_Featured Avaliações Cupês Mercedes Benz

Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-18-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

O Mercedes-Benz CLA 200 First Edition deveria ser mais barato, mas o fator novidade, agregado ao fato do Classe C antigo ainda estar nas lojas, faz com que seu preço seja de R$ 150.500. Quando foi lançado, no início do ano, o cupê quatro portas da Daimler chegou sem alarde por R$ 147.500. Para termos uma ideia, o Classe A, seu irmão hatch, custa hoje em torno de R$ 118.900.



Mas por que ele não deveria custar tanto? Não estamos falando exatamente da carga tributária brasileira e outros fatores que todos nós já conhecemos, mas de posicionamento dentro da gama Mercedes-Benz. Construído em Kecskemét, Hungria, o Mercedes-Benz CLA nasceu sobre a plataforma modular MFA, que além de mais barata que as demais, apresenta tração dianteira.

Lá fora, o CLA se posiciona abaixo do Classe C. Aqui, como o herdeiro do clássico 190E está perto de ser completamente renovado, o cupê quatro portas só atrapalharia o fim do estoque desse irmão mais sóbrio e elegante. De janeiro a maio, o modelo da Mercedes-Benz vendeu 519 exemplares ou quase 104 por mês, o que não é ruim, dado o preço praticado no Brasil.

Para efeito de comparação, o “velho” Classe C vendeu cerca de 1.727 unidades no mesmo período. Ainda assim, mesmo que o CLA fique mais barato que o Novo Classe C, ele não conseguirá sobrepuja-lo em vendas, pois o perfil do consumidor deste segmento é de faixa etária maior. Enfim, estilo agressivo e um ambiente sofisticado vão atrair aquele que quer um pouco mais de destaque.

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-6-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

Por fora…

Consumidor jovem nunca havia sido o forte da Mercedes-Benz, mas a Daimler estava determinada a ter clientes de faixa etária menor, que desejavam entrar rapidamente no segmento premium mas não se identificavam com modelos mais sóbrios, tradicionais e elegantes, tais como o Classe C, por exemplo.

Assim, a missão dada a Gorden Wagener, designer-chefe da Mercedes-Benz, foi a de rejuvenescer a marca alemã para aquele que está iniciando no mercado de luxo e tem pouca idade. Por isso, um estilo mais agressivo e jovial, sem deixar de ser sofisticado, passou a fazer parte do cardápio da empresa, incluindo a retirada da famosa estrela de cima do capô e a adoção de uma grade mais esportiva.

Além disso, para garantir que os novos clientes fiquem na marca, a Mercedes-Benz decidiu usar uma estratégia interessante, a de compartilhar estilo de modelos mais sofisticados e caros no segmento de entrada. Assim, o CLA vai parecer mesmo um CLS, assim como da mesma forma o Novo Classe C é um irmão menor do Novo Classe S.

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-5-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

O Mercedes-Benz CLA 200 First Edition – edição de lançamento – tem um formato bastante esculpido e aerodinâmico (coeficiente de somente 0,22), destacando-se a grande curvatura do teto com uma ligeira queda na parte traseira, além de uma cintura alta e frente mais alta e atarracada, passando a impressão de motor em longitudinal e tração traseira.

Outras características que o fazem ser classificado como um cupê é a ausência de moldura nos vidros das portas e a disposição interna para apenas quatro ocupantes na prática, embora teoricamente seja um modelo de cinco lugares. De modo geral, o visual é bastante atraente e chega a chamar a atenção nas ruas, apesar de a Mercedes ser uma marca mais discreta, conforme a escola germânica aplica em seus produtos.

Na frente, faróis de perfil agressivo abrigam uma lente única bi-xênon com lanternas e repetidores de direção em LED. O fundo tem máscara negra, conferindo um visual mais esportivo. O nome “Mercedes-Benz” pode ser visto no acabamento cromado da parte superior do conjunto ótico. Logo abaixo, os lavadores ficam ocultos por uma tampa retrátil.

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-26-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

A grade é mais esportiva que o visto em modelos mais tradicionais da marca, destacando-se um friso cromado com base prateada, que sustenta a estrela de três pontas ao centro. Ela é diferente daquele presente no irmão menor, o Classe A, que possui dois frisos. A grelha é preta e composta de vários pinos sextavados, que criam um belo efeito visual em 3D.

O para-choque tem desenho bastante aerodinâmico e esportivo, destacando-se as “entradas” de ar laterais (na verdade fechadas) e os spoilers nas extremidades do conjunto. A grelha central e as laterais apresentam formato trançado e pintado de preto. Há sensores de estacionamento em todo o protetor. No alto e à frente do capô, o logotipo clássico da Mercedes-Benz.

O capô é leve e apresenta quatro vincos proeminentes, podendo serem vistos normalmente de dentro do veículo. Os retrovisores possuem repetidores de direção em LED com belo efeito visual, enquanto as janelas sem batentes são envolvidas por dois frisos cromados. Com linha de cintura alta e área envidraçada menor, o Mercedes-Benz CLA reforça sua identidade de cupê. Dois vincos levemente pronunciados surgem da parte frontal e vão estreitando-se até o eixo traseiro.

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-8-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

Já as colunas B são pintadas de preto brilhante, enquanto o teto solar panorâmico que o diferencia do Classe A domina mais da metade da parte superior, que ainda dispõe de um antena em estilo barbatana. O vidro abre para fora e desliza até quase a parte traseira. Já as rodas aro 18 têm cinco raios duplos reforçados na base e com acabamento externo diamantado e interno em grafite. Elas são calçadas com pneus Run Flat 225/40 R18.

Por fim, a traseira do Mercedes-Benz CLA 200 First Edition se destaca pelo conjunto de lanternas de formato dinâmico e iluminação total por LEDs, especialmente criando um efeito visual muito atraente, especialmente com as lentes embaçadas pelo sereno da noite. As luzes reproduzem duas folhas estreitas.

As extremidades da carroceria são bem inclinadas, enquanto a tampa do porta-malas é mas proeminente, criando um defletor de ar natural. O para-choque apresenta sensores de estacionamento, parte central inferior na cor preta e escape duplo cromado com difusor de ar cromado entre as duas saídas. A placa de registro fica na tampa do bagageiro e possui iluminação também por LEDs.

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-53-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

Por dentro…

O Mercedes-Benz CLA 200 First Edition apresenta interior com mesmo estilo e padrão de qualidade presentes no A200 Urban, modelo que foi testado pelo NA há algum tempo atrás. Em termos visuais, se o exterior é atraente, o ambiente interno também não desaponta. A empresa conseguiu um equilíbrio interessante entre custo e qualidade.

A primeira impressão é de luxo acima dos rivais e isso inclui os A3 Sedan, A4 e BMW Série 3. Para alguns pode até não parecer, mas é nos detalhes que o Mercedes se destaca, apresentando um ambiente sofisticado e condizente com a proposta de um premium mais esportivo e jovial. No entanto, alguns detalhes depõem contra o modelo.

Antes disso vamos ao visual geral. O painel tem a parte superior revestida em material emborrachado e a parte central em acabamento cinza brilhante texturada, que passam boa impressão visual. Sobre o painel existe um acabamento em acrílico com luzes do sensor de estacionamento dianteiro e sob ele, um alto-falante.

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-59-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

Os cinco difusores de ar circulares são cromados e chamam a atenção, mas não quanto o display central em preto brilhante e cromo. Ele não é sensível ao toque, trazendo de volta aquela impressão de tradicionalismo dos alemães. Isso fica muito evidente nos comandos de multimídia e telefonia com uma quantidade considerável de botões.

O ar condicionado automático, mas não é dual zone. Pelo preço do CLA 200 First Edition, deveria ser no mínimo com duas zonas de climatização. Já o volante multifuncional com aplique prateado, revestimento em couro e costura branca, faz parte dos itens que chamam mais a atenção, obscurecendo os detalhes não tão interessantes deste Mercedes-Benz. Ele dispõe também de paddle shifts e regulagens de altura e profundidade, além das alavancas da transmissão 7G-DCT (posicionada à direita) e dos piscas/limpadores/lavadores.

O quadro de instrumentos também atrai e agrada com seus dois mostradores de fundo branco com outros dois menores em seus interiores. Velocímetro, conta-giros, nível de combustível e temperatura da água de arrefecimento estão bem claros e são muito precisos. Ao centro, um display digital apresenta funções de computador de bordo, navegação, multimídia, sistema do veículo, etc. É controlado pelo volante e muito útil no dia a dia.

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-56-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

Lanternas, faróis e luzes de inverno direita e esquerda ficam mais abaixo no painel. O Mercedes-Benz CLA 200 First Edition não dispõe de partida sem chave e por botão start-stop como alguns outros carros bem mais baratos possuem. É através de uma chave eletrônica fixada em um contato especial. O controle de cruzeiro e limitador de velocidade ficam em uma terceira haste na coluna de direção.

Entre os assentos, assim como os mais recentes modelos da Mercedes-Benz, não há alavanca de transmissão em versões automáticas (lembrando que a mesma fica na haste direita da coluna de direção), por isso abriga um porta-objetos que não existe na versão manual. O outro abriga uma fonte de 12v e um cinzeiro móvel. Não há regulagens elétricas e muito menos aquecimento.

O banco traseiro não dispõe de apoio de braço central e – como em todo cupê que se preze – é totalmente voltado para dois ocupantes apenas. Há engates Isofix para cadeiras infantis. Há elementos vazados (falsos no banco traseiro) entre os apoios de cabeça e os encostos, que se destacam por apresentarem iluminação amarela.

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-86-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

Aliás, assim como o A200 Urban, uma característica do CLA é apresentar um ambiente bastante interessante durante a noite. Além dos apoios de cabeça, o interior (todo preto) possui luzes amarelas nas maçanetas e puxadores das portas (uma em cada), no assoalho junto aos pés do motorista e de todos os passageiros e teto com luzes de leitura de dupla função, nesse caso.

Indo lá para cima, temos um retrovisor comum (deveria ser eletrocrômico), para-sóis com espelhos, luzes de leitura, alertas de reboque, acionamento do teto, luzes de leitura traseiras e o teto solar panorâmico, cuja abertura é para o externo da carroceria. A tela interna é igualmente elétrica.

Observando-se através do espelho interno, o condutor que desconhece o carro pode se surpreender com luzes de aproximação semelhantes às posicionadas sobre o painel. Não ter uma câmera de ré é uma falta grave em um carro de R$ 150.500 e com visibilidade prejudicada por sua natureza, digamos assim. Enfim, o negócio é confiar nas luzes e no alerta sonoro.

O porta-malas tem 470 litros, mas parece ter menos. A impressão é devido à altura interna ser pequena, mas o espaço longitudinal é longo. Além disso, há um compartimento abaixo do piso onde deveria estar o estepe. No entanto, como se trata de um carro com pneus Run Flat, o uso deste é desnecessário, apesar de que um pneu adicional é sempre bem-vindo. Afinal, nossas ruas e estradas não são como as da Europa.

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-15-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

Por ruas e estradas…

Apesar de alguns detalhes mencionados acima, é realmente um prazer dirigir o Mercedes-Benz CLA 200 First Edition. Os 1.430 kg do cupê de acesso da Daimler não parecem muito para o motor 1.6 Turbo de 156 cv a 5.300 rpm e 25,5 kgfm entre 1.250 e 4.000 rpm. O torque em rotação bastante baixa, aliado à potência sempre disponível, faz o modelo andar muito bem.

A transmissão automatizada de dupla embreagem 7G-DCT dispõe de sete velocidades e extrai o máximo possível do propulsor sem fazer o giro cair ou apresentar trancos. As marchas sobem e descem de forma suave e de forma praticamente imperceptível. Assim, as retomadas ocorrem um bom tempo, tanto nos modos “E” (economia), quanto nos M (manual) ou S (esporte).

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-13-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

Rodando a 110 km/h, o Mercedes-Benz CLA 200 First Edition atinge 2.000 rpm em sétima marcha e no modo E. O cupê fabricado na Hungria também garante um desempenho extra no modo S, mas é no M que se torna interessante dirigir. O giro do motor sobe rápido e comandando-se através das borboletas, o modelo mostra uma performance de dar inveja em carros comuns com motor 2.0 ou maior e com a mesma potência.

Enfim, um dos pontos atraentes da tendência downsizing. Ainda assim, ele não é um carro gastão na estrada. Marcamos 18,2 km/litro no modo “E” a 110 km/h e com ar ligado. Na cidade, mesmo com esse modo e mais a função “Eco”, que ativa o Start&Stop (desligamento automático do motor), o cupê obteve apenas 9,5 km/litro, também com o A/C ligado.

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-85-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

Essa opção de economia do Mercedes-Benz CLA 200 First Edition é ativada no painel, próximo às opções de modo de condução (E, M e S). As partidas são dadas ao tirar o pé do freio com o veículo parado e praticamente funciona o tempo todo, ao contrário de alguns concorrentes.

A posição de dirigir é mais baixa que em sedãs comuns, mas semelhante à do Classe A, que também possui proposta esportiva. Os bancos são envolventes e o conforto é bom. A porta alta e a área envidraçada menor não precisam de tempo para adaptação, pois o ambiente interno é tão agradável que essa impressão fica de lado. O teto panorâmico reduz a “clausura” que alguns podem sentir no interior.

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-35-700x466 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

Atrás, realmente essa sensação é bem mais nítida, pois as janelas traseiras curvam-se sobre as laterais e o teto é baixo, fazendo a cabeça de um adulto raspar no acabamento. No meio, só mesmo uma pessoa muito baixa ou uma criança podem sentar com conforto bem mediano. O nível de ruído a bordo é muito bom e só mesmo elevando muito o giro para se ouvir o ronco do motor.

Se a estabilidade é excelente, o mesmo não podemos falar do conforto ao atravessar ruas estradas com asfalto ruim, bloquetes ou paralelepípedos. As rodas aro 18 empregam pneus 225/40 R18, cujo perfil baixo não é recomendado para o nosso dia a dia. Uma costela de vaca, buraco raso ou depressão mais saliente pode trazer um enorme desconforto com pancadas secas e o infeliz som de aro batendo.

É fácil perceber o sofrimento da suspensão em pisos bem brasileiros, o que não acontece quando se está em uma estrada de piso bom, onde nem o ruído dos pneus é perceptível. A direção é bem precisa e bastante progressiva, enquanto os freios atuam de forma perfeita, assim como os controles de tração e estabilidade.

mercedes-benz-cla-200-avaliacao-NA-54-700x1050 Mercedes-Benz CLA 200 First Edition tem muito estilo, mas seu preço é exagerado

Por você…

Infelizmente há alguns pormenores – citados ao longo do texto – e o maior deles é o preço de R$ 150.500. Deveria sim ser mais barato. Em relação ao A200 Urban, o Mercedes-Benz CLA 200 First Edition coloca mais de R$ 30.000 de diferença e basicamente temos um teto solar panorâmico, uma grade diferenciada, rodas aro 18 e, é claro, estilo mais sofisticado.

Ele oferece um bom pacote de equipamentos, mas a falta de alguns essenciais para um carro de sua classe, depõe muito. O Mercedes-Benz CLA 200 First Edition se destaca também pelo sistema multimídia com navegador GPS, modos de condução, Start&Stop, câmbio de dupla embreagem, bancos esportivos e iluminação ambiente especial. De qualquer forma, o conjunto da obra se sobressai e realmente quem quer sair do tradicional, o cupê de origem alemã é uma interessante opção.

Com o lançamento do Novo Classe C, espera-se a chegada de versões CLA 180 ou mesmo CLA 200 com um pacote menos generoso de itens, mas com preço sugerido bem mais próximo do Audi A3 Sedan e dos demais alemães. Enfim, ele tem estilo e interior de aparência sofisticada, mas com um preço irreal.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Mercedes-Benz CLA 200 First Edition

Motor/Transmissão
Número de cilindros – 4 em linha, turbo, injeção direta
Cilindrada – 1595 cm³
Potência – 156 cv a 5.300 rpm (gasolina)
Torque – 25,5 kgfm entre 1.250 e 4.000 rpm
Transmissão – Automatizada de dupla embreagem e sete marchas (7G-DCT)

Desempenho
Aceleração de 0 a 100 km/h – 230 km/h
Velocidade máxima – 8,5 segundos

Suspensão/Direção
Dianteira – McPherson/Traseira – Multilink
Elétrica

Freios
Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus
Liga leve aro 18 com pneus 225/40 R18

Dimensões/Pesos/Capacidades
Comprimento – 4.630 mm
Largura – 1,777 mm (sem retrovisores)
Altura – 1.432 mm
Entre-eixos – 2.699 mm
Peso em ordem de marcha – 1.430 kg
Tanque – 56 litros
Porta-malas – 470 litros

Galeria de fotos do Mercedes-Benz CLA 200 First Edition:

5.0

  • Bruno Silva

    Estilo irretocável, verdadeira obra prima. Se um dia ele custar 110-115mil, que é faixa de preço que deveria estar, pode apostar que vai vender no mínimo umas 900 unidades, como o Classe C vendia em seu auge (passava disso até).

    • Rodrigo

      Esse carro é extraordinário mesmo. Vi um aqui na minha rua ontem a noite e fiquei de queixo caido com a beleza do carro. Quando ele vem de frente você já fica impressionado com o estilo do carro ai quando você olha ele passando e vê aquela traseira, o queixo cai.

  • EuMeSmObYmYsElF

    150 mil e não tem um simples farol de neblina???

    • Roger Bersch

      É verdade, eu deixei de comprar o Bentley Continental GT por isso, teria que comprar por fora adaptar e me custaria $850 só os fárois, agora ando de gol.

      • EuMeSmObYmYsElF

        como você é zueiro hein rapaz..

        • Yuri Ravitz

          A BMW M5 também não tem, o Continental GT como o Roger disse também não tem, a M6 Gran Coupé também não tem, a nova Ghibli (Maserati pra quem não lembrar) também não tem.. Em contrapartida você tem aí faróis bi-xenon + os LEDs das luzes de posição (que já vi pessoalmente em pleno funcionamento e são sensacionais). Não dá nem pra sentir falta dos faróis de neblina rs

          • gveralonso

            É isso mesmo Yuri, a Mercedes tem um exemplo claro de q os faróis com led ajudam, o classe A200 style tem faróis de neblina e o A200 urban n tem

          • Guest

            É mas um farol de xenon ou led não substituem o uso de um farol de neblina. Esses faróis, para serem usados em NEBLINA, são de luz mais amarelada e posicionados na parte mais inferior do carro para iluminar o chão e não a fumaça da neblina. Pior de tudo é o povo tosco que acende a luz de neblina traseira desses peugeot 208 achando que é style, mas cega o cara de trás.

    • Carlos Eduardo Nobrega

      Cara eu ouço essa bobagem o tempo todo, farois de Bi Xenon DISPENSAM o farol de neblina.

      • Edson Fernandes

        Na verdade os LEDS dispensam o farol de neblina e, com os xenon vc enxerga melhor através da neblina tbm.

        • Carlos Eduardo Nobrega

          O LED é pra uso DIURNO e não pra Neblina. A luz do Xenon não reflete tanto na neblina e a sua projeção pega bem as laterais, função do farol de neblina. Bem faz sentido o LED SER VISTO, agora iluminar é o Xenon.

          • FabioTex

            O que li sobre as MB que possuem DRLs em LED (especialmente nas que as DRL estão próximas ao solo, como nos classe C) é que estas performam a função de luzes de Neblina. Imagino que haja uma intensidade intermediária (entre o forte da função DRL e fraco para “luzes de posição).
            Isto é o que a MB alegou. Na prática não vi.

          • Edson Fernandes

            Carlos, em alguns modelos onde o posicionamento é inferior, ele pode funcionar não apenas como luz diurna. Alguns modelos como a exemplo do Fiesta Mexicano, ele se mantinha aceso mesmo com farol baixo aceso.

    • pablo

      Alguns modelos nao tem por incompatibilidade, como a bmw m5, por causa do radiador.

  • CanalhaRS

    O carro é minúsculo por dentro. Para vender bem vai ter que concorrer com Audi A3 sedan e não com Bmw série 3.

  • CarLoverRS

    Gosto muito do modelo, merecia um pouco mais de motor. Eu cheguei a colocar meu nome na reserva de pré lançamento, mas quando chegou e fui informado do preço desisti. Foi aí que fui sem dúvidas para o A3 Sedan. Estava disposto a pagar até R$120k por ele, mas 150 já é demais.

  • olecram87

    Assim que lançar por valor entre 120k e 130k, ficarei muito feliz em assinar o cheque… mas por 150k? Desculpe, MB, meu dinheiro é suado para eu lhes dar sem contrapartida equivalente que me satisfaça.

  • Senhora Liberdade

    100 mil ja e demais pra ele

    • dougkmt

      Também acho. Itens como rebatimento elétrico dos retrovisores externos, retrovisor interno eletrocrômico, e AC automático são muito básicos pra 100k. Imagina pra 150k…

      • Edson Fernandes

        E é aí que ninguem entende quando alguem fala sobre o Golf.

        E nesse caso o GTi. A bem da verdade? Se é para estar com um Mercedes, que seja o Classe C, pelo menos seria minha opção. Agora, pelo menos este tem paddle shift, pois o Classe C que dirigi, vc tem que trocar para OS LADOS no cambio… coisa mais sem noção que eu já pude ver… não é nada intuitivo e muito menos divertido.

        • dougkmt

          Essa troca manual para os lados não faz sentido algum, rs! Agora a alavanca do Classe A e CLA na base do volante eu não teria problemas. Acredito que seja questão de costume, até porque com as aletas fica fácil e intuitivo trocar as marchas de modo manual, como vc disse.

    • Caio Brandão

      Meu amigo , em que mundo voce vive? hahaha

      150 é caro, uns 120-130 seria aceitável..

      • Mmaykinho

        O pior é que ele tá certo… rsrs
        A gente se acostumou a preços extraordinários aqui na bananalândia. Um preço “justo” seria na casa dos 100 mil…
        Eita, Brasil véi
        haha

  • Leon Gonçalves

    O audi a5 sportback, com motor 2.0 turbo, carroceira beeem maior, os dois bancos dianteiros totalmente elétricos, interior em Alcântara (coisa que somente topo de Gama oferece) espelho eletrocromico, bi-xenon custa 154 mil. E lembrar que está um degrau ou até dois acima a título de plataforma, pois é maior que classe c e série 3.

  • Martini Stripes

    Concordo em tudo com o texto e queria deixar uma coisa clara. Vi um na rua, PQP!! Que carro bonito.

  • Daniel Ricardo Cadore

    A Mercedes contratou um drogado para diretor da área de finanças? primeiro o A45 AMG custando quase 90 mil reais a mais que seus concorrentes diretos no Brasil (na Inglaterra é ainda pior, enquanto uma BMW M135 está em 30 mil libras, a A45 está em 46 mil libras). agora O CLA por 150 mil, onde temos A3 sedam por quase 50 mil a menos?

    • Bruno Alves

      Contratou um cara muito esperto, isso sim, com esse preço eles conseguiram vender 519 carros neste ano. Imagina o lucro sobre cada carro.

      • Daniel Ricardo Cadore

        Na verdade a Mercedes é teve sorte de encontrar 519 loucos varridos isso sim

    • leosena

      Realmente esses novos Mercedes estão com preços super inflados. Todavia o M135i não é um autêntico BMW da divisão M, apesar de uma mecânica muito forte ele tem apenas um pacote de performance especial. Na minha opinião o A45 AMG é mais carro.

      • Daniel Ricardo Cadore

        mas o M153 é mais rápido do que seu antecessor, o 1M, então ele é rápido o suficiente..

  • zeuslinux

    O interior é apertado, deve raspar em tudo que é quebra-molas, não tem tantos equipamentos de luxo assim, está caro e o motor nem é tão potente assim para se distinguir dos sedãs normais.

    Não compraria nem o CLA e nem o Classe A. Se for para pagar caro por um Mercedes, compraria no mínimo um Classe C mesmo, e mesmo assim o C200 ou C250.

    • Carlos Eduardo Nobrega

      Bem sobre o motor, acho que vocë não andou em um. E de boa, o motor não é mais forte que do C200? …

      • zeuslinux

        Eu realmente não andei em nenhum CLA ou novo Classe A.

        Os dados do C200 são potência de 184 cv @ 5.250 e torque (Nm) 270 @ 1.800 – 4.600

        e os do CLA são

        Potência de 156cv @ 5.300 e torque de 250 / 1.250 – 4000

        O C200 anda mais.

  • Augusto

    Sujeito tem que ser maluco para pagar 150 mil nesse carro, quando se encontra A3 sedan por 112 mil e o A200 sai por 105. Pagar 50 mil, ou 50% a mais em um carro por um porta malas maior tem exatamente a cara do brasileiro que nunca sabe bem o que está comprando, e vai naquela de que, se é sedan, é carro de rico.

    • Edson Fernandes

      Nesse caso, tem o agravante de muitos aqui falar dessa forma: “Mercedes é Mercedes” fechando os olhos para os concorrentes que não rpecisam ser somente os alemães.

  • Augusto

    Olha, mesmo levando em conta a nossa realidade de preços, o custo desse carro é surreal, pra não dizer louco. Custa quase 40 mil reais a mais que um A3 sedan, e 45 mil a mais que o mesmo carro, com mesmo motor, câmbio e opcionais, só que sem o porta malas espichado. MB deve ter feito pesquisa de mercado e descobriu que o brasileiro compra carro por metro, e, mesmo assim cobrou muito, porque esse ai é no máximo uns 20% mais comprido que o A200…

  • vicegag

    Quando lí “mercedes benz cla 200 first edition tem muito estilo” pensei que se tratasse de uma notícia de veículo do exterior, mas ao ler o restante ” mas seu preço é exagerado” conclui que era notícia de veículo vendido aqui.

  • matheusguila

    O carro é muito bonito, mas essa alavanca de marchas fora do lugar tradicional não me agrada nem um pouco. Pensaria duas vezes antes de comprá-lo só por causa disso.

    • Cléber_V

      Já eu acho legal, pois ganha-se em espaço no console central e não atrapalha em nada atrás do volante. Mas vai de cada um…

      • matheusguila

        sim.. é uma questão de gosto mesmo.

    • Edson Fernandes

      Se vc tem os paddle shift e quiser usar digamos… de uma forma esportiva, vc nem vai ligar para esse comando na coluna.

      • matheusguila

        Ah, no caso de trocar as marchas do carro quando está dirigindo, os paddle shift realmente substituem a alavanca, mas no caso de engatar a ré, colocar em neutro ou no parking me incomodaria. Esse sistema me lembra aqueles carros antigos.

        • Edson Fernandes

          Po…. mas vc usa bem menos esses comandos se comparado a um uso esportivo. Eu noa ligaria pois já usei relativamente bastante em um C4 Picasso.

          • matheusguila

            Entendo o que você diz.. É mais uma questão de gosto mesmo…

            • Edson Fernandes

              Sem duvidas. Só acho que de repente, se vc encontra tudo que vc quer em um carro, vc até pode relutar nos comandos, mas com certeza respeito seus gostos tbm. ;)

              • matheusguila

                Isso é mesmo, tem coisa que a gente pode até não gostar, mas quando acontece uma paixão por um modelo, nós até nos adaptamos ao que antes considerávamos com defeito.

  • Renato

    Velocidade máxima: 8.,5 segundos
    Aceleraçao 0 a 100: 230km/h
    Concerta aí pessoal e pode deletar meu comentário. No mais muito boa avaliação, mas num tem nda que não me faça pensar que é burrice comprar esse carro já que o fusion titanium tem 240cv muito mais torque, é maior e custa a partir de uns 105mil.

    • dougkmt

      Acredito que tenha outro erro: no texto, comentou-se que o AC é automático com apenas uma zona. Na verdade, ele é manual. Basta ver a foto do painel central com foco nos comandos do AC. No comando da esquerda, tem a seleção da temperatura. No comando direito tem a seleção da velocidade do ventilador. No meio, direção do ar (cima, meio, baixo), desembaçador traseiro e velocidade máxima no para-brisa dianteiro, e a recirculação interna/externa. Se fosse automático, teria um botão AUTO.

      • Edson Fernandes

        Na verdade ele é automatico, mas não é digital.

        Se vc ajusta a temperatura em uma determinada posição ele tem ajuste automatico não? rs

        Te falo isso, pois meu Xsara é exatamente assim. Vc tem o seletor da temperatura e outro da velocidade. A posição Auto, serve exatamente para deixar que o controle de rapidez ou diminuição da velocidade seja automatica. Só para citar ainda no Xsara: Se eu deixo em uma determinada velocidade (manual) do ventilador, mas ele está ajustado para 22 graus, ao chegar nessa temperatura, o compressor do ar condicionado se desliga. Mas o ventilador continua.

        Mas tudo bem… no Xsara tem o botão Auto que se estiver muito calor, liga o ventilador no máximo e já se ajusta a temperatura interna para o que vc desejou. Depois disso além de baixar a velocidade do ventilador, ele desliga o compressor.

        Creio que a função que vc diga que falta (e eu concordo) seja o Auto para fazer o que acabei de explicar acima né?

        Te confesso… o Xsara me deixou chato para o ar condicionado. Ser automatico É TUDO DE BOM… tanto que meu proximo carro eu quero que seja Bizone.

        • matheusguila

          Acho que não é automático mesmo não. No Asx, por exemplo, o ar condicionado é automático mas não é digital. Como vocês falaram, no Asx existe a posição auto no comando de velocidade do ar e no mercedes não tem esse opção.

          • Edson Fernandes

            Teria que testar o comando e ver se existe alguma especie de inteligencia no sistema. Caso contrário, a função auto, não teria mesmo.

        • dougkmt

          Então, Edson. O problema que eu vejo é assim: está 30 graus no ambiente externo, e 35 graus dentro do carro. Vc entra e liga o AC na posição 22 graus e ventilador na velocidade 5. Quando chegar na temperatura interna de 22 graus, o compressor é desligado, mas o ventilador continua na velocidade 5 jogando ar quente sem necessidade. Isso fará com que a temperatura aumente novamente. Com a função AUTO a velocidade do ventilador iria diminuir automaticamente, pra manter a temperatura interna e religar o compressor quando necessário.

          Por isso, a não ser que esse sistema da Mercedes tenha uma inteligência que não vemos daqui e que o avaliador não focou, eu o considero semi-automático, rs. E como vc disse (e eu também sobre padrão atingido na matéria do Golf), eu não compro carro sem AC automático. Eu até deixaria de fora o bizone (Cruze por exemplo), mas automático é pré – requisito.

          • Edson Fernandes

            Eu depois de testar em tantos… não dá. A função bizone seria perfeito entre eu e minha mulher. Hora sou eu que sinto mais frio e hora é ela…rs

            Agora… fui conhecer o Golf HOJE. Cara, agora entendi perfeitamente tudo que vc disse. Curiosamente, tirando a versão manual, TODAS tem desconto.

            Para vc ter ideia, conseguiria o HIGHLINE com DSG + Pacote Elegance por incriveis R$78000.

            Sem ele, caia para R$75000. No Comfortline R$71000. Seria minha escolha dentre os preços dos hatches medios.

            Uma outra curiosidade que me agradou em cheio, é que a concessionaria me disse que EU posso escolher a cor do interior, exceto o marrom que é um que sai muito pouco.

            Caraca…agora que minha mulher conheceu o carro, ela percebeu porque eu falo bem do Golf. O ar dual zone responde bem e rapido, as funções e o som… maravilharam ela.

            Uma pena não ter o valor e dar mais atenção a residencia, porque o Golf é realmente tudo aquilo que se espera de um carro.

            Sobre isso que vc disse do ar, entendi. Graças a Deus meu Xsara tem e sempre utilizo no Auto quando quero refrigeração, pois é bem inteligente, já para deixar na temperatura ambiente que eu desejo quando não se preicsa de resfriar tanto, eu tenho o costume de deixar manual, mas isso porque mesmo o “mais fraco” do Auto, é ainda mais forte. (não incomoda, mas gosto de deixar bem fraco mesmo).

            • dougkmt

              Né?! O Golf, apesar dos recentes aumentos, vc encontra descontos e digirindo vc percebe o quanto ele está à frente dos concorrentes.

              Agora fiquei com uma dúvida, vc só pode escolher cor do interior se levar o pacote Exclusive, certo? Com acabamento interno em couro?!

              E sobre o uso do AC auto, eu nunca utilizo no modo manual. Normalmente seleciono 21 ou 22 graus assim que entro no carro e, caso eu sinta frio, eu jogo pra 23º.

              • Edson Fernandes

                Então, eu fui nesse domingo (dia 15) e poderia escolher a opção do interior bege só que de tecido. A vendedora me disse que poderia ser também com os bancos de couro, mas me parecia parte do desconhecimento dela.

                Eu só vi que poderia devido ao catalogo que ela me mostrou. Inclusive tinham dois Golfs com DSG com a marcação do Bege. (não era o Exclusive)

                Algo que me agradou em cheio, pois teria a cor clara no interior. Sobre o AC, eu uso em grande parte eu uso no Auto, só quando começa a ficar realmente mais frio ou que o carro está controlando onde precisa, eu coloco mais quente, mas eu pareço ser uma pessoa por vezes maluca… começo a sentir o calor. E então, vai que no final eu fico querendo controlar (isso no Auto) e no fim, eu acabo deixando fora do Auto só que bem fraco e me dou bem assim.

                Mas isso em dias frios. No calor, eu prefiro deixar no Auto mesmo.

  • Cléber_V

    Já vi uma aqui em Floripa! Linda demais! Pena ser tão caro…

  • Vitor

    No fim do ano passado fui com meu pai ver uma classe E, e lá estava a CLA nova, achei o máximo, mas é só entrar nela pra começarem as reclamações, falar do FOSTON no painel é chover no molhado, mas o motor de 156 cv, aliado ao cambio no limpador de parabrisa, é dificil de engolir.

  • WagnerSCS

    O carro tem seus atrativos, isso é inegável.
    Mas cara, pagar 150 mil por ele, sem chance! Por melhor que ele seja, não justifica cobrarem um valor tão alto, sabendo que há concorrentes bem melhores que ele, custando menos.
    Vê esses preços aí, Mercedes!

  • GPE

    Típico carro que nao vale o preço. É caro demais, nao vem com equipamentos básicos p seu preço, não tem motor forte, é pequeno demais por dentro e ainda vem com um GPS multilaser…
    Tem q ser mt apaixonado pela MB pra comprar esse carro.
    Deveria custar 25mil a menos pra conseguir brigar de igual p igual.
    Ao menos é bonito

  • TFSI

    Nossa, achei o preço exagerado. Não é questão de preferencia, mas uma serie 3 custa menos e está, em termos de tamanho, acima do CLA. O A4 também é mais barato.
    As empresas que se instalam no brasil vem para nos explorar.

  • Fabio Prates

    Nesse preço, não condiz com o que é oferecido. Nem se quer um ajuste elétrico do banco? “Apertadinho”, motor nada convincente e essa central multimídia com cara de GPS portátil dá um ar xing-ling. Melhor esperar o novo Classe C que por sinal também tem essa mesma central…

  • Rick D Dois

    com o BMW SERIE 3 320 i a R$133 MIL, quem vai pegar um CLA?So se for pra joar grana pelo ralo…..

  • dudupruvinelli
    • dougkmt

      A equipe NA poderia ter colocado o link na própria matéria, não?

      • dudupruvinelli

        Pois é… fica aqui a sugestão de quando o vídeo já ter sido feito postá-lo junto à matéria.

  • Augusto

    uma pena esse “tablet” no painel

  • johnnyburanelo

    Maravilhoso
    e estas lanternas traseiras hein?
    coisa divina
    só que por este preço eu ficaria com os deliciosos 487cv de um C63 AMG seminovo com uns 30 mil km

  • pablo

    Acho o audi a5 mais negocio.

    • Areal

      Até mesmo um VW CC 2.0T com 211Cv dá pau em tecnologia e em performance nesse MB. imagina o V6? Vi um CLA 200 na rua hoje e não agradei, realmente tem q estar apaixonado e cego pra gostar.

  • Alessandro Lagoeiro

    Vocês repararam que o banco não tem ajuste de encosto de cabeça igual o… Ah, deixa para lá…

    • Mmaykinho

      kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Magnus Cordeiro

    Não gosto da traseira e nem do painel . . . . . . .

  • Marcelo

    Eu gosto dessa CLA. mas a impressão que eu tenho é que em 3 anos esse design vai estar mega cansado. Uma coisa Hyundai Sonata. Ao contrário do A3 sedan que será lindo mesmo daqui a 10 anos. Os carros da Mercedes tem essa característica. Veja um Audi 80 1996 ao lado de uma MB C180 1996 hoje. A Mercedes parece uma banheira velha, o Audi é sóbrio e atual até hoje. E sim sou Fanboy da Audi mesmo mas um FB realista.

    • Jonas Augusto

      Essa C180 até hoje tem um design sóbrio e por onde passa todos torcem o pescoço.

  • Jonas Augusto

    A frente combina com o conjunto, mais a lateral e as portas como a traseira e as lanternas precisam ser repaginadas pois está dificil de engolir pra um carro de status e requinte.

  • fejunk

    brasileiro não dá valor p dinheiro, vc fala em pagar mais de 100 mil unidades monetárias em um carro aqui como se isso fosse a coisa mais normal do mundo, compramos um novo Sentra por 64.900 pela tabela CNPJ e ainda assim achamos caro, mas é o que há de melhor por esse preço, mas se perguntarem, o carro está caro… agora o que dizer de um cidadão que paga quase 90 mil por um honda Civic?

  • Zé Jr

    Essa criança vai para minha garagem assim que nacionalizar, há vai! #financiamento

  • Cello Engine

    Só louco pra dar 150k nesse carro tendo 320i e A4 que além de superiores custam menos, sem falar de outras opções de outros segmentos, enfim, o preço desse carro deveria ser entre 110k e 120k.

  • Rick D Dois

    um dos 12 depredrados pelos BLACK BLOCKS ontem a noite em S.PAULO.Realmente um vandalismo sem proposito!!

  • Rick D Dois
  • ObservadorCWB

    E sobre o extintor “vermelhão” e sem capa ninguém vai reclamar ? Carro bonito pra caramba. Vi um em Balneário Camboriú. Bem chamativo. E o conjunto parece ser muito bom também. Falar de preço alto é chover no molhado.

  • Felipe

    Prefiro comprar um Camaro usado

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend