado porque o meu deu problema na bobina e tive qeu encomendar (e chegou hoje).

      Então até amanhã eu estarei usando o carro e aluguei na propria segunda-feira.

      Ao ir na unidas, tinha Etios, Sandero, Uno e Versa. E eram mais de um. Como peguei categoria B (Sandero e Uno) , escolhi o Sandero.

  • Elinho Casagrande

    Desde quando locadora ganha dinheiro com locação? Ganham mesmo é na venda de usados!

  • Alexandre Viotto

    Aluguei um carro categoria C da Localiza no mês passado, em Recife, mais especificamente um Sandero 1.0 SCE completo, com 800Km rodados, e paguei R$43 a diária! Tenho que concordar com a matéria que o preço de locação de veículos sofreu redução, sim!

  • Carlos Augusto Morais – Grupo

    É, mas as montadoras no Brasil pensam o contrário. Quanto menos vende, maiores ficam as margens de lucro pra compensar as perdas. É a contramão do mercado mundial, a maneira mas estúpida que existe de manter o lucro pois não se preocupam em manter a cadeia produtiva e os empregos por ela gerada. O problema é que o consumidor ainda aceita este tipo de afronte,

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend