Hatches México Mazda Vídeos

Mazda 3 estreia turbo com 230 cavalos e tração AWD no México (vídeo)

Mazda 3 estreia turbo com 230 cavalos e tração AWD no México (vídeo)

A Mazda geralmente utiliza turbocompressor em seus carros movidos por diesel, deixando os aspirados com gasolina na família Skyactiv-G. Contudo, a marca japonesa decidiu entrar no jogo dos sobrealimentados e estreia seu principal carro, o Mazda 3.


O hatch médio já era esperado nos EUA, porém, a Mazda México divulgou um vídeo com a novidade, que deve melhorar as vendas do Mazda 3 e coloca-lo como um potencial rival de modelos mais fortes da categoria.

Embora ainda passe longe de modelos como Honda Civic 1.5 Turbo ou VW Golf GTI, que tem motor 2.0 TSI, o Mazda 3 Turbo já é um bom caminho andado, especialmente numa marca que parecia seguir o caminho da Toyota.

Mazda 3 estreia turbo com 230 cavalos e tração AWD no México (vídeo)

Seu propulsor é um Skyactiv-G 2.5 com 230 cavalos e 42,6 kgfm. Maior que a média entre os hatches médios turbinados, o enorme motor foi a alternativa da Mazda para alcançar uma boa força, tendo ainda câmbio automático SkyActiv-Drive de seis marchas e tração permanente nas quatro rodas.

Fabricado em Salamanca, México, o Mazda3 Turbo seria uma opção interessante como topo de linha do produto no Brasil ainda mais que não pagaria o imposto de importação.

No mercado latino, ele chega com rodas aro 18 polegadas, teto solar elétrico, bancos em couro, multimídia com Android Auto e CarPlay, faróis de LED, retrovisores eletrocrômicos, volante com paddle shifts, sistema de som Bose com 12 alto-falantes, entre outros.

Mazda 3 estreia turbo com 230 cavalos e tração AWD no México (vídeo)

Para alegria dos mexicanos, o Mazda3 Turbo chega com nas versões S Grand Touring por 489.900 pesos novos (R$ 116.890), enquanto a versão Signature sai por 529.900 pesos novos ou R$ 126.434. Se estes preços fossem praticados aqui…

O Mazda3 mexicano tem ainda motor 2.5 SkyActiv-G aspirado com 189 cavalos e 25,6 kgfm, tendo também câmbio automático ou manual, ambos com seis marchas, mas com tração dianteira.

Os preços do hatch médio japonês se iniciam em 379.900 pesos novos ou R$ 90.644 numa conversão direta. Com estilo e tecnologia, o Mazda3 seria atraente aqui, no entanto, apenas com motor SkyActiv-G 2.0, que pagaria menos IPI.

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • th!nk.t4nk

    Interessante terem tido a ousadia de usar o motor do Mazda 6 no Mazda 3. Se o irmão maior e mais pesado faz 0-100 km/h em 6,4 s, imagina esse carrinho. É capaz de andar pau-a-pau com o GTI TCR.

    • Em modo Sport, talvez. Tenho um CX-5 com esse motor que para saída e retomada não é tão forte quanto sugere. Acho que o problema é mais na caixa, já que em modo Sport ele fica bem mais esperto.

      • th!nk.t4nk

        Pode ser que a programaçao do modo convencional seja muito conservadora mesmo.

    • El Gato!

      Se esse torque vier em baixa, é capaz de andar até mais.

  • Guilherme Gimenes

    quase todo país da America Latina possui Mazda..e o Brasil nao, sendo que aqui é o maior mercado da America do Sul… alguem consegue entender??

    • Debraido

      Custos.

      • Guilherme Gimenes

        Mas no Brasil eh caro para todos.. e nem por isso afastou outras marcas…mesmo sendo mais caro vender aqui que no Peru, por exemplo, onde tem Mazda em cada esquina, com ctza em volume de vendas aqui seria mais lucrativo…

        • Oliveira17

          Existem coisas nos bastidores que o publico nao fica ciente, nem sempre o problema sao os custos. O Brasil eh o pais mais corrupto do mundo.

          • vicegag

            O Brasil, não é um país sério.

        • Sino Weibo

          Monta uma importadora e traz, se a marca aceitar sua representação, ae vc vai descobrir o porquê.

    • Cromo

      Ainda mais que é questão de importar do México, inicialmente.

    • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿® ✅

      Devem analisar a burocracia de se instalar por aqui, além da concorrência instalada e ver que nem vale a pena vir por estas bandas, mesmo já tendo vindo ao país nos anos 90 com a abertura das importações e vendido alguns carros por aqui.

    • Giuseppe

      Atualmente, a Mazda é uma boa marca, mas não é nenhum sucesso estrondoso. Também não conta com prestígio em nosso mercado. Para vingar por aqui precisaria de um projeto que demandaria uma equipe, extremamente, capacitada, com uma estratégia, extremamente, ambiciosa, tudo isso sem margens para erros iniciais. Ou seja, muita energia, muito risco para pouco impacto.

    • El Gato!

      Um mercado cego que acha que somente Toyota e Honda prestam;
      Um país com carga tributária alta e, por consequência, redução em margem de lucro;
      A burocracia empresarial para a abertura de rede de css e fábricas (fora as propinas);
      Os riscos econômicos e conjunturais proporcionados pelo atual governo (e anteriores)…
      Quer mais o quê?

  • Guilherme Batista

    Embora ainda passe longe de modelos como Honda Civic 1.5 Turbo ou VW Golf GTI, que tem motor 2.0 TSI,[..]

    Alguém entendeu o que a noticia quis dizer com essa frase ?

    Porque não sei o que quiseram dizer com “passar longe”.
    Esse motor é simplesmente fantástico, 43Kgfm de torque é coisa demais, além de ter consumo excelente, chegando a fazer 16km/l no Mazda6.

    Outro detalhe interessante é que este motor aumenta bastante a potência quando abastecido com combustível de 93 octanos, isso tudo sem perder a confiabilidade, algo que os motores Honda vem sofrendo e que os TSI nunca tiveram

    • Flávio Hashimoto

      Acho (não tenho certeza) que quiseram dizer sobre o tamanho do motor para se atingir esta cavalaria e torque. O do Civic atinge 26,6 kgf e o novo TSi 2.0 da VW deve chegar a 333cv (no GTI já chegará a 245cv, ambos com tamanho menor. Fazendo a regra de três (não é correto fazer isso, mas…) a potência e toque desse motor seria aprox. o mesmo do TSi já vigente a um bom tempo (230 cv e 35,7kgf desde 2013). Também proporcionalmente atinge o mesmo torque por ltr do motor. Sendo para um uso comum, para ter 43kgf, usar um motor de 2,5 ltr,… realmente, nos dias de hoje, é um pouco incomum. Se conseguirem atingir bons números de consumo como atingem os SkyActive aspirados, pode ser algo interessante, mas no momento, incomum.

      • Guilherme Batista

        Mas se fosse pra comparar com o GTI, seria mais justo comparar com MazdaSpeed3 que não sabemos se vai voltar a ser produzido ou não. Especulam que ele faria 0-100 em 5 segundos, patamar de Golf R e Civic Type R.
        MazdaSpeed3 que, quando lançado a 10 anos atrás, tinha mais de 280cv e 37Kgmf de torque, queria ver o que eles seriam capazes de fazer hoje em dia.

  • Randy de Lima

    Por esse preço, atrairia os órfãos do Ford Focus, do Fiat Bravo e do Peugeot 308

  • Cromo

    Aqui no Brasil só daria certo a versão sedã, com sua tradicional limpeza e sensualidade de linhas, no caminho oposto da maioria das montadoras com seus modelos mega-poluídos.

  • Flávio Hashimoto

    Eu adoraria ver o Mazda 3 no Brasil. Queria ter um. Sempre achei a filosofia de design kodo da Mazda bonitos. E eles evoluem dentro da filosofia proposta. Não sofre dos surtos de “vamos fazer tudo novo” à cada geração. É uma evolução constante, como nos casos dos carro alemães. Isso é legal demais. E o produto da Mazda hoje, reflete essa evolução. Pra quem quer um carro completamente diferente à cada geração, seria um problema… Mas quem quiser um carro maduro, evoluído em cada detalhe, seria uma ótima opção. O Mazda 2 se perdeu com o tempo… incorporando muito do Ford, pouco da Toyota… mas o Mazda 3, ainda faz lembrar a época do RX-7. Quero um!!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email