Esportivos Europa Finanças Lotus

Lotus ficará sem verba para manter plano de reestruturação durante 60 dias

lotus-elite-paris-1

A Lotus possui um ambicioso plano de reestruturação que colocará no mercado internacional pelo menos meia dúzia de superesportivos totalmente novos, apresentados em um show quase particular no Salão de Paris 2010.

Além de novos carros, haverá também motores desenvolvidos pela empresa, bem como tecnologias embarcadas. Mas tudo isso custa dinheiro, muito dinheiro.

Assim, controlada pela Proton, a Lotus estava tranqüila. No entanto, a Proton entrou em crise e teve 43% de suas ações adquiridas por um investidor malaio.

Por causa do alto custo do investimento e também da chegada do novo investidor, rumores falavam até na venda da Lotus para sanar as dívidas da montadora asiática.

No entanto, o novo sócio da Proton já avisou que o caminho de recuperação da Lotus continua livre para gastar o que for preciso.

Mas devido à política fiscal malaia, a Lotus terá que ficar 60 dias sem verbas da matriz asiática. Foi pedido prudência nos gastos da equipe de Dany Bahar durante o período. E depois? Só alegria e muito trabalho!





  • AventadorMan

    Piada hein, mas vamos ver se vão sair tudo do papel aquela montueira de lotus que estão para lançar, todos lindos, mas do jeito que anda vamos aguardarrrrrrrrr heheheh

  • Jeremy_Hall

    Não entendi essa política fiscal..

  • caddu

    Sessenta dias não é nada para a industria automobilística que desenvolve carros conceitos e demora para lançá-los no mercado.



Send this to friend