Japão Mazda Tecnologia

Mazda revela seu plano de tecnologias sustentáveis até 2030

mazda-skyactiv-x-1 Mazda revela seu plano de tecnologias sustentáveis até 2030

A japonesa Mazda anunciou seu plano estratégico para 2030. A montadora de Hiroshima irá focar seus esforços em novas tecnologias sustentáveis, dividindo seus desenvolvimentos em pessoas, planeta e sociedade. Nesse primeiro ponto, a empresa continuará com o estilo KODO, que vem moldando os carros da marca nos últimos anos.



Com linhas suaves e ao mesmo tempo agressivas, o estilo KODO dá à Mazda um padrão visual mais leve e que não necessita de atualizações profundas no aspecto geral, conservando-se por um bom tempo. No segundo ponto, a montadora pretende cortar 50% das emissões entre 2010 e 2030, alcançando 90% em 2050. A companhia promete para 2019 seu primeiro carro elétrico, que deverá ser feito nos EUA junto com a Toyota. Até agora, a Mazda evitou investir em híbridos e elétricos, apostando tudo em sua tecnologia SkyActiv.

mazda-skyactiv-x-3 Mazda revela seu plano de tecnologias sustentáveis até 2030

Para a sociedade, a estratégia da Mazda é introduzir a filosofia Mazda Proactive Safety, que visa eliminar as mortes por acidente a bordo de seus carros nos próximos anos. A empresa não dá uma data como meta para ser alcançada. Ainda na segurança, o i-ACTIVSENSE deverá ser introduzido a partir de 2018, sendo um sistema de indica ao motorista potenciais perigos durante a condução. Em termos de condução autônoma, o Mazda Co-Pilot Concept entra em serviço por volta de 2020 e será padrão nos carros da marca até 2025.

Outro destaque do plano 2030 da Mazda é o motor SkyActiv-X. O propulsor da marca nipônica utiliza basicamente a tecnologia HCCI (Homogeneous Charge Compression Ignition), que consiste na combustão de gasolina por meio de alta compressão, assim como no ciclo Diesel. Com isso, a Mazda anuncia que ele terá o mesmo rendimento energético de um motor diesel comum.

mazda-skyactiv-x-4 Mazda revela seu plano de tecnologias sustentáveis até 2030

No entanto, a fim de otimizar ainda mais a queima de combustível na câmara e permitir uma transição perfeita entre ignição por compressão e ignição por sentelha, a Mazda patenteou a tecnologia SCCI ou Spark Controlled Compression Ignition. Ela utiliza velas para otimizar essa combustão e adiciona também um compressor volumétrico para obter mais rendimento em baixa e alta rotação.

A vela de ignição só funciona para dar “partida” na combustão, enquanto o restante do processo é feito pela compressão da mistura ar-combustível, alcançando impressionante taxa de 30:1! Para termos uma ideia, a maioria de nossos motores flex trabalham entre 10:1 e 12:1. Um diesel em torno de 16:1 a 18:1. O Mazda SkyActiv-G 2.0 tem taxa de compressão de 14,7:1, por exemplo.

mazda-skyactiv-x-6 Mazda revela seu plano de tecnologias sustentáveis até 2030

Com isso, a Mazda diz que o SkyActiv-X reúne o melhor de dois mundos, ao agregar a performance do motor a gasolina com a eficiência energética do diesel. Ela comenta que é como um G 2.0 com performance do G 2.5 e economia do G 1.5. Com isso, a montadora fala em economia entre 10% e 30% em comparação com o SkyActiv-G atual.

A ignição por compressão permite ao X aumentar a eficiência na combustão entre 20% e 30% mais que no G atualmente e de 35% a 45% nos motores da marca até 2008. Numa comparação com o SkyActiv-D, a Mazda fala que o X tem eficiência energética igual ou superior. A Mazda ainda promete plataformas mais leves, rígidas e com melhor nível de ruído interno, bem como estrutura mais estável em impacto, ampliando assim segurança, conforto e dirigibilidade.

Mazda SkyActiv-X – Galeria de fotos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend