Brasil Mazda Mercado Montadoras/Fábricas

Mazda quer instalar fábrica no Brasil – Goiás é o estado preferido

Mazda quer instalar fábrica no Brasil - Goiás é o estado preferido

O ano de 2019 começa com uma notícia que pode agradar muita gente. De acordo com o jornalista Amauri Segalla, da coluna Mercado S/A do jornal Estado de Minas, a Mazda quer instalar uma fábrica no Brasil. A montadora japonesa, sediada em Hiroshima, tem pretensão de abrir uma linha de montagem por aqui a partir de 2021.


A informação diz que o estado escolhido é Goiás e que a montadora já entrou em contato com autoridades locais para solicitar uma reunião. Porém, com a transição de governo no estado, as conversas que deveriam ter ocorrido originalmente este ano, ficaram para 2019, segundo fonte próxima do negócio.

Segalla coloca como uma das possibilidades, a ocupação de partes de áreas de instalações automotivas já existentes no estado, como no caso das fábricas da HPE (Mitsubishi e Suzuki) e CAOA (Hyundai e Chery), localizadas em Catalão e Anápolis, respectivamente. Nesse sentido, ainda existe uma instalação da HPE em Itumbiara (ex-Suzuki), onde aparentemente será montado o JAC T40.

Porém, a volta da Mazda ao mercado nacional via Goiás pode ser dificultada por situações recentes vividas no estado. A primeira é que a região não foi incluída no Rota 2030, no que diz respeito à prorrogação de incentivos fiscais federais específicos, que se mantêm na região Nordeste.


Mazda quer instalar fábrica no Brasil - Goiás é o estado preferido

Além disso, o governador eleito Ronaldo Caiado (DEM), afirmou que pretende reduzir os benefícios tributários para alguns setores da economia goiana, entre eles o automotivo, o que não favorece o estado num eventual investimento local. De qualquer forma, parece que a Mazda agora se apoia no novo regime automotivo, o Rota 2030, que dá previsibilidade de investimentos no Brasil.

Recentemente a montadora afirmou não ter interesse no mercado brasileiro, mas isso ocorreu quando ainda não havia sido aprovada a nova política automotiva. Com um bom tamanho e potencial de crescimento, o Brasil voltar a entrar no radar da marca japonesa, que atuou no país dos anos 90 até 2003 e que tentou retornar em 2012.

Outro ponto que ajuda numa eventual produção nacional é o fato da Mazda ter duas fábricas no México, sendo que a de Salamanca, estado de Guanajuato, pode fabricar o crossover CX-3, conforme rumores locais. A mesma faz o Mazda2 e sua versão Toyota para o mercado americano, onde é vendido como Yaris R.

A Mazda agora prepara a nova geração do Mazda2, cuja atual é feita desde 2014. Ou seja, se o mesmo for montado aqui no Brasil em 2021, provavelmente já será do modelo novo. Recentemente, a marca lançou o Novo Mazda3 em versão sedã e hatch.

[Fonte: Amauri Segalla/Mercado S/A]

 

 

Mazda quer instalar fábrica no Brasil – Goiás é o estado preferido
Nota média 4.3 de 6 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Cardoso (não aquele)

    Eu adoraria ver os carros da Mazda por aqui. Nos EUA pelo menos eles tem um custo benefício muito bom, e são carros lindos.
    Tomara que dê certo, nem que comecem antes importando carros do México!

    • Edgar

      Provavelmente chegará aqui com qualidade nível Honda/Toyota pra cima… Mas o preco deve ficar tipo Audi/MB/BMW…

      • Rodrigo

        Eu apostaria numa presença aos moldes da Subaru e Suzuki. Carros excelentes, preço acima da média devido ao baixo volume e concessionárias restritas às grandes capitais.

        • Paulo Lustosa

          Acho que não, pelo que tô vendo, pode peitar a Toyota e Honda em pé de igualdade caso eles venham por si próprio, ou até com uma aliança com a Ford brasileira, já que na década de 90 a sócia majoritária da Mazda era a Ford e a base de bloco dos Skyactiv 2.0, 2.3 e 2.5 são em conjunto com a mesma.

          • Vitor

            Pra peitar a Toyota e a Honda leva tempo… Tem que primeiro ter uma rede considerável de concessionários e trazer modelos competitivos até 70 ou 80k.

            Mas acho bom pro consumidor uma marca a mais no mercado nacional, ainda mais uma empresa de tradição como a Mazda. Gostaria que a Subaru fizesse o mesmo.

            • Paulo Lustosa

              Se trouxerem o Mazda 2 e em conjunto uma mecânica condizente com o mercado nacional, dá pra encarar tranquilo.

              • Vitor

                Com um preço competitivo dá pra brigar, mas é fundamental ter uma boa rede de revendas. Poucos vão comprar carros a 200 kms ou mais da cidade que moram, aí montadoras mais estruturadas levam vantagem.

          • Rodrigo

            A Mazda não teria volume pra bater de frente com Toyota e Honda, seja importando ou produzindo localmente como CKD ou SKD.

        • disqus_S5NV4OWES3 (:

      • th!nk.t4nk

        Mazda é nível Ford, Toyota, FIAT, GM, etc. Fica levemente abaixo da VW européia em preços e qualidade geral, mas acima da imensa maioria das demais marcas populares. E beeeem abaixo de qualquer premium, sem comparaçao. Nao creio que conseguiriam vender Mazda a preço de premium, nem forçando muito a barra.

        • Edinaldo_Tapica

          Se Corolla no Brasil é considero carro de luxo, eu não duvido nada viu?

    • Good Doctor

      Se vc quer ver Mazda meu vizinho tem um 323F caindo aos pedaços… Rsrs
      Acho que a mecânica já é toda de gol AP

  • Sasaki

    Ai sim uma excelente noticia!!!

  • Raimundo A.

    Pra mim não passa de mais uma especulação, pois a Mazda há muito tempo não vende oficialmente por aqui e o mínimo esperado seria pensar na importação para ver quais produtos estariam com maior demanda dentro de um prazo específico, uma rede para pós venda presente em boa parte dos centros consumidores para a médio prazo pensar com mais certeza na possibilidade de nacionalizar.

    Outras marcas fizeram isso justamente para ver quais produtos seriam mais apropriados em produção local até dimensionar esta. Claro, há casos de marcas orientais que inventaram de nacionalizar produtos que não tem boa demanda e se quebraram vide operação da Chery precisando ser resgatada pelo grupo CAOA que rapidamente trouxe produtos com aspecto mais moderno e com maior receptividade do mercado.

    A Mazda tem produtos excelentes, mas sem ter a noção de quanto custariam como importados e quais o mercado teria mais aceitação, é difícil acreditar na volta ao mercado e com produção local.

    • TijucaBH

      Concordo, pra mim nao passa de especulação. O Rota 2030 foi bem conservador nos incentivos, até mesmo pra nao ter problemas com a OMC, portanto, acho praticamente impossível a Mazda ter animado vir pro Brasil por conta do Rota 2030.

  • RicLuthor

    Sem dúvida é a marca japonesa que tem os carros mais bonitos, e se formos olhar os carros conceitos apresentados nos salões, parecem obras de arte.

  • Rbs

    Demorou muito Mazda tempo ainda!

  • Jordan rodrigues

    pra mim hoje nao tem uma marca nao premium que tenha carros mais bonitos que a mazda, somente seat talvez

    • Oliveira

      lamento destruir seus sonhos, mas nenhuma das duas são premium..

      • Edu

        Se não foi editado ele disse “marca não premium”.

        • Oliveira

          ah sim, erro meu.. desculpe Jordan.. peço perdão pelo vacilo..

          • Jordan rodrigues

            tamo junto fera

  • Tosca16

    Mazda aqui seria “premium”, teria volume acima de conterrâneas como Subaru e Suzuki, mas ficaria bem atrás de Audi, MB e BMW nas vendas.

    • Oliveira

      Suzuki vendeu 4.340 no acumulado até novembro/18 (Subaru não tem dados na Fenabrave).. não acredito que a Mazda venderia tão bem no primeiro ano, por conta de já ter ido embora e agora voltar do nada.. demoraria um pouco para emplacar por medo do consumidor de ser largado de novo..

      • Tosca16

        Correção, ficaria só a frente da Subaru.

  • heliofig

    A melhor solução é a Mazda se aliar à HPE e utilizar as instalações de Catalão ou Itumbiara, caso a JAC não tenha batido o martelo ainda. A HPE já tem experiência na distribuição no Brasil e a Mitsubishi tem melhor penetração no mercado de pickups e SUVs maiores. Dependeria da Mitsubishi autorizar o uso da mesma fábrica.
    A CAOA seria uma opção, mas como agora já fechou com a Chery, a capacidade já estaria comprometida.

    • Tosca16

      Capacidade todas tem, o volume dos Chery é baixo e lá em Anápolis o Henrique Sampaio do marketing da Caoa Chery já disse, lá é por demanda, se tiver demanda, monta-se mais e sem necessidade de aplicação de turno extra de trabalho. Eu sinceramente me aliaria a CAOA, mesmo sabendo de todos os contras no futuro se por ventura decidir assumir as operações em sua totalidade por que sabiamente o Dr. Caoa no mínimo quererá ser concessionário Mazda, aí caberia a Mazda dá exclusividade ou não ao grupo brasileiro. Com algumas CAOA’s Mazda em SP, RJ, MG, PR,SC,RS, PE, CE, BA,GO, DF e PB não duvidaria a mesma vender uns 400 carros/mês sendo estes modelos acima de 100 mil bozos.

  • Zé Mundico

    Bem, não vou duvidar de nada nem vou jogar farofa no ventilador mas…….nesse ramo existe muito balão de ensaio e muita notícia plantada como isca. É aquela coisa do caçador que dá um assovio no meio do mato prá saber de que lado vem a onça.
    Geralmente determinada empresa solta uma notícia dessas para verificar a reação do mercado, da concorrência, do setor produtivo, dos governos estaduais, investidores, etc e tal. Esse tipo de notícia plantada também serve para promover um certo “leilão” de isenções e incentivos entre os governos estaduais interessados em ter uma montadora. Ás vezes também funciona como um “aviso” para os bons entendedores…

  • SDS SP

    Deve ser um CKD/ SKD da vida, mas é uma ótima notícia a possibilidade da Mazda estar de volta.

  • Ricardo Blume

    Virá para competir com Toyota e Honda ou seja, carros “premium” com preços para lá de especiais (ou espaciais, como queiram). Nem vou perder meu tempo sonhando. De qualquer forma, será bom para o mercado.

  • RED FLAG

    Minas Gerais aguarda a Mazda de braços abertos.Mão de obra treinada já existe.

  • Alessandro Aguiar da Silva

    Tenho conhecidos que tem Mazda nos estados unidos e falam bem da marca…

  • Robinho

    Que excelente noticia! sou fa desta marca!

  • zekinha71

    Se já são décadas sem importar um Mazda, como querem voltar já com fábrica (ou coladora de emblemas e apertadora de parafusos igual as últimas que chegaram), só acredito quando ver os carros nas ruas.

  • Carlos AM

    Excelente notícia!
    Começamos 2019 com o pé direito.

  • RX8

    Essa Mazda tem carros bonitos demais, PQP!!

    • A grande maioria dos Brasileiros gosta é de Onix, Gol e Palio. Infelizmente, essa é a nossa triste realidade! Aqui os piores carros são os mais vendidos.

  • Eduardo Motta

    Todo ano é anunciado isso, mesma coisa da volta da Alfa, só acredito quando de fato acontecer!

  • Gran RS 78

    Não compensaria a Mazda fabricar no Brasil, pois ela já tem fábrica no México e os volumes de vendas por aqui seriam pequenas, sem contar que os preços nunca abaixam para os consumidores quando as montadoras começam a fabricar no Brasil.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email