Europa Super Carros Vídeos

McLaren Grand Tourer quer ser o superesportivo disruptivo

McLaren Grand Tourer quer ser o superesportivo disruptivo

Unir as características de um carro de competição e ao mesmo tempo de um automóvel que pode fazer longas travessias com relativo conforto para motorista e passageiro, sem perder sua esportividade é algo que o chamado “Grand Tourer” da McLaren pretende fazer. A marca inglesa promete que seu GT será superior a outras propostas do tipo e será “usável” no dia a dia.


Com foco na disrupção, o McLaren Grand Tourer não fará parte de nenhuma das linhas atuais de produtos do fabricante de Woking, como os 570S, 570GT e 600LT na Sports ou da Super Series com o 720S. Também ficará fora da Ultimate Series, que tem Senna e Speedtail, porém, de acordo com o CEO Mike Flewitt, compartilhará componentes com este último. Seu teste camuflado vai da Espanha até o Reino Unido.

McLaren Grand Tourer quer ser o superesportivo disruptivo

Por ora, pouco se sabe sobre o que o Speedtail oferecerá ao novo carro, cujo nome ainda é um mistério, mas que também não seria surpresa se mantivesse a designação de proposta Grand Tourer. Afinal, a McLaren quer que o novo bólido seja individualista.


Adicionando elementos estéticos que remetem aos modelos 720S e 570GT, o McLaren Grand Tourer parece pronto para pegar a estrada de mala e cuia, provavelmente com um bagageiro acima da média e um modo de cruzeiro com boa autonomia para fazer viagens longas sem ficar dependendo de postos.

McLaren Grand Tourer quer ser o superesportivo disruptivo

Para mostrar como ele é robusto sob adversidades, a McLaren colocou o Grand Tourer para rodar em praticamente todos os lugares onde um superesportivo raramente está e isso significa atravessar estradas repletas de neve do círculo ártico e sob um calor intenso do deserto, passando ainda por estradas de terra, algo que a marca não divulgou, mas flagrado por curiosos.

Sem indicação do que pode estar sob o capô, acredita-se que o McLaren Grand Tourer terá no mínimo um sistema eletrificado para reduzir o consumo e a emissão em estrada, assim como na cidade. A suspensão também não deve seguir as mesmas regras dos demais modelos da marca britânica. A McLaren tem um plano de lançar 18 modelos novos até 2025 e este seria o quarto deles. A empresa quer vender 6.000 carros ao ano.

McLaren Grand Tourer quer ser o superesportivo disruptivo
Nota média 4.8 de 5 votos

  • vi.22

    Acho mto interessante quando uma marca estipula uma meta (6000/ano) e analisa o que deve ser feito para atingi-la, essa é uma grande característica de grandes líderes administradores…

  • Gabriel

    Caramba, 18 modelos novos, vão entrar no mercado de sedans e SUVs?

    • Jamilson Junior

      Isso deve incluir versões especiais e variações do mesmo modelo, ex:

      Na Sport Series da McLaren existem 6 carros: 540C, 570GT, 570S Coupé, 570S Spider, 600LT e 600LT Spyder, tudo isso apenas 3 anos.

      O mesmo aconteceu com a 650S, onde existiram suas variações 675, S, Spider, LT, etc.

      Com tantas variações, não é difícil chegar a esse número, sem contar os carros MSO, como a McLaren Senna, Senna GTR, Speedtail, etc.

      Já já também chegará a hora de uma sucessora para a P1 e para a própria 570.
      Ou seja, é carro pra caramba!

      • ricmoriah

        e ainda falta algum eventual puro elétrico nesse meio…

        • Eduardo 1981

          Bem provável mesmo. O que é certo é que virá ao menos 1 SUV nessa conta.

      • Gabriel

        Só contando assim mesmo para chegar naquela quantia.

    • Filipe Augustus

      Não duvido que eles entrem no mercado de SUVs para tentar elevar os lucros! E confesso que ficaria curioso em ver um SUV McLaren!

      • Gabriel

        A Lamborghini fez a Urus, Porsche já tem SUVs a muito tempo, Ferrari deve ter um em breve, a McLaren não vai querer ficar para trás.

  • Ricardo

    McLarens estão ficando igual Porsches e Lamborghinis, tudo iguais! Mil vezes as FERRARIS.

    • Luconces

      Eu ainda vou pros Porsches!

      Ferrari é overrated! LOL

      • Ricardo

        Porsche pode ser o melhor carro do mundo, mas FERRARI sempre será FERRARI, o único esportivo que mexe com os sentimentos de qualquer cidadão normal, pela beleza e ronco do motor. Porsche virou modinha entre os pilotos e metidos a pilotos.

        • Luconces

          Ferrari tem sim tradição e tudo mais mas continuo achando a marca como a Jennifer Lawrence, overrated.

          O fato da marca também impor que os donos tenham determinada atitude com relação aos seus carros também não me desce.

          Porsche pode estar níveis abaixo da Ferrari com relação a posicionamento e produto mas é muito mais gearhead. Sendo modinha ou não.

          • Ricardo

            Nem todos que sonham ter Ferrari gostariam de só ostentar, eu por exemplo, gostaria de uma porque amo Ferraris, não seria para desfilar pelas ruas, usaria até em Track Days;

    • Dario Lemos

      Queria, ao menos, um de cada, rsrsrs!

  • Eduardo 1981

    Deverá então ter um porta malas razoável, para caber as bagagens de 2 pessoas, geralmente um homem e uma mulher. Será uma premissa para fazer relativo sucesso.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email