Nem bem chegou e Tiggo 3x Turbo ganha sua primeira promoção

Nem bem chegou e Tiggo 3x Turbo ganha sua primeira promoção

A Caoa Chery lançou no último dia 30 o Tiggo 3x Turbo, sua principal aposta para o mercado nacional em 2021. O crossover compacto chegou com preço alto, custando a partir de R$ 100.990.


Contudo, a empresa brasileira decidiu que o modelo chinês, nacionalizado em Jacareí, precisava de um incentivo para atrair a clientela e assim reduziu os preços de forma promocional, fazendo a versão Plus partir de R$ 94.990 e a Pro sair por R$ 99.990.

Nem bem chegou e Tiggo 3x Turbo ganha sua primeira promoção

Ainda que estes preços continuem vigentes, parece que o Tiggo 3x Turbo ainda necessita de mais um empurrão para embalar no mercado nacional.

Assim, a Caoa Chery iniciou uma promoção de financiamento do crossover com taxa de juros de 0,79% com 50% de entrada e saldo em 24 meses. Fora isso, a primeira parcela pode ser paga em 180 dias.

Válida até o final de junho, a campanha de vendas da Caoa Chery está acompanhada do programa de recompra garantida da marca para planos com entrada a partir de 30% e parcelas em até 36 vezes.

Nem bem chegou e Tiggo 3x Turbo ganha sua primeira promoção

Atualização do Tiggo 2, o Chery Tiggo 3x Turbo chegou trazendo o visual do correspondente chinês, adicionando uma grade inédita na versão Pro e com faróis de LED.

Trouxe ainda para-choque com molduras novas, luzes diurnas em LED separadas e interior com multimídia de tela de 9 polegadas com Android Auto e CarPlay, novas rodas aro 16 polegadas, cluster com display digital de 7 polegadas, bancos em couro, chave presencial metálica, botão de partida, piloto automático, entre outros.

Nem bem chegou e Tiggo 3x Turbo ganha sua primeira promoção

Com índice de nacionalização maior, assim como modificações feitas exclusivamente para o mercado brasileiro, o Chery Tiggo 3x Turbo pretende aumentar as vendas da marca no país, onde a Caoa Chery já superou a Ford.

Para isso, aposta na força do motor 1.0 Turbo de 98 cavalos na gasolina e 102 cavalos no etanol, que entrega até 17,1 kgfm no combustível vegetal, trazendo ainda um CVT de nove marchas, mas com aceleração de 0 a 100 km/h em 14,2 segundos.

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.