Elétricos Esportivos Europa Hatches Renault

Mais comedido que conceito, Renault Zoe R.S. pode surgir antes de 2020

renault-zoe-e-sport-NA-8 Mais comedido que conceito, Renault Zoe R.S. pode surgir antes de 2020

O Renault Zoe eSport sem dúvida chamou a atenção de muita gente e o fabricante francês sabe bem que está no caminho certo. No entanto, ter um hot hatch compacto com propulsão elétrica, significa oferecer um produto que seja acessível e, nesse caso, com uma performance não tão arrebatadora quanto a vista no conceito.



Patrice Ratti, chefe da Renaulsport, diz que a empresa trabalha atualmente que as novas baterias de 41 kWh do Zoe ZE40 abriram caminho para uma versão esportiva do compacto elétrico. Mas, ainda há muito para desenvolver em torno da proposta, pois as baterias também são um limitador na criação do produto.

renault-zoe-e-sport-NA-7 Mais comedido que conceito, Renault Zoe R.S. pode surgir antes de 2020

O problema é o alcance, que em um protótipo não durou mais do que 15 minutos em capacidade máxima. Então, para um Zoe R.S., por exemplo, as baterias terão de durar bem mais, visto que seria necessário recargas rápidas com enorme frequência. Por isso, a performance terá motor elétrico de menor potência em comparação com o conceito e baterias de maior densidade.

renault-zoe-e-sport-NA-9 Mais comedido que conceito, Renault Zoe R.S. pode surgir antes de 2020

O Zoe R.S. não vai abusar da fibra de carbono como o eSport, adotando mudanças limitadas à suspensão, freios e chassi. Com uma calibragem mais esportiva, o modelo deve chegar antes de 2020 e já com a primeira atualização do compacto. Acredita-se que o desempenho fique no mesmo patamar dos hot hatches compactos, que atualmente entregam 200 cv em média. Isso significaria ir de 0 a 100 km/h no dobro do tempo do conceito, algo em torno de 6,5 segundos.

renault-zoe-e-sport-NA-6 Mais comedido que conceito, Renault Zoe R.S. pode surgir antes de 2020

Criar um esportivo baseado em um carro elétrico não é primazia da Renault, mas uma tendência que começará a tomar forma nos próximos anos. A Volkswagen, por exemplo, já fala em opções de alta performance de sua gama I.D. e até se vislumbra um futuro GTI sem queimar um ml sequer de gasolina. Na Volvo, a Polestar vai anabolizar os elétricos suecos. Assim, além da opção de pacotes de bateria e alcance, os modelos sem emissão de CO2 também poderão ter um desempenho excelente dentro e fora das pistas.

[Fonte: Autocar]

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Send this to a friend