Mercado Minivans Peruas Renault

Logan MCV seria viável para famílias por um preço competitivo?

dacia-logan-mcv-stepway-1 Logan MCV seria viável para famílias por um preço competitivo?

As peruas estão em extinção. No mercado brasileiro existem bem poucas agora, especialmente com modelos em fim de carreira, tais como Fiat Weekend e Volkswagen SpaceFox. A questão não envolve somente espaço para a bagagem, mas também de mais lugares, especialmente para quem tem família grande e não pode ou não quer partir para um veículo mais caro.



Além disso, dois lugares a mais significam a chance do veículo ser usado por frotistas ao serviço de empresas. Mesmo em táxis ou aplicativos de transporte, uma perua de sete lugares e com bom porta-malas seria algo muito bom, ainda mais se esta opção pudesse custar pouco.

dacia-logan-mcv-stepway-1 Logan MCV seria viável para famílias por um preço competitivo?

Alternativa para quem tem uma família grande só mesmo com a Spin e a Doblò, que também já está em fim de carreira. Todas essas opções não começam abaixo de R$ 60.000. Mas, e se tivéssemos uma perua barata por cerca de R$ 50 mil? Uma alternativa seria a perua romena Logan MCV, vendida como Dacia e Renault. O modelo compartilha a mesma base do Logan atual e tem um bom porta-malas de 573 litros.



Porém, a Logan MCV da geração atual não possui sete lugares. Ou seja, a vantagem seria exatamente apenas para quem precisa de um bom porta-malas, por uma diferença de preço interessante em relação à Spin, por exemplo. Nesse caso equipada com motor 1.6 SCe e câmbio manual de cinco marchas.

dacia-logan-mcv-stepway-1 Logan MCV seria viável para famílias por um preço competitivo?

Na geração anterior, o Logan MCV era uma interessante multivan de sete lugares (foto acima), igualmente derivado do Logan da mesma época. Nunca foi vendido no Brasil e atualmente só é vendido pela Lada na Rússia, já que não faz mais parte do portfólio da Dacia. Em seu lugar, surgiu a minivan Lodgy, que na Europa custa um pouco mais que a Logan MCV.

dacia-logan-mcv-stepway-1 Logan MCV seria viável para famílias por um preço competitivo?

Esta minivan é ofertada com sete lugares desde a versão de acesso, mas dificilmente custaria a partir de R$ 50 mil no Brasil. Ela provavelmente acabaria custando na faixa de R$ 60 mil em diante, concorrendo diretamente com a Spin. Na Renault, outra alternativa é a Dokker, uma multivan que em breve estará por aqui, mas em substituição ao Kangoo. Embora tenha versão furgão, uma versão de passageiros é geralmente vista em testes no Paraná.

dacia-logan-mcv-stepway-1 Logan MCV seria viável para famílias por um preço competitivo?

Porém, este também é vendido com cinco lugares. Por isso, esta opção poderia sofrer uma alteração para receber mais dois assentos, utilizando-se da arquitetura da minivan Lodgy, com a qual compartilha componentes. No caso da perua Logan MCV, a alternativa seria fazer o mesmo com a inclusão de dois assentos para crianças no porta-malas, introduzindo também cintos de segurança. Então, pelo menos como perua barata, a MCV bem poderia ser oferecida no Brasil. O que você acha?

Agradecimentos ao Eduardo.

COMPARTILHAR:
  • th!nk.t4nk

    A Dokker até vai, é boa pra trabalho e o visual quadrado até cai bem. Já a perua MCV acho horrenda. De vez em quando vejo alguma na rua, mas é raro. E com a atual tendência de baixa nas vendas de peruas no Brasil, fica difícil.

  • CanalhaRS

    Preço e acessível são duas palavras que não combinam aqui no país do carnaval, futebol e cerveja.
    Eu tenho certeza que uma perua boa e barata (menos de 50 mil) venderia bem ainda.

    • Luciano RC

      Um SUV abaixo dos 50 mil venderia melhor ainda. Infelizmente nosso mercado só quer eles agora.

    • Jim

      Praticamente impossível uma perua de 7 lugares custar menos de 50 mil no Brasil. Qualquer compacto popular com motor acima de 1.0 já começa perto dos 50 mil.

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        nem precisa 7 lugares, 5 mesmo já venderia

      • Bruno Carvalho

        Sem dúvidas. Para custar menos que 50 mil vai vir sem motor. Aqui no Brasil não se mexe nas margens de vendas e sim no preço de final venda! Como ninguém vai pagar, dificilmente virá!

  • Marciofilho Santos

    Compraria facil uma perua. sao carros inteligentes.

  • joao vicente da costa

    Acho a Logan MCV uma ótima perua de baixo custo. Teria fácil. Pena que em breve não teremos mais nenhum carro nessa categoria…

  • Paulo César de Carvalho Júnior

    Save the wagons!

  • Eliandro Baseggio

    Eu gostaria sim que a MCV viesse para o Brasil, eu gostei muito da versão Stepway, ficou bem bacana… Poderiam até colocar no lugar da Duster (que tem porta malas bem menor e também não tem 7 lugares), bastaria colocar a opção de tração 4X4 na Oroch, deixando o Captur como a SUV da marca.

  • Ricardo

    Fodam-se esse tipos de carros, quero peruas de verdade!

  • Louis

    Com um bom cambio CVT e preço acessível, faria sucesso.
    Perua acessível hoje só temos a SpaceFox (que é caríssima, nada acessível), e a beberrona Spin com plataforma de zeronix.

    • Ducar Carros

      Tem a Aircross também (minivan que passa por perua, e ainda é “aventureira”).

      • MMM

        Se cortar coisas da Confortline, o carro vai vir sem rodas e sem motor.

        • Ducar Carros

          Dá, por exemplo, para deixar só os airbags dianteiros, e tirar o alerta de pressão dos pneus, retrovisores elétricos, gaveta sob o banco do motorista, faróis (e lanternas) de neblina com luz de conversão estática, porta-luvas refrigerado e o sistema de frenagem automática pós-colisão.

          Todos itens da versão confortline, tirados do site da VW, que outros carros na mesma faixa de preço muitas vezes não têm.

          • MMM

            85 mil num carro sem retrovisor elétrico, sem volante multifuncional (que já nem vem na Confortline), , sem farol de neblina? Não sei quem compraria essa carroça e também não conheço nenhum carro nessa faixa de preço que seja pior que isso.

            • Ducar Carros

              Pega os SUVs compactos de entrada automáticos (versões mais em conta de HRV, Creta, Captur, Kicks) que você vai ver carros inferiores a esse Golf Variant depenado, todos na faixa de R$ 80 a R$ 90 mil.

              • MMM

                A questao é que a maioria não esta preocupada con dirigibilidade ou motor. Não é meu caso mas a maioria anda pouco e com pouca velocidade. Querem mimos, conforto e conectividade. A Variant ja não é muito completa dessas coisas na Confortline e não vende nada. Tirar coisas vai fazer vender menos ainda.

                • Ducar Carros

                  Não acho que a maioria quer mimos, a maioria quer preço. Talvez colocar o motor 1.0 TSI ajudasse a baratear mais um pouco.

                  A Variant não vende nada por começar em R$ 97 mil a Comfortline, é muito caro. Veja o caso da Spacefox, bastou reduzir os preços para as vendas mais que dobrarem (de 200 para 500/mês), e ela se paga graças às vendas argentinas (1.500/mês).

                  Mas concordo que mesmo R$ 85 mil ainda estaria caro, o ideal seria uma perua menor, como a do Logan apontada no artigo (que seria muito mais depenada que o Variant que coloquei, sem ESP, tração, e interior bem espartano, como o Logan).

                  • MMM

                    Vc tem razao, preco é bem importante mas acho q nessa faixa as pessoas não compram se faltam alguns itens basicos. A excecao é dos crossovers e suvs, pq é o segmento q esta em alta. Veja a estrategia errada da propria VW com o Golf MSI.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Pra quem precisa de um carro familiar e não tem grana pra compra uma SUV, até R$ 55 mil seria um preço interessante num Logan Perua nem que fosse só 5 lugares mesmo. Hoje nessa categoria de carros familia só a Spin é mais barata começando em R$ 60 mil.

  • Benino Brites

    Talvez o espaço para a MCV esteja na versão Stepway, justamente do Sandero. Até porque se desfez do primeiro nome e aqui passou a ser independente. Penso que há espaço para todos, desde a
    1º “suv com porta-malas” Stepway (MCV),
    passando pela;
    2º “suv multiproposta” Dokker;
    3º “suv de sete lugares” Lodgy
    – estes dois sempre com kit offroad da Dokker / Lodgy Stepway, que não poderia ser apenas uma versão para não chocar com o nome da perua –
    Chegando no New Duster/Oroch e Captur. Destes três, cada um com sua proposta:
    4º “suv mais cara de parrudo, offroad, especialmente o 4×4” New Duster;
    5º “suv com caçamba” Oroch e;
    6º “suv bonitão de shopping”.
    Ou seja, põe qualquer adereço que faça parecer suv que vende, mesmo sendo perua, multivan, minivan, além dos três crossoveres que já temos.

  • Gambixx

    O modelo romeno tem fechamento da “porta”traseira diferente da russa.

  • Edson Fernandes

    Se a Spin custa R$60000, o Aircross custa a partir de R$58000… qual motivo teria paraa Renault ser amiga?

    Ser um projeto voltado a paises subdesenvolvidos? O que a spin é?

    Sinceramente, não faz muito sentido a finalidade ser disputar preços. O negocio é pensar em direcionamento de mercado. Pois a Lodgy por exemplo, serviria perfeitamente para serviços de carga. Tirando isso, o foco não seria nas vendas para pessoa fisica, ainda que possa existir interesse. Agora… esqueça que terá boas vendas ou que seria mais barato que os demais. Não faz sentido algum ser mais barato só porque é um Dacia.

    • Ducar Carros

      A ideia seria aproveitar eventual folga nas vendas do Logan, compartilhando as peças ao máximo, e focando também nas vendas à Argentina, que aprecia mais esse tipo de carro.

      Mas concordo que não viria a menos de R$ 60 mil a versão com motor 1.6, e talvez não vendesse mais de mil unidades/mês nos dois mercados (Brasil e Argentina).

  • Antonio_Brust

    Entusiastas de peruas são iguais aos entusiastas de carros franceses. Querem no mercado, idolatram, só enxergam vantagens, indicam para os outros, “save the wagons”, etc e etc… mas na hora de fechar a compra, vai nos Suv’s ou nos modelos mais tradicionais. Golf Variant tá aí, mas quem vai lá comprar?

    • Tom Costa

      Eu adoro os franceses usados. Já tive vários, beeem desvalorizados, meu dinheirinho rende mais que pagar uma fortuna em qualquer carro novo pra depois entregar pela metade do preço. Acabei de comprar um 408 manual 2012 por 26.000. Pouquíssimas coisas para consertar. Interior e exterior em excelente estado. Fico dois anos e consigo vender por uns 24.000 brincando.

      • Herminio Botelho

        Você sou eu amanhã. Faço minhas suas palavras. Comprei um Renault Symbol Privilège 2013, um dos últimos, Black, originalíssimo e pouco rodado. Estou de olho exatamente no carro que você comprou. Gostaria de ver seu exemplar aí.

        • Tom Costa

          Reclamam que é mais difícil de vender. Concordo. Mas utilizando a receita: comprar bem desvalorizado+manutenções corretas+não ter pressa na venda, você compromete muito menos dinheiro que com a japonesada. Carro pra mim é meio de transporte, não um meio de mostrar pro vizinho que posso comprar um sedã médio japonês pelado.

          • Herminio Botelho

            Cara, eu nem sabia que o 408 tem versão manual. Manda fotos pra mim 21 979575934

            • Tom Costa

              Não fiz fotos dele ainda. procura no google que acha, só digitar Peugeot 408 manual 2012.

          • Herminio Botelho

            Eu sigo exatamente essa fórmula.

    • Stéfano

      Errou. Entusiastas de carros franceses compram carros franceses sim, só que nunca temos dinheiro kkk. Aliás, essa é a graça dos carros franceses: carros muito legais à um preço mais acessível.

    • Guilherme Batista

      EU sou um fã de perua mas nem tanto de carros franceses. A três meses indiquei uma amiga a comprar um Renault Sandero Privilége 13/14 por 25K . Ela precisava que fosse um hatch pois a garagem é minúscula.

      Toda vez que ela fala do carro, fala numa alegria imensa, pagou 25k num carro que não deve nada pra um carro de 50k de hoje em dia.

  • Vattt

    O Logan Top de linha custa cerca de 62 mil (sem falar na futura versão CVT), essa MCV não sairia por menos de 65 mil na versão completa manual, dai a possibilidade será remota dessa perua atracar por aqui!!!

  • Ricardo Santos

    Ao invés dessa teremos o maravilhoso… Kwid SUV.

  • Gil de Piento

    Quando a Renault lançou Logan e Sandero, eles tinham um trunfo fundamental: o espaço interno extremamente superior a todos os concorrentes na mesma faixa de preço. Isso os fez vender bem. Hoje esse trunfo não existe mais, diminuiu bastante diante da reformulação da concorrência. Seus carros não têm nenhum atrativo para superar as vantagens práticas da concorrência. O que leva particulares a optar por um Logan hoje ao invés de um Prisma é basicamente o design que muita gente gosta por considerar discreto e harmonioso. Então, uma perua acessível poderia ter mercado se custasse o mesmo que um Logan oferecendo como diferencial em relação aos carros de mesma faixa de preço a opção de dois assentos extras embutidos no porta-malas como na Zafira. Certamente faria sucesso entre taxistas e famílias que costumam transportar outras pessoas além de casal e filhos. A Spin se tornou um retrocesso caro e ineficiente tanto em relação à Meriva quanto à Zafira. A Livina só não vendeu mais pelo relativo desconhecimento da marca Nissan – fosse vendida como Renault, teria feito mais sucesso.

    • Eliandro Baseggio

      Para mim, o maior problema das famílias Onix/Prisma e Ka/Ka+, é o fato das duas terem ZERADO o crash test. O Sandero é nota 4 e o Logan nota 3… nenhuma maravilha, mas bem melhor que os dois concorrentes (e líderes) diretos.

      • MMM

        Gostaria de saber de onde você tirou essas notas, se no site do Latin N Cap aparece somente 1 teste do Sandero em 2012, com a metodologia super antiga, que ele levou 1 estrela.

        • Eliandro Baseggio

          Do Euro NCAP, para Sandero/Logan geração 2.
          https://www.youtube.com/watch?v=pf8tK9o5L6o
          O que tirou nota ruim foi o geração 1. Diferentemente do Onix e do Ka, que são 100% nacionais, o Sandero e Logan são desenvolvidos na Europa (na Romênia, mais precisamente), onde as normas de segurança são bem mais rigorosas que aqui. O modelo nacional é igual (em estrutura) ao europeu.
          Mas hoje já lí que a GM aprimorou a estrutura no Onix (para veículos produzidos à partir de janeiro de 2018) e tirou 3 estrelas na Latin NCAP. Agora, o Onix não é mais “matador”…kkkk

          • MMM

            Desculpe mas não dá pra levar isso em consideração. O Peugeot 208 levou 5 estrelas no Euro e 2 no Latin.

            O Sandero que levou 4 estrelas tinha 6 air bags e ESP.

  • Paulino Lino

    Putz eu sou suspeito pra falar desse tipo de carro; Olha que massa esse Dokker! Eu tb gosto muito do design do Doblò Adventure….. Acredito que venderia super bem aqui. E se as famílias fossem mais conscientes elas usariam esse tipo de carro porque traduz em maior versatilidade.

  • Robson

    Viável essas peruas são e muito, muita gente adora as wagon, mas comprar mesmo… Tanto é assim que esse segmento está morto, não só no Brasil, mesmo na Europa a participação deles tem caído bastante, estão como aqui sendo trocados pelos “ultra aventureiros SUV´s”, que muitas vezes nem tem esse espaço interno todo que as famílias esperam e precisam, pois o mercado chegou a conclusão que todo mundo gosta de dirigir alto.

  • MMM

    Se um Logan sedan 1.6 custa a partir de R$ 55 mil, tendo vários concorrentes no segmento, a perua chegaria custando no mínimo R$ 60 mil.

  • Luciano Carvalho

    Tenho um Logan desde 2010 e trabalho no Logan da empresa desde 2014. O excelente espaço interno deste carro é realmente seu maior benefício. Uma perua derivada do Logan, se acessível, seria útil para famílias como a minha: uma filha mais velha e duas gêmeas de 1 ano. O principal benefício das peruas é o fácil acesso ao porta-malas combinado com o baixo nível do piso, o que facilita o embarque e desembarque das bagagens. Fica super fácil acomodar toda a tralha e os dois carrinhos de bebê das gêmeas. Muito melhor que qualquer SUV, que muitas vezes custam mais mas são apertados e têm porta-malas bem menores. Viva a racionalidade. Sonho com um carro desses há muito, o problema é o cu$to Bra$il.

  • Luciano Carvalho

    Uma filha e duas gêmeas. O principal benefício das peruas é o fácil acesso ao porta-malas, combinado com o baixo nível do piso. Fica super fácil acomodar toda a tralha e os carrinhos de bebê das gêmeas. Muito melhor que qualquer SUV. Mais espaço atrás e no porta-malas. Sonho com um carro desses há muito. O problema é o cu$to Bra$il.

  • edgar__rj

    Acho a MCV muito mais acertada em design do que a Lodgy… Gostaria muito da volta do Megane Gran tour, ou dessa MCV por aqui

  • Guto

    O MCV não faria sentido algum. Só pra quem gosta de SWs como eu, por que o porta-malas não é muita coisa maior que o Logan.

  • Gustavo

    A questão não é o que o mercado quer, mas o que o mercado precisa. O que não falta é família com 2 ou 3 filhos que poderiam fazer bom uso de um carro familiar, com bom porta-malas e confortável como uma perua. Mas as opções são inexistentes. Palio weekend de 20 anos atrás por mais de 50 mil é invendável e space fox não é perua, no muito um cruzamento de hatch com minivan. Uma perua não é tão mais cara assim de se fazer do que um sedã, nos anos 90 elas (corsa sw, elba, palio weekend, escort, parati) custavam quase o mesmo que corsa sedan, prêmio, siena e Escort. Uma perua prisma, um argo weekend, logan mcv, e cia poderiam custar o mesmo que os sedãs e ainda assim ficar cerca de 30 mil abaixo do preço dos SUVs de entrada. O consumidor destes carros não é o mesmo dos SUVs. Se não tem mercado, é também porque não tem oferta.

  • Rafael Pereira da Silva

    A Renault já deveria oferecer os 3 modelos: Logan MPV, Lodgy (e a Nissan voltar com o Livina) e Dokker

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Esqueçam. Os SUVs com sua imagem apelativa, infelizmente, mataram qualquer hipótese de carro racional pra quem precisa de amplo espaço interno. E além disto por que vender barato o que o mercado está disposto a pagar caro?

  • NaoFaloComBandeirantes

    Chegaria pouco abaixo do preço de um Duster. Acho que não venderia nada.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email